quinta-feira, 22 de abril de 2010

Ali Agca, turco que tentou matar João Paulo II, quer se encontrar com Bento XVI em Fátima, Portugal


O turco Mehmet Ali Agca, que em 1981 tentou assassinar João Paulo II, pediu ao porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, para marcar um encontro com o papa Bento XVI quando este for ao Santuário de Fátima, em maio.

A solicitação foi feita pelo advogado de Agca, Aci Hali Ozhan, que também reportou à agência Ansa o conteúdo da mensagem de 11 linhas.

Na missiva, o representante legal escreveu que “como é notório, Mehmet Ali Agca foi libertado na data de 18 de janeiro de 2010, depois de ter cumprido 29 anos e dois meses de reclusão”.

“O pedido para um possível encontro com o Papa, já anunciado em 2008, foi levado por mim pessoalmente a Bento XVI em 13 de fevereiro de 2009. Soubemos da próxima visita do Pontífice em 13 de maio de 2010 à cidade de Fátima, em Portugal. Também Mehmet Ali Agca estará em Portugal nesta data e quer se encontrar com o Papa”, explicou Ozhan.

Segundo ele, a solicitação já foi comunicada ao presidente do país europeu, Aníbal Cavaco Silva, e ao premier, José Sócrates.

A carta foi enviada também ao secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone; ao prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, José Saraiva Martins; e à Nunciatura Apostólica em Ancara.

Na semana passada, Ozhan havia dito que seu cliente já tinha escrito a Sócrates pedindo permissão para se dirigir a Fátima na época da visita de Bento XVI. Até agora, no entanto, o governo de Portugal não respondeu à missiva.

Agca abriu fogo contra João Paulo II em plena Praça São Pedro, no Vaticano, em 13 de maio de 1981. O polonês Karol Wojtyla, que morreu em 2005, ficou gravemente ferido, sobretudo em função de disparos que atingiram a região do abdômen.

O turco foi detido imediatamente, e dois anos mais tarde, ao visitá-lo na prisão, o papa o perdoou pelo atentado. Em 2000, Agca foi extraditado da Itália para a Turquia, onde permaneceu preso por outros crimes cometidos antes do ataque.

Bento XVI fará sua viagem apostólica a Portugal entre os dias 11 e 14 de maio, em ocasião do décimo aniversário da beatificação dos pastorinhos de Fátima Jacinta e Francisco.

Fonte: O Globo/OVERBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.