sexta-feira, 30 de abril de 2010

Sexo, Intrigas e Poder: Novas revelações


Devido a grande repercussão das denúncias exibida na semana passada, você acompanha novas informações sobre o caso envolvendo padres acusados de abusos sexuais. O afastamento dos três padres denunciados foi anunciado pelo próprio bispo da diocese de penedo, Dom Valério Breda, durante uma missa. A denúncia: ex-coroinhas acusam padres da igreja católica de abuso sexual.

A prova: um vídeo. A cena: um padre em relação sexual com seu coroinha. Arapiraca um dia depois. Uma cidade perplexa, que se sente traída e pede justiça. O caso repercute em Alagoas, no Brasil e no mundo. Ganha destaque no canal americano internacional CNN, no prestigiado The New York Times e chega ao vaticano. O porta-voz da Santa Sé, padre Frederico Lombardi, reconhece a existência dos casos. e pede que as denúncias sejam esclarecidas.

Outras vítimas ganham coragem. Vencem o medo de anos a fio de intimidações e começam a revelar o que sofreram. José, hoje com trinta e oito anos, conta que aos dezesseis foi assediado pelo Monsenhor Luiz Marques. Depois do assédio, José se afastou da igreja católica e nunca mais frequentou a missa. Este outro rapaz, hoje com vinte e nove anos, relata que monsenhor Luiz Marques o assediou quando ele tinha doze anos.

Agora, novas revelações. O nome de um outro padre da mesma diocese aparece envolvido no mesmo crime. Seu nome: Padre Enaldo da Mota. Na época, padre de feira grande. Hoje, padre Enaldo reza missas em Arapiraca. Foram oito anos de silêncio. Hoje, as vítimas abrem o jogo. Preferem esconder seus rostos, mas contam com detalhes como padre Enaldo abordava os jovens que frequentam sua igreja.

+ Veja a reportagem na íntegra

Conexão Repórter

Pedofilia: Sexo, Intrigas e Poder - Parte 2

+ Se preferir, assista na íntegra em vídeo

Uma cidade a procura de respostas. Uma comunidade que não se conforma com o outro lado da vida de um de seus importantes religiosos. A imagem inquietante que teima em não sair da mente. Pela primeira vez, os coroinhas que acusam os padres de abuso sexual desde a infância mostram o rosto e afirmam não terem medo de confrontos. A denúncia do Conexão Repórter que repercutiu nos principais veículos de comunicação do mundo ganha novos contornos. Novas provas, novos acusados. Jamais a igreja católica esteve tão confrontada com os crimes e os pecados da pedofilia.

Para entender melhor o que está acontecendo em Arapiraca e no estado de Alagoas é preciso voltar no tempo. Anápolis, interior de Goiás. A terceira maior cidade do estado. Antes do caso brasileiro atual, em 2001 foi registrado o episódio de pedofilia envolvendo um dos padres mais importante de nosso país. Neste local os meninos que foram molestados passaram muito tempo sendo acusados de mentirosos. Em Arapiraca, um vídeo. Em Anápolis, um diário. Em comum padres acusados que perpetuaram seus atos graças às vistas grossas de seus superiores como reforçam diversos indícios.

Frei Tarcisio Tadeu Spricigo sodomizou suas vítimas. Garotos foram abusados sexualmente e vivem à sombra da vergonha e do medo. Uma das vítimas conta que Frei Tarcisio usava a Bíblia para exorcizar os pecados. Em dois mil e cinco, Frei Tarcísio foi condenado a vinte e nove anos e nove meses de prisão pelo crime de abuso sexual de dois garotos. O garoto de Anapólis e um caso anterior em agudos, interior de são paulo. Mais um exemplo da política recorrente de apenas transferir padres suspeitos de paróquia em paróquia. Evidências de que o caso de Anápolis poderia ter sido evitado .

Os métodos de abordagem de pedófilos que usam a batina para atacar suas vítimas são semelhantes em várias partes do mundo. Na primeira reportagem eles eram apenas sombras. Agora eles ganham rostos, nomes e ainda mais coragem.

Arapiraca, um mês depois das denúncias. Os ex-coroinhas Flávio e Fabiano agora respiram aliviados. Fabiano é quem aparece no vídeo. Flávio é quem está gravando. Depois da nossa primeira reportagem, eles perderam o medo e agora falam sem esconder os rostos.

Flávio e Fabiano foram protagonistas de um drama da vida real. Anos a fio, dizem que foram abusados sexualmente por padres de Arapiraca, e eles agora querem justiça. O perito Ricardo Molina constata que o vídeo não tem qualquer montagem. E confirma: quem aparece com o coroinha é mesmo o monsenhor Luiz. Segundo um documento assinado por Fabiano, Flávio e o monsenhor Luiz Marques, fica acertado que o vídeo em que o monsenhor Luiz aparece fazendo sexo com Fabiano não seria divulgado. Em troca, monsenhor Luiz se compromete a pagar uma dívida de trinta e dois mil, duzentos e cinquenta reais.

Descobrimos que um dos monsenhores acusados pelos coroinhas, Raimundo Gomes, já tinha, inclusive, respondido a um processo por abuso de menor há quinze anos em mais uma história abafada. Em Penedo localizamos o promotor do caso, Silvio Menezes Tavares, aposentado. Pressionado pela comunidade, monsenhor Raimundo foi transferido para Arapiraca, onde depois foi acusado por coroinhas de praticar o mesmo crime.

O padre Edilson Duarte, de Arapiraca, foi outro denunciado e afastado acusado de abuso sexual. Imagens registradas pelo ex coroinha Flavio mostram como ele recebe jovens em seus aposentos: de cueca em sua cama. Uma outra conversa registrada nessa mesma época, do ano passado, revelações e ameaças. O padre fala sobre Fabiano, coroinha filmado mantendo relações com monsenhor Luís. Em outro trecho fala sobre um coroinha que teria desaparecido após ter denunciado outro padre, Enaldo da Mota

CONEXÃO REPÓRTER

Sexo, Intrigas e Poder - Parte 3




+ Se preferir, assista à reportagem em vídeo na íntegra

Pela primeira vez na história da igreja católica brasileira o vaticano reconhece um caso de abuso sexual contra menores. A longa investigação do Conexão Repórter repercutiu em todo o mundo e foi a base dos depoimentos da CPI da pedofilia em Arapiraca. Após duas horas de conversa, padre Edilson Duarte revela a Roberto Cabrini ter abusado de menores e faz revelações surpreendentes. Imagens exclusivas de uma CPI da pedofilia histórica.

Prisões, confissões, revelações, perplexidade. Nossa investigação é a base, não só dos trabalhos da CPI da Pedofilia, mas também das investigações da Polícia Civil e do Ministério Público de Alagoas. O vídeo é o ponto de partida e a nossa investigação se aprofunda. Gravações reveladoras, muitas com câmera escondida. Outras com o conhecimento de uma das partes. O depoimento das vítimas. Entrevistas contundentes. Testemunhas localizadas, que confirmam abusos. E uma série de detalhes apurados. Tudo isso fornece às autoridades fortes indícios da formação de uma quadrilha de pedófilos agindo na Igreja Católica em Arapiraca.

No dia 16 de abril de 2010 a Comissão Parlamentar de Inquérito da pedofilia do Senado Federal se transfere para a cidade alagoana. O presidente da CPI, senador Magno Malta, ouve todos os envolvidos nas denúncias. Vítimas e algozes cara a cara. Ânimos exaltados.

O que antes estava só por trás da sacristia é exposto. Os ex-coroinhas relatam os abusos. Em um momento de forte emoção, uma das vítimas não aguenta. Flávio desaba ao lembrar dos anos de sofrimento. Depois do depoimento ele continua chorando e confessa: está com medo de represálias.

Maria, empregada do monsenhor Luiz Marques, também é chamada para depor. Diz que nunca viu nada nos sete anos em que trabalha na casa do religioso. Mas o depoimento dela não convence o Ministério Público, nem as delegadas e nem a CPI. Ela foi presa por falso testemunho.

O atual motorista do monsenhor Luiz, Reinaldo Bezerra, também afirma nunca ter visto nada suspeito. Mas a gravação do Conexão Repórter prova o contrário. E revela que ele não só tinha conhecimento das relações, como também de que os atos começaram quando os coroinhas eram menores. Um caso clássico de falso testemunho. O senador Magno Malta chama o ex-coroinha Fabiano para uma acareação e ele relata que o motorista tinha total conhecimento dos abusos. O senador enfatiza que a conversa entre o motorista e o ex-coroinha, gravada pelo Conexão Repórter, foi de extrema importância para as investigações.

O depoimento do motorista na CPI foi considerado mentiroso. Por isso, ele também foi preso por falso testemunho. Outro trecho da investigação da nossa equipe é decisivo para que um dos acusados decida confessar. Nossas câmeras registram o momento em que o padre Edilson recebe Flávio, o ex-coroinha, de cuecas em sua casa. A gravação mostra um convite indevido. E na conversa, uma série de revelações. E com delação premiada, a confissão de padre Edilson Duarte. Monsenhor Raimundo, também acusado pelos coroinhas de ter cometido abusos, nega tudo.

E a parte mais tensa da CPI: Monsenhor Luiz Marques, que aparece no vídeo com o coroinha, é chamado para depor. Ele usa a Bíblia para se justificar. Confissões e pedidos de perdão. O clima esquenta com a acareação. Pela primeira vez, o monsenhor e os coroinhas frente a frente. E o momento em que o monsenhor mais influente de Arapiraca jamais imaginou: sua prisão.

Dois dias depois, a detenção é transformada em prisão domiciliar. Imagens exclusivas mostram os bastidores da CPI. Os acusados antes de prestarem depoimento e depois, a transformação. Uma rede de mentiras, pressão e ameaças desmascaradas.

Conexão Repórter

quinta-feira, 29 de abril de 2010

VÍDEO DO DIA - SEJA UM VERDADEIRO ADORADOR, ALELUIA!!!

Assembléia de Deus lança “cartão de crédito missionário”


A Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), presidida pelo pastor José Wellington e seu vice, o pastor Silas Malafaia, lançou no feriado de 21 de abril, durante um culto na Igreja Sede de Taguatinga (DF), o cartão de crédito “missionário”, destinado aos membros das igrejas Assembléia de Deus.
Em parceria com a Shalon Card, o cartão poderá ser utilizado em estabelecimentos comerciais do mundo inteiro e permitirá saques em caixas eletrônicos 24 horas. Parte do valor arrecadado pelo pagamento da anuidade do cartão será convertido para a igreja sede.
Este não é o primeiro cartão de crédito destinado aos membros da Assembléia de Deus. Em fevereiro foi lançado o Cartão CGADB Gold, em comemoração ao centenário da igreja. O cartão, também desenvolvido pela Shalon Card, tem a bandeira Mastercard e é aceito em mais de 28,8 estabelecimentos comerciais.
A cada U$ 1,00 gasto, o usuário acumula pontos para troca no programa de fidelidade. Os pontos poderão ser resgatados em produtos nas Lojas Americanas.com, Editoras Globo e milhas de viajam da empresa de transporte aéreo, TAM.
A anuidade do cartão é de R$ 45,00 e o custo de um adicional é de R$ 22,50, com taxas de juros de 8,9% ao mês. Será repassado 35% do valor da anuidade para a Convenção Geral e as Convenções Regionais utilizarem nas obras sociais de Igreja. O cartão também permite a realização de empréstimos, como juros de 4,5% ao mês, mas ele é destinado apenas para pastores e líderes da Assembléia.

Cartão de Crédito da Igreja da Graça
Em junho de 2009 houve um intenso protesto em blogs de pessoas atéias contra o cartão de crédito da Igreja da Graça, de RR. Soares. O cartão, que tem a bandeira Visa, além de permitir o pagamento das contas em até 40 dias, a realização de parcelamento e saques, parte do valor da anuidade é destinada à manutenção da igreja e obras sociais.

Gospel+/Notícias Cristãs

CNBB critica adoção de crianças por casais homossexuais

A adoção por casais homossexuais não permite que a criança cresça em um ambiente familiar formado por pai e mãe, segundo o padre Luiz Antônio Bento, assessor da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O direito à adoção por casais gays foi reconhecido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em decisão inédita na última terça-feira. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.
De acordo com o padre, nem sempre o que é legal é moral e ético. Para ele, as crianças têm o direito de conviver com as figuras masculinas e feminina no papel de pais. O pastor Paulo Freire, da igreja evangélica Assembleia de Deus, tem posição semelhante à do padre Bento. "A criança precisa da figura do pai e da mãe para entender a vida", disse. Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), afirma que as críticas à decisão do STJ incitam o preconceito.

Terra/Notícias Cristãs

Polícia vai investigar legalidade de igreja em Niterói fundada por pastor preso


O PASTOR (em primeiro plano) é levado preso: 4 condenações

RIO - A Polícia Civil vai investigar a legalidade da Igreja Pentecostal Amigos de Cristo, em Niterói, fundada pelo pastor foragido da Justiça Antonio Luiz Fontes, de 48 anos, preso na noite de terça-feira. Com quatro condenações por estelionato e roubo, além processos em andamento pelos crimes de homicídio e receptação no interior do estado, Antonio confessou ainda, na polícia, ser comprador de carros "salvados" - veículos que sofreram perda total e, depois de recuperados, foram vendidos a terceiros.
Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), Márcio Mendonça, a segunda parte da investigação será focada no destino do dinheiro que Antonio arrecadava dos fiéis.
- Se ficar comprovada a ilegalidade da abertura da igreja ou que o dinheiro era usado para benefício próprio, ele passará a responder por mais um crime: estelionato - disse o delegado.
Após três meses de investigação, os policiais se posionaram em frente à igreja, no bairro do Fonseca, para prender o pastor. Muitos fiés estavam na porta e aguardavam pelas pregações de Antonio, que, ao chegar, recebeu voz de prisão.
- Como é uma pessoa criminosa, ficamos preocupados com a possibilidade de o pastor estar armado e fazer um membro da igreja refém. Optamos em prendê-lo antes. Fomos rápidos e não houve tumulto entre os fiés - contou o delegado.

Globo/Notícias Cristãs

Mulher suspeita de largar feto aos cães tinha antecedentes

PJ deteve mulher de 25 anos e já fez exames para comprovar gravidez.
Tem 25 anos, reside em São João da Madeira, mas os pais habitam em Pinheiro de Ázere, a mulher suspeita do abandono do feto com sete meses de gestação num pinhal da freguesia de Santa Comba Dão. Foi um pastor que descobriu quando os seus cães "devoravam" o feto. A jovem, que foi ontem detida pela PJ, já tem antecedentes por uma situação com contornos semelhantes ocorrida há cinco anos.
A alegada mãe foi "levada" pela PJ para "apuramento das suas responsabilidades", contou fonte policial. Ficou indiciada e ainda ontem foi sujeita a exames no Instituto de Medicina Legal (IML) de Viseu. À hora de fecho desta edição, desconhecia-se se a mulher tinha sido constituída arguida ou se seria presente a um juiz. Nesta altura, a PJ apurava também o envolvimento de um homem, seu companheiro. Na noite de quinta--feira, "um pastor deparou-se com os seus cães de volta daquilo que pensou ser uma boneca", disse fonte da PJ. José Ferreira, pastor que encontrou a criança, relatou que encontrou o feto quando "os cães fugiram para o achado, de onde não arredaram pé". Ao ver que os cães "se lambuzavam, espreitou e constatou que se tratava de um feto", adiantou a fonte. A população juntou-se no local, em estado de choque. "É uma coisa que não se faz. Não tenho palavras", disse José Azevedo, um dos primeiro populares a chegar ao local. As investigações da PJ permitiram apurar que a "alegada mãe do feto, uma empresária de 25 anos, mora na aldeia onde tem familiares". "É filha de um morador da aldeia, mas nos últimos anos vive em S. João da Madeira."
O corpo foi autopsiado no IML de Viseu e de acordo com fonte judicial "ainda não foi apurado o sexo. Os cães comeram partes do corpo que impediram essa análise". Os pais da suspeita, que são divorciados, "estão a ser acompanhados pela Segurança Social e apresentam dificuldades".

DN/Notícias Cristãs

Doleiros dizem que Igreja Universal enviou R$ 400 milhões ao exterior

Evasão
Revelação de sócios da casa de câmbio Diskline, que aceitaram colaborar com as investigações do Ministério Público no Brasil e da Promotoria de Nova York pela chamada delação premiada, indica que remessas foram feitas entre 1995 e 2001.
A Igreja Universal do Reino de Deus é acusada de ter enviado para o exterior cerca de R$ 5 milhões por mês entre 1995 e 2001 em remessas supostamente ilegais feitas por doleiros da casa de câmbio Diskline, o que faria o total chegar a cerca de R$ 400 milhões. A revelação foi feita por Cristina Marini, sócia da Diskline, que depôs ontem ao Ministério Público Estadual e confirmou o que havia dito à Justiça Federal e à Promotoria da cidade de Nova York.
O criminalista Antônio Pitombo, que defende a igreja e seus dirigentes, nega as acusações.
Cristina e seu sócio, Marcelo Birmarcker, aceitaram colaborar com as investigações nos dois países em troca de benefícios em caso de condenação, a chamada delação premiada. Cristina foi ouvida por três promotores paulistas. Ela já havia prestado o mesmo depoimento a 12 promotores de Nova York liderados por Adam Kaufmann, o mesmo que obteve a decretação da prisão do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), nos Estados Unidos - ele alega inocência.
Os doleiros resolveram colaborar depois que a Justiça americana decidiu investigar a atividade deles nos Estados Unidos com base no pedido de cooperação internacional feito em novembro de 2009 por autoridades brasileiras. Em Nova York, eles são investigados por suspeita de fraude e de desvio de recursos da igreja em território americano.
Seus depoimentos foram considerados excelente pelos investigadores. Ela afirmou aos promotores que começou a enviar dinheiro da Igreja Universal para o exterior em 1991. As operações teriam se intensificado entre 1995 e 2001, quando remetia em média R$ 5 milhões por mês, sempre pelo sistema do chamado dólar-cabo - o dono do dinheiro entrega dinheiro vivo em reais, no Brasil, ao doleiro, que faz o depósito em dólares do valor correspondente em uma conta para o cliente no exterior. Cristina disse que recebia pessoalmente o dinheiro.

Subterrâneo
Na maioria das vezes, os valores eram entregues por caminhões e chegavam em malotes. Houve ainda casos, segundo a testemunha, que ela foi apanhar o dinheiro em subterrâneos de templos no Rio.
Cristina afirmou que mantinha contato direto com Alba Maria da Silva Costa, diretora do Banco de Crédito Metropolitano e integrante da cúpula da igreja, e com uma mulher que, segundo Cristina, seria secretária particular do bispo Edir Macedo, fundador e líder da igreja.
De acordo com a testemunha, ela depositou o dinheiro nos EUA e em Portugal. Uma das contas usadas estaria nominada como "Universal Church". Além dela, os promotores e procuradores ouviram o depoimento de Birmarcker. Ele confirmou a realização de supostas operações irregulares de câmbio para a igreja, mas não soube informar os valores.
Os doleiros Cristina e Birmarcker estão na relação de investigados no Caso Banestado (inquérito federal sobre evasão de divisas). Em 2004, foram alvo da Operação Farol da Colina - maior ofensiva da história da Polícia Federal contra crimes financeiros no País. Cristina e Birmarcker foram presos na ação e hoje respondem a processo na 2.ª Vara Federal Criminal de São Paulo.
No Brasil, Macedo e Alba estão entre os diretores do chamado Grupo Universal processados sob as acusações de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro obtido de fiéis por meio de estelionato. Alba representaria no País as empresas Investholding e Cableinvest, ambas sediadas em paraísos fiscais. A acusação sustenta que elas seriam usadas para a lavagem de dinheiro.

Provas
Os promotores brasileiros têm ainda como prova um relatório financeiro feito pelo Ministério Público Federal que relaciona algumas remessas supostamente ilegais feitas pela Diskline para a Cableinvest. A empresa teria movimentado recursos por meio da conta Beacon Hill, no JP Morgan Chase Bank, de Nova York, mantida pelos doleiros.
As provas sobre essas remessas foram encontradas em um CD apreendido na sede da casa de cambio pela PF. Uma tabela descreve remessas que totalizam R$ 7,5 milhões (em valores da época) feitas entre agosto de 1995 e fevereiro de 1996.
Na esfera estadual, as investigações seguem em duas frentes - uma comandada pela Promotoria do Patrimônio Público e Social e outra pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A primeira pode levar ao bloqueio e à perda dos bens dos diretores da igreja no Brasil. A segunda investigação pode levar à condenação criminal dos acusados.

PARA ENTENDER
Edir e mais 9 são acusados

Em agosto de 2009, a 9.ª Vara Criminal de São Paulo aceitou denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) e instaurou ação penal contra Edir Macedo e nove integrantes da Igreja Universal. Eles são acusados de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. A denúncia foi resultado de dois anos de investigação conduzida por promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A acusação sustenta que o dinheiro arrecadado com fiéis seguiu para empresas de fachada no exterior e depois foi repatriado por empresas fictícias abertas em nome de dirigentes da igreja.

AE/Notícias Cristãs

Pastor suspeito de 4 crimes é preso durante culto no Rio

O pastor evangélico Antônio Luiz Ponte foi preso na noite de ontem por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), no Rio de Janeiro. Contra ele havia quatro mandados de prisão pelos crimes de homicídio, roubo, furto e estelionato. O pastor foi detido quando realizava um culto na Igreja Pentecostal Amigos de Cristo, em Niterói.
Segundo o delegado Márcio Mendonça, titular da DRFA, os agentes investigavam o pastor, de 48 anos, há cerca de três meses. Contra ele também havia oito anotações criminais na polícia.

AE/Notícias Cristãs

Arqueólogos afirmam ter encontrado a Arca de Noé na Turquia


Grupo de chineses e turcos teria localizado vestígios da mítica embarcação no Monte Ararat.
Um grupo de arqueólogos chineses e turcos afirmam ter localizado a bíblica Arca de Noé no topo do Monte Ararat, na Turquia, segundo informa nesta terça-feira, 27, a imprensa local.
Um dos membros do grupo, o documentarista chinês Yang Ving disse que foi localizada uma estrutura de madeira antiga a uma altitude de 4 mil metros no Ararat, que está localizado próximo à fronteira com o Irã.
O explorador, membro de uma organização internacional dedicada à busca da mítica embarcação em que Noé e sua família escaparam do dilúvio, afirmou que os vestígios encontrados datam de 4.800 anos atrás.
"Não é 100% seguro que seja a Arca, mas avaliamos que é 99,9%. A estrutura do barco tem muitos compartimentos e isso pode representar os espaços onde os animais foram acomodados", disse Ving em declarações à agência de notícias turca Anadolu.
O especialista também informou que o grupo entrou em contato com o governo da Turquia para pedir proteção ao local onde será feita as escavações e adiantou que solicitará à Unesco que inclua essa região na lista de patrimônios da humanidade.
Não é a primeira vez que um grupo de arqueólogos afirma ter encontrado a Arca de Noé no Monte Ararat, o mais alto da Turquia, onde a Bíblia narra que Noé desembarcou após as águas baixarem depois do Dilúvio.

EFE/Reuters/Notícias Cristãs

A Bíblia muda a vida de cristãos ao nordeste da Índia, explica sacerdote

O Pe. Thomas Manjaly, professor de Bíblia no Oriens Theological College, Shillong, e membro da Pontifícia Comissão Bíblica, explicou que a leitura e meditação das Sagradas Escrituras está mudando a vida de milhares de cristãos na zona nordeste da Índia, no estado de Meghalaya.
Em declarações à organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), o presbítero explicou que "a Bíblia ocupa uma parte muito importante na vida da Igreja no norte da Índia: uma razão fundamental da influência protestante na região".
Em Meghalaya, onde 70 por cento da população é cristã, disse o sacerdote, os cristãos "desenvolveram uma cultura bíblica que influi também nas comunidades católicas, o que é muito positivo".
Os católicos, assegura, "escutam passagens da Bíblia em pequenos grupos, escutam a explicação e logo rezam a palavra. Como grupo, não só farão coisas no nível intelectual, mas também em níveis emocional e prático".
Depois de agradecer a AIS por sua ajuda para o desenvolvimento dos programas de formação bíblica, o Pe. Manjaly ressaltou como nos lares católicos se coloca a Bíblia em um lugar de honra, como se fosse o centro de um santuário.
Outra forma em que os conteúdos das Sagradas Escrituras são conhecidos, comenta o sacerdote, é através de cantos e hinos que compõem os católicos nas línguas locais.

ACI/Notícias Cristãs

Recolhido nas escolas de Recife livro com material pornográfico para crianças


O livro didático Mamãe, como eu nasci? ainda estava sendo distribuído entre alunos do terceiro ano do ensino fundamental da rede pública do Recife e já começou a ser recolhido, nesta semana, por iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, diante da polêmica que provocou. De autoria de Marcos Ribeiro, premiado pela Academia Brasileira de Letras e referência nacional em educação sexual, o livro chegou a ser considerado “pornográfico” pelo vereador André Ferreira (PMDB), representante da bancada evangélica na Câmara.

Pais de alunos se mostraram revoltados com a publicação, que fala de forma clara sobre sexo e traz, entre as ilustrações, um menino e uma menina se masturbando – ele em uma banheira e ela defronte da televisão. Com o apoio de vereadores de vários partidos, a Câmara de Vereadores realizará uma audiência pública no dia 12 de maio para debater o assunto. “O livro usa cenas e palavras pesadas, chega a ser constrangedor ler o que está lá”, afirmou Ferreira, que o considera inadequado para crianças. Para ele, cabe aos pais a educação sexual dos filhos. “Quem é a escola para escolher o tempo certo para abordar o assunto?”

A diretora geral de ensino da Secretaria Municipal de Educação, Luiza Vasconcelos, afirmou que o recolhimento do livro é provisório, para discussão com as escolas e pais que tiveram dificuldade com a publicação. Ela defende o título, escrito há 18 anos e usado em várias escolas de Estados e Municípios brasileiros, como instrumento de proteção e prevenção.

“A partir do conhecimento do seu corpo, a criança pode se proteger”, afirmou, ao destacar que muitos alunos e professores não aceitaram devolvê-lo, o que é respeitado pela Secretaria. Segundo ela, 550 exemplares do livro – dentro de um kit de títulos didáticos – estavam sendo distribuídos com as turmas do primeiro ano do segundo ciclo, que têm idade entre oito a dez anos.

Fonte: Época/OVERBO

Pregador americano é preso na Inglaterra por declarar que a conduta homossexual é pecado

(Por Hilary White) – Um americano que prega nas ruas foi preso e multado em 1.000 libras em Glasgow por dizer a uma pessoa que estava passando na calçada, em resposta direta a uma pergunta, que a atividade homossexual é pecado. Shawn Holes passou a noite de 18 de março na cadeia, e de manhã confessou culpa diante das acusações de que ele havia feito “comentários homofóbicos… com o agravante de preconceito religioso”.

Holes, de 47 anos, é um fotógrafo de casamentos da cidade de Lake Placid, Nova Iorque, e estava em Glasgow como parte de uma turnê de pregações na Inglaterra com um grupo de colegas ingleses e americanos. Ele disse: “Eu estava conversando de modo geral sobre Cristianismo e pecado”.

“Só falei sobre essas outras questões porque as outras pessoas fizeram perguntas específicas. Havia homossexuais escutando — por volta de seis ou oito — que estavam se beijando e se amassando, e perguntando: ‘O que você pensa disto?’” Um grupo de homossexuais foi até a polícia com uma queixa. Holes mais tarde disse que a situação parecia como uma “armação de ativistas gays”.

“Quando me fizeram perguntas diretas sobre a homossexualidade, eu lhes disse que os homossexuais estavam se arriscando a sofrer a ira de Deus, a menos que aceitassem Jesus”.

A acusação, sob a Lei de Justiça Criminal da Escócia estabelecida em 2003, enfureceu os que defendem a liberdade de expressão na Inglaterra e foi até criticada pelo ativista homossexual Peter Tatchell, que chamou a multa de 1.000 libras “totalmente desproporcional”. Cristãos locais que apóiam o ministério de pregação fizeram uma coleta e pagaram a multa.

Tatchell disse para o jornal Daily Mail: “O preço da liberdade de expressão é que às vezes temos de aguentar opiniões que são desagradáveis e ofensivas. Exatamente como as pessoas têm de ter o direito de criticar a religião, as pessoas religiosas têm de ter o direito de criticar a homossexualidade. Só incitações à violência deveriam ser ilegais”.

Holes relata que na mesma ocasião lhe perguntaram sobre suas opiniões acerca do islamismo e ele disse que cria que há só um Deus cristão verdadeiro e que o Profeta Maomé é um “pecador como o resto de nós”.

Ele disse que dois homens que estavam escutando falaram com agentes policiais, que se aproximaram dele e disseram: “Essas pessoas dizem que você declarou que os homos estão indo para o inferno”.

“Eu disse que nunca diria isso, pois não uso o termo homo. Mas fui preso”.

Peter Kearney, porta-voz da Igreja Católica de Glasgow, disse ao jornal Scotsman. “Demos apoio ao estabelecimento de leis [contra crime de ódio], mas é bem difícil ver como esse homem pode ser acusado por expressar uma convicção religiosa.

“Os fatos desse caso mostram que a declaração dele era patentemente sua convicção religiosa. Sim, ele usou linguagem forte, mas é obviamente uma convicção religiosa e não uma forma de discriminação”.

Gordon Macdonald, da entidade Christian Action Research and Education for Scotland, disse: “Esse é um caso preocupante. Estarei escrevendo ao comandante da polícia Stephen House da polícia de Strathclyde pedindo esclarecimentos acerca da orientação dada aos policiais nessas situações”.

Em notícia relacionada, um juiz regional rejeitou o caso contra outro pregador, Paul Shaw, que foi preso em 19 de fevereiro por causa de comentários que fez sobre a atividade homossexual. Shaw, que não confessou culpa, disse: “Tenho pregado regularmente por três ou quatro anos sem nenhum incidente.

“Em quatro anos, tenho lidado com o assunto da homossexualidade duas vezes. Shaw disse ao juiz que ele era obrigado a agir de acordo com sua consciência e que a homossexualidade é uma questão importante na Inglaterra hoje. O caso foi descartado por falta de evidência e testemunho escrito dos queixantes.

Shaw disse: “Minhas razões foram duplas. Primeira, há uma consequência para o país e para a sociedade se a sociedade não avaliar a diferença entre certo e errado, principalmente óbvia pela homossexualidade.

“Como nação, seremos julgados por Deus num futuro não muito distante e haverá conseqüências terríveis para isso se a homossexualidade não for criminalizada de novo. Segunda, a nível pessoal, como com todos os outros pecados, é necessário se arrepender da homossexualidade a fim de se entrar no Reino de Deus”.

O juiz regional David Cooper disse para Shaw: “Há outros tipos de ‘pecados’. Você acha que conseguiria se concentrar nesses outros um pouco?”

Enquanto isso, um recente estudo conduzido em favor do instituto religioso Theos mostrou que aproximadamente 1/3 dos britânicos pensam que os cristãos estão sendo marginalizados e que a liberdade religiosa está sofrendo restrições. O autor do estudo, o Professor Roger Trigg, escreveu: “Uma sociedade livre jamais deveria entrar no negócio de amordaçar vozes religiosas, sem mencionar no nome da democracia ou fingida neutralidade”.

“Além disso, traímos nossa herança e tornamos nossa posição atual precária se valorizamos a liberdade, mas pensamos que os princípios cristãos que inspiraram o compromisso de muitos aos ideais democráticos são de certo modo dispensáveis”, disse o Professor Trigg.


Shawn Holes pregando na Penn State

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com/ OVERBO

Polêmica: Fotografia traz Jesus segurando o corpo de Michael Jackson


O fotógrafo David LaChapelle inaugura nesta terça (27/04), na galeria Robilant & Voena, em Londres, a exposição The Rape of Africa. A fotografia intitulada American Jesus: Hold Me, Carry Me Boldly, Hawaii, que reproduz a escultura Pietá, de Michelangelo, e traz Jesus segurando o corpo de Michael Jackson, é sem dúvida a imagem mais impactante da mostra.

Ainda este ano uma exposição também gerou muita polêmica, Uma foto de Jesus gay é rodeado por outros homens sem camisa e tatuados, alguns deles em poses sensuais. Essa é a leitura do fotógrafo espanhol Fernando Bayona para o quadro “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci, uma das obras mais clássicas do Renascentismo.

O que parecia ser uma clara provocação à Igreja Católica e seus dogmas se transformou em alvo de manifestações homofóbicas de grupos ultraconservadores de Granada, na Espanha. A foto em questão fazia parte da mostra “Circus Christi”, que teve de ser cancelada após a galeria que a abrigava sofrer atos de vandalismo.

Em entrevista ao site, Fernando Bayona conta que não quis criar polêmica com as imagens, entre elas a que o artista intitulou de “Beijo de Judas”, na qual dois modelos masculinos, um com a camisa aberta no peito, trocam carícias. No mesmo retrato, o casal é acompanhado por um homem que faz sexo oral em outro.

Fonte: Extra / ADIBERJ/OVERBO

Cracolândia – Drogas, problemas, esperança, testemunho e desafios. Confira a matéria especial


Localizada no centro de São Paulo, a Cracolândia é uma ferida aberta a revelar o terror do universo dos drogados no estado mais bruto. Em alguns pontos, os viciados tomam completamente o espaço público, calçadas e ruas, chegando a dificultar o trânsito de carros. O vai e vem é interminável. Diante do quadro de penúria dos corpos mutilados pelo crack, tem-se a impressão de estar diante de zumbis. A droga descola as pessoas da realidade. Luz ou noite, tudo igual. Passam dias sem comer ou dormir. O pouco que resta do raciocínio é totalmente devotado ao esforço de obter mais droga.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Furto, prostituição, mendicância. Tudo gira em torno da droga. O mundo prefere pensar que a este local não existe. Mas existe. É a realidade de milhares. Presos em uma armadilha de onde não se sai sozinho e a ajuda é escassa. O estado não assume a tarefa e esta é uma missão que poucos crentes têm a coragem e o preparo para enfrentar.

Na mente dos missionários atuando no local está a certeza de que esta é a vontade do Senhor, pois foi em cenários parecidos que Jesus atuou quando cruzou os limites das colônias de leprosos e das áreas marginalizadas durante Seu tempo entre nós.

Raspa do chifre do diabo

O Crack é um subproduto da Cocaína que até a última década era descartado devido a sua toxidade extremada até para os padrões dos traficantes. Atualmente, a droga é largamente vendida e é fumada em cachimbos improvisados. O Crack é uma droga poderosa que consome o físico e a mente e mata a maioria dos usuários em pouco tempo. O seu baixo preço a faz a droga dos mais pobres e marginalizados.

Alguns especialistas dizem que devido ao baixíssimo nível sócio-econômico do consumidor de crack e, consequentemente, a sua pouca expressão social, falta vontade política às autoridades para tomarem providências efetivas. Até mesmo o combate ao comércio da droga, não parece gerar interesse no poder público, como ocorre quando se trata de combater crimes de maior visibilidade.

As iniciativas do poder público no sentido de abordar a questão não passam da retórica. Quem tem feito a diferença são os cristãos evangélicos atuando no local. Já há vários grupos trabalhando na área e estão obtendo bons resultados em prol da vida e do Reino.

Um dos projetos no local desde o início de 2009 é o Radicais Brasil da Junta de Missões Nacionais, dos Batistas. Liderados pelo casal de missionários Humberto e Soraya Machado, o grupo circulou entre becos e favelas da capital, mostrando aos marginalizados que há esperança, apesar das circunstâncias.

Caminhar lado a lado com a população de rua, demonstrando interesse por suas vidas foi essencial para que o projeto se desenvolvesse. Logo nas primeiras ações, os Radicais presentearam com um par de muletas uma moradora de rua – grávida de sete meses e com uma fratura na perna, já que a sua havia sido roubada. “Ela chorava muito, e nós, que estávamos ali naquele momento, tínhamos que dar uma solução. Oramos, conversei com ela e pedi que me aguardasse. Voltaríamos com a resposta. Era desafiador… a garota não tinha como sair daquele lugar”, explicou Soraya. Mais tarde, a solução: um novo par de muletas. Daí por diante a confiança estava estabelecida. Ouviam-se dos marginalizados comentários do tipo: “Eles são sérios e fazem um excelente trabalho… eles são de Deus!”.

Os frutos que surgem precisam de um acompanhamento diário, sendo, em sua maioria, encaminhados para casas de recuperação, onde também recebem o discipulado. No trabalho com marginalizados, não basta retirar as pessoas das ruas. É necessário alcançar o foco do problema. Por isso, foi preciso alargar a tenda, alcançando também a Comunidade do Moinho, local de onde vem grande parte das drogas consumidas na Cracolândia. Paralelamente ao trabalho espiritual, os Radicais realizam atendimentos sociais, tais como cortes de cabelo, orientações médicas e atendimento diferenciado às crianças. Como resultado desse período de atuação, algumas famílias já se decidiram por Cristo.

O testemunho de G

Um dos frutos gerados na Cracolândia é a jovem G. Em julho de 2009, soube da atuação dos Radicais e decidiu procurá-los a fim de encontrar libertação. Apesar de tímida, contou que havia deixado a Bahia após algumas desavenças familiares. Chegando a São Paulo, se virou como pôde para se alimentar e conseguir abrigo. No crack viu a forma mais barata para fugir dos problemas, mas o que não sabia era que essa viagem custaria nada menos que anos de vida. Contou que tinha uma filha, que era cuidada por uma amiga. Quando dava, fazia uma breve visita para controlar a saudade, mas a tentação das drogas falava mais alto, fazendo-a retornar às ruas. Felizmente, após ser encaminhada para uma casa de recuperação, G. encontrou um novo caminho e, no dia 27 de Dezembro de 2009, confirmou sua decisão por Cristo, descendo às águas batismais na Primeira Igreja Batista de São Paulo (igreja que dá o apoio logístico e institucional ao projeto). A emoção foi grande e a certeza de se estar no caminho certo ainda maior.

Projeto Retorno (Igreja Quadrangular) e Missão Cena

Outra missão dando muitos frutos para o Reino no local é o Projeto Retorno, com muita experiência em ações com tribos urbanas. O casal responsável pelo ministério na Cracolândia é o Pr. Jair e a esposa Nildes Nery, que, em uma atitude ousada, se mudaram com as filhas Talita e Lais da Bahia para São Paulo encarando o desafio proposto pela Igreja do Evangelho Quadrangular. Hoje eles não somente trabalham, mas também moram no coração da Cracolândia, arriscando a própria segurança e esquecendo a própria comodidade pelo Reino na vida dos usuários de crack. Além da missão junto aos viciados, o casal também atua coordenando a ações de dezenas de jovens em prol da cidadania de homossexuais e prostitutas atuando na área.

A Missão Cena é outra missão atuando na área. Esta turma do bem coopera para os serviços básicos da população local oferecendo meios de higiene pessoal, assistência médica, roupas, alimentação, cursos e atividades interativas, como danças, artesanatos, capoeira e outras.

“Agora que vi, sou responsável”

Thaís Chioqueti conta como foi sua primeira experiência no local: Um dos jovens da igreja sugeriu um programa diferente para nossa reunião e programou uma “visitinha” ao local para distribuirmos comida. Compramos 300 hot-dogs e juntamos 30 jovens em um sábado à noite. Não deu nem pro cheiro… Saímos do espaço da Missão Cena, todo mundo feliz e alegre, com os celulares devidamente escondidos nos bolsos, bandejas e mais bandejas com lanches e garrafas de suco. Depois de uns cinco minutos de caminhada viramos uma esquina. Naquele momento as 30 pessoas com lanches foram literalmente engolidas por uma multidão de – sem exageros – umas 500 pessoas moradoras de rua, profundamente drogadas, bêbadas, sujas e o que mais você imaginar. Foi um soco no estômago. O inferno existe mesmo e fica ali na Cracolândia, com certeza. Os 300 lanches acabaram em cinco minutos, muita gente ficou sem. É incrível imaginar como aquele mar de gente vive ali, todas as noites… ex-psicólogos, ex-universitários, ex-advogados e também ex-pastores. Os que não estavam “lesados” demais conversavam com a gente e naquele momento vimos como os vícios e os prazeres da carne roubam a identidade das pessoas. Ninguém era alguém lá. Todo mundo era escravo da droga e fim. Foi um baque para o grupo todo. O mais incrível é perceber que a maior transformação aconteceu dentro de mim. É como aquela música da Brooke Fraser que diz: “Now that I have seen, I am responsible” (“Agora que vi, sou responsável”). Deus me lembrou o quanto Ele é misericordioso comigo e o que Ele espera de mim com relação a seus outros “filhinhos”.


E quem mais pode ajudar

Há outros grupos de evangélicos atuando na área, em maior número do que este espaço nos permite honrar. Se o poder público não quer despender esforços no resgate destas vidas, ou mesmo não acredita que tais vidas possam ser resgatadas, há quem pense diferente. Um grupo valoroso de evangélicos brasileiros vive a certeza de que o esforço compensa. Nossa gente sabe que não existe droga que não se consiga vencer pelo Sangue de Jesus! A mentira do Crack é apenas mais uma causa derrotada do inimigo. Em Jesus, os crentes irão transformar, em pouco tempo, a Cracolândia em Cristolãndia, para a honra e glória de Quem nos sustenta.

Provérbios 23:32-25 No fim, picará como a cobra, e como o basilisco morderá. Os teus olhos olharão para as mulheres estranhas, e o teu coração falará perversidades. E serás como o que se deita no meio do mar, e como o que jaz no topo do mastro. E dirás: Espancaram-me e não me doeu; bateram-me e nem senti; quando despertarei?

MISSÕES NACIONAIS - RADICAL BRASIL

Em 2010, o projeto mantém suas atividades na Cracolândia paulista, mas com uma nova equipe que dará prosseguimento ao trabalho iniciado em julho de 2009. Além desse objetivo, o Radical 2010 vem com um novo desafio: atuar entre os marginalizados da cidade do Rio de Janeiro.

PROJETO RETORNO

R. Conselheiro Nebias, 335
Fone 11-3337164
basemundialsp@ieqmissoes.org.br

A MISSÃO CENA

R. Gen. Couto de Magalhães, 280
01212 – 030 – São Paulo, SP
Fone 11-3331-4471 begin_of_the_skype_highlighting 11-3331-4471 end_of_the_skype_highlighting
Casa Família
Fone 11-4991-6650 begin_of_the_skype_highlighting 11-4991-6650 end_of_the_skype_highlighting
Fazenda Nova Aurora
Fone 11-4682-1645 begin_of_the_skype_highlighting 11-4682-1645 end_of_the_skype_highlighting
contato@missaocena.com.br

Vídeo: Cracolândia e Cristolândia – impressões



Fonte: Genizah Virtual / Gospel+

Créditos

Matéria criada e publicado originalmente no blog Genizah Virtual.

Colaboraram com os textos originais:
Andre Herdy Mantenedor da Fé, Missões nacionais e Thaís Chioqueti.

Fotografias (Capa e P&Bs):
Marco Gomes Visite o album no FLIKr

Fotografias (cor):
Missão Nacional

Redação:
Danilo Fernandes

Eleições 2010 – Voto dos evangélicos pode ser determinante na escolha do novo presidente do Brasil


De olho num rebanho que já representa um quarto do eleitorado brasileiro, os pré-candidatos à Presidência iniciaram uma guerra de bastidores pelo apoio das igrejas evangélicas. A disputa para engajar bispos e pastores nas campanhas promete ser a mais acirrada desde a explosão do segmento religioso, na década de 1990.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

À frente nas pesquisas de intenção de voto, José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) investem na aproximação com as gigantes Assembleia de Deus e Universal, respectivamente.

Única evangélica na disputa, Marina Silva (PV) enfrenta dificuldade para fechar alianças formais, mas dedica parte expressiva da agenda a encontros com fiéis e líderes religiosos.

Desde outubro passado, os três concorrentes já bateram à porta do presidente da Convenção Geral da Assembleia de Deus, pastor José Wellington Bezerra da Costa. Ele lidera cerca de 10 milhões de seguidores, o equivalente à população do Rio Grande do Sul. Pouco conhecido fora dos templos, é considerado mais próximo de Serra, a quem apoiou no segundo turno de 2002.

“Serra sempre teve um canal muito forte conosco e mantém contato direto com o pastor José Wellington. Os dois conversam muito por telefone”, afirma o pastor Lélis Marinho, relator do conselho político da Assembleia e responsável por negociar com os partidos.

Apesar do flerte tucano, o líder da igreja também tem sido cortejado pelos outros concorrentes. Há seis meses, ainda como chefe da Casa Civil, Dilma participou de sua festa de 75 anos, num templo em São Paulo. Orou com os fiéis e disse, no púlpito, que o governo Lula defendia “valores cristãos”.

Fiel da Assembleia, Marina se reuniu com o conselho da igreja em março, em Brasília. Mas o fato de ser considerada um azarão deve impedir uma aliança. “Por ser da igreja, Marina seria nossa candidata de coração. Mas precisamos saber se sua candidatura foi lançada só para atender a interesses do partido”, diz Lélis. “Vamos nos definir em junho, perto das convenções [partidárias].”

Vista com reservas em setores do meio evangélico, Dilma tem recorrido à ajuda de aliados como o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), bispo da Igreja Universal, e o ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR), presbiteriano.

“Dilma tem posições pouco claras em questões sensíveis aos evangélicos, como a defesa da família e o aborto. Ela ainda precisa ser reconhecida como defensora das causas cristãs”, disse Garotinho na noite de sexta-feira, quando chegava a um encontro com evangélicos na Baixada Fluminense.

A ex-ministra busca o apoio da Convenção Nacional da Assembleia de Deus, que contabiliza 5 milhões de seguidores. Seu líder é o deputado pastor Manoel Ferreira (PR-RJ), pré-candidato ao Senado na chapa de Garotinho. Ele simboliza a volatilidade das alianças “de fé”: em 2002, quando o PSDB era governo, apoiou Serra no segundo turno. Em 2006, com o PT no poder, esteve com Lula.

Aliada do presidente em suas duas vitórias, a Universal é tida como certa na campanha de Dilma. O PRB, ligado à igreja, deve integrar a coligação. “A tendência é apoiar Dilma”, diz o presidente do partido, bispo Vitor Paulo, que divide com Crivella a função de articulador político do bispo Edir Macedo.

Para a equipe de Marina, a identificação com os evangélicos será um de seus maiores trunfos na eleição. Ela tem aproveitado as viagens da pré-campanha para encontrar pastores, orar com grupos de fiéis e dar entrevistas a emissoras de rádio e sites religiosos.

“Não temos cacife para disputar a cúpula das maiores igrejas, mas a Marina tem comunicação direta com a base cristã. Por mais que o pastor mande votar na Dilma, os fiéis vão saber quem tem fé”, alfineta o coordenador da campanha do PV, Alfredo Sirkis.

Em março, a senadora ouviu promessa de apoio de Silas Menezes, número dois da hierarquia da Igreja Presbiteriana, com 1 milhão de seguidores. O reverendo declarou que ela merecia o voto dos cristãos por ser uma “doméstica da fé”.

Segundo o Datafolha, 25% dos brasileiros são evangélicos

Os evangélicos já são 25% dos brasileiros, sendo 19% seguidores de denominações pentecostais, segundo levantamento concluído em março pelo Datafolha. Ainda não há pesquisas de intenção de voto segmentadas por religião na corrida presidencial. Em 1994, quando Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi eleito para o primeiro mandato, o segmento somava 14% da população. O crescimento do rebanho acompanha a redução do percentual de católicos, que hoje são 61%.

Igrejas são pragmáticas, diz analista

Apesar da unidade em temas como o veto ao aborto e à união civil de homossexuais, os evangélicos não fecham alianças eleitorais por ideologia, afirma a socióloga Maria das Dores Campos Machado, da Escola de Serviço Social da UFRJ.

“As igrejas têm alto grau de pragmatismo e veem a eleição como chance de ampliar seu poder de influência. Não há ideologia nas escolhas”, diz ela, autora do livro “Política e religião: a participação dos evangélicos nas eleições” (Editora FGV, 2006).

A pesquisadora aposta na divisão das gigantes da fé entre José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Vê pouca chance de apoio institucional à evangélica Marina Silva (PV), terceira colocada nas pesquisas: “Os pastores se comportam como os doadores de campanha: apostam em quem está na frente”.

Ela acredita numa aliança do ramo majoritário da Assembleia de Deus com os tucanos. “Apostar no Serra é uma forma de se contrapor ao poder político da Universal, que está com o PT”. Como a maioria dos fiéis tem baixa escolaridade, a orientação dos pastores é decisiva na escolha do voto, acrescenta a socióloga.

Fonte: Folha de São Paulo / Gospel+
Via: Imbituba Gospel

Projeto prevê a criação de 6,8 mil cargos no MPU

Cristiane Bonfanti - Do CorreioWeb

Não são apenas os concurseiros que estão ansiosos pela aprovação do projeto de lei nº 5.491/2009, que cria 6.804 cargos para o Ministério Público da União (MPU). Servidores do órgão esperam que o projeto seja homologado ainda no primeiro semestre de 2010. Para eles, a contratação de novos profissionais vai aprimorar a rotina de trabalho no órgão.

“Queremos aprovar todas as propostas de melhorias para os funcionários antes das eleições, pois o pleito deve comprometer bastante o andamento das comissões na Câmara dos Deputados”, explica Marcos Ronaldo Freire de Araújo, presidente da Associação dos Servidores do Ministério Público Federal. O MPF é um órgão do MPU.

Em tramitação na Comissão de Constituição de Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, o projeto de lei abre 3.749 vagas efetivas para analista (nível superior) e 3.055 para técnico (nível médio). Além disso, cria 3.675 funções comissionadas, cujo preenchimento não depende de concurso público. “Avaliamos a proposta positivamente, mas o número de cargos em comissão estabelecido é muito alto. Defendemos o concurso público. A estabilidade não é um privilégio, mas sim uma necessidade para termos profissionais comprometidos com o funcionamento da instituição”, observa Araújo.

As oportunidades serão distribuídas entre as unidades dos ministérios Público Federal, Público do Trabalho, Público Militar e Público do DF e Territórios. A criação dos cargos terá um impacto orçamentário anual de R$ 762,8 milhões.

Após aprovação na Câmara, o projeto deverá ser encaminhado para o Senado e, se não for vetado, seguirá para sanção pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As novas vagas deverão ser preenchidas ao logo dos próximos quatro anos, de acordo com o orçamento do MPU.

Próximo concurso

De acordo com a assessoria de imprensa do MPU, o próximo concurso a ser lançado pelo órgão não depende da aprovação desse projeto de lei. O processo seletivo preencherá vagas abertas por servidores que pediram demissão ou que se aposentaram. Ainda não há informações sobre a empresa organizadora nem sobre o número de vagas a ser oferecido.

Concurso de 2006

O último concurso aberto para os cargos de técnico (nível médio) e analista (superior) foi em 2006. Organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC), o processo seletivo ofereceu 453 oportunidades e salários que variaram de R$ 2.415,53 a R$ 4.034,40. Os candidatos fizeram avaliação de conhecimentos básicos, conhecimentos específicos, prova prática e estudo de caso.

Plano de carreira

A Câmara analisa o projeto de Lei 6697/09, que modifica as carreiras dos servidores do MPU e fixa os valores de sua remuneração. Os novos valores para a remuneração básica no órgão ficarão entre R$ 3.416,66 e R$ 3.928,39 para os auxiliares; entre R$ 4.069,80 e R$ 6.633,12 para os técnicos; e entre R$ 6.855,73 e R$ 10.883,07 para os analistas.

A proposta foi aprovada pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. Agora, passará pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se for aprovado nelas, não precisará ser apreciado em Plenário.

CORREIO WEB

Número de católicos aumentou 33,02% entre 2000 e 2008

O número de católicos aumentou 33,02% entre 2000 e 2008, principalmente na África, e um pouco menos na América (10,93%), enquanto na Europa o percentual se manteve estável, segundo estatísticas oficiais da Igreja Católica divulgadas nesta terça-feira pelo Vaticano.
A presença de católicos no mundo passou, em oito anos, de 1,045 bilhão no ano de 2000 a 1,166 bilhão em 2008, com uma variação relativa de +11,54%.
Numa leitura dos dados de forma diferenciada, observa-se que, na África, foi registrado um incremento de 33,02%, com os católicos passando de 130 milhões em 2000 a 173 milhões em 2008.
Na América, passaram de 519 milhões a 576 milhões no mesmo período estudado.
Na Europa, a situação manteve-se estável (+ 1,17%); na Ásia, o incremento foi de 15,61% e na Oceania, de 11,39.
Devido à crise de vocações, a população sacerdotal diminuiu 7,63% na Europa, enquanto a África registrou um aumento de 31,09% e, a Ásia, de 23,77%.
Na América, o número de sacerdotes se mantém estável.

AFP/Notícias Cristãs

Grupo Gay divulga lista dos amigos e inimigos dos homossexuais

Os cantores Roberto Carlos e Wando encabeçam a lista dos “amigos dos homossexuais” e vão receber o “Triangulo Rosa” no 20° Oscar Gay, promovido anualmente pelo Grupo Gay da Bahia.
A lista também cita os inimigos dos homossexuais nos últimos 12 meses devido a declarações ou atitudes consideradas preconceituosas e incentivadores da homofobia. Entre esses estão o presidente do Palmeiras, Luiz Belluzzo pela sua declaração “vamos matar bambi!”; a direção da Escola de Samba Gaviões da Fiel, “por expulsar um grupo de gays por dançarem de forma ´afeminada´", o senador Magno Malta, “pela campanha contra a criminalização da homofobia", e o pastor Silas Malafaia, da Assembléia de Deus, “por defender que a homossexualidade é "abominação, paixão infame, perversão moral e rebelião consciente contra o que Deus estabeleceu na criação”. Esses “inimigos” ganham o Troféu Pau de Sebo.
Segundo Luiz Mott, criador do Oscar Gay, a intenção da premiação é estimular autoridades e personalidade “a defenderem com coragem a cidadania plena dos homossexuais e inibir a intolerância homofóbica”. Para o Grupo Gay da Bahia, Roberto Carlos mereceu o Oscar por declarar seu apoio ao casamento gay. Já o cantor Wando, que apesar de passar uma ideia de conquistador machista, manifestou-se a favor “do casamento e adoção homossexual”. O cartunista Maurício de Sousa, também vai receber o troféu “Triangulo Rosa” por ter incluído entre os personagens da turma da Mônica, o personagem gay "Caio".
O Triangulo Rosa é uma alusão ao distintivo utilizado pelos nazistas nos campos de concentração para identificar os prisioneiros homossexuais. Estima-se que mais de 300 mil gays foram presos por Hitler. O Triângulo Rosa tornou-se o símbolo internacional do orgulho gay.

Terra/Cena G/Notícias Cristãs

Lúcio diz que religião não rachou o grupo da Seleção em 2006


Atual capitão da Seleção Brasileira, Lúcio negou que a religião tenha atrapalhado o grupo durante a Copa de 2006, disputada na Alemanha. Em entrevista à Folha de S. Paulo, o zagueiro afimou que "pessoas que não conheciam o grupo (de jogadores) começaram a falar sobre isso".
De acordo com Lúcio, as reuniões entre os atletas evangélicos (na qual Gilberto Silva, Kaká e Luís Fabiano fazem parte, por exemplo) acontecem somente nos dias de folga, assim como em 2006. O zagueiro afirmou que o relacionamento entre os jogadores da Seleção é sempre bom, "independente da religião".

Terra/Notícias Cristãs

Cardeal diz que celibato na Igreja não é 'intocável'

O secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, disse ontem que o celibato é uma tradição positiva, mas não "intocável", da Igreja Católica.
Segundo ele, o descumprimento desse voto oferece "graves riscos", com consequências que podem ser "dolorosas", mas lembrou que há igrejas orientais e também cristãs com sacerdotes casados.
Bertone, considerado número dois do Vaticano, provocou uma onda de protestos recentemente ao relacionar os casos de pedofilia na Igreja com a homossexualidade.

Destak/Notícias Cristãs

Igreja Católica quer que Susan Boyle cante para o Papa


A Igreja Católica deseja que a cantora escocesa Susan Boyle, que virou estrela mundial depois que o vídeo de sua participação num reality show caiu na internet, se apresente para o Papa Bento XVI durante sua visita ao Reino Unido em setembro, informou o agente da artista.
Até o momento nenhum contato formal a respeito foi feito sobre a possibilidade de Susan Boyle cantar durante uma missa prevista em Glasgow (oeste da Escócia).
Bento XVI visitará a Grã-Bretanha de 16 a 19 de setembro próximo, na primeira visita oficial de um Papa a este país de culto majoritariamente anglicano. O pontífice será recebido em Edimburgo pela rainha Elizabeth II, depois fará uma etapa escocesa en Glasgow e, em seguida, visitará Coventry (centro) e Londres.
Boyle saiu do anonimato em abril de 2009 graças ao programa televisivo de caça-talentos "Britain's got talent". Apesar de terminar em segundo lugar, o vídeo de sua interpretação impressionante da canção "I dreamed a dream", do musitcal "Les miserables", foi o mais visto no YouTube em 2009, com 120 milhões de visitas.
O primeiro álbum, intitulado justamente "I Dreamed a Dream", bateu recordes na Grã-Bretanha e Estados Unidos depois de seu lançamento em novembro passado.

AFP/Notícias Cristãs

Justiça condena falsa faculdade de teologia

A Justiça Federal condenou uma faculdade e uma igreja em Goiás a ressarcir os alunos que estudaram em um falso curso superior de teologia.
Segundo o Ministério Público Federal, a Faculdade de Teologia Evangélica da Igreja de Deus, mantida pela Igreja de Deus no Brasil, anunciava cursos de "bacharelado em teologia" e "mestrado em ministério", mas nunca possuiu autorização do Ministério da Educação para isso. O órgão federal diz que desde 1995 tenta fazer a faculdade mudar a denominação de seus cursos, que deveriam ser apresentados apenas como "cursos livres" ou "seminários religiosos".
De acordo com a sentença, todos os alunos que estudaram na faculdade e comprovarem que não sabiam que o curso ministrado não era de nível superior deverão receber o dobro do valor pago. A faculdade e a igreja também vão ter que pagar R$ 10 mil referentes a despesas com o processo.
Para o Ministério Público, o fato de o estabelecimento se autodenominar "faculdade" pode ser considerado uma propaganda enganosa. Também questiona o procedimento da empresa de publicar anúncios de "vestibular".
A defesa da igreja diz que mudou em 2009, quando soube do processo, o nome da faculdade e dos cursos e que nenhum aluno foi "ludibriado" com isso. Afirma ainda que não tomou conhecimento da sentença, mas que pretende recorrer. A decisão judicial foi assinada na semana passada.
Segundo a defesa, a intenção dos organizadores era apenas formar líderes dentro da própria igreja. A mensalidade, afirma, custa hoje por volta de R$ 200. A duração pode chegar a até seis anos. O nome do estabelecimento, agora, é "Seminário Evangélico".
A Igreja de Deus, de orientação cristã evangélica, foi fundada nos Estados Unidos no século 19.

Folha/Notícias Cristãs

Pastor é acusado de abusar sexualmente de filha

Um pastor evangélico do município de Machadinho do Oeste esta sendo acusado de ter estuprado e cometido outras práticas constantes de abuso sexual com sua própria filha (uma menina de 15 anos). O caso foi registrado na delegacia de Machadinho do Oeste (Ocorrência número 777) pelo tio da vítima, que disse à polícia que não suportava mais a abominável prática por parte do próprio pai.
O tio ainda disse, em seu depoimento, que o pai vinha abusando sexualmente da menor há anos. Ele apontou o acusado como pastor de uma pequena congregação que faz parte do núcleo da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, cuja sede estadual é em Porto Velho.
Ainda foi informado à polícia sobre uma suposta gravação na qual a vítima teria confessado os abusos sexuais praticados pelo pai. Mas, segundo o tio, quando o pai acusado soube da gravação que estava arquivada no celular da vítima, conseguiu tomar posse e fugiu do município levando consigo a gravação. A polícia apura o caso.

Correio Popular de Rondônia/Notícias Cristãs

terça-feira, 27 de abril de 2010

Davi Silva: Na avaliação de psicóloga, membro do Casa de Davi sofre de “mitomania”


Marisa Lobo, psicóloga autora do livro “Por que as pessoas mentem – As Verdades Sobre a Mentira”, cedeu entrevista exclusiva ao portal “Guia-me” e falou sobre a mentira e o caso de Davi Silva.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Na entrevista, a psicóloga aponta quais serias as principais causas (tanto psicológicas quanto espirituais) do desenvolvimento do caráter da pessoa mentirosa. O disturbio de caráter no qual é acometido o mentiroso pode ser grave, como a mitomania, podendo passar a uma mentira compulsiva até a simples mentira e corriqueira fofoca.

A especialista tratou do assunto e esclareceu a todos diversos assuntos relacionados à mentira.

Para ouvir a entrevista, clique aqui.

Fonte: Gospel+
Com informações do portal Guiame.com.br

Show da Fé do Missionário R. R. Soares se tornará programa de entrevistas por ordem da Band


O programa que o missionário R.R. Soares apresentará na Band a partir de maio será um talk show. A informação foi dada pelo jornalista Daniel Castro em seu blog no portal R7. O novo formato foi uma exigência da emissora para manter o líder da Igreja Internacional da Graça de Deus em seu horário nobre.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Desde abril de 2003, Soares ocupa uma hora na grade noturna da Band. Paga cerca de R$ 5 milhões por mês para exibir, entre 21h e 22h, o Show da Fé. O programa que lembra um culto evangélico _mistura oração com pregação, música e dramatizações.

Neste ano, a Band decidiu não renovar com Soares. Mas, diante da insistência do missionário, a solução foi vender ao religioso uma faixa menor e em um formato mais atraente. O talk show ocupará 20 minutos na faixa das 20h15 (após o Jornal da Band) às 21h. No lugar do Show da Fé, a Band exibirá séries.

Em seu talk show, que não terá plateia, Soares entrevistará, principalmente, artistas de música gospel. O programa terá sempre mensagens bíblicas.

Fonte: R7 e Creio / Gospel+

Nova campanha de Silas Malafaia pede parte do dinheiro do aluguel e 30% de dízimo para receber nova benção


O pastor da Assembléia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, lançou em seu último programa mais uma campanha. Desta vez o líder espiritual convidou aos fiéis que pagam aluguel a doarem para igreja uma parte do dinheiro destinado a essa despesa. Em troca ele prometeu que Deus fornecerá recursos financeiros para que se possa comprar uma casa própria: “Vai ser a sua semente para que você tenha uma casa”.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Durante todo esse ano é você quem vai fazer conforme quiser. Em um envelope especial você vai oferecer um aluguel seu. Pega esse aluguel, de abril a dezembro e divide. Por exemplo: ‘eu pago R$ 500 de aluguel. Eu vou oferecer uma semente de um aluguel para que o Senhor possa abrir as portas para que eu tenha uma casa própria’. Então você pode pegar esses R$ 500 e dividir de abril a dezembro. Uma vez você dá R$ 50, outro mês dá R$ 30. Você quem vai dizer, mas vai colocar em um envelope especial”, disse Silas Malafaia.

O pastor também orientou as pessoas que já estão pagando a sua casa própria. Para essas pessoas ele explicou que deve-se doar dinheiro também para que Deus continue abençoando. “Você vai pegar o valor de uma mensalidade e também dividir, como você quiser, para que Deus te dê os recursos até o final para quitar essa casa”.

Silas Malafaia comparou o dinheiro investido a uma semente, fazendo relação com “plantar e colher”. Ele explicou que ao adotar essa prática será possível ser abençoado por Deus.

Além dessa campanha, Malafaia também explicou sobre o dízimo de 30%, destinado especialmente para as pessoas desempregadas ou que moram com os pais ou de favor e que também desejam ter uma casa própria.

“E alguém pode dizer: ‘pastor, eu estou morando de favor porque a coisa está feia para o meu lado’. Então eu vou te dar uma dica. Você vai pegar 30% do que você ganha em um mês. Mas se você está desempregado, se alguém te ajuda ou se você recebeu um resgate de, por exemplo, R$ 300, então a tua semente vai ser R$ 90 para um ano, entendeu? Ou se você está empregado, ganha R$ 600 e está morando com seus pais você tem R$ 180 de abril a dezembro para plantar”.

O pedido de 30% ao invés dos bíblicos 10%, também conhecido como “trízimo”, foi criado inicialmente pelo Apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, em uma campanha parecida lançada em 2009.

Fonte: Gospel+

Para pagar dízimo, mulher mata e esquarteja os pais

Uma jovem de 24 anos assassinou dois idosos, seus pais adotivos, e ainda esquartejou seus corpos na manhã deste domingo, em Timon (MA).
Segundo a Polícia, Lineusa Rodrigues da Silva teria matado Joana Borges da Silva e Lourival Rodrigues da Silva porque eles se recusaram a dar dinheiro a ela. O crime ocorreu por volta das 8 horas da manhã, na Vila Angélica, na cidade maranhense.
Um machado e um pedaço de pau foram os instrumentos utilizados no duplo homicídio.
Ao prestar depoimento à delegada Wládia, da Central de Flagrantes de Timon, a acusada declarou que precisava do dinheiro para pagar o dízimo de sua igreja.
Segundo vizinhos, Lineusa é evangélica fanática e possui distúrbios mentais.

Portal O Dia/Notícias cristãs

Neymar, estrela maior do Santos, é gastão. Mas dá 10% de tudo à igreja

Quando nasceu, Neymar ficou sem nome por quase uma semana. Indecisos, seus pais, Nadine e Neymar Santos, pensaram em "Mateus". "Mas minha mãe sugeriu botar Neymar para ver se um dia esse nome vingaria", conta o pai do garoto.
Neymar pai jogou futebol em clubes pequenos, o que lhe rendeu o patrimônio de um terreno. Neymar filho, aos 17 anos, já comprou uma cobertura tríplex em Santos - com piscina, sauna e espaço gourmet dentro do apartamento. Uma jacuzzi com TV de plasma ocupa o banheiro de seu quarto. Lá, a nova e grande estrela do Santos vive há cinco meses com pai, mãe, irmã e um primo - que tenta a vida como jogador.
Uma estante envidraçada com fotos, medalhas e troféus de "Juninho" decora a sala-de-estar da casa da família, onde a coluna foi recebida em dois dias diferentes. No primeiro, o pai e empresário do craque contou histórias inéditas. No outro falou o filho - mostrando-se, em família, um tímido e brincalhão.
"E pensar que o Juninho quase morreu", emociona-se a mãe. "Ele tinha quatro meses e estava no carro comigo e com meu marido quando sofremos um acidente. Ele estava deitadinho atrás e, quando batemos, rolou para debaixo do meu banco. Mas Deus estava no controle e ele só cortou a testa. Meu marido ficou três meses na cama."
Agora, aos 18 anos, com saúde e futebol para vender por milhões de euros, ele é "um vulcão em erupção", conforme define seu pai - e para chateação do técnico Dunga. Neymar está solteiro. Rompeu o namoro de cinco meses com uma garota de 16 anos, do Guarujá. Seu pai bem que tenta aconselhar as namoradas do filho: "Para ser mulher de atleta, tem que fazer vista grossa. Homem apronta, mas quando a ficha cai, ele volta. Veja o Robinho, ele sossegou".
Neymar diz que não quer saber de se apaixonar. "Agora não. Quero curtir a vida", avisa, esparramando-se no sofá. Entrelaçando as pernas em uma almofada, narra seu sacrifício para não cair no canto das marias-chuteiras. "Você tá quietinho e elas é que vêm para cima. A gente tenta dar umas cortadas, mas é complicado. Tem que ser esperto, primeiro conhecer, ver de onde ela vem, no que está interessada, se ela gosta mesmo de você. Daí você investe."
E o assédio é grande. "Tem mulher mais velha, mais nova, tem de tudo. Tenho que ficar com o olho bem grandão", afirma, arregalando o seu par verde.
Para proteger o filho de companhias oportunistas e de impulsos consumistas, quem administra o dinheiro do craque é o pai. Ele diz deixar apenas R$ 5 mil na conta do moço - valor bem inferior ao salário, que hoje beira os R$ 150 mil mensais. "E cinco mil ainda acho muito, porque o Juninho não precisa comprar nada. Tem contrato com a Nike, ganha roupas, tudo. Parece um polvo, tem mais de 50 pares de sapatos."
História que o jogador confirma. "Eu acho bom, porque a grana acaba. E sou meio gastão, né? Principalmente em viagens. Compro presente para todo mundo. Até para o cachorro, se deixar." O jovem também coleciona relógios, perfumes e brincos. "Mandei fazer um brinco de ouro com as letras "NJ" (de Neymar Junior)."
Ele adora, também, comprar roupas. Os estilos "variam com o humor". Fora das marcas esportivas, prefere Calvin Klein e Armani. "Calça gosto assim: apertadinha embaixo e larga na cintura. Aparecendo a cueca."
Mas o interesse por moda é recente. Quando pequeno, ele queria mesmo era "comprar um supermercado de bolachas. Para poder comer as recheadas a qualquer hora".
Neymar tem uma marcante passagem na infância que envolve molecagem, inveja e, novamente, bolachas. Certa vez, ele e um grupo de amigos do clube foram a uma padaria e roubaram um pacote de biscoitos. Ao perceber, o então treinador Betinho fez o grupo voltar, pagar e pedir desculpas. O deslize rendeu. Um dos pais dos meninos envolvidos foi até o presidente do clube e disse: "Esse Neymar, que vocês ficam pajeando, é um ladrão". A história caiu como uma bomba nos ouvidos de Neymar pai, que só soube da história quando voltou à noite do CET, onde trabalhava como mecânico. "Todos estavam envolvidos, mas foram reclamar só do Juninho por pura inveja. Ele era o único a ganhar duas cestas-básicas em vez de uma."
Por falar em inveja, Neymar pai conta que desde pequeno o filho jogava com "fitinha de Jesus" na cabeça. "Minha mulher fazia questão, que era para protegê-lo. Mas chegaram até a chamá-lo de "mascarado". Quando foi para o Santos, teve que abandonar essa proteção."
Com ou sem faixa, Neymar, segundo seu pai, sempre foi e continua sendo um fiel contribuinte da Igreja Batista Peniel, de São Vicente. Doa 10% de tudo o que ganha para lá. "O primeiro salarinho dele foi R$ 450. Fizemos esse primeiro contratinho dele no Santos e minha mulher pegava os R$ 45 e dava para igreja todo mês. OK, ainda sobravam uns R$ 400 para pagar as contas. Daí ele passou a ganhar R$ 800. Tá bom, doa R$ 80... Só que Deus começa a te provar, né? Pegamos R$ 400 mil. Caramba, meu, como vamos "dizimar" R$ 40 mil? É um carro! Cara, mas daí você pensa que Deus foi fiel. Pum, dá R$ 40 mil! Mas daí vieram "catapatapum" reais. Meu Deus, não quero nem saber, "dizima" logo isso! (risos). É... Deus te prova no pouco e no muito", suspira o patriarca da família Silva Santos. E o que pensa disso o jogador? Como revela na conversa que se segue, o dinheiro não lhe faz a menor falta.

Dói abrir mão de R$ 40 mil?
Para Deus, nada dói. E acho legal. A gente conhece bem o pastor da Peniel. Faz dez anos que estou lá e agora estão ampliando a igreja. Acho que se a gente acreditar em Deus, as coisas vêm naturalmente. Deus me deu tudo: dom, sucesso...

Falando nisso, qual é a parte chata de fazer sucesso?

Ah, não tem parte chata. Eu acho que é sempre legal.

Já foi vítima de racismo?

Nunca. Nem dentro e nem fora de campo. Até porque eu não sou preto, né?

O que gostaria de poder comprar que ainda não tem?

Queria um carrão.

Mas você acabou de comprar um Volvo XC-60, por R$ 140 mil, Não é um carrão?

Ah, é, mas queria uma Ferrari. Nunca andei.

Uma Ferrari ou um Porsche?

Não sei. Qual é melhor?

Não sei, também.

Ah, então eu queria um Porsche amarelo e uma Ferrari vermelha na garagem.

Qual é seu tipo de mulher?

Linda.

Prefere as loiras, as morenas, japonesas...?

Tem que ser linda. Sendo linda, tá tudo certo. E só não pode ser interesseira.

Você alisa mesmo os cabelos a cada 20 dias?

Aliso. Nem sei o que eles (cabeleireiros) fazem. Só sei que tem um cheiro ruim. Mas fica bom porque meu cabelo é meio enrolado. Aí tem que alisar para o moicano espetar. E também pinto de loiro. Sou meio maluco, né?

Parece que você tira as sobrancelhas também...

Tiro aqui embaixo (diz, penteando-as com os dedos).

E o que mais você faz para cuidar da aparência?

Depilo as pernas com uma maquininha. Da canela até as coxas. Acho que fica melhor assim. Ah, e faço o pé com a podóloga do CT (Centro de Treinamento do Santos). E, olha aqui, meu pé até que é bonitinho, né? O pessoal costuma ter a unha preta. Eu, não.

Como gosta de se divertir?
Depende. Quando eu ganho o jogo, aí saio para bagunçar. Mas se perco, prefiro ficar quieto em casa. Só jogo uma sinuca. Fico chateado, bravo e se alguém fizer uma piadinha na rua... eu não tenho sangue de barata. Também gosto de dançar. Danço de tudo: funk, psy, sertanejo, blackmusic.

Gosta de viajar?

Gosto de ir para outros lugares, mas não gosto de viajar, não. É chato ficar dez horas dentro do avião. Você anda para lá e para cá e nunca chega.

Qual o lugar que mais gostou de conhecer?

Os Estados Unidos. Fui para Nova York e Los Angeles. É tudo é diferente, né? A rua, o cheiro. Fui também para Catar, México, Nigéria.

Para onde gostaria de ir?
Hmmm... para a Disney. Gosto de parque de diversões, brinquedos radicais. Tenho medo, mas eu vou. Ah, e Cancún também. Não surfo, mas pego um "jacarezinho".

Já tirou seu título de eleitor?
Não tirei. Nem queria, mas vou ter que tirar.


Sabe quais vão ser os candidatos à Presidência?

Não sei, não

Gosta do Lula?

Não tô prestando muito atenção nisso. Mas agora vou ter que passar a prestar.

E até onde quer chegar como jogador de futebol?

Quero ser o melhor do mundo.

AE/Notícias Cristãs