sexta-feira, 12 de março de 2010

Demônio está na Igreja Católica


Exorcista garante que há padres que não creem em Jesus O exorcista-chefe do Vaticano, Gabriele Amorth, afirmou que os abusos sexuais cometidos pelos padres são obra do demônio que se instalou na Igreja Católica.
Exorcista há 25 anos, o padre assegura com veemência que “o demónio está instalado no coração da Igreja” e que muitos dos padres que compõem a hierarquia católica não acreditam em Jesus e estão ligados ao demónio.
Amorth garante que o filme ‘O Exorcista’ de 1973 retrata quase fielmente a prática de exorcizar alguém.
Em entrevista ao jornal ‘La Repubblica’, o padre de 85 confessa que é um homem “feliz” com o seu trabalho e que não tem dúvidas que a tentativa de assassinato de João Paulo II e o ataque ao Papa Bento XVI no Natal foram causados pelo demónio que quer vencer a Santa Sé.
Em 2006, Amorth já tinha dado uma entrevista na qual acusava os nazis de serem a prova de que o demónio realmente existe, alegando que eles estavam possuídos.

CM/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.