sexta-feira, 5 de março de 2010

Nova minissérie da Record “A História de Ester”


A História de Ester, a nova minissérie da Record, mostra a trajetória de uma jovem órfã judia, de grande fibra e beleza. Ao despertar o interesse do rei Assuero e tornar-se Rainha da Pérsia, Ester (Gabriela Durlo) influencia decisivamente o futuro de seu povo.

Coragem, determinação e fé fizeram de Ester uma das grandes referências da cultura judaica e uma das mulheres mais notáveis de toda a História.

Com direção geral de João Camargo e adaptação de Vivian de Oliveira, a trama de A História de Ester se passa por volta de 400 a.C., na antiga Pérsia, onde hoje é o Irã.

A trama

Hadassa (Gabriela Durlo), ainda criança, é resgatada por Mordecai (Ewerton de Castro) depois que seus pais, Abiail (Juan Alba) e Lia (Cássia Linhares), são mortos em uma grande perseguição dos amalequitas aos judeus. Mordecai, também judeu, consegue fugir e criar Hadassa, que mais tarde adota o nome de Ester, como sua própria filha.

***

Depois de vencer uma difícil batalha contra os gregos, Assuero (Marcos Pitombo) e seu exército desfilam pelas ruas de Susã, capital persa, onde são aclamados pelo povo. Em meio à multidão, a linda Hadassa chama a atenção de Assuero. Os dois trocam um olhar de encantamento. Em seguida, Assuero segue para o palácio onde oferece uma grande festa para demonstrar a glória e riqueza da Pérsia. Enquanto isso, a rainha Vasti (Daniela Galli), mulher de Assuero, oferece outra festa apenas para as mulheres. Tudo segue muito bem até que os nobres pedem a presença de Vasti no banquete real. Assuero pede que Memucã (Paulo Figueiredo) traga a rainha para a festa. Vasti, no entanto, se recusa e causa a ira de Assuero, que a expulsa do reino.

Hamã (Paulo Gorgulho), conselheiro do rei, convence Assuero a convocar todas as virgens do reino para escolher a nova rainha. Mordecai, que trabalha no palácio de Assuero, escuta a conversa e tenta esconder Hadassa, mas soldados invadem sua casa e a levam. Hadassa troca o nome para Ester (Gabriela Durlo), já que Mordecai teme represálias por ela ser judia.

Sob os cuidados do eunuco Hegai (André di Mauro), todas as virgens passam por rituais de beleza e aprendem como se portar diante do Imperador. Assuero passa a noite com diversas mulheres, mas nenhuma o encanta. Até que chega a vez de Ester. O rei a reconhece e fica impressionado com sua beleza e sabedoria, já que mesmo atraída por Assuero, ela se mostra indignada por ser obrigada a ficar com ele. Ester declara que sempre imaginou um amor para a vida toda e que este deveria ser conquistado, não imposto.

A coragem com que Ester enfrenta o rei, o deixa ainda mais apaixonado. Assuero decide conquistar o seu amor. Ao voltar para o harém sem ter sido tocada pelo rei, Ester surpreende Hegai e os dois acabam se tornando amigos. Assuero passa a solicitar unicamente a presença de Ester para cortejá-la e, assim, conquistar seu coração.

Aos poucos Ester se rende ao amor do rei, mas nunca revela que é judia. No reino, todos comentam a mudança de comportamento do Imperador, que antes era sério e compenetrado e agora é um homem mais feliz e acessível. Assim, Ester é a eleita de Assuero e coroada rainha de todo o império persa.

A felicidade de Ester dura pouco, pois ao assumir o cargo de Primeiro Ministro do Imperador, Hamã, que é amalequita, exige que todos se curvem diante dele. No entanto, Mordecai se recusa, por acreditar, como os judeus, que deve se curvar somente a Deus. Hamã, enfurecido, planeja destruir os judeus que não se curvarem a ele e constrói uma forca para matar Mordecai. Instigado pela mulher Zeres (Vanessa Gerbelli), Hamã convence Assuero de que os judeus são um povo rebelde, com hábitos, leis e cultura muito diferentes e que por isso não deveriam ser tolerados na Pérsia. Dessa forma, Assuero decreta que o povo judeu deve ser aniquilado no dia 13 de Adar . Os judeus lamentam o decreto real.

Ester descobre que seu povo está sendo ameaçado. Paralelamente, Hamã trama contra a vida de Assuero a fim de ocupar o trono real. Ele organiza um complô com alguns eunucos para matar o rei. Mordecai ouve a conversa e revela à Ester, que conta para o rei que Hamã quer matá-lo. Assuero manda investigar a história. Diante da ameaça ao povo judeu, Mordecai pede que Ester interceda. Ela fica temorosa e pede que o povo judeu reze e jejue por ela por três dias e três noites.

Após os três dias, Ester se enche de fé e vai à presença do rei sem ser chamada, o que poderia levá-la à morte. Assuero a trata com gentileza. Ester perde a coragem e, como desculpa, convida o rei e Hamã para um banquete.

Pouco tempo depois, ao ler o livro de feitos memoráveis, Assuero se dá conta de que Mordecai realizou grandes serviços e não foi recompensado por isso. No dia seguinte, Assuero ordena que Hamã homenageie Mordecai em praça pública. Tal humilhação aumenta ainda mais a ira de Hamã contra Mordecai.

Ester convida o rei para um segundo banquete onde revela sua origem judaica, implora por seu povo e pede que ele não lhe tire a vida. Hamã e Assuero ficam surpresos. A rainha relata o ódio de Hamã contra os judeus e deixa Assuero transtornado. Hamã se ajoelha diante de Ester e pede perdão. Quando Assuero vê a cena, acredita que Hamã esteja assediando a rainha e manda enforcá-lo na mesma forca onde o primeiro ministro pretendia matar Mordecai.

Comovido com o pedido de Ester, Assuero lança um novo decreto permitindo que os judeus preparem sua defesa. No dia 13 de Adar ocorre o grande duelo. Depois de dois dias de batalha, os judeus saem vitoriosos e comemoram com a festa de Purim, celebrada até os dias de hoje pelos judeus de todo o mundo.

Perfil dos personagens:

REI ASSUERO – Marcos Pitombo

Rei poderoso do Império Persa, temido por todos e venerado como um deus por seus súditos. Às vezes é impulsivo, tem um temperamento forte, mas é generoso. É exímio lutador de espadas. Sério e compenetrado, sabe ser charmoso com as mulheres. Apaixona-se perdidamente por Ester.

HADASSA/ESTER – Gabriela Durlo

Moça judia, simples, humilde. Encanta a todos que a conhecem com seu jeito doce, alegre e gentil. É também muito sábia, inteligente, corajosa e tem pulso firme. Será coroada rainha da Pérsia e reinará ao lado de Assuero. Hadassa é seu nome hebraico. Vai adotar o nome de Ester para que a sua origem não seja descoberta.

HADASSA – Barbara Maia

Interpreta Ester / Hadassa quando jovem. Aparece nos pesadelos de Ester.

RAINHA VASTI – Daniela Galli

Mulher estonteante, famosa por sua beleza. Tem porte de rainha. É prepotente e arrogante. Será destituída de seu posto. * Participação especial no primeiro capítulo.

LIA- Cássia Linhares

Mãe de Ester. Mulher bonita, judia e com semblante sereno. Aparece nos pesadelos da filha. Participação especial.

ABIAIL – Juan Alba

Pai de Ester. Simpático, humilde, homem de caráter. Aparece nos pesadelos da filha. Participação especial.

MORDECAI – Ewerton de Castro

Homem bom, honesto e trabalhador. Primo de Ester, que a criou desde que ela ficou órfã na infância. Judeu fiel às tradições da sua religião e a Deus, não se curva diante de homens. Vai ser perseguido por isso, mas enfrentará a revolta de seus inimigos de forma destemida. Será empossado ministro do Rei e vai ajudar Ester a salvar o povo judeu.

HAMÃ – Paulo Gorgulho

Conselheiro do rei e extremamente ambicioso, Hamã é descendente dos amalequitas e inimigo histórico dos judeus, povo a quem pretende exterminar. É maldoso e tem sede de poder. Trama a morte do rei, mas se faz passar por seu fiel escudeiro. Casado com Zeres com quem teve dez filhos, dos quais conheceremos somente dois.

ZERES – Vanessa Gerbelli

Esposa de Hamã. Maldosa, instiga o marido a tramar contra seus inimigos. Também é ambiciosa e não mede esforços para ver Hamã no poder. Joga a sorte, é meio feiticeira e adora vários deuses.

ARIDAI – Paulo Nigro

É o único filho de Hamã que não é ligado às tramas sórdidas do pai. No fundo, é contra a rivalidade do pai com os judeus, mas também não faz nada para mudar esse quadro. É medroso e não enfrenta a família. Apaixona-se pela judia Ana, com quem vive um romance no estilo ‘Romeu e Julieta’, já que as famílias são contra o relacionamento.

DALFOM – Gabriel Gracindo

Primogênito de Hamã e Zeres. É o braço direito do pai e odeia os judeus. Arrogante, mulherengo, beberrão e mau caráter. Um dos principais guerreiros do rei Assuero. Envolve-se com Tafnes.

MEMUCÃ – Paulo Figueiredo

Nobre persa, homem de confiança e conselheiro do rei Assuero. Não gosta de Hamã e também será vítima de suas maldades.

HARBONA – Rocco Pitanga

É um dos eunucos. Serve ao rei e à rainha no palácio. Homem leal ao rei.

HEGAI – André di Mauro

Eunuco responsável pelo harém do rei. Divertido, levemente efeminado, mas discreto. Ensina às candidatas ao reino como se portar, comer e se vestir diante do rei. Dá aulas de etiqueta real para as virgens do harém. Torna-se um bom amigo de Ester.

QUINLÁ – Maria Ceiça

Serva leal e confidente de Ester no palácio. É como uma mãe para ela.

JOEL – Giuseppe Oristânio

Líder judeu, ranzinza e muito apegado às leis judaicas. Amigo de Mordecai e pai de Ana. Não aceita o envolvimento da filha com o filho de Hamã, inimigo de seu povo. Vai liderar o povo judeu no retorno à Jerusalém.

REBECCA – Eliete Cigaarini

Esposa de Joel. Judia mais moderada. Tenta convencer o marido em favor da filha. É apaziguadora.

ANA – Letícia Colin

Filha de Joel e Rebecca. Amiga de Ester. Bonita, ingênua e sonhadora. Também será raptada para fazer parte do harém do rei. Vive um romance escondido com o filho de Hamã e sofre por conta disso.

RUBEN – Márcio Kieling

Jovem judeu, bonito, de bem com a vida, pastor de ovelhas. É apaixonado por Ester e faz tudo por ela. Será capturado pelos guardas do palácio e será mutilado para se tornar eunuco, o que mexerá com sua honra. Fica revoltado.

SIMION – Maurício Ribeiro

Judeu, amigo de Ruben. Trabalha como copeiro do rei no palácio. É responsável por provar a comida e a bebida antes do rei para ver se não está envenenada. Tem medo de morrer, mas ao mesmo tempo é um homem de fé. Arrisca a vida para salvar o rei.

BIGTÃ – Felipe Martins

Eunuco do palácio. Vai se aliar a Hamã num complô para matar o rei.

TERES – Victor Hugo

Eunuco do palácio. Também está envolvido no complô para matar o rei.

TAFNES – Lana Rodes

Moça egípcia, muito bonita e ambiciosa que sonha em se tornar rainha. Morre de ciúmes de Ester com quem compete no harém. Envolve-se com Dalfom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.