sábado, 18 de fevereiro de 2012

SANTIFICAÇÃO!!! CUIDADO


Jackson e Talita - Dois Ungidos - www.obomsamaritano.com.br

Gerson Rufino, Eu Vou Vencer

Corpos dos goianos mortos em acidente nos EUA são enterrados


Sepultamento foi realizado no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia.
Cinco pessoas da mesma família morreram em trágédia na Flórida.


Os corpos dos goianos mortos no acidente que envolveu 10 veículos em uma estrada americana da Flórida foram enterrados na manhã deste sábado (18), no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia. O sepultamento foi iniciado às 9h e encerrado às 10h30. Familiares e amigos estiveram no local.
A irmã dos dois pastores acidentados, Wandair do Carmo, disse ao G1, na manhã deste sábado, que o sentimento agora é de alívio: “Estamos todos aliviados porque foi uma angustia muito grande. A dor não passa, vai ser permanente a saudade, a falta deles, mas estamos aliviados.”

Depois de desembarcar na manhã de sexta-feira (17) em Brasília, os corpos chegaram a Goiânia por volta das 11h30. Na tarde do mesmo dia, foram velados no salão da Igreja Luz para os Povos, no Parque Amazônia. 

Os restos mortais de José Júnior do Carmo, 44 anos; a mulher dele, Adriana Francisco de Souza do Carmo, 39; a filha Letícia de Souza do Carmo, 17; o irmão Edson José do Carmo, 39, e a cunhada Rosélia Fagundes, 40 (que nasceu Rondônia), foram transportados até o Brasil em caixão de zinco. Para o sepultamento os corpos foram transferidos para caixões de madeira para facilitar a decomposição.

Acidente
As cinco pessoas da mesma família morreram no dia 31de janeiro após um engavetamento que envolveu dez veículos e tirou a vida de 11 pessoas. Seis brasileiros que moravam na Geórgia estavam em uma van, envolvida no acidente. A família voltava de um evento religioso quando o veículo colidou com um caminhão. Cinco morreram e uma adolescente, filha do casal de pastores, ficou ferida.

Lidiane do Carmo, de 15 anos, segue internada no hospital Shands at the University of Florida, onde passou por cirurgia e atualmente faz fisioterapia. De acordo com a tia Wandair, ela já deixou a UTI e passa bem.

g1. com

Clipe Oficial Boas Notícias - Jonas Maciel

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Jotta A - CD Essencia Musica Viverei

Candidato a prefeito de São Paulo, Fernando Haddad quer encontrar líderes evangélicos para convencê-los a favor do “kit gay”

Em sua pré-campanha à prefeitura de São Paulo, o ex-ministro Fernando Haddad teria reagido nesta quarta-feira a ameaças políticas da chamada bancada evangélica no Congresso Nacional, por causa do chamado “kit gay” criado pelo Ministério da Educação quando ele era ministro. Segundo a revista Veja, Haddad estaria ainda procurando líderes de igrejas com o objetivo de convencê-los a favor do kit.
De acordo com o O Globo, o ex-ministro afirmou que a polêmica em torno do assunto estimula a violência em alguns indivíduos perturbados.

Haddad tenta também sustentar a versão de que o material que foi divulgado na internet como sendo do “kit gay” vazou antes de ser distribuído e que o MEC vetaria seu uso em salas de aula.

Porém assessores do MEC afirmam que Haddad tinha total conhecimento sobre o material “didático” pró-homossexualismo para as crianças das escolas públicas, que teria custado cerca de R$ 11 milhões dos cofres públicos.

O pré-candidato à prefeitura de São Paulo enfrenta diversos críticos que são contra suas ideias. O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) é um de seus maiores opositores e já está fazendo forte campanha contra sua candidatura. Na porta do gabinete do parlamentar foi colocado um cartaz que traz a pergunta: “As crianças de 6 anos terão aula de homoafetividade nas escolas?”.

Haddad disse ainda que lamenta que o debate sobre o tema não aborde adequadamente a violência contra as pessoas com outra orientação sexual.

Fonte: Gospel+

Pastor Marco Feliciano é xingado de “imbecil e estúpido” por ateus ao dizer que “o Brasil é um país laico, mas não ateu”

O pastor Marco Feliciano iniciou campanha no Twitter para divulgar uma frase que simbolize a necessidade de respeito aos princípios cristãos que ele e outras lideranças eclesiásticas e políticas defendem: “O Brasil é um país laico, mas não ateu. Cremos em Deus”.
O pastor iniciou suas publicações falando sobre a reunião com o ministro Gilberto Carvalho, para esclarecer o discurso feito por ele durante o Fórum Social Mundial, que seria preciso estabelecer uma batalha ideológica com os evangélicos: “Reunião com o ministro Gilberto Carvalho, que… melhor não comentar. Depois uma batalha com pseudo-intelectuais não cristãos, mereço dormir. Tanta idiotice, palavrões, ofensas, pessoas parecendo bestas feras, perseguição religiosa. Termino esse dia convicto de que preciso continuar!”.

Porém, antes de ir dormir, o pastor e deputado Marco Feliciano descreveu os ataques que tem recebido, por sua postura de defender seus princípios:
“Rogo, clamo e imploro a oração dos cristãos. Sei que minha luta não é contra carne e sangue, e sim contra um mal invisível porém atuante. Nos tempos (bíblicos) o Profeta era a consciência política do reino. O poder fazia homens pensarem ser Deus, e ele denunciava, por isso era odiado! Vejo em cada foto dos que me ofendem aqui, pessoas que se escondem de si mesmas, que usam essa linha virtual pra vomitarem sua frustração interior. Cada um que fica irado com as palavras Cristo, cristão, fé, Deus, igreja, são seres dignos de nossa oração. Filhos afastados do colo do Pai! Oremos pra que se reencontrem com ELE, afinal deve ser horrível ser escravos de pensamentos hostis e precisar verbalizar o ódio para serem notados. Só sinto falta de uma militância cristã mais assídua aqui no Twitter. Quando verem um de nós ser hostilizado massivamente, não podem se calar. Com inteligência e Educação para cada ataque, no mínimo, 5 defesas com equilíbrio! Temos povo pra isso. Precisamos lutar lado a lado. Só assim seremos respeitados. Lembrando que eu, Malafaia, Magno, e outros, lutamos pela família, sua e nossa! Nos deem apoio e retaguarda!”
As reações contrárias à campanha lançada pelo deputado foram contundentes, com ataques pessoais e xingamentos, como “imbecil”, por exemplo. Um dos usuários contrários à ideia de Feliciano sobre a laicidade do Estado brasileiro, que é composto por 95% de pessoas cristãs, incluindo evangélicos e católicos, afirmou: “Querer impor a tua religião em um pais inteiro, isso sim é um pensamento de dar pena. Nas próximas eleições se aposente”.
Ao repetir a frase, o pastor Marco Feliciano foi respondido novamente com ataques pessoais: “O senhor é um esperto-estúpido”, escreveu um internauta.
Fonte: Gospel+

Antes de morrer, Whitney Houston disse a amigos que “queria ver Jesus” e que sua hora estava chegando

A cantora Whitney Houston, que faleceu no último sábado, 11/02, teria dito a amigos próximos que “queria ver Jesus” e que sentia que o fim da linha para ela estava chegando, segundo o site de celebridades “TMZ”.
Os relatos remontam à sexta-feira, 10/02, quando após cantar “Yes, Jesus Loves Me” na casa noturna “Tru”, em Hollywood, Whitney teria confessado tais sentimentos a amigos.

No sábado pela manhã, a cantora debatia com as pessoas presentes em seu quarto de hotel sobre uma passagem bíblica envolvendo João Batista e Jesus, e comentou novamente seu desejo de ver a Cristo: “Sabe, ele é tão legal… Eu quero muito ver Jesus”.

Segundo o site de celebridades, outra pessoa próxima a Whitney contou que ela frequentemente dizia que queria passar o tempo louvando a Deus, sempre que pudesse, pois sua hora estava chegando.
A cantora faleceu afogada após ter ficado inconsciente na banheira do Hotel onde estava hospedada para participar de um evento ligado ao Grammy. A polícia suspeita que ela tenha tomado calmantes, para os quais ela tinha receita médica, e perdido a consciência, afogando-se. O funeral da cantora será privado, e acontecerá na Igreja Batista Nova Esperança, em Newark, onde ela cantava quando criança, segundo informações da Folha.

Fonte: Gospel+