quarta-feira, 24 de março de 2010

Bangladesh: 500 fanáticos islâmicos atacam igreja católica

ROMA – Uma multidão de 500 fanáticos muçulmanos atacou a igreja de Cristo Salvador, no povoado de Boldipukur, a cerca de 300 quilômetros de Daca, capital de Bangladesh.
O ataque ocorreu no sábado passado, 20 de março, e deixou vários feridos - cinco deles em estado grave. Segundo fontes locais, a motivação real seria uma disputa pelo terreno pertencente à paróquia.
Padre Leo Desai, pároco da igreja, explicou AsiaNews que alguns muçulmanos da região tentam há anos tomar posse do terreno. Recentemente, porém, uma decisão judicial estabeleceu de modo de definitivo que “o terreno é de propriedade dos católicos”. O terreno havia sido temporariamente cedido pela diocese a duas instituições de ensino.
“Em 19 de março, uma multidão de muçulmanos se reuniu após as orações de sexta-feira e iniciou uma manifestação de protesto contra os cristãos. No dia seguinte iniciaram-se as violências”, contou padre Leo.
Os cinco feridos em estado grave foram levados ao hospital, mas posteriormente, optou-se por transferi-los para casas particulares, onde pudessem contar com melhor segurança.
Padre Leo denunciou “o silêncio” da polícia, que se limitou a assistir às agressões “sem intervir”.
“Não se trata de um conflito entre cristãos e muçulmanos, mas de uma disputa por seus terrenos”, declarou, enfatizando que “questão religiosa é apenas um pretexto” para acirrar os ânimos.
“Defenderemos os cristãos, caso sejam atacados novamente”, afirmou Mohammed Altaf Hossain, chefe da polícia local, que garantiu estar fazendo “todo o possível” para prender os 17 muçulmanos acusados de planejar e fomentar os ataques, e que até o momento seguem foragidos.
A comunidade cristã de Boldipukur conta com cerca de 3.600 fiéis católicos, cuja maioria pertence a pequenos grupos tribais.

Zenit/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.