segunda-feira, 15 de março de 2010

Papa participa de culto ecumênico em templo luterano

Roma - O papa Bento XVI visitou neste domingo, 14, a Christuskirche (Igreja de Cristo), a Igreja Luterana de Roma, onde participou de celebração ecumênica. O líder católico foi recebido pela presidente da comunidade, Dóris Esch, que convidou-o a “se sentir em casa”.
João Paulo II visitou esta Igreja em 1983, durante os festejos dos 500 anos do nascimento de Lutero. A comunidade Luterana de Roma já havia convidado Bento XVI em 2008, quando dos 25 anos da visita de João Paulo II à Christuskirche, na Via Sicilia.
O papa Bento XVI foi recebido às 17h30 locais (13h30 em Brasília). Dóris lembrou a visita do antecessor, afirmando que aquele foi um fato muito importante para a comunidade luterana, "que nos encorajou a caminhar pela via do ecumenismo".
Após a recepção, o papa dirigiu-se ao templo para participar de cerimônia ecumênica, presidida pelo pároco local, o pastor Jens-Martin Kruse. No comentário à Primeira Carta aos Coríntios, Kruse falou da unidade entre as igrejas cristãs que, apesar de suas "divisões e opressões", sabem ser próximas umas das outras, sobretudo nos momentos de sofrimento e dor.
Kruse enfatizou que “no caminho com Jesus Cristo nós, cristãos, somos exortados pelo apóstolo Paulo a não ficar cada um de um lado, mas juntos”.
Bento XVI recorreu à passagem do Evangelho de João 12.20-26 na sua homilia, sobre a necessidade de que o grão morra na terra para dar muito fruto. "Se nós nos relacionarmos assim, se na dor estivermos juntos e se dividirmos e celebrarmos unidos a alegria na fé, este será um passo fundamental para tornar visível e eficaz a unidade que vivemos", ressaltou o líder católico.

ALC/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.