terça-feira, 1 de novembro de 2011

Deputado Pastor Marco Feliciano anuncia que pedirá plebiscito sobre casamento gay e critica PLC 122

O deputado federal Marco Feliciano (PSC/SP), parlamentar da Frente Evangélica, foi o primeiro a se manifestar publicamente sobre o primeiro casamento gay aprovado pela Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça, STJ, no último dia 25, socilitado por duas gaúchas.
Através da sua conta no twitter ele prometeu pedir plebiscito para que o povo decida se o casamento homossexual é constitucional ou não. Segundo ele, “todo assunto que envolve orientação sexual parece constranger os legisladores. Não podemos protelar mais, ou votamos essas leis ou o STF o faz, eles ‘STJ e STF’ não foram eleitos pelo povo”. A briga no parlamento é pela auto-suficiência do STF e do STJ que passam a legislar como protetores da lei.
Ainda em seu twitter, Feliciano se manifestou contra o PLC 122 e disse que “dos 3.500 casos de crimes praticados contra gays, 95% foram crimes passionais” e concluiu dizendo que “sábado passado em Anapolis-GO, apedrejaram a igreja onde eu pregava. Palavras como crente tem conotação pejorativa”.
Minutos após esta declaração, ele desabafou, dizendo que “a mídia não tem interesse” sobre o seu trabalho na câmara. Por isso, planeja investir em sua imagem política através de discursos mais contundente em suas opiniões para que a mídia cristã tenha conteúdo, que inclue temas polêmicos, como este.
Fonte: The Christian Post

http://noticias.gospelmais.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.