terça-feira, 22 de junho de 2010

Jornal argentino descreve gol de Luís Fabiano como “mão do diabo”


“A mão do diabo” foi a expressão utilizada pelo principal jornal esportivo da Argentina para explicar o segundo gol do Brasil na vitória sobre a Costa do Marfim, neste domingo, pelo Grupo G da Copa do Mundo de 2010. No lance, Luís Fabiano ajeitou a bola com o braço depois de dar chapéu em um defensor antes de chutar de pé esquerdo para o gol.

Após o jogo, Luís Fabiano falou que o gol foi obra da “mão de Deus”, o que posteriormente foi replicado pela edição digital do jornal “Olé”. Mas no jornal que foi à venda nesta segunda-feira, a manchete já tratava o gol brasileiro de uma maneira diferente. “A mão do Diabo” foi o destaque do diário.

Quando ainda amargava um jejum de seis jogos sem balançar as redes pela seleção brasileira (os últimos gols foram justamente contra a Argentina), Luís Fabiano já havia polemizado com os rivais. Disse que os argentinos eram “amargos” e os brasileiros “felizes”, para rebater o protesto de Verón contra o suposto “jogo bonito” do Brasil. Também comparou a seleção de Dunga a um “jato”, pois Maradona havia afirmado que o seu time era um “Rolls Royce guiado por Messi”.

Mas os argentinos não foram os únicos que se enfezaram com a endiabrada mão de Luís Fabiano. Na Costa do Marfim, as manchetes também foram críticas. “A mão do assassino”, definiu o Soir Info. “A mão vergonhosa que enforcou a Costa do Marfim”, lastimou o L’Inter.

Para o Olé, no entanto, a vitória brasileira pode ser resumida da seguinte forma: “Escandalosa mão de Luís Fabiano antes de fazer o segundo da vitória por 3 a 1 do Brasil sobre a Costa do Marfim. Além disso, não foi nada original: falou de ?mão santa, mão de Deus?. E Dunga está furioso com o árbitro porque expulsou Kaká e perdoou patadas. Ganharam bem, mas saíram com Elano lesionado”.

Fonte: Gazeta Press / Abril/OVERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.