domingo, 22 de janeiro de 2012

Idosa tatua 666 na testa e na mão porque achou bonito

 Vizinhos chamaram a polícia alegando que ela estava sendo mantida presa dentro de sua própria casa

Uma idosa de 84 anos resolveu tatuar o 666 na testa e na mão direita porque achou “bonito”, dona Nina que mora da baixada fluminense vivia trancada dentro de sua própria casa sem comida com um casal que pertence à igreja Crescendo em Graça que usa o símbolo para dizer que esse número é símbolo do filho de Deus.

Os vizinhos perceberam as tatuagens e chamaram a polícia, para eles dona Nina informou que contratou o casal para fazer uma reforma, mas que eles acabaram ficando na casa e lhe apresentaram a seita liderada pelo porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda.

Para o apresentador Wagner Montes a idosa confessou que assistiu vários vídeos do líder da seita e que acabou aceitando fazer as tatuagens, mas disse também que desistiu de fazer parte da Crescendo em Graça.
“Achei bonito, harmonioso. Fazia propaganda da 666. As pessoas ficam doidas. Ou então [dizem] ‘ah é muito bonito, a senhora foi corajosa’. [a reação das pessoas] Varia muito”, disse ela ao apresentador do Balanço Geral que vai ao ar no Rio de Janeiro.

Sua saída da seita foi justificada por dona Nina dizendo “não ter fé suficiente”, mas apesar de não acreditar no fim do mundo em 2012 a idosa crê que “coisas ruins irão acontecer”.

Jorge Henrique Cosme e Silva, o homem que converteu Dona Nina, explica que o número 666, para os adeptos da seita, significa “sabedoria, riqueza, honra e é o número do nome de Deus”. José Miranda é conhecido como Jesus Homem e prega que seu corpo será transformado esse ano e todos verão que ele é realmente Jesus. Essa seita já está presente em 11 estados brasileiros e em vários países do mundo.

Assista:

 

Com informações R7
 http://noticias.gospelprime.com.br/idosa-tatua-666-na-testa-e-na-mao-porque-achou-bonito/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.