terça-feira, 20 de abril de 2010

Após sair do coma, croata só fala alemão


Jovem ficou inconsciente por 24h e esqueceu a língua materna.

A história incomum de uma adolescente croata de 13 anos está intrigando a comunidade médica. Ela acordou de um coma de 24 horas falando alemão fluentemente, mas incapaz de pronunciar uma única palavra em sua língua materna.

Natural da cidade de Knin, no Sul do país, a adolescente estudava alemão na escola, e, para melhorar o aprendizado da língua, começou a ler livros e assistir a programas da TV alemã. Segundo os pais, porém, ela tinha apenas noções básicas de alemão e não era fluente. Agora, a menina se comunica com os pais com a ajuda de um intérprete.

Surpresa ficou também a equipe médica da jovem, que já submeteu a garota a vários exames para descobrir a causa da mudança. Em entrevista ao jornal britânico “The Daily Telegraph”, Dujomir Marasovic, diretor do hospital onde ela está internada, disse que quando o cérebro se restabelece de um trauma como aquele, não é possível saber como vai reagir. O médico acrescentou que há várias teses, mas que não falaria mais nada para respeitar a privacidade da família.

Também citado pelo “Telegraph”, o psiquiatra Mijo Milas afirmou que, em outros tempos, o caso da menina seria considerado um milagre – o que não é aceito hoje em dia. A questão é que ainda não foi encontrada uma explicação lógica para o episódio. Conforme o psiquiatra, já houve casos em que pessoas gravemente doentes e em estado de coma que acordaram falando línguas antigas, como as citadas na Bíblia.

Para o neurologista Clovis Francesconi, a explicação está no fato de o cérebro armazenar as informações em locais diferentes. O episódio que gerou o coma, continua ele, deve ter lesionado a área do cérebro onde ficava o conhecimento da língua materna, preservando o local reservado às línguas estrangeiras.

O médico destaca outro ponto importante: a adolescente não criou o conhecimento do alemão, mas já o tinha armazenado, apenas não o empregava inteiramente com frequência.

Fonte: ClicRBS / O Verbo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.