quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Abaixo-assinado contra a cassação do registro de psicólogo de Silas Malafaia é retirado do ar pela Avaaz; Pastor acusa a ONG de “safadeza”

Após a criação de uma petição pública requisitando a cassação do registro de psicólogo de Silas Malafaia por parte de ativistas gays, um abaixo-assinado contrário ao pedido de cassação foi criada em apoio ao pastor.

Ambas as coletas de assinaturas foram criadas utilizando o portal da ONG Avaaz, entidade conhecida mundialmente por manter campanhas de mobilização da sociedade em relação a assuntos polêmicos, como por exemplo, o pedido de impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros, que já coletou aproximadamente 1,6 milhão de assinaturas.

Entretanto, após o abaixo-assinado em favor de Silas Malafaia alcançar 65 mil assinaturas, a página foi retirada do ar pela direção do Avaaz, que alegou falta de apoio da maioria dos membros da comunidade. “Infelizmente, a maioria dos membros da Avaaz não apoiaram sua petição e, seguindo nossos Termos de Serviço, tivemos que removê-la de nosso site. Nós sentimos muito por isso e esperamos que isso não impeça sua participação ou criação de outras campanhas”, diz a nota da ONG enviada ao autor do abaixo-assinado, Ricardo Rocha.

A petição pela cassação do registro de psicólogo do pastor soma pouco mais de 61 mil assinaturas até agora.

O pastor Silas Malafaia se manifestou sobre o assunto através de seu site e de seu perfil no Twitter, dizendo que a retirada do abaixo-assinado favorável a ele era “safadeza do Avaaz”, que supostamente teria sido imparcial, nas palavras do pastor.

“É para o povo evangélico ver o nível de guerra que estamos travando. Em favor da causa gay pode fazer abaixo-assinado, contra não pode. E o que é mais grave: a campanha visa me denegrir quando eu não tenho nem o direito de fazer uma campanha para me defender. Vou entrar com medidas judiciais cabíveis!”, diz o texto assinado por Silas Malafaia e publicado em seu site.

No Twitter, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) pediu a seus seguidores que o ajudassem nessa iniciativa: “Estamos preparando um sistema para promover um novo abaixo-assinado pela não cassação do meu registro”.

O caso envolvendo a Avaaz, os ativistas gays e o Silas Malafaia ganhou destaque na coluna Radar Online, de Lauro Jardim, que destacou a grande mobilização feita a favor do pastor: “A briga começou quando uma petição pela cassação do registro de psicólogo de Malafaia foi criada – o abaixo-assinado chegou ontem a 58 000 assinaturas. Para revidar, um evangélico criou uma petição semelhante no site, a favor da manutenção do registro do pastor, e alcançou 65 000 assinaturas em três dias”.

Uma denúncia contra a Avaaz, publicada no blog Defensor da Natureza, acusa o fundador da ONG de acumular as doações milionárias feitas a título de sustentar as campanhas promovidas através do portal.

A Redação do Gospel+ entrou em contato por e-mail com o escritório da Avaaz solicitando um posicionamento da ONG a respeito da retirada do abaixo-assinado favorável ao pastor Silas Malafaia, e da ameaça de processo contra a instituição feita por ele. Porém, até o fechamento dessa matéria, nenhuma resposta foi enviada ao nosso contato. Caso haja alguma manifestação, atualizaremos a matéria imediatamente.

 http://abaixoassinado.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/gw-inicial/

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Abaixo-assinado pró Silas Malafaia reúne mais de 80 mil assinaturas em pouco mais de 24 horas

A guerra de abaixo-assinados em torno do pedido de cassação do registro de psicólogo do pastor Silas Malafaia junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP) do Rio de Janeiro levou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo a mobilizar seus seguidores nas redes sociais.

A polêmica começou quando um ativista gay criou uma petição pública no site da ONG Avaaz solicitando que a presidente do CRP casse o registro profissional de Silas Malafaia, sob alegação de homofobia. Em retaliação, um admirador do pastor criou uma nova petição no mesmo site, solicitando a não cassação.

Porém, a ONG Avaaz alegou que foram registradas muitas manifestações contrárias à petição pública pró Malafaia, e retirou a campanha do ar, anulando as mais de 65 mil assinaturas que haviam sido coletadas até então.

Como contra-ataque, o pastor Silas Malafaia lançou um abaixo-assinado virtual no site da Associação Vitória em Cristo (AVEC), para coletar 200 mil assinaturas em seu apoio, e rebater as solicitações pela cassação de seu registro de psicólogo.

Em pouco mais de 24 horas no ar, o novo abaixo-assinado já recolheu mais de 80 mil assinaturas, segundo o contador do próprio site da AVEC. Os interessados em assinar o abaixo-assinado do pastor Silas Malafaia precisam inserir o nome, e-mail, CEP e País de origem.

Entretanto, não há nenhuma informação sobre o real valor de ambos os abaixo-assinados num eventual processo disciplinar por parte do CRP-RJ contra o pastor Silas Malafaia.

O assunto foi destaque durante uma sessão da Câmara dos Deputados, onde o pastor Marco Feliciano protestou contra a postura dos conselhos de psicologia.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+