terça-feira, 22 de novembro de 2011

Assembleia de Deus é atacada pelo exército de Miamar; Fiéis são sequestrados para serem escravos

A Igreja Assembleia de Deus em Muk Chyik, em Mianmar (país localizado no sul da Ásia) sofreu ataques por uma tropa do exército daquele país. Segundo informações do Gospel Prime, os soldados efetuaram disparos contra os fiéis no dia 06/11.

“Os militares de Mianmar desencadearam uma onda de terror contra civis num momento em que o regime está falando sobre reforma”, afirmou Benedict Rogers, da Christian Solidarity Wordwide (em tradução livre, Rede Cristã Mundial de Solidariedade). Um relatório desta entidade afirma que o Pastor Yajawng Hkawng foi torturado, assim como o diácono Hpalawng Hkawng Lum.

O ataque feito pelos soldados da 88ª Divisão de Infantaria Ligeira do Exército de Mianmar não se restringiu a tortura dos presentes no local. O mesmo relatório afirma cinquenta fiéis foram presos e obrigados a trabalharem como escravos, realizando o carregamento da tropa, que também levou o cofre da igreja, onde eram guardadas as ofertas e dízimos.

A crise pela qual os cristãos passam no país asiático é a mais severa dos últimos tempos, com relatos de assassinatos, torturas físicas e psicológicas, estupros e perseguição.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.