quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Arquidiocese do Rio de Janeiro processa estúdio por destruir o Cristo Redentor


Cena de “2012″ havia sido vetada, diz instituição.

A Columbia Pictures está sendo processada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro por ter destruído o Cristo Redentor.

Segundo a Folha de S. Paulo, as imagens do monumento atingido pela hecatombe planetária no filme 2012 (presentes no filme e nos cartazes) foram, no entender da arquidiocese, usadas indevidamente. Embora seja um monumento público, a instituição tem poder de veto sobre o uso das imagens do Cristo.

Antes das filmagens, a Columbia consultou a arquidiocese, que vetou o uso das imagens. A reportagem diz que o processo começou em dezembro, depois que o filme foi lançado no Brasil, e prevê uma retratação pública por parte do estúdio.

Rodrigo Saturnino Braga, diretor-geral da Columbia no Brasil, confirmou que houve uma notificação e diz que advogados estão cuidando do caso em Los Angeles.

Fonte: Omelete / O Verbo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.