terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Bandido da lua de mel engana americanas e arrecada US$ 500 mil

Clifford Garrison, de 60 anos, ganhou da polícia americana o apelido de bandido da lua de mel. Não à toa. Ele é acusado de seduzir e extorquir dinheiro de milhares de mulheres nos últimos anos.

Segundo o canal “Fox News”, Garrison foi casado nove vezes e fez milhares de vítimas, arrecadando até 2000 mais de US$ 500 mil.

O americano é considerado um homem letrado, educado, religioso e sempre vendeu a imagem de correto. Para ganhar a confiança de suas vítimas, ele fingiu ser executivo de informática, jogador de golfe, consultor, prisioneiro da guerra do Vietnã e até mesmo agente do FBI.

Em 1999, Garrison foi preso por deixar na miséria sua sétima mulher, Genevieve Baliantz, com quem namorou por seis anos antes do casamento e do sequencial golpe. “Ele é um artista. Pode convencer qualquer mulher a fazer o que ele deseja”, disse Genevieve ao site “Fox News”.

Enquanto cumpria pena, Clifford Garrison fez um anúncio nos jornais de São Francisco à procura de uma nova companheira.

Elizabeth, de Michigan, caiu no conto do bandido da Lua de mel. “Ele era muito charmoso, doce e muito educado”, relatou a mulher sobre o falsário.

No começo de fevereiro deste ano, Clifford Garrison foi pego novamente pela polícia e condenado por fazer mais uma vítima.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.