terça-feira, 27 de abril de 2010

Obama se reúne com Billy Graham em cabana na montanha


O presidente Barack Obama fez uma breve visita na tarde de domingo para ver Billy Graham, o evangelista de 91 anos de idade, em sua cabana na montanha Montreat, Carolina do Norte.
A presidente dos E.U. reuniu-se com Graham por 35 minutos. Obama pôs fim a uma breve férias próximo de Asheville, em seguida saiu para participar de uma cerimônia solene em West Virginia, em homenagem aos 29 mineiros que morreram durante uma explosão que destruiu a parte superior da Grande Mina Branch em 05 de abril.
Graham fez uma declaração logo após a reunião em que ele disse, "Tenho o prazer de ter o presidente Obama em minha casa esta tarde. Ele pediu um encontro desde que ele foi passar o fim de semana perto de Asheville. Meu filho Franklin e eu gostamos da breve visita do presidente, seguida por um momento em que oramos juntos."
Graham, acrescentou: "Quando nos aproximamos do Dia Nacional de Oração em 06 de maio, quero encorajar os cristãos em todos os lugares para orar por nosso presidente, e por todos aqueles em posições de autoridade e, especialmente, pelos homens e mulheres que servem em nossas Forças Armadas."
A. Larry Ross, que atua como diretor de comunicação social/relações públicas para Billy Graham desde 1981, disse à ANS, "Além desta ser a primeira visita entre os dois, o presidente Barack Obama é o primeiro presidente a visitar a casa de Graham.
"A chegada do presidente em Asheville, é parte do processo para se encontrar com Graham pessoalmente, que começou no outono de 2008 e prosseguiu quando Graham convidou o Presidente para o café, na data de seu aniversário em novembro passado,quando teriam, presumivelmente um momento de comunhão, discussão espiritual e de oração em conjunto.
O Presidente Obama é o décimo segundo Presidente que o Sr. Graham conheceu pessoalmente durante seu ministério público, o que durante os relatos da mídia, muitas vezes inclui a referência a ele como "Pastor de presidentes".
O encontro de 35 minutos desta tarde entre o presidente Obama e evangelista Billy Graham correu muito bem. O Sr. Graham foi honrado porque o presidente viajou para encontrá-lo em uma visita histórica em ter pela primeira vez um presidente sentado em sua casa, o que reflete uma conversa cordial, gentil, juntamente com o filho do evangelista, Franklin.
Durante o café, os dois homens discutiram uma variedade de tópicos, incluindo sobre as suas esposas, o amor por elas, experiências semelhantes com o golf e sobre Chicago - onde o presidente começou sua carreira - e Graham frequentou a escola e realizou várias cruzadas significativas.
Como outros antes dele, o presidente Obama contou quão solitário, exigente e humilhante o cargo de presidente pode ser, e quanto ele apreciava os conselhos de pessoas como o Sr. Graham e as orações de tantos cidadãos".
Ainda durante a visita, o Sr. Graham presenteou o Presidente com duas Bíblias - um para ele e outra para a Primeira Dama - após o que o presidente orou por Graham, que, por sua vez, concluiu com uma oração pelo presidente, por sua família e sua Administração.

Tradução: Márcio Melânia

CT/Notícias Cristãs

Um comentário:

  1. Eu sou um dos adeptos de não criticar líderes religiosos ou igrejas dos outros. Nesse comentário vou me contradizer. Desde que eu soube que Billy Graham em um determinado ano (que não me recordo agora) ele havia elogiado o então papa João Paulo II, dizendo inclusive que ele era um dos maiores líderes espirituais de todos os tempos, me decepcionei com ele. E não é mentira não, o post na internet era referência de uma revista americana. Um pregador que elogia um líder romano a ponto de chamá-lo de um grande líder, sinceramente não merece minha credibilidade. Bem, minha opnião, perdoe-me quem discordar dela.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.