quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mulher suspeita de largar feto aos cães tinha antecedentes

PJ deteve mulher de 25 anos e já fez exames para comprovar gravidez.
Tem 25 anos, reside em São João da Madeira, mas os pais habitam em Pinheiro de Ázere, a mulher suspeita do abandono do feto com sete meses de gestação num pinhal da freguesia de Santa Comba Dão. Foi um pastor que descobriu quando os seus cães "devoravam" o feto. A jovem, que foi ontem detida pela PJ, já tem antecedentes por uma situação com contornos semelhantes ocorrida há cinco anos.
A alegada mãe foi "levada" pela PJ para "apuramento das suas responsabilidades", contou fonte policial. Ficou indiciada e ainda ontem foi sujeita a exames no Instituto de Medicina Legal (IML) de Viseu. À hora de fecho desta edição, desconhecia-se se a mulher tinha sido constituída arguida ou se seria presente a um juiz. Nesta altura, a PJ apurava também o envolvimento de um homem, seu companheiro. Na noite de quinta--feira, "um pastor deparou-se com os seus cães de volta daquilo que pensou ser uma boneca", disse fonte da PJ. José Ferreira, pastor que encontrou a criança, relatou que encontrou o feto quando "os cães fugiram para o achado, de onde não arredaram pé". Ao ver que os cães "se lambuzavam, espreitou e constatou que se tratava de um feto", adiantou a fonte. A população juntou-se no local, em estado de choque. "É uma coisa que não se faz. Não tenho palavras", disse José Azevedo, um dos primeiro populares a chegar ao local. As investigações da PJ permitiram apurar que a "alegada mãe do feto, uma empresária de 25 anos, mora na aldeia onde tem familiares". "É filha de um morador da aldeia, mas nos últimos anos vive em S. João da Madeira."
O corpo foi autopsiado no IML de Viseu e de acordo com fonte judicial "ainda não foi apurado o sexo. Os cães comeram partes do corpo que impediram essa análise". Os pais da suspeita, que são divorciados, "estão a ser acompanhados pela Segurança Social e apresentam dificuldades".

DN/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.