terça-feira, 1 de novembro de 2011

“Lugares sagrados de Jerusalém estão se tornando uma Disneylândia”, afirma jornalista

Em um artigo escrito para o jornal Folha de S. Paulo, o jornalista Luiz Felipe Pondé afirma que Jerusalém foi transformada em uma “Disneylandia de Jesus”.
Segundo o texto do artigo, lugares sagrados da cidade santa viraram apenas pontos turísticos, sem respeito à história do lugar: “veja, por exemplo, o que aconteceu com os lugares sagrados de Jerusalém. Aquilo virou uma Disneylândia de Jesus. Imagino que, dentro de alguns anos, teremos atores fracassados do Terceiro Mundo vestidos de Judas-Patetas, Maria-Branca de Neve, Tio Pôncio-Patinhas, Pedro-Duck e, é claro, Mickey-Jesus-Mouse”.
O jornalista ainda especula se tanto movimento não pode ser interpretado como histeria. “Ateus são fichinha em comparação à histeria religiosa como argumento contra a viabilidade de um Deus bom e generoso. Nesse caso, a náusea faz de você um ateu”, afirma Pondé.
“Jesus deve ter uma paciência de Jó, com seus fiéis cheios de máquinas digitais e filmadoras chinesas querendo devassar a intimidade de sua mãe e de seus discípulos mortos já há tantos séculos”, ironiza o colunista, que completa: “Aliás, estou seguro de que, em breve, Jesus será “made in China”.
O jornalista conta que já visitou Jerusalém inúmeras vezes, e por isso, pode acompanhar ao longo dos anos, a transformação da cidade: “tive o desprazer de ver Jerusalém virar uma cidade devastada pela horda de tarados… infestada pelos histéricos pentecostais e seus berros em nome do Espírito Santo”.
Luiz Felipe Pondé critica ainda os judeus ortodoxos, a que chama de “mal-educados” e os muçulmanos, “fanáticos”, segundo ele. “A população secular de Jerusalém é cada vez mais oprimida pelos homens de preto da ortodoxia judaica”.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.