sábado, 10 de abril de 2010

GEFron prende pastor com 25 kg de droga

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (GEFron) prendeu nesta quinta-feira (8) por volta das dez horas da noite dois homens suspeitos de estarem fazendo tráfico internacional de drogas. Com eles, os policiais apreenderam uma pistola, no distrito de Vila Cardoso, município de Porto Esperidião.
Emerson José Quintão, 23, e Rogério Christian Macedo Gomes, 38, estavam em uma motocicleta Tornado Vermelha, vindo do Distrito de Vila Cardoso, sentido a BR 174 e traziam em duas mochilas, aproximadamente 25 kilos de droga (Pasta Base de Cocaína). Rogério Christian ainda portava uma pistola calibre ponto 40, com dois carregadores e 38 (trinta e oito) munições, a qual arma pertence a Polícia Civil do Estado do Ceará. Foi localizado também a quantia de R$ 10.844,00 (dez mil oitocentos e quarenta e quatro reais) e U$ 100,00 (cem dólares), a qual quantia seria o pagamento para o transporte do entorpecente. Os dois foram detidos e encaminhados à base do GEFron onde foram encaminhados à Polícia Judiciária Civil. Os dois responderão por tráfico internacional de drogas e porte ilegal de arma de fogo.
Emerson José Quintão já possui duas passagem por evasão de divisas, entre a fronteira Brasil-Bolívia. Outro fato que chamou a atenção dos policiais é que o Rogério Christian é natural de Anápolis – GO e ainda possui carteira de identificação de Pastor da Igreja Pentecostal. O Grupo Especial de Fronteira é uma força integrada pelos órgãos de segurança do Estado cuja missão é apoiar os órgãos federais responsáveis pela segurança na fronteira do Brasil com a Bolívia. O GEFron trabalha em uma faixa de 983 quilômetros de fronteira, sendo 233 de região alagada. São ao todo cinco pontos de fiscalização (Porto Esperidião, Vila Cardoso, Matão, Avião Caído e Barreira do Limão).
Segundo o Coordenador do GEFron, Tenente Coronel PM Antônio Mário da Silva Ibanez Filho, tais detenções acontecem graças as ações realizadas em toda região de Fronteira, a qual é patrulhada e vigiada pelos componentes do Grupo Especial. O Tenente Coronel ressalta que as ações de valorização dos profissionais da segurança pública e investimentos nas condições de trabalho possibilitaram este incremento considerável de apreensões num curto espaço de tempo.

Gazeta Digital/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.