sábado, 28 de julho de 2012

Ativista gay lança música “gospel” zombando de evangélicos com palavrões e sátiras à Bíblia

Um ativista gay produziu um clipe satirizando a pregação cristã contra a homossexualidade. A música traz palavrões e termos chulos, portanto, só continue a leitura se for maior de 18 anos e se responsabilizar pelo acesso ao conteúdo.

A música traz frases feitas com sátiras à fé e crença cristãs, como por exemplo “Eu quero te seguir, oh Jesus, esse homem lindo, de olhos azuis”.

O ativista é identificado como Micael, e o vídeo é descrito por ele como um “clipe gospel hetero gay transgenicamente modificado”.

As letras são feitas a partir de um senso humorístico escrachado, e dentre as frases publicáveis, estão sátiras como “A tua vara e o teu cajado me consolam”, em referência à passagem bíblica dos Salmos.

Em seu clipe, Micael aparece segurando uma Bíblia e protesta contra o ataque de um homossexual na Avenida Paulista, em São Paulo, e atribui o ato a fiéis evangélicos: “Tire o demônio da mente. Não bata na biba com uma lâmpada fluorescente”, afirma.

Atenção: embora o clipe não possua imagens pornográficas, a letra é extremamente ofensiva, e por isso não é recomendado a menores de 18 anos. O clipe pode ser assistido neste link.

Redação Gospel+

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Bruna Karla perde bebê

A MK Music publicou um comunicado oficial nesta quinta-feira (26) anunciando que a cantora Bruna Karla perdeu o bebê que estava esperando. Bruna é casada com o músico Bruno Santos, da banda Quatro por Um, o casal estava feliz com a gestação que já havia completado três meses.

No Twitter a cantora e seu esposo receberam mensagens de carinho de seus fãs e amigos, entre eles a cantora Fernanda Brum que a trata como uma filha. Enquanto realizava uma twitcam para anunciar a capa escolhida para seu álbum, Fernanda fez uma oração para que Deus conforte o coração desses jovens.

Brum que já passou por quatro abortos espontâneos sabe o quanto é doloroso para uma família enfrentar esse momento e com a autoridade de quem já superou esses traumas ela profetizou dizendo que “Deus vai dar esse bebê pra ela em breve”.

Mesmo passando por esse momento tão delicado a cantora não desmarcou seus compromissos e estará na noite de hoje em São Fidelis. Os internautas usavam a hashtag #ForçaBrunaKarla para enviar apoio e mensagens de esperança não só para a cantora como também para seu esposo que de igual forma está sofrendo pela perda do bebê.

Recentemente Bruna e Bruno gravaram um vídeo contando aos fãs que estavam esperando um bebê, sem dar detalhes, já que os exames não haviam mostrado se era menino ou menina.

“Comunicamos que a cantora Bruna Karla perdeu o bebê que esperava. Oremos pelo casal Bruna e Bruno Santos (banda Quatro Por Um) para que o Senhor console neste momento, certos de que Seus planos são sempre os melhores”, diz o comunicado do Grupo MK.

 http://www.overbo.com.br

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Grupo de hindus extremistas obriga cristãos a adorarem outros deuses


De acordo com o ministério Portas Abertas, no mês de junho cristãos de uma aldeia no Estado de Chhattisgarh, na Índia, foram obrigados a participarem de rituais hindus e depois disso foram expulsos do local onde viviam.

O ato aconteceu no distrito de Dakshin Bastar, 150 extremistas hindus levaram 15 cristãos para o templo Pendevi e ali foram obrigados a adorar as divindades daquela religião. As informações foram passadas por Akhilesh Edgar, da Aliança Evangélica da Índia, que também confirmou que os raptores chegaram a agredir os cristãos.

Depois de serem expulsos da aldeia, os cristãos foram pedir ajuda para o pastor John Nag, conhecido por trabalhar em defesa dos cristãos, que foi até a Associação Evangélica da Índia pedir ajuda para Asaram Bech, que é cristão e que oferece sua casa para a realização de reuniões de oração.

Eles tentaram falar com o líder da aldeia, suplicando para que essas 15 pessoas pudessem voltar para suas casas, mas o líder se recusou a permitir o retorno dessas pessoas. Diante da resposta negativa os aldeões expulsos se refugiaram na aldeia do pastor Nag.

Todos os cristãos que sobrem perseguições na Índia podem procurar a Associação Evangélica da Índia para prestar queixa, já que muitos ficam com medo de ir até a polícia com medo de causar uma tensão religiosa. Órgãos como esses trabalham em diversas regiões do mundo para ajudar e apoiar aqueles que são perseguidos por causa da fé.

Não deixe de orar pela Igreja Perseguida, acesse o site do ministério Portas Abertas e veja a classificação dos países de acordo com o grau de perseguição.

Fonte: Gospelprime Divulgação Noticias Gospel Internautas de Cristo
 http://www.internautasdecristo.com.br

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Milagre: Confira o testemunho da cristã que sobreviveu a 4 tiros no massacre na estréia do novo filme do Batman

O massacre que aconteceu na última semana em um cinema na cidade de Aurora, no Colorado (EUA), durante uma pré-estreia do filme novo filme do Batman, tem sido um dos assuntos mais comentados nos últimos dias. Entre discussões sobre a responsabilidade da tragédia e lembranças de tristeza e luto pelo ocorrido, encontra-se o testemunho de uma jovem cristã de 22 anos, que sobreviveu de forma milagrosa ao ataque.

Petra Anderson, membro da Igreja Presbiteriana de Cherry Creek, liderada pelo pastor Brad Strait, estava no cinema com um grupo de amigos no momento do tiroteio e foi atingida por quatro disparos. Três balas atingiram o braço da jovem, e a quarta atingiu seu rosto, perto do nariz, atravessando seu crânio e alojando-se perto da nuca.

A jovem foi levada ao hospital, onde passou por mais de cinco horas de cirurgia. Devido à gravidade do ferimento, Petra foi para a sala de cirurgia com duas equipes médicas diferentes, e passou por em procedimentos para remover fragmentos de ossos, limpar o tecido cerebral danificado e fechar as feridas para reduzir a chance de infecção.

De acordo com o The Christian Post, Strait contou que durante as horas que Petra esteve na sala de cirurgia ele e a família da jovem passaram chorando e orando por sua vida, visto que seu estado era muito grave.
- O prognóstico era incerto, se viver, Petra poderá perder a fala, o movimento, e a capacidade de pensar, devido a danos cerebrais consideráveis. Com Kim, a mãe de Petra, nós simplesmente choramos, nos abraçamos e oramos – contou o pastor em seu blog.

Depois da cirurgia, os médicos informaram que Petra foi salva graças a um pequeno defeito de nascença em seu cérebro. Para o pastor Brad Strait, o que os médicos chamaram de defeito é um verdadeiro milagre, preparado por Deus desde a formação da jovem no ventre de sua mãe.

- Eu acredito que ela não só foi protegida por Deus, mas que ela estava realmente preparada para isso – disse Kim Anderson, irmão de Petra, concordando com o Strait.

- Um pequeno canal atravessa seu crânio, como um pequeno orifício em uma tábua, indo de um lado a outro. Isso só foi possível perceber pelas tomografias. O trajeto da bala percorreu exatamente a trajetória desse canal, causando o mínimo de estrago possível. Qualquer outra pessoa teria morrido instantaneamente ou, no máximo, ficado em estado vegetativo – explicaram os médicos.

- Ela poderia ter perdido todos os tipos de função, a bala atravessou seu cérebro – afirmou a mãe da jovem.

Quase uma semana após a cirurgia Petra já está falando e andando, conforme sua irmã publicou no Facebook, e sua recuperação está sendo vista como um milagre pela mídia norte-americana, que discute as possibilidades de a bala percorrer exatamente o mesmo local de um defeito de nascença.

Outro milagre de livramento relacionado ao massacre foi noticiado pelo jornal LA Times. De acordo com a publicação o pastor Ed Taylor, da Igreja Calvary Chapel de Aurora, comemorou pela vida de 33 membros de sua igreja que estavam na sala de cinema, e não foram atingidos pelos disparos.

Redação Gospel+

Rainha do carnaval carioca Vânia Love, irmã do jogador Vagner Love, larga tudo e se entrega a Deus. Confira o testemunho

A rainha do carnaval carioca Vânia Love, que já foi rainha de bateria da escola de samba Império Serrano e, em 2012, desfilou como musa da Portela, anunciou recentemente que abandonou o carnaval e se converteu ao evangelho.

A atriz e modelo, que é irmã do jogador de futebol Vagner Love, revelou através do Twitter que há um ano vem frequentando uma igreja evangélica e que decidiu se converter de vez e traçar novos rumos em sua vida. Vânia ficou conhecida nacionalmente por suas participações no carnaval carioca e em novelas da Rede Globo.

- Faz um ano e meio que comecei a frequentar uma igreja evangélica, e Deus tem feito maravilhas na minha vida. Decidi traçar novos rumos! Vou me dedicar a minha vida profissional, minha Família, meus amigos e não amigos, e fazer o que for significante para Deus. Gostaria de agradecer todo o carinho que vocês tiveram comigo no decorrer desse tempo, e que vocês continuem me acompanhando nessa nova etapa da minha vida. Irei continuar a compartilhar aqui as coisas boas que irão acontecer. Afinal, as notícias boas de Deus nós devemos espalhar para edificação da fé, honra e glória Dele! – afirmou a modelo, em uma série de mensagens pelo Twitter.

Vânia escreveu também a seus seguidores na rede social que está bem, e que não ocorreu nenhum fato grave que a levasse a tomar essa decisão. A atriz está frequentando a igreja Ministério Internacional Plenitude e Vida, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Segundo o site Ego, Vânia deu uma pequena entrevista na qual falou brevemente sobre sua nova opção de vida e disse que ela inclui não desfilar mais no Carnaval.

- Tudo o que escrevi no Twitter é verdade. É aquilo mesmo. Estou indo à igreja já há um ano, mas agora me converti e estou bem feliz. Não fico mais no carnaval. Estou fora. – destacou.

Fonte: Gospel+

Pai de Carlinhos Cachoeira compara o filho a Jesus Cristo e diz que ele é inocente

Antes do início das audiência das testemunhas de acusação do processo referente à Operação Monte Carlo, no Tribunal da Justiça Federal, em Goiânia, nesta terça-feira (24) familiares do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, saíram em sua defesa, alegando a inocência de Cachoeira no caso.

O pai do contraventor, Sebastião Almeida Ramos, de 82 anos, conhecido como “Tião Cachoeira”, chegou a comparar o filho com Jesus Cristo, e afirmou que a investigação da Operação Monte Carlo teria sido encomendada pelos réus do mensalão, entre eles o ex-ministro José Dirceu e Delúbio Soares.

- Meu filho é um Cristo, ele está passando por um massacre e seria um bode expiatório do sistema – afirmou Tião Cachoeira, que disse ser a pessoa que mais conhece o filho, e que sabe da inocência de Carlos Cacheira.

- Sei da sua inocência porque fui eu quem deu tudo pra ele – completa.

Carlos Cachoeira chegou ao prédio do Tribunal da Justiça Federal às 8h25, escoltado por três carros da Polícia Federal, e foi defendido também por sua mulher, Andressa Mendonça, que disse que o marido está sendo injustiçado. Para Mendonça, a prisão de Cachoeira tem cunho político e provocou a debilidade da saúde do marido, que estaria deprimido.

As audiências tiveram início por volta das 9 horas. O advogado de defesa Ney Moura Teles afirmou que os réus foram desrespeitados pela imprensa no prédio do TJ e disse ainda que a imprensa já os julgou sumariamente.

- A Justiça Federal não pode compactuar com o julgamento que eles (jornalistas) fazem – ressaltou o advogado.

Redação Gospel+

terça-feira, 24 de julho de 2012

Cantor do tema de Avenida Brasil já foi artista gospel

Nos últimos dias, a novela Avenida Brasil, da Globo, foi um dos assuntos mais comentados por conta do sucesso que está fazendo. Mas quem ouve o “oi oi oi” do refrão e vê a sombra de corpos fazendo uma dança sensual na tela sequer podia imaginar que o cantor é evangélico.

O paulistano Robson Moura “estourou” no início deste ano com a música “Dança com tudo”. É a versão do “kuduro” de um cantor português chamado Lucenzo. A Globo comprou os direitos em janeiro e primeiramente cogitou o cantor Latino para interpretá-la. Mas Latino já havia feito uma versão da versão em espanhol, gravado por Dom Omar.

Milena Dias, que canta trilhas de novela, indicou Moura e a Globo aprovou. Embora muitos ainda confundam a voz dele com a de Latino, ele explica que sua versão é bem diferente.

Antes do sucesso, ele conta que passou por bandas de baile, tocou na banda de Mara Maravilha e já gravou canções gospel. Porém, no momento prepara disco e faz shows do que chama de “hits brasileiros em ritmo latino”.

Embora diga que a maioria das pessoas não o reconheça na rua, enfatiza: “Tudo mudou na minha vida desde a primeira semana da novela”.

Nos primeiros meses não tinha empresário, site, nada. Porém, seu disco de estreia deve ser lançado em setembro e espera que o sucesso aumente. Sua maior referência e “inspiração” é Sidnei Magal.
Porém, nem sempre foi assim. “Eu toco teclado desde os sete anos, tocava na Igreja”, lembra.
“Comecei como pianista popular e tecladista… Toquei em peças de teatro, bandas de baile e grupo gospel. Acompanhei a Mara Maravilha”. Ele teve o que chama de “fase gospel”.

“Eu comecei na Igreja a ter contato com música. Sou evangélico até hoje. A influência boa da música gospel é porque são vários ritmos. Tenho noção de soul, reggae, dance, sertanejo. Tem gospel de todos os estilos”, explica ao falar sobre sua versatilidade musical.

Entrevistado pelo portal G1, ele explica que não se vê associado a uma música sensual, como sugere a abertura da novela.

“É uma questão que tinha desde adolescente. Tenho cuidado de não cantar palavrão. Não gosto disso, independentemente de ser ou não evangélico. Tem música que eu fico vendo as senhorinhas e penso: não é legal ouvir isso. É desnecessário. Agora tenho mais autonomia do que nos tempos de banda de baile. Tem um livro da Bíblia, Cantares de Salomão, e o Rei Salomão fala dos seios da mulher dele, que são “como dois montes”. Ser evangélico não quer dizer que você não pode falar da beleza feminina. Canto uma música do Ricky Martin, “Maria”, que tem uma letra sobre uma mulher poderosa, que tem o ar da sedução… Ela é tão intensa. Mas não é de uma forma pejorativa”, conclui.

(Fonte Gospel Prime)