quarta-feira, 2 de março de 2011

Pastor Silas Malafaia causa polêmica ao afirmar durante pregação que “Quem não der oferta não vai ser abençoado”


O Pastor Silas Malafaia voltou a causar polêmica com suas pregações incisivas. O pastor, embasado na teologia da prosperidade, causou a ira de alguns fiéis que reclamaram na forma como o famoso líder pede dinheiro aos fiéis.
A nova polêmica aconteceu no dia 16 de Fevereiro durante a inauguração de um dos novos templos da denominação do Pastor, a Igreja Vitória em Cristo, na cidade de Araruama no Rio de Janeiro. Silas Malafaia anunciou que construirá cerca de 1000 templos da denominação no Brasil nos próximos anos.
O Pastor pregava quando lembrou que o templo em que estava havia custado R$600 mil, então afirmou que “Quem não der oferta, tudo bem. Mas não sairá daqui abençoado”.
A frase causou revolta de alguns fiéis que, acreditando que é Deus quem abençoa, deixaram a igreja imediatamente e denunciaram a pregação do pastor. Diversos sites e blogs cristãos e até ateus criticaram a atitude do líder da denominação.

Outras polêmicas

O Pastor Silas Malafaia, desde que adotou a Teologia da Prosperidade, tem se envolvido em muitas polêmicas, a mais recente foi quando em entrevista chamou de idiotas os pastores que não pregam a teologia da prosperidade e que deveriam perder a credencial para pregar. Durante as eleições para Presidente do Brasil recebeu um “incentivo” para trocar seu apoio a candidata evangélica Marina Silva para o candidato pró-aborto José Serra. Em uma campanha o Pastor pediu para os fiéis ofertarem parte do dinheiro que reservam para o aluguel de suas casas e 30% de dízimo ao invés dos 10% para receber uma benção. Outra polêmica famosa foi o Clube dos R$1000, onde os fiéis deveriam doar a denominação uma quantia no mesmo valor.
Contra as constantes críticas que recebe, o Pastor Silas Malafaia afirmou não se importar com a opinião da maioria: “Líder é aquele que toma decisões baseadas em princípios e não se preocupa com a opinião da maioria“.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.