segunda-feira, 19 de abril de 2010

Religião não é imposição nos clubes

O jogador Ronaldo Ortega faz questão de explicar que apesar de ser pastor evangélico, ele respeita todas as religiões dentro do União. “Aqui a gente respeita todos os pensamentos, tenho essa preocupação”.
Pelo que se apurou, dentro do União, a questão de religião é levada a sério e na maioria das vezes todos os jogadores vão aos momentos de oração.
No Vila, Zumbi tem levado tão a sério a religião que fez questão de dizer que a rotina dele no clube mudou. “A minha rotina é somente uma, vou da igreja para o treino e do treino para a igreja”, afirmou.

Tribuna MT/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.