quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Ator de “Betty Feia” mata mãe com uma espada de samurai


O ator Michael L. Brea, de ”Ugly Betty” (Betty Feia, nos EUA) e ”Step-up 3D”, foi acusado nesta quarta-feira, 24, de homicídio qualificado e porte ilegal de arma. Michel seria o responsável pelo assassinato de sua mãe, com uma espada, segundo fontes policiais do TMZ.

Ele foi levado sob custódia na manhã de terça-feira, 23, depois de ter supostamente esfaqueado até a morte Yannick Brea, de 55 anos, em seu apartamento, no Brooklyn, em Nova York, onde ela foi encontrada de joelhos, no banheiro.

De acordo com o site, Brea não teria usado uma espada samurai, como relatos iniciais, mas outro tipo de lâmina, com cerca de três metros de comprimento. Ele segurava a arma no momento em que a polícia chegou, e foi logo preso.

A polícia diz que a cena foi “muito sangrenta” e o ator, de 31 anos, está passando por avaliação psiquiátrica, para determinar se é realmente são. Segundo o Daily Mail, um vizinho revelou que Michael teria tomado sua mãe como refém, e que passou a gritar passagens da Bíblia. Ele afirmou que o ator gritava “arrepender-se, arrepender-se”, antes de esfaquear Yannick.

O vizinho contou ainda que a mulher foi encontrada decapitada. “Michael estava gritando: ‘arrependei-vos, pecador, pecador’, várias vezes”, disse. “Ele mencionava Jesus, muito alto”, completou.

A testemunha afirmou que o ator sempre teve boa conduta, o que o fez estranhar esse “surto”. “Vi Michael no sábado passado, e ele perguntou sobre minha filha. Ele era sempre gentil”, falou. Já outro morado do prédio acrescentou detalhes do assassinato. ”Seus gritos me acordaram, gritos nunca vou esquecer”, falou.

Fonte: O Verbo / Ego

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.