terça-feira, 29 de maio de 2012

Senador evangélico Magno Malta confirma sessão solene em homenagem a Xuxa e a Joana Maranhão

O senador evangélico Magno Malta (PR/ES) confirmou para o próximo dia 11 uma sessão solene que irá homenagear a apresentadora Xuxa Meneguel e a nadadora Joana Maranhão. A homenagem será feita junto com a sanção simbólica da Lei Joana Maranhão.

O projeto da lei Joana Maranhão foi proposto depois da CPI da Pedofilia, iniciada em março de 2008. O nome é uma homenagem à nadadora, que denunciou os abusos a que foi submetida durante a infância por um treinador. A nadadora será homenageada na sessão do Senado junto com Xuxa, que revelou recentemente ter sido vítima de abuso sexual na infância.

Depois da sessão no Senado, elas serão recebidas pela presidente Dilma Rousseff, que já assinou a sanção da lei sobre pedofilia.

Pela nova lei, a contagem de tempo para a prescrição dos crimes sexuais contra crianças e adolescentes só vai começar na data em que a vítima fizer 18 anos, caso o Ministério Público não tenha antes aberto ação penal contra o agressor. A mudança, já sancionada pela presidente Dilma, tem como objetivo permitir que vítimas de crimes de pedofilia possam denunciar seus agressores mesmo depois de adultas.

Magno Malta, que presidiu a famosa CPI da Pedofilia, afirmou: “De cada dez casos de abusos contra crianças, sete são praticados por parentes, sendo a maioria pelos próprios pais. Joana uma atleta olímpica, teve a consciência de denunciar o técnico, por isso à lei leva o seu nome. Já a ‘Rainha dos Baixinhos’, carinhosamente chamada de Xuxa, em público, sem pressão, contou sua história de que foi abusada até os 13 anos, dentro da própria casa”. “Estas heroínas merecem tapete vermelho, honraria e reconhecimento pelo que estão fazendo pelas nossas crianças”, declarou o senador.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.