terça-feira, 6 de abril de 2010

Casal preso em Dubai por se beijar tem recurso negado


Um casal britânico que foi preso em Dubai por se beijar em público teve seu recurso negado na Justiça neste domingo.

Ayman Najafi, de 24 anos, e Charlotte Adams, de 25, receberam pena de um mês de prisão, seguida de deportação. Além disso, eles foram multados em 200 libras esterlinas (cerca de R$ 530) por beber álcool.

O casal foi preso em novembro depois que uma mulher de 38 anos os acusou de violar as leis de decência do país ao se beijarem na boca no restaurante do hotel Jumeirah Beach Residence. A mulher, que jantava com sua filha no local, se disse ofendida pelo comportamento dos britânicos.

Najafi disse que está “muito decepcionado” com a decisão da Justiça. O casal planeja ainda entrar com outro recurso.

Sem passaportes

Os advogados de defesa da mulher, que não precisou aparecer no julgamento, disseram que ela não viu o beijo do casal, mas que ficou sabendo pela sua filha.

Os réus alegaram que só se beijaram na face, e que, portanto, não teriam violado nenhuma lei do país.

“É muito dura [a pena], baseada em evidências contraditórias. Os tribunais não chamaram nenhuma das nossas testemunhas que estavam prontas para dizer que o incidente não aconteceu”, disse Najafi.

As autoridades estão com os passaportes do casal, o que impossibilita que eles deixem o país.

O ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha recomenda que os britânicos com destino a Dubai se informem sobre os costumes locais.

Em março, um casal indiano de cerca de 40 anos foi preso por três meses por trocar mensagens de texto pelo celular com conteúdo erótico.

O VERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.