sábado, 27 de novembro de 2010

Polícia prende traficante disfarçado de pastor em fuga no Alemão

Para fugir do cerco da polícia no Conjunto de Favelas do Alemão, um traficante se disfarçou de pastor evangélico e, com a Bíblia na mão, seguiu viagem rumo a Volta Redonda, no Sul Fluminense. No entanto, a fuga do criminoso foi frustrada na tarde deste sábado (27) pelos agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA).

De acordo com o delegado da DRFA, Marcio Mendonça Dubugras, o traficante conhecido como Leandrinho chefiava a venda de drogas em Volta Redonda, Angra dos Reis e Barra Mansa, todas no Sul Fluminense. Contra Leandrinho, há seis mandados de prisão e 12 anotações crimininais.

“Cercamos ele no acesso a Volta Redonda. Ao ser preso, ele confessou que estava no Conjunto de Favelas do Alemão e que planejou a fuga para não ser preso”, disse o delegado.

Ainda neste sábado, outros seis criminosos com funções importantes na hierarquia do tráfico foram presos. Um deles, conhecido como Playboy, é apontado pela polícia como o homem de confiança do traficante Fernandinho Beira-Mar, que cumpre pena no Presídio de Segurança Máxima de Mato Grosso do Sul.

Mãe entrega filho traficante à polícia
Foi com frases doces e preocupação de uma mãe zelosa que Nilsa Maria dos Santos, de 53 anos, conseguiu convencer o filho Diego Raimundo Silva Santos, o Mister M, de 25 anos, a se entregar à polícia, na tarde deste sábado. O traficante, também conhecido como 50 - por ser fã do cantor americando Fifty Cent - era o segurança e braço direito de Pezão, o chefe do tráfico do conjunto de favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio.

"Disse pra ele: Diego vamos para casa com a mamãe. E ele respondeu: 'Não, mãe. Se ficar em casa, eles vão me prender'. E eu disse: então vai comigo e seu irmão que é cristão que eu vou te apresentar na delegacia. Ele aceitou", contou dona Nilsa, mãe de dez filhos e que trabalha num trailer vendendo comida na Vila da Penha, no subúrbio do Rio.

AGUENTA FIRME - LUDMILA FERBER

CRM aciona padre por curandeirismo

Entidade médica diz que Barth provoca desistência de tratamento convencional.
O padre Renato Roque Barth teve que se explicar ontem à Justiça a respeito das denúncias sobre prática de curandeirismo e exercício ilegal da medicina. Todas as denúncias partiram do Conselho Regional de Medicina (CRM) sobre o método biosaúde desenvolvido pelo padre, que utiliza ervas, argila e até urina para tratamento de doenças como câncer e Aids.
Na primeira audiência de conciliação realizada no Juizado Especial Criminal, já que o crime de curandeirismo é considerado de menor potencial ofensivo, Barth não aceitou as denúncias e prorrogou para o final do mês de fevereiro a decisão do caso em uma segunda audiência. “Ele não aceitou essa acusação porque quer provar a veracidade da biosaúde”, enfatiza um dos advogados de defesa, Vilson Nery. A condenação para o crime de curandeirismo se reserva ao cumprimento de serviços comunitários.
Por telefone, a reportagem entrou em contato por diversas vezes com a Associação Brasileira de Saúde Popular (Abrasp), presidida por Barth em Cuiabá. Em resposta a uma das ligações ele disse que só iria se manifestar após o final do processo.
Esta não é a primeira tentativa do CRM em barrar o método alternativo desenvolvido pelo padre. Em 2007, a mesma denúncia foi encaminhada à Justiça. O presidente do CRM, Arlan Azevedo, explicou que alguns nódulos com possibilidade de no futuro vir a se transformar em câncer são passíveis de cura. “É nesse estágio que ele age”, enfatizou. Azevedo salienta que o conselho não é contrário às práticas de terapia alternativa, porque “dão acalento espiritual e minimizam os efeitos provocados pelos tratamentos”, disse. O problema, segundo o representante do CRM, é que a biosaúde estaria influenciando as pessoas a abandonar o tratamento tradicional. “O método dele vai contra a terapia de bem-estar”, sentenciou Azevedo.
Movimentos sociais apóiam Barth. De acordo com a representante do Centro-Oeste no Movimento Nacional dos Direitos Humanos, Dalete Soares, as denúncias configuram uma espécie de “perseguição para inibir a prática da medicina alternativa”. Classificadas como atentado, as denúncias foram relatadas em uma carta encaminhada ao Comitê Interamericano de Direitos Humanos.

BIOSAÚDE – A técnica não aceita nenhum tipo de produto químico, açúcar e carnes. Desenvolvida na década de 1970, a técnica se baseia na energia de cada pessoa para detectar doenças. Em Mato Grosso, existem quatro centros de biosaúde. Os exames duram em média 20 minutos. Mesmo contestada pela medicina tradicional, a técnica atrai muitos.


Notícias Cristãs com informações do Diário de Cuiabá
Link Original: http://news.noticiascristas.com/2010/11/crm-aciona-padre-por-curandeirismo.html#ixzz16WY0wlHW

Filme polêmico sobre a história de ex travesti que se converteu será exibido na tv

O “canal da cultura e da alma brasileira” dará início, a partir de sexta-feira, dia 26, às 19h40, (com reprise na terça, dia 30, às 10h30) a uma série de exibições do documentário O Rebeliado, primeiro longa-metragem do diretor Bertrand Lira, realizado com o apoio do Fundo Municipal de Cultura (FMC) de 2008 e lançado em 2009. O Canal Brasil (disponível na Paraíba aos assinantes da Sky e Jet) tem como carro-chefe da sua programação, filmes, documentários, entrevistas, shows e humor que fazem da sua programação uma das mais diversificadas e originais entre os canais da TV brasileira, sempre com produções 100% nacionais. O Rebeliado, de 71 minutos de duração, terá ao todo 24 exibições ao longo de três anos de exclusividade com o Canal Brasil. Para seu diretor, Bertrand Lira, a aquisição do documentário pelo canal significa uma difusão de alcance não imaginado. “É um espaço nada desprezível, com uma única exibição teremos, de uma só vez, mais público do que todas as exibições feitas em festivais e eventos pelo país e no exterior”, entusiasma-se o Lira.

O documentário conta a história de Clóvis Bernardo, ex-travesti convertido à Igreja Assembleia de Deus Missão e que hoje se dedica à polêmica tarefa de converter gays e lésbicas à heterossexualidade. Através de depoimentos do protagonista, dos familiares e de novos convertidos.O Rebeliado discute o fenômeno da proliferação das igrejas neopentecostais, com sua crescente penetração nas camadas economicamente mais pobre da sociedade, propagando uma intolerância às escolhas individuais no que diz respeito à sexualidade.

A história emblemática do irmão Clóvis, 39 anos, fio condutor desse documentário, serve de pretexto para discutir a relação sexualidade e religião, num contexto de grande carência material.

“A narrativa foi estruturada buscando um crescente efeito dramático, não obedecendo à ordem cronológica dos fatos narrados. A história do irmão Clóvis é contada em primeira pessoa pelo próprio protagonista ora em depoimentos diretos à câmera, ora em testemunhos captados nos cultos e na ocasião da gravação, em estúdio, de um CD de testemunho do personagem” explica Bertrand Lira que de tão empolgado iniciou as gravações logo que teve conhecimento da história.

Fonte: Portal do Governo da Paraíba e A União / Gospel+
Via: O Galileo

Ator que decaptou mãe com espada samurai diz que Deus surgiu e mandou matar o demônio

O ator Michael L. Brea, 31, deu uma entrevista de dentro do hospital psiquiátrico onde está internado explicando o motivo de ter matado a própria mãe.

“Eu não matei ela. Eu matei o demônio que morava dentro dela”, afirmou ao jornal americano “NY Daily News”.

Segundo ele, Deus apareceu para ele durante um sonho e disse para ele que aquele seria seu último dia na Terra.

No dia do assassinato, ele disse que se sentiu como o personagem Neo de “Matrix”.

“Comecei a ouvir vozes e a me sentir poderoso”, contou.

Ao chegar em casa, ele diz que já sabia que iria matar a própria mãe e a atacou, achando que o “demônio” havia se apoderado do corpo dela.

“Eu estava cortando a minha mãe e escutei a polícia batendo na porta, mas sabia que eles não conseguiriam entrar porque os espíritos estavam me protegendo. Continuei cortando ela”, contou. “Ninguém poderia me deter. Eu estava fazendo o trabalho de Deus.”

Brea foi preso na terça-feira (23) após a mãe dele, Yannick, de 55 anos, ser encontrada decapitada e com diversas perfurações no corpo.

Praticante de artes marciais, o ator usou uma espada de samurai para cometer o crime.

O ator apareceu em alguns episódios do seriado “Ugly Betty” e no filme “Step-Up 3D”, além de ter participado de comerciais.

Fonte: Folha / Gospel+
Via: O Verbo

Governador reeleito que usou evento da Igreja Quadrangula como palanque pode ter mandato cassado

O Ministério Público Eleitoral pediu, na noite de ontem, a cassação dos mandatos do governador reeleito Silval Barbosa (PMDB) e de seu vice, Chico Daltro (PP), por compra de votos nas eleições.

O advogado João Bosco Ribeiro Barros Junior, representante da coligação Mato Grosso Melhor Pra Você, classificou o entendimento da Procuradoria da República, em opinar pela cassação do governador reeleito Silval Barbosa (PMDB), como “uma verdadeira demonstração de coragem, independência e conhecimento da legislação”.

Para ele, a propaganda em massa, realizada pela Igreja Quadrangular, em Cuiabá, na presença de milhares de fiéis, é um ilícito passível de cassação, grave e explícito. Silval é acusado de usar a entidade em benefício eleitoral. Por isso, a ação que tramita na Justiça Eleitoral. “A peça inicial exemplifica, de forma clara e evidente, a utilização do evento evangélico ‘Labaredas de Fogo’ em prol do candidato Silval Barbosa e de seu vice, Chico Daltro. Se outro for o entendimento, estaríamos abrindo a porteira para que nas próximas eleições fossem permitidas atitudes como essa”, disse o advogado.

Ambos teriam pedido votos no evento para a eleição, conforme consta da denúncia.

Além disso, o procurador apontou que “houve captação ilícita por recebimento de propaganda paga por fonte vedada”.

Nesse caso, o procurador explica que não houve recebimento de dinheiro, e sim, de publicidade garantida pela igreja, que, ao falar dos candidatos, teria feito propaganda aos mesmos.

Tiago Lemos acrescenta ainda ser inegável o papel da igreja neste processo. “Não vejo como escapar. Negar isso é liberar a igreja para fazer propaganda de candidatos”, frisou ao conceder seu parecer.

Fonte: Mídia News e Último Segundo – iG/ Gospel+
Via: O Galileo

Cristãos são o povo mais perseguido do mundo, aponta relatório

Um relatório da Fundação “Ajuda à Igreja que Sofre” (AIS) revela que o número de violações à liberdade religiosa tende a aumentar, e que a intolerância em relação aos cristãos está crescendo, até mesmo nos países ocidentais.

No relatório de 2010 sobre a Liberdade Religiosa no Mundo, que analisa a situação em 194 países, a AIS considera particularmente preocupantes “as discriminações com base na religião, em especial na área de predomínio islâmico, e a hostilidade face à religião com motivações políticas”.

O documento elenca cerca de 20 países onde ocorrem “graves restrições ou muitos episódios de intolerância social ou legal ligados à religião”: Arábia Saudita, China, Coreia do Norte, Cuba, Egito, Índia, Irã, Iraque, Maldivas, Mianmar, Paquistão, Somália e Sudão, entre outros.

O relatório indica que Igreja foi praticamente extinta na Coreia do Norte, enquanto nas ilhas Maldivas, a prática do Cristianismo é proibida. A intolerância religiosa continua a aumentar e os cristãos têm sido as principais vítimas, segundo dados oficiais.

Dados da agência missionária de notícias FIDES, da Congregação para a Evangelização dos Povos, revelam que 75% das perseguições registradas têm como alvo os cristãos.

As perseguições acontecem por várias razões: ódio religioso, como no Iraque ou no Paquistão; ou motivos políticos, como na China e na Coreia do Norte, por exemplo, onde a comunidade cristã já foi praticamente extinta.

“Na Coreia do Norte, podemos falar de um dos casos mais extremos de extermínio da comunidade cristã, segundo a agência AsiaNews, especializada nessa área do mundo.”

Mais surpreendente é o caso das Maldivas: essa meta turística, muito procurada em virtude de suas praias paradisíacas, proíbe os cristãos de expressarem sua fé.

Fonte: Ecumene e Renascença/ Gospel+
Via: O Galileo

Adolescente foge de casa porque mãe a obrigava a ir a igreja

Após passar cinco dias desaparecida, a adolescente Alessandra Cristina Machado, 15 anos, foi devolvida aos pais nesta sexta-feira (26), em Pinhas, região metropolitana de Curitiba.

Investigadores da Polícia Civil encontraram a garota caminhando em um bairro da cidade. Alessandra estava bem fisicamente e contou aos agentes que ficou na casa de amigos durante o tempo em que esteve sumida.

Ao contrário das informações inicias, a fuga não foi motivada por um encontro marcado pela internet. O verdadeiro motivo seria uma discussão que a adolescente teve com a mãe, por conta de ser obrigada a acompanhá-la à igreja.

“A mãe é muito religiosa e por isso insistia que a menina a acompanhasse. Segundo a menina, este foi o verdadeiro motivo da fuga de casa”, disse o superintendente da Delegacia de Pinhais, Osmair da Silva. “Nosso alerta aos pais é que tentem resolver esses problemas familiares através do diálogo para que não se tornem casos de polícia.”

Fonte: O Diário / Gospel+

Nívea Soares conclama evangélicos a orar pelo Rio de Janeiro


A cantora Nivea Soares utilizou seu twitter na noite desta quarta-feira, dia 24, para pedir um clamor pelo Estado do Rio de Janeiro. Desde último domingo presos estariam coordenando, dentro das penitenciárias, as as ações de roubo e queima de veículos. Nesta quarta-feira o governo do Estado transferiu oito presidiários do Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio, para o presídio federal de Catanduvas, no Paraná, na noite desta quarta-feira (24). Eles são acusados de liderarem a onda de violência no Rio de Janeiro desde o último domingo.

Pelo twitter ressaltou a dificuldade pelo qual o estado atravessa e pediu ‘um clamor pela paz’. Não apenas o Rio de Janeiro passa por um momento conturbado. Belo Horizonte atravessa dificuldades após o forte temporal. Na quarta-feira,o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), declarou que vai decretar situação de emergência por causa do temporal que atingiu a cidade. Em visita ao bairro 1º de Maio, um dos mais afetados pela chuva, o prefeito afirmou que a medida é “para permitir dar um socorro financeiro para as pessoas que perderam geladeiras, roupas e aparelhos eletrônicos”.

Fonte: O Verbo / CREIO / GospelPrime

Comunidade mórmon quer derrubar veto à poligamia no Canadá

Uma comunidade mórmon do Canadá apelou à Suorema Corte de Columbia Britânica para descriminalizar a prática da poligamia no país.

Robert Wickett, advogado da comunidade de Bountiful, localizada em Columbia Britânica, disse nesta quinta-feira em suas declarações iniciais que a criminalização da poligamia viola o direito de liberdade de religião das pessoas.

Wickett alega que a proibição foi criada originalmente para criminalizar a prática comum entre os mórmons até os anos 50.

O advogado afirmou ainda que vai convocar 16 testemunhas, a maioria mulheres da comunidade de 550 pessoas. Segundo Wickett, elas temem que a criminalização da poligamia destrua suas famílias e devem dar à corte uma perspectiva da vida na comunidade.

A primeira testemunha será ouvida na próxima segunda-feira (29) e o julgamento deve se extender até janeiro de 2011.

Fonte: O Verbo / Folha Online

Ator de “Ugly Betty” diz que matou “demônio” que vivia em sua mãe


O ator Michael L. Brea, 31, deu uma entrevista de dentro do hospital psiquiátrico onde está internado explicando o motivo de ter matado a própria mãe.

“Eu não matei ela. Eu matei o demônio que morava dentro dela”, afirmou ao jornal americano “NY Daily News”.

Segundo ele, Deus apareceu para ele durante um sonho e disse para ele que aquele seria seu último dia na Terra.

No dia do assassinato, ele disse que se sentiu como o personagem Neo de “Matrix”.

“Comecei a ouvir vozes e a me sentir poderoso”, contou.

Ao chegar em casa, ele diz que já sabia que iria matar a própria mãe e a atacou, achando que o “demônio” havia se apoderado do corpo dela.

“Eu estava cortando a minha mãe e escutei a polícia batendo na porta, mas sabia que eles não conseguiriam entrar porque os espíritos estavam me protegendo. Continuei cortando ela”, contou. “Ninguém poderia me deter. Eu estava fazendo o trabalho de Deus.”

Brea foi preso na terça-feira (23) após a mãe dele, Yannick, de 55 anos, ser encontrada decapitada e com diversas perfurações no corpo.

Praticante de artes marciais, o ator usou uma espada de samurai para cometer o crime.

O ator apareceu em alguns episódios do seriado “Ugly Betty” e no filme “Step-Up 3D”, além de ter participado de comerciais.

Fonte: O Verbo / Folha


Arqueologia: Piscina usada por saqueadores romanos é encontrada em Jerusalém


Ao escavar o terreno onde será construído um novo local para banhos judeus em Jerusalem (Israel), arqueólogos descobriram uma piscina que já pertenceu à legião romana. A mesma legião que saqueou Jerusalém cerca de 1.800 anos atrás.

A descoberta lança uma nova visão sobre a cidade de Aelia Capitolina que os romanos construíram em Jerusalém depois de expulsar os judeus da região e tomar-lhes o poder.

O diretor da escavação, Ofer Sion, disse que o local ajuda a provar que Aelia Capitolina era maior do que se pensava anteriormente.

Jerusalém é uma das cidades mais escavadas no mundo devido a sua riqueza histórica, e rotineiramente arqueólogos são enviados para examinar locais próximos a projetos de construções atuais.

Durante a fiscalização que revelou a piscina, na parte antiga de Jerusalém, eles encontraram degraus que levavam a uma ala com mosaicos brancos no chão e centenas de telhas de terracota dispostas no telhado.

As telhas estavam gravadas com o nome da unidade romana — a Décima Legião– que construiu o lugar.

Sion acha que a piscina fazia parte de um complexo muito maior, onde milhares de soldados já se banharam.

Depois do achado arqueológico, a administração de Jerusalém disse que vai dar continuidade à construção do banho judaico onde será realizado o mikveh, um ritual de purificação segundo a religião judaica.

Segundo o órgão Autoridade de Antiguidades de Israel, os restos do balneário romano serão incorporados ao projeto atual.

Fonte: O Verbo / Folha

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Flordelis - Deus no Controle (Exclusiva)

MICHELLE NASCIMENTO NÃO DESISTA DOS SEUS SONHOS

Michelle Nascimento - Toque de Fe (Ao Vivo)

Bruna Karla - Advogado Fiel

Sou Humano - Bruna Karla - legenda

Missionario Alex Silva Missões na ÁFRICA ANGOLA LUANDA

Missionário Alex Silva os melhores momentos dos DVDs de varias igreja Mi...

MISSIONÁRIO ALEX SILVA , Entrada Ginágio Angola Luanda - ÁFRICA PARTE DV...

Ator de “Betty Feia” mata mãe com uma espada de samurai


O ator Michael L. Brea, de ”Ugly Betty” (Betty Feia, nos EUA) e ”Step-up 3D”, foi acusado nesta quarta-feira, 24, de homicídio qualificado e porte ilegal de arma. Michel seria o responsável pelo assassinato de sua mãe, com uma espada, segundo fontes policiais do TMZ.

Ele foi levado sob custódia na manhã de terça-feira, 23, depois de ter supostamente esfaqueado até a morte Yannick Brea, de 55 anos, em seu apartamento, no Brooklyn, em Nova York, onde ela foi encontrada de joelhos, no banheiro.

De acordo com o site, Brea não teria usado uma espada samurai, como relatos iniciais, mas outro tipo de lâmina, com cerca de três metros de comprimento. Ele segurava a arma no momento em que a polícia chegou, e foi logo preso.

A polícia diz que a cena foi “muito sangrenta” e o ator, de 31 anos, está passando por avaliação psiquiátrica, para determinar se é realmente são. Segundo o Daily Mail, um vizinho revelou que Michael teria tomado sua mãe como refém, e que passou a gritar passagens da Bíblia. Ele afirmou que o ator gritava “arrepender-se, arrepender-se”, antes de esfaquear Yannick.

O vizinho contou ainda que a mulher foi encontrada decapitada. “Michael estava gritando: ‘arrependei-vos, pecador, pecador’, várias vezes”, disse. “Ele mencionava Jesus, muito alto”, completou.

A testemunha afirmou que o ator sempre teve boa conduta, o que o fez estranhar esse “surto”. “Vi Michael no sábado passado, e ele perguntou sobre minha filha. Ele era sempre gentil”, falou. Já outro morado do prédio acrescentou detalhes do assassinato. ”Seus gritos me acordaram, gritos nunca vou esquecer”, falou.

Fonte: O Verbo / Ego

Bandidos mataram por engano bispo da Igreja Universal

PERNAMBUCO – O bispo-auxiliar da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) José Carlos de Santana, 48 anos, assassinado no último dia 25 de outubro, foi morto por engano. O alvo era um presidiário em regime semiaberto que havia comandado o tráfico na região onde ocorreu o crime. A conclusão foi da delegada Josineide Confessor, da 2ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ontem pela manhã, ela prendeu duas pessoas envolvidas no crime, que aconteceu na Estrada do Barbalho, Iputinga, Zona Oeste do Recife. Durante as buscas, os policiais encontraram outro homem, que estava com drogas e armas. Dois homens, um deles apontado como o autor dos tiros, permanecem foragidos.

Para prender os suspeitos, foi montada a Operação Universal, que contou com 30 policiais (20 civis e 10 militares). Por volta das 5h de ontem, os agentes entraram na comunidade do Detran, na Iputinga, e inicialmente capturaram Eti Paula Bernardo da Silva, 25, conhecida como Paulão e apontada como líder do grupo, e Aílton Xavier da Silva, 19, conhecido como Cara de Burro. Em seguida, prenderam o cadeirante Wellington Henrique Ferreira, 29, com dois revólveres calibre 38, 100 gramas de maconha e 50 gramas de crack. As armas serão submetidas a perícia balística.

Wellington foi encontrado no local onde a polícia procurava Robson da Silva Costa, 20, que, segundo a polícia, atirou contra o carro onde estavam o bispo José Carlos e o pastor da Iurd Joel Nunes, 46. O outro foragido é Tiago Bernardo da Silva, 19, conhecido como Tiaguinho Bodão. A polícia solicitou a divulgação das fotos dos suspeitos. Quem tiver informações sobre os dois deve ligar para o DHPP: (81) 3184-3550.

Segundo Josineide Confessor, o grupo assumiu o comando do tráfico na comunidade do Detran depois que Carlos Adriano Leite da Silva foi preso na Penitenciária Agroindustrial São João. Como o detento goza do regime semiaberto, o grupo temia que ele voltasse a agir na região e resolveu matá-lo. “Eles sabiam que Carlos Adriano andava em um carro preto e prepararam uma tocaia na Estrada do Barbalho. Eti Paula e Aílton ficavam de bicicleta tentando identificá-lo e Robson e Tiago ficavam de moto”, explicou a delegada.

OUTRO CRIME – Dois dias antes do assassinato do bispo, o grupo havia atirado contra o veículo de Carlos Adriano, um Celta, ferindo um vendedor de bolos da comunidade. No dia 25, quando o bispo e o pastor foram ao Detran para renovar a carteira de habilitação do primeiro, com um Gol preto, de placa DAL-4990, da Iurd, os bandidos confundiram os veículos e dispararam duas vezes. Um tiro atingiu José Carlos na nuca. “Houve muitas testemunhas, mas como o grupo impõe medo na comunidade, tivemos dificuldades de consolidar as investigações”, afirmou Josineide Confessor.

O grupo estaria envolvido ainda no assassinato de Jaciara Elias Pinheiro do Nascimento, que estava grávida e era irmã de um suposto amante da mulher de Robson. O crime ocorreu no último dia 25 de agosto. “Eles foram perguntar sobre o paradeiro do irmão, ela se negou a dizer e levou três tiros”, contou a delegada.

Fonte: O Verbo / Jornal do Commercio

Biografia de Aline Barros é destaque na mídia secular


O segundo semestre deste ano foi dominado pelas biografias. As editoras, graças à proximidade do Natal, apostaram no gênero e intensificaram os lançamentos nas últimas semanas, provocando uma verdadeira guerra mercadológica.

Com nomes curtos e capas em preto e branco, as biografias, geralmente de políticos e astros da música, apresentam histórias de orgias, desabafos, drogas e crueldade. Nadando contra a corrente, Aline Barros lança sua autobiografia, um relato de superação e amor a Deus.

Publicado pela Thomas Nelson Brasil, “Fé e Paixão” conta a trajetória de desafios e vitórias, do início de sua carreira no Rio de Janeiro ao reconhecimento internacional. Semelhante a um diário, a cantora gospel mais popular do país dá lições de vida e de valorização da família.

A carioca ganhou o Grammy Latino na categoria melhor álbum de música cristã em língua portuguesa em 2004, 2006 e 2007. Comoveu milhares de pessoas em Porto Rico, Londres, Coreia do Sul, Venezuela e muitos outros países.

Fonte: O Verbo / Livraria da Folha / Gospelprime

Senador é condenado por usar pulpito de igrejas evangélicas para promover candidatura

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) condenou o senador Arthur Neto (PSDB), que não se reelegeu, ao pagamento de multa no valor de R$ 5 mil por divulgação de candidatura dentro de templos religiosos, procedimento proibido pelo Artigo 37 da Lei 9504/97.

Segundo o Ministério Público Eleitoral (MPE), Arthur usou o altar dasigrejas Pentecostal Unidas do Brasil e Igreja Pentecostal Sol da Justiça, no mesmo dia (17 de setembro deste ano), para promoção de sua candidatura.

Responsável por absolver Arthur nesse processo em primeira instância, o juiz Dimes Braga, relator da ação judicial contra o senador, voltou atrás e votou pela condenação de Arthur. Ele disse que o Ministério Público Eleitoral apresentou informações mais concretas que o ajudaram a mudar de decisão.

De acordo com a denúncia do MPE, Arthur infringiu o Artigo 37 da Lei 9504/97 ao dizer, nas igrejas, que ao contrário de outros candidatos, ele não é cristão só no período eleitoral. Ainda segundo o MPE, Arthur também afirmou que o Amazonas precisava de políticos que acreditassem em Deus no Senado e não de parlamentares ateus.

Para o procurador eleitoral Edmilson Barreiros, ao citar o termo eleição nas igrejas, o senador fez alusão à promoção de sua candidatura. “Não temos como não vincular uma tentativa de promoção pessoal nas igrejas, uma vez que ele se voltava aos fiéis dos templos”, declarou.

O advogado de Arthur, Alexandre Pena, negou que o senador tenha usado as igrejas para a promoção de sua candidatura e prometeu recorrer da decisão do TRE-AM.

Fonte: D24.AM / Gospel+
Via: Guia-me

Miley Cyrus, a Hanna Montana, afirma que casará virgem: “Fui criada em uma família cristã”

Estrela da TV, estrela da música, estrela do cinema. Quarta pessoa mais bem paga do show biz “antes dos 30”, com faturamento anual de US$ 48 milhões (aproximadamente R$ 82 milhões).Miley Cyrus construiu sua carreira como uma garota de família conservadora, seguindo as regras da igreja cristã e mesmo namorando famosos como Nick Jonas, dos Jonas Brothers, com o modelo Justin Gaston e também com o ator Liam Hemsworth a atriz afirma que quer se casar virgem.

Miley nasceu dia 23 de novembro de 1992 em Nashville, Tennessee, filha de Billy Ray Cyrus, grande galã da música country norte-americana e sua mulher Letícia. A pequena estrela cresceu em uma fazenda de 2 km² com cinco irmãos e, quando bebê, foi apelidada pela mãe de “Smiley” – “sorridente”, em inglês.

Logo cedo, aos 11 anos de idade, Miley iniciou suas aventuras no showbiz, seguindo os passos do pai, que na época estrelava o seriado “Doc”. Ela fez uma bateria de testes para séries de TV, mas como era muito inexperiente, acabou não conseguindo um papel.

Dois anos depois, em 2005, Miley agarrou a oportunidade que iria mudar completamente sua vida: ela foi escalada para o papel principal na série “Hanna Montana”, a maior aposta da Disney para a TV naquele ano. Ela interpretava uma adolescente com dupla personalidade — de dia era uma garota comum e de noite uma famosa cantora pop.

Em 2006, o programa já era a atração mais assistida entre jovens de 6 a 14 anos. O sucesso continuou com a trilha sonora, que atingiu o topo das paradas da Billboard. Miley se tornava também, uma sensação da música com disco de platina triplo e uma mega turnê pelos Estados Unidos, com ingressos esgotados em todas as cidades.

Na estrada com a turnê “Best Of Both Worlds” de 2007, Miley anuncia o namoro com o cantor Nick Jonas, da banda Jonas Brothers que também são da Disney. Na época, ele tinha apenas 14 anos e chegaram a juntar as turnês. “A gente se ama”, contou ela à revista “Seventeen”. O namoro duraria dois anos.

No mesmo ano, em julho, Miley foi capa da revista “People” ao lado do pai. “A preocupação é manter os pés dela no chão”, disse Billy Ray à publicação. O cantor também revelou que Miley frequentava a igreja todas as semanas e também ficava de castigo, caso fizesse algo de errado.”Quero me manter virgem até o dia em que me casar. Fui criada em uma família cristã”, disse ela.

Fonte: Guia-me / Gospel+
Via: Gospel Prime