terça-feira, 6 de abril de 2010

Veja a incrível transformação do capelão evangélico que virou fisiculturista


José Carlos à esq. quando tinha apelido de 'caveirinha' e à dir. campeão de fisiculturismo.

O professor de Educação Física José Carlos Miranda, de 52 anos, divide seu tempo basicamente entre duas atividades: a academia que treina para participar das competições de fisiculturismo e a função de capelão (também conhecida como orientador espiritual) da igreja evangélica.
Quando mais novo, José, que sempre foi magro, carregava os apelidos de "caveirinha" e "macarrão". "Quando ia comprar roupas gastava em dobro, pois comprava no tamanho 40 e tinha que mandar apertar para virar 36", afirmou. Incomodado com seu corpo, passou a praticar musculação, adotou uma dieta adequada e conquistou um físico que levou o 1o lugar no Campeonato Paulista de Estreantes de fisiculturismo deste ano.
Suas atividades como capelão não atrapalham os treinos, que ele encara como trabalho, e não como um culto ao corpo. Apesar de ser religioso, antes de competir não possui nenhum ritual ou reza para ajudar. "Apenas oro para espantar o nervosismo", disse. Confira abaixo a entrevista com José Carlos Miranda.

Terra - O que lhe motivou a transformar seu corpo?
José Carlos Miranda - Tenho 1,79 m e pesava 58 Kg. Quando ia comprar roupas gastava em dobro, pois comprava no tamanho 40 e tinha que mandar apertar para virar 36. Também não gostava dos apelidos que me deram por ser muito magro, como "caveirinha" e "macarrão".

Quanto tempo levou para você chegar ao corpo que tem hoje?
No total, treino há 25 anos. Já passei por muitas mudanças, cheguei a pesar 96 Kg e depois passei para o corpo que estou hoje, este período durou um ano.

A sua rotina de malhação atrapalhou de alguma forma suas atividades como capelão?
Não interferiu, pois desde o começo conversei com meu capelão e meu pastor e expliquei. Em nenhum momento eles se opuseram, pois pra mim é um trabalho e não um culto ao meu corpo.

Há algum alimento que você riscou completamente da sua dieta?
Eu adoro chocolate, pizza e refrigerantes, mas tive que me afastar de tudo isso. Hoje eu consigo comer de uma maneira mais saudavel, mas é muito dificil ficar longe dessas guloseimas.

Você tem algum cuidado de beleza?
Sou vaidoso, procuro fazer depilação a cada 30 dias.

Você participa de competições? Como é a sua preparação?
Sim, sou fisiculturista e levo uma vida regrada o ano inteiro, porém durante o pré-contest (período que antecede os campeonatos) entro com uma dieta rigorosa. Aí só como alimentos de baixíssimas calorias, por exemplo: frango, batatas doce e inglesa, verdura e muita água - de seis a oito litros por dia.

Você faz alguma oração antes das competições ou tem algum ritual para dar sorte?
O tempo todo eu estou orando. Levo a minha vida com orientações de Deus, por isso reconheço que todas as vitórias alcançadas têm o toque de Dele. Mas confesso que antes das competições eu oro para espantar o nervosismo.

E qual foi a reação da sua família e amigos quando viram seu novo corpo?
Em todo o momento tive apoio da minha mulher, que também é professora de Educação Física. Já uma parte da minha família aceitou, porém não entendeu direito porque eu decidi mudar meu corpo. E os amigos acharam que eu estava doente quando comecei a emagrecer, mas isso não me abateu, pois Deus é que me fortalece.

Como é a sua rotina de malhação?
Treino quatro vezes por semana. No primeiro dia faço exercícios para costas e pernas. No segundo, é a vez de ombros e tríceps. No terceiro, apenas pernas, e no quarto dia faço peito e bíceps. Depois de todos os treinos ainda faço 30 minutos de atividade aeróbica.

Qual seu peso e altura?
Tenho um 1,79m e meu peso varia. Fora de competição chego aos 86 Kg. Em pré-contest fico com o peso em torno de 73 Kg.

Quais dicas que você dá para os homens que querem ter um corpo bonito e saudável?
Minha dica fundamental é procurar sempre um profissional para se orientar. Além disso precisa de muita dedicação e disciplina.

Você tem algum modelo corporal que serve de inspiração?
O Arnold Schwarzenegger, que é um mito e com certeza inspira muita gente.

Você está feliz com seu corpo hoje?
Sim, pois estou com 52 anos e tenho um corpo que os garotos de 20 gostariam de ter.

Terra/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.