sábado, 6 de março de 2010

Polícia estoura duas rádios piratas em Diadema

Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Diadema estouraram duas rádios piratas durante operação realizada ontem. Quatro pessoas foram detidas.
Após receberem denúncias anônimas, os investigadores pediram ajuda à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para identificar os locais de origem das transmissões.
"A dificuldade normalmente encontrada é a localização das antenas de retransmissão. Por isso, pedimos apoio dos agentes da Anatel", contou o delegado Denis Saito, titular do SIG.
Uma das emissoras clandestinas funcionava no Jardim Canhema, mesmo bairro onde está situada a Delegacia Seccional e o 3º Distrito Policial da cidade. A rádio funcionava há cerca de 20 dias e estava instalada em uma oficina mecânica. "O proprietário informou que locava o espaço para um pastor evangélico, que também compareceu para prestar esclarecimentos." A outra rádio foi flagrada funcionando em uma casa no Jardim Marilene, região do bairro Piraporinha. A emissora estaria funcionando desde julho de 2008 com programação musical variada. A inquilina e o proprietário da residência foram levados à delegacia.
Os quatro detidos foram ouvidos, mas responderão em liberdade. Se condenados, poderão pegar até seis anos de prisão. Foi estipulada multa de R$ 1.800 para cada rádio. Os equipamentos foram apreendidos e passaram por perícia. O caso será encaminhado à Polícia Federal.

Diário do Grande ABC/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.