quarta-feira, 24 de julho de 2013

Satanistas fazem protesto sobre túmulo de evangélica com “beijaço gay”

Organização invadiu sepultura da mãe de Fred Phelps.

Conhecidos por fazer protestos agressivos em diversos eventos e enterros, a Igreja Batista de Westboro agora foi surpreendida por um “contra-ataque” de membros de uma organização satânica.

A organização O Templo de Satanás, de Nova York, foi até o cemitério na cidade de Meridian, Mississippi, onde está enterrada Catherine Johnston, a mãe de Fred Phelps, fundador da Igreja Batista de Westboro.
Durante um ritual chamado de “missa-cor-de-rosa”, foi realizada quando casais gays se beijaram sobre o túmulo Catherine. O objetivo era “transformar” Johnston em gay por toda a eternidade.

Bill Arlinghaus, responsável pelo cemitério, prestou queixas e a polícia disse que irá investigar. Mandatos já foram expedidos e acredita-se que os responsáveis serão presos nos próximos dias.

O capitão Dean Harper, do Departamento de Polícia local, disse à imprensa que as acusações são graves e incluem invasão, atentado ao pudor e dano malicioso. Há uma acusação de exposição indecente específica sobre o porta-voz do Templo de Satanás, Lucien Greaves, que teria esfregado seu pênis sobre o túmulo.
O The Huffington Post entrevistou Greaves, que diz não estar preocupado em ser preso. Ele disse que a acusação de invasão de propriedade não se sustenta pois o cemitério estava aberto para a visitação.

Explicou ainda que o ritual foi realizada como uma “demonstração de apoio à igualdade jurídica para casais do mesmo sexo”.

GOSPEL PRIME

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.