sábado, 3 de abril de 2010

Meninos da Vila se defendem de preconceito religioso


Santos, SP – Os “Meninos da Vila” deram uma enorme pisada de bola, na quinta-feira, quando a delegação passou numa entidade espírita, de Santos, O Lar Espírita Mensageiros da Luz, que cuida de crianças com paralisia cerebral. Apenas alguns jogadores entraram para a entrega dos “Ovos de Páscoa”, gerando mal estar e dando a impressão de que seria uma atitude preconceituosa religiosa. A maioria dos jogadores santistas é evangélica.
A Imprensa, que acompanhava a visita, não poupou críticas ao ato. À tarde, no programa de José Luis Datena, na TV Bandeirantes, alguns jogadores se retrataram – Paulo Henrique Ganso e Neymar ao vivo e Robinho, por telefone.
“Nós pedimos perdão pela nossa falha e vamos voltar lá”, avisou Paulo Ganso, visivelmente chateado. O mesmo parecia o garoto Neymar. “Nós erramos, mas vamos corrigir isso. Estou aqui pedindo desculpas”. E confirmou ter sido aconselhado por seus pais de reconhecer o erro publicamente.

Robinho "explica"
Para Robinho, “tudo foi um grande mal entendido e nenhum tipo de preconceito”. Ele reconheceu a opção religiosa e não se mostrou arrependido por sua atitude, defendendo a posição de cada um.
Robinho acha que faltou mais informações para os jogadores, que não sabiam que poderiam ou deveriam entrar na entidade, onde eram ansiosamente aguardados pelas crianças e acompanhados pela Imprensa que acompanha o dia-a-dia do clube.

O repórter da TV Bandeirantes, Luis Ceará, não concordou com as explicações de Robinho.

"Eu estava lá e os jogadores não desceram do ônibus porque não quiseram, agora não adianta ficar enrolando. Eu acho você, Robinho, um baita cara, mas dessa vez fisou na bola e feio. Muitas das pessoas que trabalham nesta casa espírita são evangélicos", confirmou o experiente repórter.

Roberto Brum ausente
Os jogadores também defenderam o volante Roberto Brum, que lidera um grupo de atletas evangélicos, e que não participou da visita. Mas ele não estava no ônibus e não teria incitado os demais a descer do veículo.
O fato, porém, gerou um mal-estar geral que só poderá ser desfeito com uma nova visita dos "Meninos da Vila" à entidade.
Apenas 11 atletas jogadores participaram da ação beneficente. Felipe, Wladimir, Edu Dracena, Zé Eduardo, Arouca, Pará, Gil, Maikon Leite, Breitner, Zezinho e Wesley foram os responsáveis pela entrega dos ovos. O técnico Dorival Júnior e alguns diretores também estiveram presentes.

AFI/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.