domingo, 21 de março de 2010

Universitários manifestam «vontade de levar Cristo até aos outros»

Missiva dirigida ao Papa foi hoje lida no final de uma eucaristia. De seguida, cerca de 400 jovens dirigiram-se para a reitoria da Universidade de Lisboa, onde criaram uma cruz viva com velas.
«Queremos mostrar que estamos ansiosos pela vinda de Bento XVI a Portugal e cheios de vontade de nos pormos ao serviço dele e de levar Cristo até aos outros». É esta a mensagem da carta que um grupo de jovens universitários quer fazer chegar ao Papa, através do Núncio Apostólico. A missiva foi hoje lida no final de uma Eucaristia, em Lisboa, presidida por D. Carlos Azevedo, coordenador geral da viagem de Bento XVI a Portugal.
Tomás Líbano Monteiro, de 19 anos, um dos autores da carta, refere que a mensagem resultou da conversa entre vários universitários. «Trata-se de uma curta mensagem de agradecimento pela confiança que o Papa deposita nos jovens, ao dizer-nos que é de nós que parte o futuro e que devemos agarrar o futuro e não esperar que outros o agarrem», contou ao SOL, o estudante do curso de Gestão, da Universidade Nova de Lisboa.
O jovem - que aguarda, «com expectativa», a vinda de Bento XVI a Portugal - afirma que não irá faltar às celebrações papais, em Lisboa e Fátima. «Acho importante o Papa vir cá pela Nossa Senhora; vale a pena sermos o país da Nossa Senhora», exprimiu o estudante que integra o movimento católico mariano de Schoenstatt.
No final da cerimónia, que decorreu na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, sob o lema «Começar a Acreditar», cerca de 400 jovens universitários fizeram uma caminhada até à reitoria da Universidade de Lisboa, onde se alinharam como uma cruz viva com velas.

Sol/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.