terça-feira, 26 de outubro de 2010

Igreja evangélica causa polêmica ao lançar campanha: “Igreja é para hipócritas, mentirosos e fracassados”

Igreja evangélica causa polêmica ao lançar campanha: “Igreja é para hipócritas, mentirosos e fracassados”Uma megaigreja no sudeste do Michigan está deixando um monte de pessoas desconfortáveis com sua nova campanha. Eles usam outdoors para anunciar que a igreja é para hipócritas, mentirosos e fracassados. “Mas essa é a verdade”, diz o pastor Brad Powell, da Igreja de Northridge, e ele deseja comunicar isso para toda a comunidade.

“Quando você entra no ministério, começa a perceber que há uma visão errada fora da igreja sobre o que a igreja realmente é. Ela está cheia de pessoas que acreditam ser melhores do que as outras. Há também uma visão errada dentro da igreja sobre as pessoas de fora – que elas são ruins “, disse. ”A realidade é que todos os seres humanos são iguais. Todos erram. Somos todos iguais, os de dentro [da igreja] e os de fora. Também somos falhos, fracassados… hipócritas”, continuou o pastor.

Mas Powell compreende porque esses equívocos existem. Ele vê um monte de igrejas construindo muros, voltando-se para dentro, servindo a si mesmas e jogando na defesa. Nesse sentido, as igrejas não refletem a natureza de Cristo. ”Jesus não colocou cercas mais altas no céu para manter as pessoas ruins longe dele. Pelo contrário, Jesus veio à terra e habitou entre as pessoas. Quando você olha para a Palavra de Deus, vê que ele nunca se voltou para dentro. Ele olhava para fora.”

Faz quase um mês que a igreja lançou a campanha publicitária. Nove outdoors, anúncios em ônibus e nos shopping em todo o sudeste do Michigan: “Northridge é para os mentirosos”, “Northridge é para os fracassados”, e “Northridge é para os hipócritas”.

Os anúncios levaram algumas pessoas da comunidade a pensar “quem está atacando a igreja?” Alguns cristãos exigiram que os anúncios fossem retirados, enquanto ameaçavam nunca ir a um culto em Northridge. No entanto, para outros, os anúncios serviram como ponto de partida para conversas sobre a igreja. De maneira geral, a campanha está fazendo exatamente o que Powell esperava – gerando diálogo.

Um membro da igreja de Northridge estava andando de carro com vários colegas de trabalho, quando passaram por um outdoor. Eles perguntaram “o que está acontecendo com a sua igreja?” Ele conseguiu explicar que as pessoas não precisam ser perfeitas antes de ir à igreja. “Discussões dessa natureza estão acontecendo em toda a comunidade”, comemora Powell.

Powell não se considera um pastor típico nem mesmo gosta que usem o título de “pastor”, embora esteja servindo como ministro há mais de 25 anos. Em entrevista recente, insistiu em ser chamado de “Brad” em vez de “pastor Powell”.

Ele tem usado abordagens pouco convencionais e lutado contra os paradigmas culturais desde que começou a liderar a Northridge. Ela deixou de ser uma igreja velha e decadente para tornar-se uma das que crescem mais rapidamente nos EUA. Powell observa que “Northridge sempre foi um ministério bastante irreverente, no aspecto cultural. Embora a igreja reúna mais de 20.000 pessoas por semana, está totalmente comprometida com a verdade, sem fazer barganhas e permanecendo distante da cultura e do linguajar das igrejas tradicionais.

Ele acredita que “cristãos tradicionais” detestam outdoors como os que ele criou. “Nem passa pela mente das pessoas tradicionais, petrificadas, como isso pode ser espiritual”, continua. ”A igreja é para os mentirosos? Eles não entendem.”

Elogiando a ousadia da megaigreja, Bill McKendry, que trabalhou com Powell na campanha publicitária, afirma: “Com a Northridge não há muito medo.” McKendry, chefe de criação da agência Hanon McKendry, explicou que o ministério da Northridge é voltado para os que não se preocupam com o assunto, onde igreja sequer faz parte da vida daquela pessoa. Para muitos que não estão envolvidos com uma igreja, a percepção geral é que alguém precisa ser perfeito para frequentá-la.

Powell explica: “Estamos continuamente em busca de novas pessoas que estão destruídas ou feridas. A qualquer momento que alguém entrar na igreja, deve entender que este é um lugar onde pode ser aceito, onde não há problema se está ferida… poderá encontrar redenção e seguir em frente. ” Um dos temas-chave em Northridge é que “um fracasso não é o fim de tudo.” ”[Northridge] é um lugar onde todos estão no mesmo nível, enquanto procuramos descobrir e conhecer a Deus e seu poder que pode transformar as nossas falhas e usá-las para a sua glória”, disse Powell. “Estamos nesta comunidade de pessoas falhas que encontraram a redenção e querem compartilhar isso com os outros.”

A campanha está programada para continuar até o início de novembro. Se for bem-sucedida, McKendry disse que pode haver prolongamentos da campanha, usando outros estereótipos da igreja.

Fonte: The Christian Post / Gospel+
Tradução Jarbas Aragão
Via: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.