sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Marina Silva diz sofrer preconceito por ser evangélica


A senadora Marina Silva (PV-AC) afirmou nesta terça-feira que nunca atuou como parlamentar em defesa dos interesses específicos dos evangélicos e disse que muitas vezes sofreu preconceito pelo fato de ser cristã evangélica, apesar de ser a religião que mais cresce no Brasil hoje.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Em visita a Washington, a senadora disse ainda que as pessoas que se opõem às suas ideias gostam de distorcer sua opinião qualificando-a de intransigente defensora do criacionismo e contra o aborto.

- Muita gente me diz: como você pode ser tão inteligente se você é evangélica? Eu não sei se isso é um tipo de preconceito, mas acho que há muitos equívocos sobre a minha fé religiosa e minha atuação política.

Eu defendo o Estado laico, não acho que o Estado tenha que tomar partido desta ou daquela religião e acho ate que os evangélicos são muito agradecidos pelo Estado laico brasileiro, que os permitiu crescer como religião.

Sobre o aborto, Marina defendeu que o assunto não seja regulamentado pelo Executivo diante das opiniões muito divergentes sobre o tema. Para ela, o melhor caminho seria um plebiscito.

Fonte: Imparcial Online / Gospel+

Dízimo: Nós devemos dar? O controverso Pastor Caio Fabio diz que não. Veja o vídeo


Caio Fabio em entrevista esclarece sobre a entrega do dízimo nas igrejas e afirma “Não aceite o texto de Malaquias [Malaquias 3:10] no qual a igreja estelionatária pegou para si.

Segundo ele, esse texto é exclusivo para Israel, “O dizimo sempre foi estabelecido para Israel para o sustendo da ordem levítica para manutenção do templo, para distribuição aos pobres”; “Hoje por estarmos no tempo da Graça e não mais na Lei, nenhuma pessoa deve levar o dizimo a nenhum templo nem lugar.” Afirma no vídeo que tem circulado a internet.

Caio Fábio ainda afirma que “qualquer igreja que diz que se você não colocar o dinheiro no gasofilácio estará em pecado esta mentindo e realizando uma manipulação diabólica” e ele desafia a qualquer pastor provar o contrário. “coloquem a pastorada evangélica, eles não tem peito de me encarar, põe no Maracanã…Eu vou chamá-los de mentirosos um a um.”



E o que você acha? Nós devemos dar dízimo? O dízimo está sendo bem usado? O dízimo está sendo bem explicado? Qual sua opinião sobre dízimo? Opine!

Fonte: Portal Gospel TV / Gospel+

ExpoCristã 2010 já está sendo preparada


O maior evento de produtos para cristãos da América Latina já tem data para acontecer: de 07 a 12 de setembro de 2010. O Center Norte, atendendo a reivindicação da EBF Eventos, empresa promotora da ExpoCristã, alterou o calendário de programação do Centro de Exposições, para que o evento acontecesse no mesmo período de 2009. A data, segundo pesquisa de satisfação realizada pela empresa Veris, atendeu as expectativas de visitantes e expositores. Por conta do feriado da independência, muitos lojistas, livreiros, distribuidores e líderes, puderam prestigiar o maior evento da América Latina. O Congresso Anle/Consumidor Cristão, do mesmo modo que foi realizado em 2009, também acontecerá no feriado da independência, dia 07.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

APROVAÇÃO EXPOCRISTÃ 2009 – A oitava edição da ExpoCristã, que aconteceu entre os dias 08 e 13 de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo, teve 76% de aprovação por partes dos expositores. Para lojistas, livreiros conhecer novidades e gerar novos negócios são os fatores decisivos para participação no evento. A aprovação geral dos visitantes alcançou a marca de 8,8, em uma escala de 1 a 10. De acordo com o estudo, Livros e Bíblias foram itens mais procurados pelos visitantes.

A pesquisa foi encomendada pela empresa promotora do evento, a EBF Eventos e serviu para mapear expositores, lojistas, livreiros e pastores, além de visitantes. Para Fernando Caruso, diretor do Instituto Veris de Pesquisa, os envolvidos na ExpoCristã, após análise dos resultados, são ‘freqüentadores que gostam de se atualizar e estão em busca de novidades.’

Neste ano a ExpoCristã durou seis dias, recebeu cerca de 153 mil visitantes e 315 expositores em 28 mil m2. De acordo com estudo, 26,7% dos expositores participaram do evento pela primeira vez. Para eles, a incursão no evento teve foco comercial para divulgar empresa, produtos e fazer novos contatos. Os consultados apontaram que 73% estão satisfeitos com o perfil atual dos compradores que freqüentaram a ExpoCristã, que em 2010 acontecerá de 07 a 12 de setembro.Setenta e seis por cento dos pastores, livreiros e lojistas têm em média 42 anos, sendo que 29% têm nível superior. Os produtos mais procurados por este grupo foram livros, CDs, e Bíblias e DVDs. O grau de satisfação, segundo o levantamento, foi de 8,4. A maioria ficou sabendo por internet, rádio e através de amigos.

Fonte: ExpoCristã / Gospel+

Marcha para Jesus em Belo Horizonte reunirá Diante do Trono e Renascer Praise


O maior evento cristão do mundo, a Marcha para Jesus 2009, vai ser realizada em Belo Horizonte dia 14 de novembro. O início será a partir das 12h, com concentração na Praça da Liberdade e encerramento na Praça da Estação, local onde acontecem shows, a partir de 15h. Antes de chegar à Praça, a Marcha passa pelas avenidas Brasil e Afonso Pena.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

A Marcha para Jesus ocorre anualmente em várias cidades do mundo. O evento é realizado por várias igrejas de doutrina cristã e tem como objetivo unir as igrejas em um ato de expressão pública de fé, amor, agradecimento e exaltação do nome de Jesus Cristo.

O evento reúne milhares de cristãos de todas as idades, raças, nacionalidades e culturas étnicas e faz parte, a partir deste ano, do calendário oficial brasileiro, após ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 3 de setembro, em Brasília, instituindo o Dia Nacional da Marcha para Jesus.

Além da participação de trios elétricos de diversas comunidades, a Marcha terá este ano shows com bandas das Igrejas Batistas da Lagoinha e Getsêmani. Diretamente de São Paulo, as bandas Katsbarnéa e Militantes farão participação especial.

Outra atração bastante aguardada é a primeira apresentação dos grupos de louvor Renascer Praise de São Paulo e Diante do Trono da Igreja Batista da Lagoinha, considerados dois dos maiores grupos de louvor da América Latina, que tocarão juntos pela primeira vez em Belo Horizonte.

Além de São Paulo – cidade onde ocorre a maior Marcha do mundo com mais de 4 milhões de pessoas – centenas de cidades, incluindo as principais capitais do país, possuem ou terão este ano a sua edição do evento, levando assim milhares de pessoas para as ruas do Brasil.

A marcha

A primeira Marcha para Jesus aconteceu em 1987 em Londres (Inglaterra), e foi fundada pelo pastor Roger Forster, pelo cantor e compositor Graham Kendrick, Gerald Coates e Lynn Green, que pretendiam tirar a igreja das quatro paredes e mostrar que ela estava viva e presente na sociedade. O resultado desse evento foi bastante produtivo.

Em 1989, mais de 45 localidades marcharam juntas em todo o Reino Unido, inclusive em Belfast (capital da Irlanda), onde 6 mil católicos e protestantes se reuniram, num visível sinal de união. Neste dia, 200 mil cristãos estiveram unidos em toda a nação, fato que voltou a repetir em 1990 e 1991.

No Início da década de 90, a Marcha se tornara um evento de proporções continentais, ocorrendo em toda Europa. Em 1992 a Marcha para Jesus já se tornava em um movimento mundial de louvor e adoração a Deus, chegando a outros países da América, África e Ásia. No ano de 1993 chegava a vez do Brasil realizar a sua primeira edição do evento.

Dicas Úteis

Como aproveitar o maior evento de rua cristão do mundo:

Saúde e Bem Estar

- Alimente-se bem antes de sair de sua casa ou cidade.
- Beba muita água durante todo o dia.
- Use roupas e calçados confortáveis para caminhar.
- Proteja principalmente as crianças e idosos, com protetor solar e bonés
- Preserve a limpeza levando, se possível, saquinhos plásticos para guardarem seus lixos pessoais, impedindo assim sujeira das avenidas, ruas e praças por onde a Marcha passará.

Transporte

Dê preferência aos meios de transporte público como ônibus, metrô, trens e lotações regularizadas, evitando assim congestionamentos e atrasos. Caso venha de carro, deixe-o em estacionamentos próximos ao local do início da Marcha.

Fonte: iGospel / Gospel+

Jovens religiosos lançam na web a "Stephany evangélica"

Grupo da Bahia gravou clipe parodiando fenômeno do YouTube. Veja vídeo.São Paulo - Seguindo o sucesso de Eu sou Stephany, que bombou no YouTube parodiando A Thousand Miles (Vanessa Carlton) no seu CrossFox, um grupo de uma igreja de Itabuna, Bahia, criou sua própria versão para a música.
A "Stephany" da vez é a jovem Dani , que conta com o talento dos amigos para estrelar o clipe. "Agora vou orar e abençoar todo lugar que eu passar", diz a que promete ser mais um dos hits da web.



NC

Kleber Lucas: violão autografado pelo cantor será sorteado


Entrou no ar segunda-feira (26) na Rádio 93 FM (RJ), no programa 93 Radical, apresentado de 15h às 18h pelo locutor Renato Coelho, a promoção “Concorra a um violão autografado pelo Kleber Lucas”. O vencedor ainda vai ser levado para almoçar em um rodízio com o cantor.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Para concorrer é só participar do quadro ‘Palavra-Chave’, que acontece no 93 Radical. O sorteio vai ser no dia 27 de novembro. Participe! Kleber Lucas acaba de lançar pela MK Music seu novo CD Meu Alvo.

Fonte: MK Music / Gospel+

Pastor policial prende ladrão de igreja

A polícia prendeu, na manhã desta terça-feira, um homem de 38 anos acusado de roubar um equipamento de som de uma igreja evangélica localizada na Avenida Beberibe, na zona norte do Recife. Nilson Marcelino da Silva, foi detido na casa onde morava na Vila Miguel Arraes, no mesmo bairro. O pastor da igreja é oficial da Polícia Militar e comandou as buscas pelo assaltante.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Durante esta madrugada, o acusado arrombou o templo e levou o equipamento de som. Na casa de Silva a polícia encontrou as caixas de som que haviam sido roubadas.

Fonte: Globo / Gospel+
Via: Notícias Cristãs

Como levar a Bíblia para quem não sabe ler?


Apenas 2,5% da população brasileira leem a Bíblia com frequência, segundo levantamento do Instituto Pró-Livro, de 2008. Outros 74% dos brasileiros e brasileiras entre 16 e 64 anos não serão alcançados pelo texto sagrado no formato impresso porque não sabem ler ou porque entendem muito pouco do que leem.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Esses dados motivam a campanha “É tempo de ouvir a Palavra de Deus”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que pretende alcançar uma parcela daquela população com gravações do Novo Testamento na tradução de Almeida e do Novo Testamento na Linguagem de Hoje.

A SBB estabeleceu a ambiciosa meta de chegar com aqueles textos em formato MP3 a 10 milhões de brasileiros e brasileiras. Em quatro meses, desde o lançamento da campanha, em maio, a SBB conta com 1,3 mil grupos de audição do Novo Testamento, e distribuiu 3,8 mil exemplares do texto em MP3.

A campanha da SBB será o tema das comemorações da Semana da Bíblia de 2009, culminando no Dia da Bíblia, lembrado no segundo domingo de dezembro. A expectativa é que igrejas estimulem a formação de grupos de audição e informem que é possível iniciar esses grupos em diferentes espaços, como em casas, hospitais, presídios, escolas.

“A leitura e audição das Escrituras estimulam o fortalecimento de valores éticos e morais, além dos sociais, como o amor ao próximo e a preservação do meio ambiente”, destacou o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erni Seibert.

O Novo Testamento na tradução de Almeida revista e atualizada soma 22 horas de gravação, num único CD-Rom, com locução de mais de 40 atores, que deram vida aos personagens bíblicos. Já o Novo Testamento na Linguagem de Hoje tem a narração do ex-apresentador do Jornal Nacional, da Rede Globo, Cid Moreira.

Fonte: ALC / Gospel+

Livro sobre lendas da Umbanda gera polêmica em escola no Rio


As aulas de Literatura Brasileira sobre o livro Lendas de Exu, de Adilson Martins, se transformaram em batalha religiosa, travada dentro de uma escola pública. A professora Maria Cristina Marques, 48 anos, conta que foi proibida de dar aulas após usar a obra, recomendada pelo Ministério da Educação (MEC). Ela entrou com notícia-crime no Ministério Público, por se sentir vítima de intolerância religiosa. Maria é umbandista e a diretora da escola, evangélica.

A polêmica arde na Escola Municipal Pedro Adami, em Macaé, a 192 km do Rio, onde Maria Cristina dá aulas de Literatura Brasileira e Redação. A Secretaria de Educação de lá abriu sindicância e, como não houve acordo entre as partes, encaminhou o caso à Procuradoria-Geral de Macaé, que tem até sexta-feira para emitir parecer. Em nota, a secretaria informou que “a professora envolvida está em seu ambiente de trabalho, lecionando junto aos alunos de sua instituição”.

A professora confirmou ontem que voltou a lecionar. “Voltei, mas fui proibida até por mães de alunos, que são evangélicas, de dar aula sobre a África. Algumas disseram que estava usando a religião para fazer magia negra e comercializar os órgãos das crianças. Me acusaram de fazer apologia do diabo!”, contou Maria Cristina.

Sacerdotisa de Umbanda, a professora se disse vítima de perseguição: “há sete anos trabalho na escola e nunca passei por tanta humilhação. Até um provérbio bíblico foi colocado na sala de professores, me acusando de mentirosa”.

Negro, pós-graduado em ensino da História e Cultura Africana e Afro-Brasileira, o diretor-adjunto Sebastião Carlos Menezes aguardará a conclusão da procuradoria para opinar. “Só posso lhe adiantar que a verdade vai prevalecer”, comentou. Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil, Sebastião contou que a diretora Mery Lice da Silva Oliveira é evangélica da Igreja Batista.

Até cinco anos de prisão

“Se houver preconceito de religião, acredito que deva ser aplicado todo o rigor da lei”, afirmou o coordenador de Direitos Humanos do Ministério Público (MP), Marcos Kac. O crime de intolerância religiosa prevê reclusão de até 5 anos. Em caso de injúria, a pena varia de 3 meses a 2 anos de prisão. O MP poderá entrar com ação pública penal se comprovar a intolerância religiosa. “Caso contrário envia à delegacia para inquérito”, explicou Kac.

Em 180 páginas, o livro Lendas de Exu, da Editora Pallas, traz informações sobre uma das principais divindades da cultura afro-brasileira. O autor da obra, Adilson Martins, remete ao folclórico Saci Pererê para explicar as traquinagens e armações de Exu.

Na introdução, Martins diz que ele é “um herói como tantos outros que você conhece”. Em Macaé, 35 alunos do 7º ano do Ensino Fundamental leram o livro.

Nas religiões afro-brasileiras, Exu é o mensageiro entre o céu e a terra, com liberdade para circular nas duas esferas. Por isso, algumas pessoas acabam o relacionando a Lúcifer.

O presidente da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, Ivanir dos Santos, garantiu que outros autores de livros, como Jorge Amado e Machado de Assis, sofrem discriminação nas escolas: “as ideias neopentecostais vêm crescendo muito, desrespeitando a lei”.

Ivanir explicou que o avanço da discriminação religiosa provocou o agendamento de um encontro, dia 12 de novembro, com a CNBB: “objetivo é formar uma mesa histórica sobre os cultos afro e estabelecer uma agenda comum”.

Fonte: Terra/OVERBO

Aposentada morre e família espera três dias pela ‘ressurreição’ na Paraíba


Aposentada, antes de morrer, pediu que seu corpo não fosse mexido. Funcionário de cemitério disse que corpo não enrijeceu em 72 horas.

A aposentada Ivaneide Barbosa do Nascimento, 66 anos, morreu no sábado (24), mas só foi sepultada nesta terça-feira (27), em João Pessoa. Segundo familiares e amigos, a demora teria sido um pedido feito por ela em seu leito de morte. Irmã Neide, como era conhecida na capital paraibana, oferecia consultas espirituais para a comunidade e algumas pessoas chegaram a imaginar que ela pudesse ressuscitar.

A casa onde ela morava virou atração para curiosos durante os três dias que o corpo da aposentada ficou no local. Irmã Neide foi sepultada na tarde desta terça-feira no Cemitério Parque das Acácias.

“Havia uma expectativa de que ela ressuscitaria após três dias. Não posso dizer que cheguei a acreditar nisso, mas oramos muito e pagamos para ver. Passado o período, tivemos de providenciar o sepultamento”, disse Eudmarco Medeiro de Farias, 33 anos, secretário e amigo da família.

Carlos Antonio da Silva, 52 anos, que preparou o corpo da aposentada para o sepultamento, disse que nunca viu algo parecido. “Em dez anos de profissão no cemitério, nunca vi um corpo não enrijecer, não exalar odores e não inchar em 72 horas. Parecia que ela tinha acabado de morrer.”

Farias disse ainda que Irmã Neide, fez um último pedido instantes antes de morrer. “Ela falou para a funcionária que trabalha na casa dela para que a hora dela estava chegando e que não era para mexer no corpo dela durante três dias. Ela pediu que não fosse sepultada neste período.”

Segundo ele, os parentes da aposentada, que estão divididos em vários países e estados brasileiros, teriam tempo para vê-la antes do sepultamento. “Parecia que ela queria estar bem para se despedir da família. Todos consideram que ocorreu um milagre. Parecia que ela estava dormindo, apenas descansando”, disse Farias.

Assim como foi intensa a movimentação de curiosos na casa da aposentada desde sábado, o velório de Irmã Neide também atraiu muitas pessoas. Apesar disso, familiares e amigos não acreditam que a casa onde ela viveu se transforme em local de peregrinação.

Fonte: G1/OVERBO

Rabinos que ainda esperam a chegada do messias instam judeus a visitarem “Monte do Templo”


Um grupo de rabinos radicais que acreditam na iminente chegada do messias exortou no domingo (25/10) a todos os judeus do mundo a visitarem o “Monte do Templo” (Esplanada das Mesquitas), apesar da tensão que isso poderia provocar com o mundo muçulmano.

“Há um fenômeno preocupante e é que cada vez que duas ou três pedras são lançadas (por árabes), os judeus são afastados do Monte do Templo. Os árabes aprenderam (a fórmula) e atuam em consequência”, disse o rabino Yehuda Glick, diretor do Instituto do Templo e organizador da conferência.

Por “Monte do Templo” os judeus entendem o lugar onde existia há dois mil anos o bíblico santuário de Jerusalém e onde há séculos está a esplanada que abriga as mesquitas de Al-Aqsa – terceiro santuário mais sagrado do islã – e de Omar.

As visitas judaicas a esse lugar desencadearam no passado sangrentas ondas de violência como a Intifada de Al-Aqsa, em 2000, e no domingo mesmo cerca de vinte pessoas ficaram feridas em enfrentamentos entre policiais israelenses e palestinos que tinham sido convocados a “defender Al-Aqsa”, em coincidência com a conferência dos rabinos.

“Quando nós tenhamos a outros cem Yehuda Glick, a outras cem pessoas disposta a entregar sua alma (como os muçulmanos), o ‘Monte do Templo’ será nosso”, declarou Yaakov Madan, um dos rabinos supostamente mais moderados do fórum e que se inclina por não fazer visitas ao recinto sagrado.

Há três décadas os judeus não costumavam subir à Esplanada das Mesquitas porque a corrente ultra-ortodoxa impunha que, ao fazê-lo, violavam a pureza do Sancta Sanctorum, ao que só tinha acesso o Sumo Sacerdote uma vez ao ano, no Dia do Perdão.

No entanto, nos últimos anos ganhou força outra corrente de rabinos que militam no movimento religioso sionista e que acham que a era mesiânica chegou.

Glick, cujo instituto começou inclusive a tecer as vestimentas dos sacerdotes, assim como as de seus seguidores, acha que é o momento de reivindicar fisicamente a jurisdição sobre o “Monte o Templo”, para que o messias possa completar sua construção de acordo às mais antigas profecias bíblicas.

Do grupo fazem parte conhecidos líderes espirituais do movimento religioso sionista, que se reuniram no fim de semana em conferência por ocasião do 843º aniversário da visita do filósofo sefardita Maimônides a esse lugar sagrado e que reivindicam que também devem ter acesso a ele.

À conferência, realizada em Jerusalém, assistiram também pelo menos cinco deputados de partidos ultranacionalistas, um dos líderes mais radicais do governante Likud, Moshé Feiglin, e o tenente prefeito de Jerusalém, David Hadari.

A conferência foi emitida ao vivo pela emissora do movimento sionista religioso Arutz Sheva.

Fonte: Último Segundo/OVERBO

Jamily no “Homenagem ao Artista” do próximo Programa Raul Gil


O Programa Raul Gil deste sábado, dia 31/10, será mais do que especial. Isso porque a convidada do quadro “Homenagem ao Artista” é ninguém menos que Jamily, talento revelado através do concurso de calouros da atração. Durante a gravação do programa, realizada recentemente, a cantora relembrou a trajetória entre a chegada à produção do Raul Gil e o atual reconhecimento no mercado nacional e internacional.

Diversos amigos e familiares expressaram o carinho pela artista através de depoimentos emocionantes. Para falar sobre o atual momento de sua carreira, o Diretor Superintendente da Line Records, André Luiz Dias, revelou a satisfação da gravadora em tê-la como integrante do casting. O executivo ainda entregou à cantora os Discos de Ouro do CD e do DVD “Jamily Ao Vivo”, certificação referente à vendagem superior a 50 e 25 mil cópias, respectivamente.

Como agradecimento pelo apoio na divulgação da música gospel, o Sr. André Luiz presenteou o apresentador Raul Gil com um quadro contendo a homenagem: “A sua dedicação foi além dos negócios, nada mais justo do que reconhecer a sua importância para a nossa gravadora e homenageá-lo”.

Vale a pena conferir! A participação de Jamily no Programa Raul Gil vai ao ar neste sábado, dia 31/10, a partir das 15h15, na Band.

O VERBO

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Testemunho: Goleiro do São Paulo se converte e conta seu testemunho, veja o vídeo


Seu nome é João Bosco Freitas, pernambucano de Recife. A infância sofrida poderia apontar para um futuro nada brilhante. Bosco morava em um subúrbio de Recife e assistiu à separação de seus pais ainda muito novo. As necessidades eram grandes. Porém, ao contrário do que aquelas condições davam a prever, Bosco chegou onde sempre quis: tornou-se um profissional do futebol.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Em entrevista ao programa Papo de Esporte, da TV Rede Super, o atual goleiro do São Paulo Futebol Clube conta que começou sua carreira em um clube de pouca expressão. Para ir aos treinos, Bosco precisava enfrentar uma verdadeira maratona: eram quatro ônibus a cada dia de treino. Seus irmãos bancavam os custos com a passagem.

No caminho rumo ao profissionalismo, uma pedra apareceu: aos 16 anos, Bosco teve seu primeiro contato com as drogas e com a bebida. O goleiro, que se casou aos 17 anos, conta que vivia uma vida de adultério.

Marido de uma mulher evangélica, Bosco lembra de quando chegava bêbado em casa. A esposa do goleiro, perseverante, pagava um alto preço de oração para que Bosco tivesse sua vida transformada. E foi o que aconteceu.

A convite de sua mãe, que é católica, João Bosco aceitou visitar uma igreja. “Já na primeira visita, Deus tocou meu coração”, diz. E foi exatamente no dia 7 de janeiro de 1996 que Bosco se converteu, na 1ª Igreja Batista do Janga, em Recife (PE).

O goleiro conta que a primeira área que Deus transformou em sua vida, foi o casamento. “Meu casamento estava destruído”, lembra. “Foi uma mudança radical”.

Em 2001, época em que jogava no Cruzeiro, Bosco frequentou a Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte. Hoje, membro da igreja Sara Nossa Terra, em São Paulo (SP), o goleiro tem colhido os frutos de sua experiência de vida. “Temos um trabalho de células em nossa casa, onde aconselhamos casais com problemas”, diz.

A história de João Bosco atesta o que está escrito em Jó 14:7-9: “Para uma árvore há esperança; se for cortada, brota de novo e torna a viver. Mesmo que as suas raízes envelheçam, e o seu tronco morra na terra, basta um pouco de água, e ela brota, soltando galhos como uma planta nova”. “Pra Deus não há impossível. Ele muda qualquer coração”, conclui Bosco.

Testemunho do goleiro do São Paulo:



Fonte: Rede Super / Gospel+

Pesquisa indica que maioria dos jovens que entram na faculdade se desviam da igreja


Pesquisa realizada por Steve Hernderson, presidente do Instituto Christian Consulting for Colleges and Ministries demonstrou que cerca de 58% dos jovens cristãos nos Estados Unidos se afastaram da Igreja ao ingressar à universidade.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

A pesquisa foi também aplicada dentro das universidades brasileiras e o resultado foi o mesmo.

Para muitos jovens o primeiro contato com a universidade é conflituoso. Novos contatos, relacionamentos e muitas vezes conflito de idéias. O repórter e humorista Danilo Gentili, do programa CQC, da Rede Bandeirantes de Televisão, de forma sarcástica, sintetizou neste final de semana em entrevista à Contigo, o que acontece nestes ambientes. “Faculdade serve para ir ao bar e fumar maconha, mas nem isso eu fiz” afirmou Gentili, que segundo declarações anteriores, foi criado na Igreja Batista e tinha o sonho de se tornar pastor. O publicitário desistiu do desejo após ser expulso por mau comportamento.

A pesquisa com o título ‘Uma questão de valor versus custo’, mostrou que 58¨% dos jovens cristãos se afastaram da igreja ao ingressar na faculdade, evidenciou o despreparo que muitos deles têm para enfrentar os conflitos da vida acadêmica. “Não podemos pensar em preparar o jovem cristão apenas para resistir à universidade, porque um dia ela terminará, mas prepará-lo para a vida cristã, familiar, profissional e pessoal. Trata-se de um investido não apenas parte da vida do jovem”, declara Helder Cardin, professor no Seminário Palavra da Vida, em Atibaia (SP). O pesquisador se aprofundou no estudo, lembrou ainda que apesar da distância geográfica o comportamento e questionamento são comuns nos dois países. No caso do Palavra da Vida o curso é ministrado antes do ingresso ao terceiro grau e tem foco no estudo teológico e palavra.

Fonte: Creio / Gospel+
Via: Portal Gospel TV

Cientologia é condenada a 600 mil euros na França

A Igreja da Cientologia da França foi condenada por fraude e ordenada pela Justiça a pagar uma multa de 600 mil euros (cerca de R$ 1,5 milhão). No entanto, a Igreja não foi obrigada a fechar as suas portas, devido a uma polêmica mudança na lei durante o processo.
O principal dirigente da Igreja no país, Alain Rosenberg, foi condenado a uma pena de dois anos de prisão, que poderá ser cumprida em liberdade, e a uma multa de 30 mil euros por fraude em quadrilha.
No total, as duas principais organizações da Igreja foram condenadas a multas de 600 mil euros, mas a Cientologia não foi banida do país devido a uma polêmica mudança na lei antes do início do julgamento.
Dos 600 mil euros de multa, 400 mil são para a associação espiritual Celebrity Centre, principal estrutura da organização, com sede em Paris, condenada por fraude em quadrilha. Os demais 200 mil euros são para a livraria da Cientologia, a SEL.
No julgamento, as entidades eram acusadas de fraude em quadrilha por terem se aproveitado da vulnerabilidade de quatro ex-adeptos para extorquir milhares de euros e tirar proveito financeiro.
As vítimas afirmavam terem sido pressionadas a pagar altas somas de dinheiro por testes de personalidade "gratuitos", , vitaminas e equipamentos diversos, que dariam uma aparência científica aos da Igreja.

Lei polêmica
Movimentos anti-seitas se dizem "decepcionados" com a decisão, afirmando que a França perdeu uma "oportunidade histórica" de pôr fim à Igreja da Cientologia na França.
Uma polêmica modificação legislativa, realizada pouco antes do início do julgamento, no dia 25 de maio, impediu a possibilidade de aplicação da pena mais severa solicitada pelo Ministério Público francês, que era o fechamento da Igreja na França.
Uma emenda a uma lei sobre simplificação de procedimentos processuais, votada em 12 de maio passado e que englobava diferentes assuntos, passou a impedir a dissolução de pessoas jurídicas condenadas por fraude.
Essa era justamente a principal acusação contra a Cientologia. A mudança legislativa passou totalmente despercebida no país e somente se tornou pública em setembro, quando foi revelada pela Missão Interministerial de Luta contra Desvios Sectários, agência governamental que monitora movimentos e seitas.
A revelação de que a emenda legislativa impediria, na prática, o fechamento da Cientologia, na França, causou grande polêmica no país.
A mudança foi realizada por iniciativa de um deputado do partido UMP, do presidente Nicolas Sarkozy.
O Ministério do Interior reagiu à mudança da lei, afirmando que o erro deveria ser corrigido.
O texto foi revogado em setembro, mas a proibição de dissolver empresas acusadas de fraude continuou válida nesse processo, já que a lei estava em vigor quando o julgamento foi iniciado.
Os opositores da Igreja acusaram a Cientologia de ter se infiltrado no parlamento francês e "conduzido" a mudança legislativa.
O advogado da organização, Patrick Maisonneuve, que se diz "indignado" com essas declarações, pediu à Justiça para investigar as acusações.
Essa foi a primeira vez que duas pessoas jurídicas da Cientologia, a Celebrity Centre e a SEL, integraram o banco dos réus na França. Até então, apenas alguns de seus representantes pessoas físicas haviam sido julgados no país.
A Cientologia é considerada pelas autoridades francesas como uma seita, segundo um relatório parlamentar de 1995.

BC /Notícias Cristãs

Rabino israelense acusado de educar crianças com métodos cruéis em SP será extraditado

SÃO PAULO - Está prevista para esta terça-feira a extradição do rabino israelense Elior Niam Hen, preso em São Paulo há um ano e quatro meses, acusado de liderar uma seita religiosa que utiliza métodos cruéis para educar crianças.
Hen, que foi detido pela Polícia Federal em maio do ano passado, em sua , no Bom Retiro, pretendia fixar moradia na capital, segundo informações da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).
Por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o religioso embarcará no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, com destino a Jerusalém, onde será entregue às autoridades.
O advogado do religioso, Daniel Garçom, diz que Hen "é uma pessoa de bem, um religioso", que alega inocência frente às acusações.
- Ele não foi condenado por crime nenhum em Israel e pediu refúgio ao , o que lhe foi negado - afirma Garçom.
Segundo as autoridades israelenses, o rabino torturava crianças para expulsar os demônios do corpo. O rabino, conforme o advogado, está com medo de retornar a Israel.
- Lá ele é perseguido, criticado pela imprensa.
O rabino está detido uma cela na sede da PF em São Paulo e recebe a visita de membros da comunidade judaica ortodoxa e do advogado. A mulher e seus quatro filhos moram na Bélgica.
Segundo o advogado, Hen fugiu para o Brasil em março de 2008, quando foi acusado de tortura em Israel.
- Ele foi orientado por religiosos, no Canadá, a vir para o Brasil, onde há respeito às mais diversas culturas, religiões e cores. Até disseram para ele que o presidente do país havia sido perseguido pela ditadura militar - acrescenta Garçom.

O Globo/Notícias Cristãs

Mulheres espiritualizadas fazem sexo com mais frequência

Uma nova pesquisa realizada nos Estados Unidos mostra que a espiritualidade tem uma grande influência sobre a vida sexual de jovens adultos, principalmente mulheres. O fator se mostrou mais importante que a religiosidade, a impulsividade e o álcool.
O estudo, realizado na Universidade de Kentucky, foi feito através de um questionário com 353 alunos – sendo que 215 eram mulheres. O questionário perguntava sobre os hábitos dos alunos quanto ao uso de álcool, a impulsividade, a religiosidade e espiritualidade e práticas sexuais.
Os resultados mostram que as mulheres com maiores níveis de espiritualidade fazem com mais freqüência, mas a espiritualidade não tem o mesmo efeito sobre os homens. De acordo com Jessica Burris, co-autora do estudo, os homens mais espirituais podem fazer menos sexo porque é comum que eles não vejam o sexo como uma para a intimidade emocional.
Já para as mulheres, a espiritualidade foi a razão mais comum para um maior número de parceiros sexuais, freqüência de relações e a tendência de fazer sexo sem proteção. Segundo os autores, a espiritualidade pode ser vista quase como um fator de risco para as mulheres jovens.
Segundo Burris, as qualidades da espiritualidade que afetam a sexualidade são a conectividade com outras pessoas, a universalidade e a realização de preces. Porém, é a conectividade que tem o papel mais importante sobre a sexualidade feminina: “A crença de que existe uma relação íntima com outros humanos e que essa conexão e harmonia são indispensáveis podem levar a mulher a acreditar que a intimidade sexual possui algum tipo de qualidade transcendental”.
Porém, é mesmo a espiritualidade que torna as mulheres mais sexuais ou ela simplesmente implica em uma mentalidade mais aberta, que se manifesta através do sexo? A pesquisadora acredita que é a primeira opção: “Embora a espiritualidade possa estar relacionada com outras variáveis que mostram relacionamentos semelhantes com a sexualidade e práticas sexuais, o que observamos não pode, na minha opinião, ser explicado por outras variáveis”, diz.

[Live Science]

hypescience.com/Notícias Cristãs

Papa diz que só a Igreja pode interpretar a Bíblia "autenticamente"

O papa Bento XVI disse hoje que, no mundo atual, a Bíblia reforça a fé e a espiritualidade e que só a Igreja pode interpretar "autenticamente" a Palavra de Deus.
O pontífice expressou tal ponto de vista no discurso que fez nesta segunda-feira no Vaticano a professores e alunos do Instituto Pontifício Bíblico, de Roma, por ocasião do centenário de sua fundação.
Para o papa, só a Igreja pode interpretar "autenticamente a Palavra de Deus escrita e transmitida, exercendo sua autoridade em nome de Jesus".
"Desejo que, neste mundo secularizado, a Sagrada Escritura se transforme não só na alma da teologia, mas também na de espiritualidade e do vigor da fé de todos os que creem em Cristo", disse Bento XVI.
O papa incentivou os presentes a "aproximar" a Bíblia dos fiéis "para que saibam enfrentar de maneira adequada os desafios que os tempos modernos impõem à nova evangelização".
Bento XVI pediu ao Instituto Pontifício Bíblico para que garanta uma esmerada formação aos futuros professores da Sagrada Escritura para que, valendo-se das línguas bíblicas e das diferentes metodologias de estudo da Bíblia, possam ter acesso direto aos textos bíblicos.

Terra/Notícias cristãs

Record diz que crise de credibilidade é responsável por queda de circulação da Folha

A briga entre a Rede e o jornal de S.Paulo ganhou mais um capítulo no último fim de semana. Na sexta-feira (23), a emissora exibiu uma reportagem em diversos programas de sua grade, entre eles o "Jornal da Record", com o título "Cai o número de leitores de jornais no e a Folha de S.Paulo é um dos mais afetados".
Ao citar números do IVC (Instituto Verificador de Circulação) - que mostrou que de janeiro a julho deste ano foram vendidos 4 milhões de exemplares de jornais em média, 4,8% a menos que no mesmo período do ano passado - a Record afirmou que na Folha "a queda foi ainda maior; o jornal vendeu 7% a menos no primeiro semestre".
Além disso, a reportagem cita que em 1998, a tiragem média do jornal era de 513 mil exemplares, ante 299 mil em 2008 - uma diminuição de 41%. Os dados mostram, também, que abril de 2009 foi o pior mês para a Folha, que teve uma queda de 10,84% na circulação.
Como justificativa, a emissora cita a falta de credibilidade de jornal. "Mas no caso da Folha, os números podem refletir também a falta de credibilidade. O jornal foi obrigado a dar explicações constantes nos últimos meses depois de publicar informações que geraram polêmica", informou a reportagem.
Como exmeplo, a Record citou o editorial a Folha, publicado em 17 de fevereiro, que afirmava que a ditadura brasileira foi "branda". A matéria mostrou vítimas e estudiosos da ditadura criticando o jornal. Entre eles, o jornalista Antonio Roberto Espinosa, entrevistado para a reportagem "Grupo de Dilma [Rousseff) planejou sequestro de Delfim Neto", publicada em 5 de abril.
Segundo Espinosa, "quadrilha é a Folha, quem tem comportamento goilpista é a Folha". Um dos dirigentes da Vanguarda Popular Revolucionária na época, ele ainda afirmou à Record que a matéria do jornal era "arbitrária, distorcida, falsa, mentirosa, covarde".

Troca de acusações
No sábado (24), a Folha de S.Paulo rebateu as acusações, com a reportagem "Igreja Universal fez remessa clandestina, diz relatório". O texto afirma que "o Ministério Público Federal tem em seu poder documentos que indicam o uso de uma de câmbio chamada Diskline para fazer remessas de pelo menos R$ 17,9 milhões, em valores atualizados, para uma conta bancária em Nova York cuja beneficiária era a Igreja Universal do Reino de Deus", dona da Record.
"Outro relatório federal descreve operações da "offshore" CEC Trading Corporation, aberta em nome do irmão de Edir Macedo, Celso Macedo Bezerra, com a empresa Beacon Hill Service Corporation, fechada em 2003 pelas autoridades dos EUA sob acusação de retransmissão ilegal de fundos", explica a reportagem.
O texto diz ainda que "nos contratos de câmbio recebidos do Banco Central do Brasil há a informação de que a Rádio e Televisão Record S.A. remeteu para o exterior a quantia de US$ 1,2 milhão para a CEC Trading Corporation, na mesma conta que recebeu recursos de doleiros da Beacon Hill, qual seja, a conta nº 3871339802, mantida no Barnett Bank da Flórida', diz relatório da Procuradoria-Geral da República de outubro de 2005".
Em e-mail enviado à Folha, a Record confirmou uma transação comercial com a CEC Trading. "A Rádio e Televisão Record S/A não efetivou conforme o narrado acima [em perguntas enviadas pela Folha]. As transferências de valores que existiram à CEC Trading Corporation foram devidamente registradas através do Banco Central, referente ao pagamento de importação de equipamentos para o exercício de sua atividade", afirmou.

Portal Imprensa/Notícias Cristãs

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Homem moderno fez sexo com neandertais, afirma geneticista

Análise do DNA de fósseis recentes pode revelar se espécies procriaram entre si.
Um geneticista afirmou que humanos modernos e homens de Neanderthal tiveram relações sexuais, mesmo pertencendo a espécies diferentes.
Cientista prometeu em breve divulgar o resultado da análise do DNA dos fósseis
Segundo reportagem do jornal britânico "Sunday Times", o professor Svante Paabo, do Max Planck Institute de Leipzig, está sequenciando o DNA de fósseis de homens de Neanderthal que podem comprovar que as duas espécies procriaram entre si.
A espécie moderna dos homens chegou há 40 mil anos da África à Europa, onde os neanderthais já viviam. As duas espécies coexistiram por 10 mil a 12 mil anos, antes do desaparecimento dos neandertais.
Paabo disse a outros cientistas em uma conferência nos Estados Unidos que tem certeza sobre as relações sexuais entre as espécies, mas que não sabe se elas produziram filhos.
Fósseis recentemente descobertos apresentaram características de humanos modernos e também do homem de Neanderthal, o que indicaria que houve procriação entre as espécies. Paabo prometeu em breve divulgar o resultado da análise do DNA dos fósseis.
"O que realmente me interessa é: nós tivemos filhos e esses filhos contribuíram para nossa variedade hoje? Eu tenho certeza de que eles tiveram , mas isso produziu crias que contribuíram conosco? Nós vamos responder a isso com bastante rigor com a nova sequência (do genoma do Neanderthal)", disse Paabo aos cientistas, segundo o jornal.
O professor Chris Stringer, do Museu de História Natural de Londres, apresentou outra hipótese para as recentes descobertas em uma conferência de cientistas em Londres.
"É possível que os neandertais e os humanos fossem geneticamente incompatíveis, então eles até poderiam ter procriado, mas seus filhos seriam menos férteis", disse Stringer.

BBC /Notícias Cristãs

Nordeste pode ter choque missionário

No , ainda há lugares, especialmente na área rural, onde o conhecimento de Jesus é deficiente, ou ainda nem chegou. Pensando exatamente numa estratégia para mudar essa realidade, pastores do Nordeste do país organizaram uma Conferência Missionária regional que pode multiplicar as possibilidades de evangelização daquela região do Brasil. O evento, cujo tema é: "Onde Cristo ainda não foi anunciado", ocorrerá entre os dias 25 e 28 de novembro de 2009, na Igreja Batista do Calhau, em São Luís, no estado do Maranhão, e contará com preletores com grande experiência e prática nas mais diversas modalidades evangelísticas. O missionário Ronaldo Lidório e o pastor luterano Valdir Steurnagel, vice presidente da Visão Mundial Internacional desde o ano de 2006, estão entre os preletores.
De acordo com um dos organizadores da Conferência, o pastor Batista Ezequias Silva, a Igreja brasileira só justificará o seu verdadeiro crescimento e a sua razão de existir, quando todos os povos, raças, tribos e nações dentro do seu próprio território nacional forem alcançados pelo evangelho: "Entendemos que a glória do conhecimento de Deus inundará toda Terra (Hb. 2.14), quando a Palavra de Deus for pregada em todos os lugares e houver uma igreja ao alcance de cada povo. O Brasil, principalmente o Nordeste, ainda não conseguiu terminar o dever de !", argumenta Ezequias. O pastor apresenta números que consolidam sua tese.

Realidade atual:
- Há 1.132 cidades com menos de 5% de evangélicos, a maioria no Nordeste.
- Mais de 35 mil vilas do interior da floresta amazônica ainda carentes do evangelho.
- Há dezenas de tribos indígenas sem nenhuma presença cristã.
- Existem aproximadamente 2.200 comunidades quilombolas no Brasil, sendo 642 no Maranhão, e quase todas sem igrejas e sem nenhum crente evangélico.
- Há ainda 6 milhões de sertanejos no Nordeste e muitos ainda não ouviram falar de Jesus.
- Várias comunidades ribeirinhas e dezenas de ilhas no Norte/Nordeste nunca receberam a Palavra de Deus.

É de olho neste panorama, nada animador, que a Igreja Nordestina se reunirá em novembro. Os pastores convidados como palestrantes são conhecidos por colocarem a "mão na massa" quando o assunto é evangelismo. Ao contrário de alguns "teóricos do Evangelho", Ronaldo Lidório, por exemplo, tinha 26 anos quando se mudou com a esposa para uma aldeia africana no interior de Gana, na África Ocidental. Lá, Lidório prestou assessoria à igreja Konkomba e consultoria antropológica e missiológica, não só entre os ganeses mas também entre outros nativos africanos. Após sete anos de trabalho, o missionário entregou o Novo Testamento traduzido inteiramente para uma das línguas dos Konkomba. Desde 2001, Lidório e sua esposa Rossana, tem se dedicado ao plantio de igrejas, à análise lingüística e tradução da Bíblia e ao desenvolvimento humano e social na Amazônia indígena.

Outro dos preletores no evento é o missionário da Sepal Oswaldo Prado, que atualmente coordena a área de expansão missionária no Brasil e no exterior. É o líder do Projeto Brasil 21, que mobiliza e treina pastores para ção de novas igrejas em cidades não alcançadas pelo Evangelho. É ainda membro do Comitê de Missões da Aliança Evangélica Mundial.

Também estão entre os preletores os pastores, Raul Cavalcante, presidente das Assembléias de Deus de Imperatriz, no Maranhão, e Waldemaar Carvalho, presidente da Missão Kairós.

Mais informações sobre o evento aqui.

Soma/Notícias Cristãs

Pastor latino-americano é o novo secretário-geral da FLM

Por 42 votos a cinco, o Conselho da Federação Luterana Mundial (FLM), reunido em Genebra, elegeu o pastor chileno Martim Junge como novo secretário-geral do organismo ecumênico. Ele substituirá o pastor Ishmael Noko, que entrega o posto a Junge na Assembléia Geral da FLM, em julho de 2010, em Stuttgart.
“Assumo aqui meu compromisso de diálogo. Aceitei minha indicação ao cargo, tenho planos e expectativas. Sei que alguns deles terão que ser revistos a partir desta reunião do Conselho e o clima no qual ela se realiza”, declarou Junge após anunciada a decisão do órgão diretivo, hoje, às 11h25 (8h25 no horário de Brasília).
O presidente da FLM, pastor estadunidense Mark Hanson, apontou para a importância dessa decisão e enfatizou a caminhada de Junge como ex-presidente da Igreja Luterana no Chile e atual secretário da Federação para a América Latina, identificado com a teologia luterana e fluente nos quatro idiomas oficias do organismo ecumênico (inglês, alemão, espanhol e francês).
Na sua primeira manifestação como secretário-geral eleito, Junge lembrou a fábula do galo que cantava toda a manhã, pois entendia que o canto dele é que fazia o nascer.
Frustrado depois de constatar que o dia nasce também sem o seu canto, o galo voltou ao galinheiro e só se animou quando uma das galinhas disse a ele que deveria continuar cantando, não para fazer o sol nascer, mas porque ele nasce a cada dia.
“Esta história pode ser a nossa, como luteranos. Anunciamos a graça de Deus. Ela é o nosso sol, que não depende de nós para se manifestar. Ela se revela diariamente em Jesus Cristo. Temos, isso sim, que aprender a cantar como testemunhas desta realidade”.
Agora tem início na FLM a fase de transição até a Assembléia do próximo ano. Olhando para a caminhada do organismo luterano, Junge apontou a Assembléia Geral de Curitiba, em 1990, como um marco significativo, mas não único. “Muitas vezes temos ensaiado um canto gregoriano, num mesmo tom, quando de fato vivemos a realidade de uma polifonia, em que as diferenças e riquezas são tantas, inclusive com dissonâncias. Aliás, na linguagem musical não existe harmonia sem dissonância”.
O pastor chileno destacou o bom trabalho realizado por Noko à frente da secretaria-geral da FLM. Recorrendo mais uma vez à fábula do galo, Junge destacou que “o sol continuará nascendo a cada dia. Vamos juntos achar o tom certo para continuarmos cantando”.

ALC/Notícias Cristãs

Câmara concede título a apóstolo envolvido em escândalos


O apóstolo Estevam Hernandes Filho, fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, preso - ao lado da esposa a bispa Sônia Hernandes - e condenado no EUA por conspiração e contrabando de dinheiro, além de responder no pelas acusações de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e estelionato, será nesta segunda-feira (26) agraciado pela Câmara Municipal como o título de “Cidadão Sorocabano”.
A homenagem foi proposta pelo vereador Carlos Cezar da Silva (PSC), que é pastor da Igreja Quadrangular, justificando que a entrega do título é motivo de ‘honra para a cidade’. A reportagem tentou ouvir o apóstolo, mas sua assessoria informou que desde que saiu da prisão não tem concedido entrevistas. A iniciativa não agrada parte dos vereadores. Na Câmara tramita proposta que modifica os critérios de concessão de títulos de cidadania.
A entrega da honraria, aprovada pelos vereadores em abril de 2006, ou seja, na legislatura passada, está programada para às 19h, na sede da igreja, que fica na rua XV de Novembro, na região central da cidade. Tanto o apóstolo como sua esposa confirmaram presença, segundo informações do próprio vereador autor da proposta.
De acordo com o Regimento Interno da , cada parlamentar tem direito a apresentar oito projetos por ano referente à concessão de título de cidadão. O artigo 1.º da resolução 241, de 1995, destaca que a Câmara Municipal poderá conceder o título de “Cidadão Sorocabano” a ser concedido a todas as pessoas de ambos os sexos, que distinguirem pela sua atuação nos diversos campos do saber ou das atividades humanas e que, de qualquer maneira, estejam ligadas ligadas à cidade.
Questionado quais os motivos que o levaram a conceder o título ao apóstolo da Renascer, Carlos Cezar argumentou que tal homenagem se deve ao fato de “tudo o que fez por Sorocaba”. “Ele foi o idealizador da Marcha para Jesus no Brasil. A Igreja Renascer tem mais de 20 anos e, em Sorocaba, desenvolve trabalho social, mantendo a Casa Lar Abrigo. Só existe graças ao apóstolo Estevam. São pessoas de Deus”, disse. Sobre as acusações e ao fato de ter sido preso nos EUA, o vereador limitou-se: “nós não podemos julgar as pessoas. Quem julga é a Justiça”.
Na Câmara, parte dos vereadores se manifestou contra a concessão da honraria. Entre eles a bancada do PT. O líder do partido, Francisco França, divulgou nota afirmando que apesar de o projeto ter sido aprovado em 2006, antes dos fatos envolvendo o apóstolo, o título não deveria ser conferido. “Sorocaba, principalmente agora, que está enfrentando uma série de fatos que denigrem sua imagem, precisa agregar como filhos e filhas, pessoas honradas, honestas que buscam enaltecer seu nome com realizações significativas e atitudes dignas”, ressaltou o petista.

Dinheiro escondido
Os fundadores da Renascer vivem hoje nos Estados Unidos e fazem cultos via satélite. Em janeiro de 2007, Sônia e Estevam entraram nos EUA alegando que não portavam mais do que US$ 10 mil em moeda americana. Mas, na bagagem da família, durante uma , foram encontrados US$ 56.467 dólares. Parte do dinheiro estava escondida na capa de uma bíblia e num . Condenados por conspiração e contrabando de dinheiro, eles cumpriram 140 dias de prisão em regime fechado, seguida de cinco meses de prisão domiciliar.

Cruzeiro do Sul/Notícias Cristãs

Padre que casou transexual é suspenso


Arcebispado de Florença declara nulidade do matrimônio de Sandra Alvino, transexual de 64 anos, e suspende o padre Alessandro Santoro por indeterminado.
O CASAL Fortunato Talotta, de 56 anos, e Sandra Alvino, de 64 anos, estão juntos há 26 anos. Nos anos 1970, ela fez uma cirurgia de mudança de
Alessandro Santoro, o padre católico que no domingo (25) celebrou um entre um homem e um transexual, foi suspenso nesta segunda-feira (26) pelo arcebispado de Florença, responsável pela igreja de Piagge, comandada por Santoro. A suspensão tem efeito imediato e duração, por enquanto, indeterminada.
De acordo com o site da Agenzia Giornalistica Italia, o arcebispado divulgou um documento no qual comunica o afastamento de Santoro. “Na manhã de ontem, domingo 25 de outubro, na comunidade de Piagge em Florença, foi realizada a simulação de um sacramento, um ato sem qualquer valor ou efetividade, por conta da falta dos elementos constituintes do matrimônio que se desejava celebrar”, diz o documento.
A “simulação de casamento” da qual fala o arcebispado é a cerimônia que uniu “religiosamente” Fortunato Talotta, de 56 anos, e Sandra Alvino, um transexual de 64 anos. Os dois são casados civilmente há 26 anos e há dois tentavam realizar a cerimônia religiosa com o padre Santoro, apesar das negativas do arcebispo de Florença.
No domingo, segundo o Giornale di Vicenza, Santoro já havia dito que estava consciente da possibilidade de sofrer punições, já que o Vaticano não aceita casamentos entre indivíduos do mesmo sexo.
No documento que suspende Santoro da igreja de Piagge, o arcebispado diz que a celebração “foi realizada contrariando as disposições dadas diversas vezes por seus superiores”.
O ato, prossegue o comunicado, “é particularmente grave porque gera engano às duas pessoas envolvidas, que podem ter achado que celebraram um sacramento quando isso era impossível, e à comunidade cristã, induzida a pensar que a Igreja Católica modificou as condições essenciais para ter um matrimônio canônico”. “Ao arcebispo de Florença só resta reconhecer com dor e preocupação este fato e, como anunciado ao próprio Santoro, retirá-lo neste momento da comunidade de Piagge”.

Época/Notícias Cristãs

Claudio Martos lança o disco Vida Verdadeira


Claudio Martos acaba de lançar seu segundo trabalho “Vida Verdadeira”. Este disco é resultado de mais de um ano de trabalho e com um estilo bem diferente do trabalho anterior (TUFANO – 2005), fruto de uma grande interação de Claudio com musica brasileira.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Destaque muito especial para as letras deste CD que falam do Amor e da Graça de Jesus, e de experiências próprias na vida deste jovem músico.

Por motivo do lançamento deste CD é possível ouvir na integra algumas músicas do disco, como o tema que da nome ao trabalho “Vida Verdadeira” e também “A Paz”, “Sinto que sigo”,”Questão” e “Navegares”, tudo diretamente no site do disco http://www.wix.com/vidaverdadeira/CD

Outro detalhe muito especial do CD “Vida Verdadeira” é o encarte, criado pelo artista gráfico Alexandre Valdivia, é uma pequena obra de arte, toda desenhada a mão, em formato totalmente original, impressa em papel reciclavel, e com um poster interno com um lindo desenho, fazendo deste um daqueles discos especiais, pra se ter e guardar com carinho.

Este novo disco já esta disponível através do próprio site do disco e também pelo site do Selo independente Buena Onda www.buenaonda.art.br.

Visite o site do “Vida Verdadeira”, ouça as músicas, assista aos vídeos, veja fotos e muito mais.

Fonte: Buena Onda / Gospel+

Thalles: coletiva de imprensa, participação em programas e shows lotam a agenda do cantor


A espera está valendo a pena … seguiu nesta sexta-feira (23) para a fábrica o CD “Na Sala do Pai”, trabalho de estréia do cantor Thalles na Graça Music.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

A música “Quero as Águas” já vem sendo executada nas FMs pelo país e a agenda do cantor também começa a ‘esquentar’. Nesta quarta-feira (28) o cantor estará no Rio de Janeiro participando da coletiva de imprensa da Graça Music juntamente com Mariana Valadão, Gauchinhos e David Fantazzini. O cantor permanecerá na Cidade Maravilhosa até o dia 31 participando de programas de TV, sites, emissoras de rádio e, ainda na Vigília Noite da Alegria na IIGD de Nilópolis.

No dia 31, à tarde o cantor ruma à terra da garoa para participar da Festa das Nações com a juventude da IIGD no Espaço Tenda da Graça na zona norte da cidade juntamente com diversas outras atrações. No dia 01, Thalles estréia no Show da Fé com o Missionário R.R.Soares também em São Paulo.

No dia 05 de novembro, Thalles grava participação no programa Rit Acústico às 17h no Estúdio 3 da RIT TV no Rio de Janeiro. No dia 14, Thalles participa com David Fantazzini, Bruna Olly, Disco Praise e Fernandes Lima na Marcha pra Jesus em Salvador.

Fonte: Graça Music / Gospel+

U2 é uma banda Cristã?


O U2 tem uma carreira admirável no rock ‘n’ roll, tipo de música notório por recompensar artistas que cantam sobre coisas mais simples do que o mundo em que vivemos e o lugar que nele ocupamos.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

A banda – ou, em alguns casos, apenas Bono, seu homem de frente – já desempenhou o papel de pop star, pária, filho pródigo e proselitista. Porém, ao longo de seus 30 anos de carreira, a espiritualidade do U2 nunca rotulou sua música como rock cristão – estigma considerado medíocre no circuito comercial da música. O U2 vem mantendo primorosamente tanto seu lado espiritual como seu lado laico – em proporções que não limitariam seu alcance de público.

Greg Garret, professor da Baylor University e autor do livro “We Get to Carry Each Other: The Gospel According to U2” (Nós temos que nos apoiar: o evangelho segundo o U2), afirma que o rock cristão se tornou uma frase tóxica no pop por uma boa razão: “Temos a arte cristã, onde a arte é menos importante do que seu lado cristão. As crenças do U2 são filtradas em seu trabalho, mas nem por isso essa é a razão principal para que eles façam música”.

A reverenda Genevieve Razim, pastora associada da Palmer Memorial Episcopal Church, é quem diz: “Em minha posição episcopal, meu palpite sempre foi de que o moderno e o cristão podem ser compatíveis; e o U2 confirmou isso para mim. São inúmeras as mensagens na mídia de que ser cristão é o mesmo que ser rígido e intolerante, e eis que vem essa banda de rock fazendo perguntas importantes e expressando sua fé”.

Sendo assim, há anos o U2 vem fazendo canções sobre paz, justiça, espiritualidade e mistérios, e sua maneira de fazê-las revela uma inclinação ao que é elevado – seja o uso de salmos no início de sua carreira até sua visão panorâmica do mundo nos dias de hoje.

É importante ressaltar que o som do U2 tem muito a ver com seu sucesso de longa data. A banda Creed, por exemplo, é incessantemente criticada por fazer música copiada. A música do U2, porém, apesar de constantes mudanças, sempre foi imediatamente identificada como sendo única: seja a voz, os efeitos de guitarra ou a marcha militar da percussão. Como a música de Johnny Cash ou Nusrat Fateh Ali Khan, o som do U2, além de espiritual, é uma constante celebração (salvo algumas vezes em que mostra indignação), ao mesmo tempo em que atravessa limitações que alguns venham a encontrar em sua fé.

Fé particular

A arte de qualidade – seja ela religiosa ou não – deve ser imbuída de uma experiência reveladora para aqueles que a testemunham e a consomem.

Ainda assim, o U2 guarda uma relação tênue com o cristianismo. Os integrantes da banda são de uma época de sangrento conflito religioso em seu país de origem, a Irlanda. Três deles – Bono, o guitarrista The Edge e o baterista Larry Mullen Jr. – eram membros de uma comunidade cristã em Dublin que, segundo consta no livro de Garrett, os levou a acreditar que a vida no rock e a vida seguindo aquela fé não seriam compatíveis.

Garret questiona: “O que você faz quando é ferido pela instituição, mas ainda ama Deus?”

Uma reação é abandonar aquela instituição e começar sua própria. De certa forma, foi o que o U2 fez – apresentando ao público uma fé particular. A outra é tentar consertar a instituição já existente, que é o que Bono vem tentando fazer recentemente, proferindo palestras em igrejas por toda a América para estimular o auxílio à África.

Como é evidente no título de um dos maiores sucessos da banda, “I Still Haven’t Found What I’m Looking For” (eu ainda não encontrei o que eu procuro), ele se encontra em uma busca interior, o que pode ter um efeito profundo naqueles que igualmente buscam por algo espiritual – e isso, juntamente com sua música, poderia explicar o extenso poder de atração que o U2 desperta.

Ainda assim, ter certeza de que esse “algo” foi encontrado é anular esse “algo” enquanto fé. Garrett destaca: “Muitos americanos estão comprometidos com uma visão de fé como uma crença absoluta. São pessoas que ficam sentadas olhando para o relógio. E foi para essa tarefa que Bono convocou as igrejas americanas: este modelo de salvação que ignora o fato de que fomos colocados aqui por uma razão especial, além da salvação pessoal. E é isso o que ele tem de mais persuasivo a oferecer: a ideia de que estamos juntos nessa jornada, caímos e nos levantamos juntos, carregamos uns aos outros”.

A faixa título do último álbum da banda, No Line on the Horizon (nenhuma linha no hrizonte) – o álbum mais voltado para a espiritualidade desde os primórdios do U2 – parece ser prova disso. Existe a imagem em si, a ausência de uma linha, um destino final. A canção também trás duas frases que valem ser destacadas: “O infinito é um bom lugar para começar”, e “O tempo é irrelevante, não é linear”.

Razim acha isso parecido com a abertura do Mar Vermelho. “Para mim, é como Deus abrindo um caminho onde parecia não haver caminho algum”. É a visão abrangente do cosmo, e do que está além dele, que não combina bem com a idéia do céu como um final de partida vitorioso. Tanto é que Bono disse à revista evangélica Christianity Today: “Costumo achar que a religião obstrui o caminho de Deus”. E The Edge falou à Hot Press em 2002: “Ainda tenho uma vida espiritual, mas não sou muito fã da religião por si só”.

Turnê eclesiástica

A Christianity Today definiu a turnê de Bono pelas igrejas americanas para incentivar o auxílio à África como “uma experiência de igrejas que deixam Bono com uma eclesiologia tão frágil que mede a missão da igreja quase que exclusivamente em termos geográficos”.

Garrett, porém, vê progressos nos trabalhos não-musicais de Bono. “Acho que hoje em dia mais pessoas acreditam nesta ideia de que a igreja precisa ser mais responsiva às necessidades do mundo e menos focada na salvação pessoal – especialmente entre os cristãos jovens. Acho que eles estavam na linha de frente disso”.

A música da banda encontrou seu caminho nas igrejas americanas através do serviço eucarístico U2charists, que vêm sendo realizado nos últimos seis anos.

Razim supervisionou dois deles na Palmer Memorial Episcopal Church: na passagem do ano de 2008 e no feriado de Juneteenth em 2009 – ambos com capacidade máxima de lotação. Um próximo está programado para o réveillon de 2009. A música de U2 é cantada e o dinheiro é arrecadado para as Metas de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas, condição imposta pela banda em troca de permitir que sua música seja veiculada sem royalties.

Ela diz que o U2charist é uma ação genuína, além de apoiar o envolvimento comunitário da igreja.

E, apesar de um relacionamento de certa forma tenso entre o U2 e qualquer organização religiosa em particular, Razim, assim como Garrett, vê afinidade na espiritualidade da banda. “Tem a ver com buscar, procurar”, disse ele. “A primeira vez que ouvi uma canção do U2 eu detectei isso. É uma jornada, com a fé se desenvolvendo e fazendo perguntas difíceis. Acho que a música deles confirma e fortalece isso, ela é uma verdadeira expressão de quem somos neste lugar e neste momento”.

Fonte: IG Música / Gospel+
Via: Cristianismo Criativo