domingo, 28 de fevereiro de 2010

Fiel está envolvido a outras imagens que choram

O missionário Anderson Freitas, 22 anos --primeira pessoa a ver a imagem de Jesus Cristo chorando mel em Sapopemba (zona leste de SP)-- esteve presente em pelo menos dois fenômenos do mesmo tipo, um em Sorocaba (99 km de SP) e o outro em Cuiabá (MT).

Fiéis fazem romarias para orar e ver imagem de perto

O primeiro caso ocorreu na cidade mato-grossense, em agosto de 2005, quando uma escultura de Nossa Senhora da Rosa Mística supostamente chorou azeite de oliva. De acordo com o "Diário de Cuiabá", o fenômeno ocorreu na casa do professor de xadrez Robson dos Santos Alves, 28 anos. Freitas esteve na casa e viu o fenômeno, ainda segundo o jornal.
Quatro anos depois, em Sorocaba, imagens de Nossa Senhora de Lurdes e de Nossa Senhora de Fátima supostamente choraram mel, óleo e água. Segundo o jornal "Cruzeiro do Sul", a manifestação ocorreu na casa de Eliete Aparecida do Amaral, onde Freitas também estava hospedado. Nesse caso, os líquidos que supostamente saíram das imagens eram entregues aos fiéis, em frascos. No interior, o missionário chegou a pedir aos devotos donativos para construir uma igreja em Arujá (Grande SP) e para ajudar as famílias necessitadas.

Agora/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.