quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Preocupação para o Brasil: Kaká está abatido


Na semana passada o Época de Copa mostrou que Kaká foi alvo de duras críticas da imprensa espanhola depois da derrota do Real Madrid para o Lyon, pela Liga dos Campeões da Europa. Neste domingo, o Real goleou o Villarreal por 6 a 2, pelo Campeonato Espanhol, Kaká marcou duas vezes, mas seu desânimo ficou claro.

Tanto em seu primeiro gol (o segundo do Real), marcado de pênalti no começo do jogo, quanto no segundo, após passe de Cristiano Ronaldo, Kaká celebrou de maneira discreta. Como de costume, ergueu os braços para agradecer a Deus, mas sua tristeza foi marcante.

É razoável concluir que as críticas da imprensa espanhola são a principal causa do abatimento do jogador. Kaká tem o apoio do treinador Manuel Pellegrini e o elenco do Real parece unido. Cristiano Ronaldo, que na teoria concorreria com o brasileiro pelo status de principal jogador do time, foi o primeiro a abraçá-lo nos dois gols. Além das comemorações, outro indício do desânimo de Kaká também pode ser percebido no Twitter. Figura carimbada entre os famosos no microblog, Kaká não atualiza seu perfil desde os dias que antecederam o tal jogo contra o Lyon.

Para Kaká, críticas duras são coisa rara. A última vez que ele foi atacado desta forma ocorreu quando ele ainda atuava no São Paulo. Criticado até pela torcida, o meia-atacante foi para o Milan, onde sempre foi adorado por torcedores e jornalistas. Na seleção brasileira, Kaká também não passou por coisa parecida. O fracasso de 2006 caiu na conta apenas de Carlos Alberto Parreira e dos baladeiros do elenco.

Hoje, Kaká é o principal jogador do Brasil e é justamente por isso que seu abatimento é preocupante para a seleção. Sem ele, é mínima a chance de o Brasil vencer a Copa do Mundo. O lado positivo de toda essa situação é que o próprio Kaká pode revertê-la. Para isso, precisa ignorar as críticas e se concentrar em ajudar o Real Madrid e a seleção brasileira.

Além de Kaká, os brasileiros Marcos Senna (naturalizado espanhol) e Nilmar marcaram gols no jogo de ontem. O primeiro acertou uma linda cobrança de falta e o segundo, que também deve ser convocado para a Copa do Mundo, fez lindo gol após tabela com o francês Robert Pires.

Fonte: Época/overbo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.