sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Homem rouba carro e diz ser Jesus Cristo


Luiz Setti Arez dizia que era Jesus Cristo e praticou os roubos em nome de Deus

Um homem com Bíblia roubou um carro e tentou roubar outro. Arez Pereira da Costa, 34 anos, disse ser Jesus Cristo ao ser preso por policiais rodoviários, no início da tarde desta quarta-feira (24). Falou que queria chegar a uma emissora de televisão a fim de transmitir sua “mensagem”. Maluco ou não, Ares foi preso em flagrante de roubo, na delegacia do plantão norte. Ele já havia cumprido pena de cinco anos de prisão por estupro.
O roubo da caminhonete Ranger aconteceu às 11h30, num posto do bairro Cajuru. Arez vestia calça e camisa social e rendeu o dono do veículo. Ele levava a Bíblia presa na cintura, por dentro da calça. A vítima pensou que o volume podia ser uma arma e entregou a caminhonete sem resistência. Logo depois, avisou a polícia sobre o roubo e passou a descrição da Ranger e do assaltante.
Os cabos Correa e Antunes e soldado Nanini, do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), souberam que a caminhonete havia sido abandonada na avenida Independência (rodovia SP-79), perto da Universidade Paulista (Unip). Arez atravessou o trevo sobre a rodovia José Ermírio de Moraes (Castelinho) e tentou roubar outro carro, em frente ao Fórum, no Alto da Boa Vista. Ele teria ameaçado uma funcionária do Fórum. O acusado porém não conseguiu levar o carro, um Fiesta.
Arez voltou para a avenida Independência, a pé, e foi preso pelo TOR. Ele dizia que era Jesus Cristo e praticou os roubos em nome de Deus. As duas vítimas foram à delegacia e o reconheceram pelo roubo e a tentativa. Ele deve ficar preso no Centro de Detenção Provisória (CDP).

Cruzeiro do Sul/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.