segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Quanto mais cedo o casamento, melhor: 88% dos óvulos se vão quando as mulheres completam 30 anos


(Por James Tillman) – Um novo estudo das Universidades de St. Andrews e de Edimburgo está oferecendo uma compreensão mais exata da fertilidade e seu declínio com a idade, que os pesquisadores dizem é mais acentuado do que se pensava antes.

O estudo, que envolveu cerca de 325 mulheres de diferentes idades dos Estados Unidos e Europa, investigou o número de óvulos que permanecem nos ovários durante o tempo. Esse número, disseram os pesquisadores, chega ao máximo aproximadamente 20 semanas após a concepção e subseqüentemente cai até que não sobra nenhum óvulo na menopausa.

Com a idade de 30 anos, só 12% da reserva ovariana máxima — o número de óvulos com os quais nasce a mulher — está tipicamente presente; aos 40 anos, só restam 3%.

A qualidade média dos óvulos também diminui com a idade, o que aumenta a dificuldade de concepção e as chances para um bebê deficiente.

“As mulheres perdem óvulos muito mais rápido do que pensávamos”, disse a Dra. Marie Savard, colaboradora médica do programa de TV Bom Dia América.

Ela apontou para o fato de que as mulheres precisam ser informadas de que o relógio biológico anda consideravelmente rápido, e que as chances de se ter filhos são arriscadas com uma grande espera de tempo.
Savard também apontou para outros fatores que podem ajudar a fertilidade a não diminuir, tais como não fumar, manter o peso do corpo baixo e controlar o estresse.

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.