segunda-feira, 19 de abril de 2010

Religião dá ritmo aos clubes de Rondonópolis


Culto no templo da Igreja “Jesus Está no Comando”, na região da Avenida Rotary Internacional, em Rondonópolis, quem conduz o culto é o pastor Ronaldo Ortega. Isso mesmo, Ortega que é jogador de futebol profissional e defende as cores do União também é pastor evangélico.
Na Igreja Internacional da Graça de Deus, na região central da cidade, mais um culto e quem está lá atuando como obreiro é Carlos Eduardo da Silva, conhecido no mundo do futebol como Zumbi. O jogador também está presente na igreja, nos momentos em que não está em campo.
A religião hoje é uma realidade nos dois times de Rondonópolis e tem servido para os próprios jogadores como apoio nos momentos difíceis do grupo.
Ronaldo Ortega, por exemplo, diz que no União, grande parte do elenco é evangélico e frequenta igreja. Ele mesmo sempre conduz as orações no clube. “O fato de termos a religião tem ajudado na união do grupo”, pontua o jogador.
Ortega, que tem 31 anos de idade e passou pelas principais equipes de Mato Grosso, é evangélico desde 2005. Porém, há 1,5 ano virou o pastor Ronaldo Ortega e tem trabalhado ativamente na Igreja. Ortega também tem feito um trabalho de evangelização dentro do Colorado.
No Vila Aurora, o atacante Zumbi, há mais de um ano, está presente nos cultos da Internacional da Graça de Deus. O atleta confessa que, desde quando começou a ir à igreja, a vida dele mudou para melhor e no Tigre da Vila tem agido como um canal de aproximação. “Eu sempre que posso chamo o pessoal para ir à Igreja”.
O jogador, no entanto, já antecipou que assim que deixar o futebol vai trabalhar para ser pastor da mesma igreja.

Tribuna MT/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.