sábado, 18 de julho de 2009

Psicóloga pode ser cassada por defender cura para Gays


Dra. Rozângela Justino é perseguida no Brasil por declarar que homossexualismo tem cura

* A matéria abaixo é da Folha, mas o CACP editou algumas partes para deixa o artigo mais pragmático para a internet. Também deixamos nossa opinião entre () e demos destaque ao que achamos mais salutar.

Na edição do dia 14, a Folha de São Paulo publica matéria com a evangélica e psicóloga Rozângela Justino. Um jornalista da Folha se consultou com a psicóloga que garante a cura.

Em entrevista Justino diz que o homossexualismo é uma doença e que o Movimento quer implantar em toda a sociedade. “Há um grupo com finalidades políticas e econômicas que quer estabelecer a liberação sexual, inclusive o abuso sexual contra crianças”, diz a psicóloga na entrevista.

O presidente da ABGLT, Toni Reis disse hoje no Panamá que Rozângela Justino incentiva o ódio contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT): “Dizer que o movimento quer estabelecer o abuso sexual contra crianças é criminoso e deve ser entendido como incitação à violência”.

A ABGLT ( que neste caso age como se fosse o DOPS na época da ditadura) estará presente no julgamento de cassação da psicóloga. Diz enfurecido o representante da entidade: “Não admitiremos que ela compare os assassinatos que LGBT sofreram desde a Santa Inquisição e que continuamos sofrendo com o fato de pedirmos justiça contra a forma antiprofissional com que ela atua”, finaliza Reis. A ABGLT estuda formas de processar Justino pelas declarações dada à reportagem da Folha.

Conselho Federal de Psicologia decide no dia 31 se cassa licença de Rozângela Alves Justino. Se o registro for perdido, será a 1ª condenação do tipo no país. (Na opinião do CACP isso será o início de uma nova ditadura – A Ditadura Gay).

Segundo Rozângela, que já foi condenada a censura pública no conselho regional do Rio no final de 2007, "o movimento pró-homossexualismo tem feito alianças com conselhos de psicologia e quer implantar a ditadura gay no país". "É por isso que o conselho de psicologia, numa aliança, porque tem muito ativista gay dentro do conselho de psicologia, criou uma resolução para perseguir profissionais", afirma.

No Rio, Rozângela participa do Movimento Pela Sexualidade Sadia, conhecido como Moses, ligado a igrejas evangélicas (e que faz um belo trabalho recuperando homossexuais a uma vida cristã e nos parâmetros da Bíblia Sagrada).

De um lado, cem entidades gays de todo o país vão levar um manifesto e manifestantes no dia do julgamento de cassação de registro de Rozângela, no próximo dia 31, em Brasília. Do outro, ela diz que vai reunir alguns ex-gays e psicólogos amordaçados para protestar contra a censura que diz sofrer.

"É a Inquisição para héteros", diz terapeuta


FOLHA - Como a sra. vê o homossexualismo?

ROZÂNGELA ALVES JUSTINO -
É uma doença. E uma doença que estão querendo implantar em toda sociedade. Há um grupo com finalidades políticas e econômicas que quer estabelecer a liberação sexual, inclusive o abuso sexual contra criança. Esse é o movimento que me persegue e que tem feito alianças com conselhos de psicologia para implantar a ditadura gay.

FOLHA - O que é ditadura gay?

JUSTINO -
Há vários projetos no Congresso para cercear o direito de expressão, de pensamento e científico. Eles foram queimados na Santa Inquisição e agora querem criar a Santa Inquisição para heterossexuais.

FOLHA - A que a sra. atribui o comportamento gay?

JUSTINO -
À expectativa dos pais, que querem que o filho nasça menino ou menina. Projetam na criança todos os anseios. E daí começam a conduzir a sua criação como se você fosse uma menina. Outra causa mais grave é o abuso sexual na infância e na adolescência. Normalmente o autor do abuso o comete com carinho. Então a criança pode experimentar prazer e acabar se fixando.

FOLHA - Mas nem todos os homossexuais foram abusados na infância.

JUSTINO -
A maioria foi.

FOLHA - Como é o seu tratamento?

JUSTINO -
É um tratamento normal, psicoterápico. Todas as linhas psicológicas consagradas e vários teóricos declaram que a homossexualidade é um transtorno. A psicanálise a considera como uma perversão a ser tratada. À medida em que a pessoa vai se submetendo às técnicas psicoterápicas, vai compreendendo porque ficou presa àquele tipo de comportamento e vai conseguindo sair. Não há nada de tão misterioso e original na minha prática. Sou uma profissional comum.

Rozângela mostra plena convicção no que defende.


"Com certeza há possibilidade de saída. Nesses 20 anos já vi várias pessoas que deixaram a homossexualidade. Existe um grupo que deixou o comportamento HOMOSSEXUAL. Existem pessoas que, além do comportamento, deixaram a atração HOMOSSEXUAL. E outras até desenvolveram a heterossexualidade e têm filhos."
No final da consulta, a recomendação: "A igreja pode ser um espaço terapêutico também" - embora não faça pregação.

Folha

CACP

Madame Funk lança música e dispara sua metralhadora


Depois de dois discos de música evangélica, um em 1997 e outro em 2006, e a desilusão com os artistas gospel, Cláudia Machado resolveu dar uma guinada em sua carreira musical e acaba de se lançar como Madame Funk, com a música “Eu nasci pra ser madame”.

— Sou cristã, mas me decepcionei muito com os cantores evangélicos. Tem muita gente que canta uma verdade como sendo a sua, mas nunca sentiu essa emoção. Não dá para falar sobre certos sentimentos envolvendo Jesus sem ter vivido aquilo — diz Cláudia, que conta ter sido muito criticada quando resolveu migrar para o funk: — Teve gente falando que eu tinha feito pacto com o diabo.

Mas a funkeira, que ainda trabalha como publicitária, parece não estar nem aí para as críticas e já aponta suas armas contra as novas colegas.

— É muito triste ver uma mulher cantando um funk, em que a mulher é tratada como objeto. Quero ser bem tratada — diz a Madame Funk, moradora da Saúde: — Essas letras que estão por aí não podem ser ouvidas por toda a família.

Ex-cantora de coral, ela ainda é mais dura quando avalia a qualidade das concorrentes:

— Não dá para dizer que estas meninas como a Valesca e a Tati Quebra-Barraco são cantoras. Elas só gritam. Não cantam nada.

Ouça "Eu nasci para ser madame"

EXTRA ON LINE

Sarkozy assistirá Carla Bruni em show do aniversário de Mandela

NOVA YORK (Reuters) - A primeira-dama francesa, Carla Bruni-Sarkozy, cantará em público pela primeira vez desde que se casou com o presidente, Nicolas Sarkozy, em um show em Nova York no sábado para celebrar o 91o aniversário de Nelson Mandela.

O presidente francês participará do evento, no qual sua mulher se apresentará junto com Aretha Franklin, rainha Latifah, Stevie Wonder, Cyndi Lauper e outros, disseram organizadores nesta sexta-feira.

Carla, de 41 anos, lançou seu terceiro álbum meses após se casar com Sarkozy em fevereiro de 2008. Ela se apresentará com o ex-músico do Eurythmics, Dave Stewart.

Há mais de 18 meses, Stewart e Carla começaram a escrever letras que ainda não foram lançadas. Stewart, 56 anos, disse à Reuters ter feito as melodias enquanto Carla escrevia as letras em francês.

O show de três horas no Radio City Music Hall em Nova York também terá a presença do Soweto Gospel Choir e da cantora senagalesa Baaba Maal.

ABRIL

Enfermeiro é acusado de fornecer remédios em troca de favores sexuais


Mulher teria se oferecido a mostrar os seios em troca de um analgésico.
Segundo polícia, enfermeiro levou a paciente para uma sala e a acariciou.

Um enfermeiro de um centro médico em Provo, no estado de Utah (EUA), é acusado de fornecer ilegalmente remédios para uma paciente em troca de favores sexuais, segundo reportagem da emissora americana "KUTV".

G1


Skyler Evans é acusado de abuso sexual, de abuso contra um adulto vulnerável e de posse e distribuição de medicamentos.

De acordo com polícia, após fazer amizade com uma mulher que era sua paciente, as conversas de Evans passaram a ter natureza sexual. A mulher teria se oferecido a mostrar os seios em troca de um analgésico chamado "Lortab".

Segundo a investigação, a paciente estaria apenas brincando e flertando com Evans, mas o enfermeiro levou a mulher para uma sala privada e a acariciou. Em seguida, ele deixou o analgésico solicitado.

"Bruxo" burlão condenado a três anos e 10 meses de cadeia

Porto - O Tribunal de São João Novo, Porto, condenou hoje Diamantino Gimenez a três anos e dez meses de cadeia por burlas relacionadas com rituais ditos de bruxaria.
O colectivo dirigido pelo juiz William Themudo condenou ainda Diamantino Gimenez, o luso-brasileiro de 51 anos, a pagar aos lesados indemnizações que ascenderiam a perto de 240 mil euros, mas que se reduzem a perto de 50 mil euros, uma vez que serão deduzidas as verbas já restituídas e as apreendidas ao arguido pela polícia.
Na avaliação do colectivo de juízes da 4/a Vara Criminal, ficou provado que o auto-intitulado "Mestre Dami" cometeu três dos quatro crimes de burla qualificada de que vinha acusado.

Lusa/NC

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Ex-policial australiana é acusada de ter relações sexuais com garota de 13 anos


Mulher de 40 anos chegou a ser presa.
Relacionamento teria durado cerca de seis meses.

Uma ex-policial está sendo acusada de ter relações sexuais com uma garota de 13 anos na Austrália. Segundo informações do jornal “The Daily Telegraph”, a mulher de 40 anos teve três encontros com a jovem entre setembro de 2007 e fevereiro de 2008.


A polícia australiana não quis comentar quando foi que Gillian Louise Dicks deixou a corporação e nem deu mais informações sobre o caso.


O subcomissário Denis Clifford disse que Dicks não era mais uma policial em Manly quando passou a ter que responder sobre as acusações.

Inicialmente, a ex-policial foi levada para uma prisão em Silverwater, mas saiu sob fiança com a condição de que não iria se aproximar da jovem ou de qualquer outra testemunha. Ela terá que voltar à corte australiana em 11 de agosto.

G1

Receita Federal abre consultas a lote residual do IR 2006

No lote, constam 10 mil contribuintes com restituição.
Recursos poderão ser sacados a partir de 24 de julho.

A Receita Federal informou nesta sexta-feira (17) que já estão abertas as consultas a um novo lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Neste caso, o lote contempla contribuintes que caíram na malha fina do fisco em 2006, referentes ao ano-calendário 2005.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet, ou ligar para o telefone 146. As restituições poderão ser sacadas a partir de 24 de julho.

Do total de 43,4 mil contribuintes deste lote, 28,7 mil tiveram imposto a pagar, totalizando R$ 122,9 milhões. Ao mesmo tempo, terão direito à restituição 10,05 mil contribuintes, que receberão um montante total de R$ 17,2 milhões. Um total de 4.602 contribuintes não tiveram imposto a pagar nem a restituir.

O valor das restituições terá correção de 38,37%, correspondente à variação da taxa Selic de 2006 em diante.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento, por meio dos telefones 4004-0001 (capitais) 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

G1

Inscrições para Enem são prorrogadas até domingo

SÃO PAULO - As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até às 23h59 minutos de domingo pelo site http://enem.inep.gov.br/inscricao. O motivo da ampliação do prazo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), foi o volume elevado de acessos simultâneos ao sistema de inscrições, que nesta sexta-feira chega a quase 200 mil. A intenção, segundo o órgão, é dar oportunidade "para aqueles que deixaram para se inscrever no último dia e estão encontrando dificuldades de acesso".

Até o momento,3.964.208 pessoas se inscreveram. O número de adesões registrado ontem foi o maior até o momento: 284.160 inscrições. Os estudantes devem ter o número do CPF em mãos para se inscrever. Alunos concluintes do ensino médio matriculados em instituições da rede pública de ensino estarão isentos do pagamento da taxa de inscrição. Os inscritos poderão efetuar pagamento da taxa de inscrição, quando for o caso, até o dia 22/07, próxima quarta-feira. As provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de outubro deste ano.

A partir desta edição, além de ser uma certificação do ensino médio, o Enem vai possibilitar o acesso ao ensino superior. Das 55 universidades federais, 25 utilizarão o novo Enem como fase única. O exame também será utilizado para o ingresso nos cursos de graduação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e valerá como certificação de conclusão para jovens e adultos que ainda não finalizaram o ensino médio.

O formato da prova também terá mudanças. Em vez de 63 questões objetivas, a prova passa a ter 180 questões aplicadas em dois dias, abordando quatro áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

ESTADÃO

Papa cai no banheiro e fratura o pulso durante as férias

AOSTA, Itália (Reuters) - O papa Bento 16, com 82 anos, foi submetido a uma pequena cirurgia nesta sexta-feira depois de ter caído no banheiro e fraturado o pulso, quando passava férias na região da Aosta, no noroeste da Itália.

O Vaticano informou que a operação, a primeira vez que o papa é tratado num hospital desde sua eleição, em 2005, durou 20 minutos, com anestesia local, e o pontífice terá de usar gesso por cerca de um mês. .

Não ficou claro de imediato se o acidente trará consequências no longo prazo que possam afetar a habilidade do papa em tocar piano. Ele é um pianista de talento e normalmente relaxa tocando à noite.

Patrizio Polisca, o médico pessoal de Bento 16, enfatizou que a lesão foi causada por uma queda acidental e o papa não se sentia mal quando caiu.

Ele disse que o pontífice foi submetido a uma osteosíntese, um procedimento cirúrgico para estabilizar e unir mecanicamente as partes de ossos fraturados por meio de peças metálicas como pinos, placas, fios e parafusos.

Polisca declarou aos repórteres, no hospital de Aosta, esperar que a recuperação leve cerca de um mês, mas as férias do papa nas montanhas do norte do país, perto da fronteira com a França, vão continuar como planejadas.

"A condição geral do Santo Padre é boa", afirmou o médico, acrescentando que o papa retornará a sua residência nas montanhas no fim do dia.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, havia dito antes que o papa tinha escorregado no banheiro enquanto Polisca fez referência apenas a uma queda "em sua residência".

O papa foi por conta própria ao hospital e o Vaticano informou que antes disso, ele ainda celebrou uma missa e tomou o café da manhã no chalé nas montanhas.

(Reportagem adicional de Philip Pullella, Silvia Aloisi e Stephen Brown)

O GLOBO

Padrasto mata criança de 11 anos no interior de São Paulo

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi morta pelo padrasto, na manhã desta sexta-feira, em Santo Antônio de Posse, na região de Campinas. Segundo a Polícia Civil, a vítima passeava com o pai pela rua quando foi abordada por Willian Santos da Silva, de 27 anos. Ele deu uma facada no peito da criança, que foi socorrida no hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos. Silva foi preso pela Polícia Militar no bairro Benfica, dentro de um matagal e será encaminhado para a cadeia de Itapira.

O GLOBO

Corpo de Michael Jackson estaria congelado

SÃO PAULO - O corpo de Michael Jackson estaria congelado em uma cripta enquanto a família aguarda a decisão da polícia sobre iniciar ou não uma investigação de homicídio, informa reportagem do "Daily Mail".

Três semanas após a morte repentina do cantor, seu corpo ainda não foi enterrado. Os restos mortais de Michael Jackson estão sendo conservados por meio de refrigeração em uma cripta para evitar que tenham que ser desenterrados para uma exumação.

A cripta de mármore onde o corpo de Michael tem sido mantido pertence a Berry Gordy, fundador da Motown.

A família de Michael Jackson estaria adiando o enterro na expectativa de uma confirmação dos detetives sobre o curso das investigações. Há suspeitas sobre a conduta do médico Conrad Murray, que estava com Jackson quando seu coração parou e tentou reanima-lo sem sucesso. Murray teria fugido da Califórnia para o Texas - onde tem uma clínica - enquanto a polícia se preparava para interrogá-lo novamente.

Vários outros médicos, incluindo o dermatologista Arnold Klein, também estão sendo interrogados. Os investigadores acreditam que Jackson morreu depois de ter recebido uma injeção do poderoso sedativo propofol, um anestésico para uso hospitalar.

O GLOBO

Presos estão tendo correspondência religiosa censurada


Os prisioneiros internados no presídio Rappahannock em Stafford, no Estado da Virgínia, nos Estados Unidos, estão tendo sua correspondência religiosa censurada. A American Civil Liberties Union (ACLU), apoiada por grupos como a Prison Fellowship e a fundação Becket para a Liberdade Religiosa, solicitou aos oficiais do departamento de correções na Virgínia para que interrompam a censura de materiais religiosos enviados para os presos.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Em carta encaminhada ao superintendente da prisão, a entidade pediu para que os policiais garantam, por escrito, que a prisão não vai mais censurar passagens bíblicas das correspondências escritas para os detidos, e que revisarão as regras para recebimento de correspondência, a fim de assegurar que as cartas não sejam censuradas apenas por conterem materiais religiosos.

Segundo David Shapiro, advogado da ACLU, os administradores de uma prisão não podem pensar que é normal censurar a Bíblia e outros materiais religiosos sem razão que justifique tal medida. “Tal censura viola os direitos dos presos de praticar sua religião livremente e a liberdade de expressão daqueles que querem se comunicar com os que estão na prisão.”

De acordo com a ACLU, a carta foi estimulada por uma reclamação levada à organização por Anna Williams, cristã que teve seu filho mantido em Rappahannock até ser transferido no início deste ano.

Anna queria enviar material religioso para seu filho, incluindo passagens da Bíblia, para apoiá-lo espiritualmente durante seu confinamento. Mas em vez de entregar as cartas para o filho dela, os oficiais retiraram todo material religioso, destruindo as mensagens que Anna escreveu.

Em uma ocasião, os funcionários da prisão reduziram uma carta de três páginas enviada pela Sra. Williams para nada mais que uma saudação, o primeiro parágrafo da carta e a assinatura “com amor, mamãe”, depois de cortar os trechos bíblicos.

“É fundamental que os oficiais cumpram a lei e a Constituição norte-americana. As pessoas não perdem seus direitos de cultuar só porque estão presas”, argumenta Daniel Mach, diretor do programa de liberdade religiosa da ACLU.

Fonte: Unipress / Gospel+
Via: Arca Universal

Fábio se prende à fé e não busca justificativas para a derrota


O baque pela perda da Copa Libertadores foi enorme. Os jogadores do Cruzeiro cumpriram o protocolo da Conmebol (Confederação Sul-americana de Futebol), subiram ao pódio, receberam suas medalhas de prata e partiram para o vestiário do Mineirão.

No túnel, todos já haviam tirado o prêmio do pescoço. Todos cabisbaixos, alguns chorando, muito abatidos e ainda sem condições de falar à imprensa. Neste momento, ainda no calor do jogo, o capitão Fábio foi o primeiro a expor a voz dos jogadores. Muita tristeza, sem nenhuma desculpa.

“Não tem justificativa. O time lutou para conquistar o título. Tivemos a oportunidade de quase sair com ele, mas só quem está dentro de campo e lutou muito para chegar à final sabe como é”, lamentou o goleiro, ao microfone da Rádio Itatiaia.

Evangélico e bastante atuante, o camisa 1, um dos maiores destaques da campanha celeste, aconselha os colegas a procurarem apoio nas pessoas mais próximas. “Neste momento, não tem nem palavra. Só a fé mesmo para sustentar cada jogador, junto com seus familiares”, prosseguiu Fábio.

O goleiro lembra ainda um outro tradicional remédios para as grandes dores: o tempo. “A gente tem que começar novamente porque futebol não para. A cada jogo, você tem a possibilidade de recomeçar”, disse, já pensando no Campeonato Brasileiro e no jogo de domingo, contra o Corinthians.

Fonte: Abril

Max Lucado lança seu novo livro em Itu


Itu foi escolhida por Max Lucado, o maior autor inspiracional do mundo, para fazer a primeira sessão de autógrafos do seu novo livro “Sem Medo de Viver”. Ele chega ao Brasil para o lançamento mundial deste livro e passará por outras seis cidades brasileiras, além de Itu.

Eventos de lançamento orçados em torno de R$ 2 milhões, mais de 65 milhões de livros vendidos no mundo, quase 1,5 milhão só no Brasil. Estes são apenas alguns dos números gigantes que são evocados quando se fala em Max Lucado. Ele é apontado como o maior vendedor de livros inspiracionais do globo e agora chega ao Brasil para apresentar mundialmente o seu novo livro.

Com tanto gigantismo nos números, não podia ser diferente. Lucado escolheu Itu – onde “tudo é o maior do mundo” – para ser a primeira cidade onde ele autografará seu novo livro. O encontro acontecerá no dia 18 de julho, a partir das 20 horas, na Igreja de Cristo em Itu, localizada na avenida Wolko Orni Yedlin, s/nº, no Jardim Paraíso II, com entrada franca.

Sobre o livro e o autor

Nesses tempos em que os noticiários falam sobre demissões em massa, crise na economia, intolerância no Oriente Médio, aumento do aquecimento global, doenças incontroláveis, violência urbana, o medo parece uma constante. Na maré contrária a do medo, Lucado sugere a fé como reação padrão a todas essas ameaças. Nesse livro, o autor fala como descobrir o poder do amor e da fé sobre o medo e apresenta o princípio de que nós podemos temer menos amanhã do que tememos hoje.

Lucado é campeão de vendas nos segmentos de livros motivacionais e inspiracionais nos EUA, já vendeu mais de 65 milhões de livros no mundo. No Brasil, Lucado também é campeão de vendas. “Dias Melhores Virão”, de sua autoria, já vendeu 300 mil exemplares e “Todo Dia é um Dia Especial”, outros 120 mil.

Todo ano, os livros de Lucado estão entre os que mais freqüentam as listas de best-sellers das revistas especializadas. Lucado é o primeiro e único escritor a conquistar o título de “Livro cristão do ano” da Evangelical Christian Publishers Association (ECPA, a associação das editoras evangélicas norte-americanas) por três vezes (em 1995, por “Quando Deus sussurra seu nome”; em 1997, por “Nas garras da graça”; e em 1999, por “Simplesmente como Jesus”).

Fonte: Itu.com.br

O VERBO

Anel da castidade ganha versão para iPhone

Os anéis da castidade — também conhecidos como anéis de pureza, anéis de compromisso ou anéis de abstinência — são uma invenção americana da década de 1990. Surgiram dentre grupos de abstinência sexual ligados a igrejas cristãs e são vendidos a adolescentes ou pais de adolescentes que queiram presentear seus filhos.

O uso desses anéis geralmente é acompanhado por um voto religioso de celibato até o casamento. São usados como demonstração de compromisso com a abstinência sexual até que sejam substituídos por uma aliança de casamento.

Ao contrário dos anéis de compromisso, os de castidade não necessariamente indicam compromisso afetivo. O simbolismo do anel da castidade é semelhante ao pretendido por quem usa correntes no pescoço com pingentes em forma de cruz ou crucifixo representando a fé do usuário em Jesus Cristo. O anel da castidade vai mais além, sendo um sinal externo de um compromisso voluntário de ordem moral.

Agora os jovens podem demonstrar seu voto de pureza também através do iPhone e do iPod touch, com o lançamento da aplicação PurityRing na App Store da Apple.

Desenvolvida pela Island Wall Entertainment, o que a aplicação faz é exibir um anel prateado girando na tela do aparelho. A empresa, que se descreve como a maior desenvolvedora de aplicações para cristãos para o iPhone, espera atrair jovens ligados em tecnologia e que, ao mesmo tempo, desejam demonstrar os benefícios do autocontrole sexual até o casamento. O programa tem a intenção de ser um complemento ao anel físico, e não um substituto.

Crê-se que esta seja a primeira versão digital do anel.

Dentre os usuários famosos dos anéis de castidade — e que agora tornam-se potenciais usuários do PurityRing — estão os integrantes da banda pop Jonas Brothers.

A aplicação é vendida a US$ 0,99 na App Store e pode ser baixada aqui (iTunes requerido).

Fonte: Applemania

O VERBO

"Diabo" proibido de andar na rua à noite


Um excêntrico que gastou 3500 libras (cerca de quatro mil euros) para se parecer com o Diabo foi, ontem, proibido de circular pelas ruas à noite.
Afinal o diabo existe. Ou pelo menos há quem se pareça com ele. Gavin Paslow, de 39 anos, tem feito algumas cirurgias para se assemelhar mais fisicamente com o Belzebu: tem os dentes afiados, barba bicuda (que rapou para ir a tribunal), a língua bifurcada, implantes na testa que parecem dois cornos e usa lentes de contacto verdes (do gé dos répteis). Mas a transformação só estará completa quando colocar implantes ósseos na espinha desde a cabeça até às costas e tiver uma cauda verdadeira.
Este amante de heavy metal tem 29 temáticas e 11 piercings e diz que vê o corpo como «um trabalho em progresso». Recusa que esteja a passar por uma crise de idade, salientando que «não existe nada de errado» com ele e que é «quase humano».
Separado e pai de duas filhas (com três e 15 anos), Gavin foi acusado de fraudes fiscais. Quando se apresentou no tribunal com este aspecto e sob o nome Diablo Delenfer, os juízes determinaram que passaria a ter recolher obrigatório e não poderia deambular pelas ruas durante a noite.

Destak/NC

Mulher de Kaká abrirá igreja evangélica em Madri

Caroline Celico, a mulher do jogador de Kaká, abrirá uma igreja evangélica em Madri, cidade espanhola onde seu marido atua pelo time Real Madrid. “Como pode, no meio da crise econômica, alguém ter dinheiro? E o dinheiro foi cair onde? No Real Madrid para contratar o Kaká. Acima de financeiro, acima dos benefícios da mudança, vamos poder abrir uma igreja lá. Há vidas que precisam ouvir este testemunho”, diz ela em um vídeo divulgado no “Youtube”. De acordo com informações publicadas no site, a gravação foi feita no dia 21 de junho, na Flórida, nos Estados Unidos.
No vídeo, ela também comenta sobre o fato de ter esperado até depois do para ter relações sexuais com o atleta. “Quando eu conheci o Kaká eu não era convertida e acabei me apaixonando pela igreja Renascer. Fiz uma aliança com o Senhor e ele tinha colocado no meu espírito casar virgem. Um dia acabei falando para o Kaká e eu pensei: ‘quando falar para ele, ele vai me largar’. Quando contei que queria casar virgem, ele ficou emocionado e falou: ‘Esse é o sinal que eu tinha pedido para o Senhor. Se você fosse a pessoa certa ia querer fazer essa aliança.’”
Estão no "YouTube" dois vídeos com a pregação de Caroline. Cada um com cerca de 8 minutos de duração. Logo na abertura, a mulher do craque brasileiro é apresentada pela bispa Sonia Hernandes, fundadora da Igreja Renascer. Com o filho do casal no colo - Luca, de 1 ano -, ela abre sua pregação falando do trabalho religioso de Caroline: "Enquanto papai marca , a gente pisa na cabeça do diabo", diz. A“Pastora Carol”, segundo a bispa, "administra a escola de profetas" e agora tem uma nova missão: "abrir uma igreja na Espanha.”
Em entrevista recente a QUEM, Kaká falou sobre seu desejo de se tornar pastor depois de se aposentar do futebol. "Quem sabe, um dia eu possa fazer isso através de um altar e uma igreja, pois eu gosto muito de estudar a Bíblia e conhecer sempre mais do poder Dele. Um dia, se Deus quiser, serei também pastor."
Confira os vídeos:




Quem/NC

Fã de Potter se mata após saber detalhes da produção


Jude Ralston, fã obcecado por , foi encontrado morto junto com uma carta de suicídio onde dizia não ter mais razões para viver. Isso após descobrir o que iria acontecer na história de "Harry Potter e o Enigma do Príncipe".
O bilhete foi encontrado na segunda-feira (13), dois dias antes da estréia mundial do filme do bruxinho, que acontece nesta quarta-feira (15).
Segundo a família, Jude teria lido em um outdoor na rua, informações que revelam detalhes do filme. O acontecimento o deixou tão perturbado, que o fã optou por tirar a própria vida.
Jude tinha 32 anos e morava em Hudson, no estado americano de Ohio. Harry Potter.
"Quando ele comprou uma placa de Hogwarts [escola de bruxaria que o personagem principal frequenta] não nos pareceu nada demais", revelou uma amiga próxima a Jude, Clovis. "Mas quando começou a usar o chapéu de bruxo por aí, deveríamos ter visto que ele precisava de ajuda", disse.
Nos últimos dias, Jude estaria evitando saber de detalhes da história antes do lançamento do filme, e fazia de tudo para que não soubesse de nenhuma revelação.

Igreja ameaçada pelo governo pede oração

CHINA – A associação ChinaAid recebeu uma carta da Igreja Changchunli pedindo para que os cristãos ao redor do mundo orem por eles, pois o governo proibiu as reuniões e ameaça demolir o templo. Apesar de a Igreja ser registrada e ter permissão para funcionar, oficiais do governo junto com outras organizações religiosas e o Movimento das Três Autonomias (TSPM em inglês) fizeram acordos para assumir o comando do da Igreja, para fins financeiros.
Desde junho de 2009, as autoridades de Jinan têm agredido e incomodado os cristãos da Igreja Changchunli. No dia 14 de junho, mas de 100 policiais forçaram os membros da congregação a deixarem a Igreja e ir cultuar na frente do prédio. Centenas de policiais ocuparam todos os edifícios em volta da Igreja, e ofenderam e ameaçaram os cristãos. Os membros da igreja entraram no templo e permanecem lá dia e noite. Fontes relatam que oficiais do governo estão tentando negociar com eles.

O trecho abaixo foi retirado da carta enviada pela Igreja Changchunli:
“PEDIDO PARA TODOS OS IRMÃOS E IRMÃS AO REDOR DO MUNDO PARA QUE OREM PELA IGREJA DE CHANGCHUNLI EM JINAN, QUE FOI FECHADA À FORÇA.
17 de junho de 2009
[...]
Nós, da Igreja Changchunli em Jinan pedimos que todos os irmãos e irmãs ao redor do mundo orem e demonstrem sua preocupação por nós. Orem também para que o governo municipal se arrependa e interrompa as ações para fechar a Igreja e demolir nosso templo.” Separe um de oração em favor dessa Igreja e desses queridos irmãos. Saiba o que é fazer parte do Corpo de Cristo.

Portas Abertas/NC

Famílias cristãs perdem seu gado por causa da perseguição

LAOS - No dia 5 de julho, oficiais e moradores do vilarejo de Katin, confiscaram e abateram o gado pertencente a nove famílias cristãs em uma tentativa de forçá-los a abandonar sua religião.
Em junho, os anciãos do vilarejo alertaram as famílias, 53 pessoas no total, a renunciar a fé que haviam adotado em maio, ou enfrentariam “graves consequências”.
Quando os cristãos ignoraram esse aviso e foram cultuar em um bairro vizinho, os aldeões invadiram o curral e pegaram um porco por família, para depois abater os e dividir a carne entre si.
Os oficiais dizem que o roubo dos porcos – cada um vale o equivalente a seis semanas de salário na média da área – foi uma forma de punir os cristãos por ignorarem a ordem de abandonar o cristianismo.
Algo similar ocorreu em setembro do ano passado, quando oficiais apoderaram-se de um búfalo que valia, aproximadamente, US$350 de um morador cristão identificado apenas como Bounchu, afirmando que o animal seria devolvido somente se o convertido renunciasse sua fé. Quando ele se recusou, eles abateram o animal e distribuíram a carne para moradores não-cristãos.
Alegando ter agido em nome das autoridades do distrito, os oficiais disseram que continuariam a roubar o gado dos aldeões cristãos até que eles renunciem sua fé, senão, o gado não sobreviverá.
Quatro dias antes, em 8 de setembro, as autoridades da província e do distrito realizaram uma reunião no vilarejo, alegando que o governo central do Laos havia ordenado que se agisse assim em casos de abusos de liberdade religiosa na região. Eles conversaram com os líderes e moradores sobre um decreto emitido em 2002 e pediram que todas as partes respeitem as leis religiosas da nação.
Um -voz da Human Rights Watch no Laos disse acreditar que não há justificativas legais para os oficiais de Katin confiscarem propriedades particulares. No entanto, tradicionalmente, muitos laosianos acreditam que se os aldeões pararem de adorar os espíritos regionais, eles ficarão ofendidos e só o sacrifício de animais poderá acalmá-los.

Abuso religioso duradouro
Os oficiais em Katin ignoram as necessidades dos cristãos. Há cerca de um ano atrás, em 21 de julho, 80 cristãos foram presos no vilarejo depois que os moradores sequestraram um cristão identificado apenas como Pew e o forçou a beber saquê até ser morto por asfixia.
Quando os familiares enterraram Pew, e colocaram uma cruz de madeira em seu túmulo, os oficiais os acusaram de “praticar rituais do inimigo do Estado” e pediram um búfalo e um porco como multa.

Portas Abertas/NC

O Pastor Coca-Cola abre seus Templos no Brasil

Segundo a SuperInteressante, ed maio/2009, pg15-19, por Larissa Santana, enfim a Igreja Redeemed Christian Church of God (ou Igreja de Deus dos Cristãos Redimidos - nome a ser adotado oficialmente em português), chegou ao .
Dentro do mercantilismo da fé, esse conglomerado que compõe a igreja está em 117 países e com mais de 5 milhões de seguidores (é comparada na África ao fenômeno IURD, de Edir Macedo). Entretanto, a polêmica faz parte desta que é conhecida internacionalmente como “Coca-Cola das Igrejas“. Seu pastor, Enoch Adeboye, se orgulha do título de pastor Coca-Cola. Eleito uma das 50 pessoas mais influentes do mundo, disse que a multinacional de americanas projeta que em 2020 haverá ao menos 1 Coca-Cola na de cada família no mundo; assim também sua igreja terá nesta mesma época 1 fiel em cada lar no planeta.
A troco de 10% do dízimo, que deve ser rigoroso no pagamento, calcado em uma estrutura de comunicação formada por aberta, TV a cabo, Revistas, Rádios, Jornais, Universidades e empresas comerciais, a Igreja saiu da Nigéria e ganhou a Europa e EUA. Promessas de cura da Aids e prosperidade financeira chamaram a atenção de autoridades, preocupadas com o charlatanismo. Dentre seus milagres, alega dirigir seu sem combustível, por obra de Deus.
No Brasil, os primeiros templos serão abertos em Uberlândia, São Paulo, , Porto Alegre e Brasília, e deseja alcançar, veja só, 20 milhões de fiéis, tornando o país o mais convertido de sua Igreja no mundo.

Professor Porcari/NC

Autismo em crianças pode estar ligado a células de bebês abortados na produção de vacinas infantis, afirma grupo


O aumento nos índices de autismo regressivo nas crianças dos EUA e da Inglaterra pode estar historicamente associado com o fato de que as empresas farmacêuticas deixaram de usar células animais na produção de vacinas para usarem células de bebês humanos abortados, um grupo está afirmando.

“Agora quando vacinamos nossos filhos, algumas vacinas também transmitem DNA contaminador de bebês abortados. Nunca se testou a segurança disso”, diz a Dra. Theresa Deisher, presidente de Sound Choice Pharmaceutical Institute (SCPI).

SCPI, um grupo de educa o público acerca do uso de materiais de bebês humanos abortados usados na produção de drogas farmacêuticas, alerta que as vacinas tríplices (sarampo caxumba e rubéola) introduzidas nos EUA e na Inglaterra em 1979 e 1988 respectivamente, foram produzidas usando células de bebês abortados, enquanto as versões anteriores eram feitas usando somente células animais. Essa troca coincide com o que o SCPI diz são aumentos “dramáticos” nos índices de autismo regressivo nas crianças, em que o desenvolvimento social e verbal de uma criança sofre uma parada.

O alerta veio em resposta à recomendação em junho feita pela Comissão Consultiva Nacional sobre Vacinas (CCNV) do Ministério da Saúde dos EUA para a realização de mais estudos sobre a segurança das vacinas com relação ao autismo. Alguns pais preocupados de filhos com autismo sustentam que há uma ligação entre vacinações infantis e autismo.

Apesar das garantias das agências de saúde e da classe científica contestando isso, um número crescente de pais está optando por não participar das campanhas governamentais de vacinação. Isso levou a Vigilância Sanitária dos EUA a formar um Grupo de Trabalho sobre a Segurança das Vacinas. Um relatório da CCNV recomendou mais estudos sobre o potencial das vacinas para contribuir com o autismo regressivo nas crianças.

O SCPI aponta para estudos que mostram um fator ambiental, “um gatilho”, que provoca a doença. Mas embora os cientistas tenham apontado para a presença do mercúrio nas vacinas tríplices, o SCPI diz que o autismo continuou a crescer depois que o mercúrio foi removido.

“As primeiras vacinas produzidas usando células de bebês abortados, tais como a MMRII, nem mesmo informam aos consumidores que DNA de bebês abortados é injetado em cada vacina”, o SCPI disse numa nota à imprensa. Vacinas introduzidas mais recentemente, diz o grupo, informam aos consumidores que elas contêm contaminação de DNA de “células diplóides humanas”, mas não dizem que essas células são de um bebê humano abortado.

“A segurança de injetar em nossos filhos DNA de bebês abortados vem sendo debatida há 40 anos, mas nunca foi estudada”, disse o SCPI.

Traduzido por Julio Severo

Fonte: Notícias Pró-família / Julio Severo

OVERBO

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Homossexualismo é doença? Psicóloga evangélica afirma que sim e que a própria realiza a cura


Esta notícia foi republicada aqui para fins de informação, a mesma não representa a opinião do Gospel+ e sites relacionados.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Na edição do dia 14, a Folha de São Paulo publica matéria com a evangélica e psicóloga Rozângela Justino. Um jornalista da Folha pagou R$ 100,00 por uma consulta com a psicóloga que garante a cura.

Em entrevista Justino diz que o homossexualismo (sic) é uma doença e que o Movimento quer implantar em toda a sociedade. “Há um grupo com finalidades políticas e econômicas que quer estabelecer a liberação sexual, inclusive o abuso sexual contra crianças”, diz a psicóloga na entrevista.

O presidente da ABGLT, Toni Reis disse hoje no Panamá que além de desrespeitar as resoluções da Organização Mundial da Saúde e do Conselho de Psicologia, Rozângela Justino incentiva o ódio contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT): “Dizer que o movimento quer estabelecer o abuso sexual contra crianças é criminoso e deve ser entendido como incitação à violência”.

A ABGLT estará presente no julgamento de cassação da psicóloga. “Não admitiremos que ela compare os assassinatos que LGBT sofreram desde a Santa Inquisição e que continuamos sofrendo com o fato de pedirmos justiça contra a forma antiprofissional com que ela atua”, finaliza Reis. A ABGLT estuda formas de processar Justino pelas declarações dada à reportagem da Folha.

Durante a elaboração da reportagem um jornalista da Folha marcou uma consulta por R$ 200,00 e acabou tendo um desconto de cem reais. Durante a sessão Justino disse que 50% da chance de cura depende do homossexual que quer deixar essa vida. A terapeuta disse que o tratamento pode levar de quatro a cinco anos.

Conselho Federal de Psicologia decide no dia 31 se cassa licença de Rozângela Alves Justino.

Resolução veta tratar questão como doença e recrimina indicação de tratamento; se o registro for perdido, será a 1ª condenação do tipo no país.

O Conselho Federal de Psicologia julga, no fim deste mês, a cassação do registro profissional de Rozângela Alves Justino por oferecer terapia para que gays e lésbicas deixem a homossexualidade. Se perder a licença, será a primeira condenação desse tipo no Brasil.

Resolução do próprio conselho proíbe há dez anos os psicólogos de lidarem a homossexualidade como doença e recrimina a indicação de qualquer tipo de “tratamento” ou “cura”.

Rozângela, que afirma ter “atendido e curado centenas” de pacientes gays em 21 anos, diz ver a homossexualidade como “doença” e que algumas pessoas têm atração pelo mesmo sexo “porque foram abusadas na infância e na adolescência e sentiram prazer nisso”.

Numa consulta em que a reportagem, incógnita, se passava por paciente, Rozângela, que se diz evangélica, recomenda orientação religiosa na igreja.

“Tenho minha experiência religiosa que eu não nego. Tudo que faço fora do consultório é permeado pelo religioso. Sinto-me direcionada por Deus para ajudar as pessoas que estão homossexuais”, afirma.

A cassação de Rozângela, que atende no centro do Rio, foi pedida por associações gays e endossado por 71 psicólogos de diferentes conselhos regionais.

Segundo Rozângela, que já foi condenada a censura pública no conselho regional do Rio no final de 2007, “o movimento pró-homossexualismo tem feito alianças com conselhos de psicologia e quer implantar a ditadura gay no país”.

“É por isso que o conselho de psicologia, numa aliança, porque tem muito ativista gay dentro do conselho de psicologia, criou uma resolução para perseguir profissionais”, afirma.

No Rio, Rozângela participa do Movimento Pela Sexualidade Sadia, conhecido como Moses, ligado a igrejas evangélicas.

A almoxarife Cláudia Machado, 34, diz que recebeu de Rozângela a apostila “Saindo da homossexualidade para a heterossexualidade”, que prega meios para a mudança de orientação sexual. “Hoje vivo a minha homossexualidade tranquila, essa história de cura não existe, o que houve foi um condicionamento. Reprimi meus desejos. Não sentia prazer”, diz.

Já a pedagoga Fernanda, que pede para não ter o sobrenome divulgado, diz ter sido LÉSBICA por dez anos e que, depois da terapia que faz com Rozângela há quatro anos, passou a ter relações heterossexuais. “Realmente há possibilidade de sair da homossexualidade. É um processo longo. De lá para cá busco a feminilidade.”

“A ciência já mostrou que não existe tratamento para fazer com que alguém deixe de ter desejo HOMOSSEXUAL nem heterossexual. Quando se promete algo assim, é enganoso”, diz o terapeuta sexual Ronaldo Pamplona, da Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana.

Segundo ele, a Sociedade Americana de Psiquiatria retirou a homossexualidade do diagnóstico de doenças em 1974, seguida, uma década depois, pela Organização Mundial da Saúde.

“Se absolvê-la, o Conselho Federal de Psicologia vai referendar a tese de que é possível “curar” gays”, diz Toni Reis, presidente da ABGLT, a associação brasileira de homossexuais.

“Isso traz prejuízo aos gays e contribui para fortalecer o estigma”, afirma Cláudio Nascimento, superintendente da Secretaria de Direitos Humanos do Rio e do grupo Arco-Íris.

“Vejo [o pedido de cassação] como uma injustiça”, diz Rozângela, que, se cassada, pensa em recorrer à Justiça comum.

De um lado, cem entidades gays de todo o país vão levar um manifesto e manifestantes no dia do julgamento de cassação de registro de Rozângela, no próximo dia 31, em Brasília. Do outro, ela diz que vai reunir alguns ex-gays e psicólogos amordaçados para protestar contra a censura que diz sofrer.

“É a Inquisição para héteros”, diz terapeuta

A psicóloga Rozângela Alves Justino diz que homossexualidade é uma “doença” e que “a maioria dos gays foi abusado sexualmente na infância e sentiu prazer nisso”.

FOLHA - Como a sra. vê o homossexualismo?
ROZÂNGELA ALVES JUSTINO - É uma doença. E uma doença que estão querendo implantar em toda sociedade. Há um grupo com finalidades políticas e econômicas que quer estabelecer a liberação sexual, inclusive o abuso sexual contra criança. Esse é o movimento que me persegue e que tem feito alianças com conselhos de psicologia para implantar a ditadura gay.

FOLHA - O que é ditadura gay?
JUSTINO - Há vários projetos no Congresso para cercear o direito de expressão, de pensamento e científico. Eles foram queimados na Santa Inquisição e agora querem criar a Santa Inquisição para heterossexuais.

FOLHA - A que a sra. atribui o comportamento gay?
JUSTINO - À expectativa dos pais, que querem que o filho nasça menino ou menina. Projetam na criança todos os anseios. E daí começam a conduzir a sua criação como se você fosse uma menina. Outra causa mais grave é o abuso sexual na infância e na adolescência. Normalmente o autor do abuso o comete com carinho. Então a criança pode experimentar prazer e acabar se fixando.

FOLHA - Mas nem todos os homossexuais foram abusados na infância.
JUSTINO - A maioria foi.

FOLHA - Como é o seu tratamento?
JUSTINO - É um tratamento normal, psicoterápico. Todas as linhas psicológicas consagradas e vários teóricos declaram que a homossexualidade é um transtorno. A psicanálise a considera como uma perversão a ser tratada. À medida em que a pessoa vai se submetendo às técnicas psicoterápicas, vai compreendendo porque ficou presa àquele tipo de comportamento e vai conseguindo sair. Não há nada de tão misterioso e original na minha prática. Sou uma profissional comum.

Como paciente, repórter paga R$ 100 a sessão
Numa sala onde mal cabem dois sofás cobertos com capas meio encardidas e uma cadeira de palha, a psicóloga Rozângela Alves Justino promete “curar” gays em terapia que pode durar de dois a cinco anos.

A mulher de fala mansa e fleumática diz já ter “revertido” uns 200 pacientes da homossexualidade - que vê como doença - em 21 anos de profissão.

Sem se identificar como jornalista, a reportagem se passou por paciente e pagou por uma consulta - R$ 200, regateados sem resistência para R$ 100.

Para uma primeira sessão, ela mais fala do que ouve. Tampouco anota dados ou declarações do consulente. Explica que faz “militância política para defender o direito daquelas pessoas que querem voluntariamente deixar a homossexualidade”. “É um transtorno porque traz sofrimento”, diz a psicóloga, formada nos anos 1980 no Centro Universitário Celso Lisboa, no Rio.

Rozângela diz adotar a “linha existencialista” e que 50% de chance do sucesso da “cura” vem da vontade do HOMOSSEXUAL de sair “dessa vida” e outros 50% decorrem do trabalho psicoterápico.

“É preciso entender o que está por trás da homossexualidade. E a mudança vai acontecendo naturalmente. Vamos tentar entender o que aconteceu para que você tenha desenvolvido a homossexualidade. Na medida em que você for entendendo a sua história, vai ficar mais fácil sair”, diz.

Rozângela mostra plena convicção no que defende.

“Com certeza há possibilidade de saída. Nesses 20 anos já vi várias pessoas que deixaram a homossexualidade. Existe um grupo que deixou o comportamento HOMOSSEXUAL. Existem pessoas que, além do comportamento, deixaram a atração HOMOSSEXUAL. E outras até desenvolveram a heterossexualidade e têm filhos.”

No final da consulta, a recomendação: “A igreja pode ser um espaço terapêutico também” - embora não faça pregação.

Fonte: Folha / Gospel+
Via: Notícias Cristãs

Canal exibirá série com cunho religioso



O canal pago americano Showtime já começou a reunir a equipe criativa de sua nova atração, um drama centrado em temas religiosos, informou a Variety.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

David Janollari e Craig Wright, criadores da cancelada Dirty Sexy Money vão assinar Revelation, seriado que traz um excêntrico ex-ministro no papel principal.

Após a morte de sua mulher, Wright se entrega à religião e ruma junto com seus dois filhos para o Texas. Ele pretende usar suas experiências anteriores como ministro para pregar assuntos como religião, fé e espiritualidade ao povo da região.

A CBS TV Studios está por trás da produção da nova série, que ainda não tem previsão de ir ao ar.

Fonte: Super Cool / Gospel+

Aline Barros grava participação em programa do SBT


A música gospel não para! E chegou a vez do Show do Netinho, exibido pelo SBT, dar espaço ao louvor e a adoração. A cantora e pastora Aline Barros gravou participação na última sexta-feira (10), que vai ao ar neste sábado (18). “Foi uma experiência muito legal. Conversamos bastante entre uma música e outra e pude ver como ele recebia cada mensagem. Esse tipo de espaço é muito importante, pois sabemos que estamos alcançando os não evangélicos e levando até eles a mensagem linda de Jesus”, compartilha a cantora.

Aline também adiantou as novidades, como o lançamento do tão esperado DVD Aline Barros & Cia 2 para outubro deste ano. E, claro, a cantora não perdeu a oportunidade de presentear Netinho com o CD e DVD Caminho de Milagres, lançados pela MK Music. “Fique feliz por ter estado com ele. E acredito que ele também ficou. Tanto que me convidou para participar do programa de final de ano”, adiantou.

Fonte: MK Music / Gospel+

Motociclistas evangélicos fazem campanha contra o cerol

Ruas e avenidas de Belo Horizonte foram palco neste sábado de mais uma campanha contra o uso do cerol. Desta vez, integrante do motoclube Águias de Cristo circularam em grupo para conscientizar a população sobre o perigo da mistura de cola e vidro moído usado para soltar pipas. No inverno, o tempo seco e os ventos fortes propicia a brincadeira, que pode se tornar muito perigosa, principalmente para os motociclistas, que são vítimas frequentes das linhas.

Neste sábado, o grupo de motociclistas saiu da Igreja Batista da Lagoinha, na região Leste de Belo Horizonte, e foi até Praça Sete, no Centro da capital, onde distribuiu gratuitamente antenas para outros motoristas que ainda não possuíam o equipamento de segurança. O juiz Relbert Chinaidre Verly, integrante do motoclube, disse que será enviado um ofício ao Senado sugerindo a criminalização do uso do cerol. As legislações estadual e municipal já preveem a aplicação de multa para quem adere à pratica perigosa, mas a punição é simplesmente administrativa.

Fonte: Uai

REDE MELODIA

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Justiça determina que ex-noivo pague idenização após rompimento


Após o rompimento do noivado próximo à data do casamento, o ex-noivo de uma administradora de empresas, de 35 anos, terá que pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais. A sentença em primeira instância foi assinada em 25 de junho, na 13ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá, e ainda não foi publicada no “Diário Oficial”. Cabe recurso.

De acordo com o advogado da autora, Leonardo Pantaleão, o pedido de indenização por danos morais é devido ao constrangimento causado pelo fim do relacionamento. “Ela estava grávida de quatro meses quando ele saiu de casa, depois de ela ter descoberto um relacionamento que ele mantinha na Bahia. Ela teve que cancelar contratos dos preparativos para o casamento, pagar multas, além da angústia e do constrangimento gerados pela descoberta”, disse ele ao G1.

O advogado afirma, no entanto, que não acredita que qualquer rompimento justifique uma indenização por danos morais. “Ninguém é obrigado a ficar com outra pessoa. O pedido de indenização surgiu pela forma como ele pôs fim ao relacionamento, expondo a autora a uma situação de constrangimento.”

Segundo Pantaleão, os dois se conheceram em 2005, em São Paulo, onde o estudante de medicina, que morava na Bahia, fazia residência. A autora entrou com a ação em 2007. O ex-noivo, que é médico, assumiu a paternidade da criança e paga pensão.

Procurados pelo G1, os advogados do ex-noivo não foram localizados

O VERBO

Bispo britânico recomenda evitar água benta por pandemia de gripe suína

Um bispo britânico aconselhou as igrejas do país que não encham mais a pias de água benta para evitar a propagação de gripe suína, que já provocou 17 mortes no Reino Unido.
"Algumas igrejas têm uma pia de água benta perto da de entrada, e as pessoas são convidadas a molhar os dedos e se benzer como lembrança de seu batizado", escreveu o bispo de Chelmsford, reverendo John Gladwin, em uma série de orientações enviadas aos sacerdotes da diocese de Essex.
"A água contida nas pias pode facilmente se transformar em uma de contaminação e em um meio para que o vírus (da gripe suína) se propague rapidamente", destacou. "Esta prática deve parar".
O bispo estimou que as pias de água benta só devem voltar a ser utilizadas quando a ameaça da pandemia tiver passado, e aconselhou que "apenas o sacerdote beba o vinho do cálice".
O bispo anglicano também sugeriu aos sacerdotes que recomendem a seus fiéis que fiquem em se apresentarem sintomas de gripe, e evitem visitas à casa das pessoas. Em caso de necessidade, instruiu os sacerdotes a usar gel esterelizante, luvas e máscaras cirúrgicas.
"Não é nossa intenção neste momento provocar pânico ou exagerar a gravidade da situação", destacou Gladwin.

AFP/NC

Resgate dos valores morais passa pela reeducação da população

Mbanza Kongo - O reverendo da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), Álvaro Rodrigues, afirmou hoje, quarta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que o resgate dos valores morais e éticos passa pela reeducação da população.
Em declarações à Angop, o religioso sublinhou que a actual situação que Angola está a viver, depois da guerra que devastou a nação durante décadas, marcada pela crise social e de valores, é ultrapassável se apostar-mos igualmente na sensibilização dos angolanos.
Para o reverendo, o processo passa também pelo reenquadramento das famílias angolanas, por formas a torná-las mais coesas e capazes de enfrentar os desafios que a vida impõe no seu dia-a-dia.
Para isso, Álvaro Rodrigues solicitou um envolvimento redobrado da sociedade, nomeadamente famílias, escolas e igrejas na recuperação dos valores morais que os angolanos sempre ostentaram.

Angola Press/NC

'Anticristo' ganha cartaz nacional e data de estreia


O polêmico suspense Anticristo, de Lars Von Trier, ganhou cartaz nacional e data de estreia. O filme chega aos cinemas brasileiros no dia 28 de agosto, com cópias digitais e 35mm e distribuição da Califórnia .
O longa conta a história de um casal em luto que vai para o Éden, uma cabana isolada no meio de uma floresta. Lá, eles pretendem se recuperar de uma perda irreparável e abafar a crise no . A , no entanto, vai interferir no .
O filme estreou no Festival de Cannes, em maio deste ano, arrebatando mais críticas do que elogios.

Terra/NC

Deputados debatem e votam parecer favorável a acordo com o Vaticano

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara iniciou, nesta quarta-feira, a discussão e votação do Estatuto Jurídico da Igreja Católica no . O acordo, firmado entre o governo brasileiro e o Vaticano no fim do ano passado, tem parecer favorável do relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG). No entanto, quatro deputados apresentaram votos em separado contrários ao texto: Andre Zacharow (PMDB-PR), Bispo Gê Tenuta (DEM-SP), Ivan Valente (Psol-SP) e Pastor Pedro Ribeiro (PMDB-CE).
O governo brasileiro firmou com o Vaticano um acordo diplomático regulamentando a atuação da Igreja Católica no país. O documento ratifica as regras já seguidas pela Igreja, e, de acordo com autoridades brasileiras, não ferem o princípio da laicidade do Estado na Constituição Federal. Estado laico significa Estado desvinculado da religião. É um princípio que garante a liberdade e a diversidade de credos.
A proposta foi feita primeiramente pelo Vaticano e começou a ser negociada com o Brasil em outubro de 2006. O ponto mais controverso foi o que trata do ensino religioso nas escolas públicas. Na proposta inicial, o Vaticano queria a inclusão do ensino religioso católico como matéria opcional do ensino fundamental. O governo brasileiro aceitou, mas acrescentou a expressão “outras confissões” ao texto para garantir o respeito a diversidade religiosa no país.
– No acordo não tem malandragem – disse a diretora do Departamento de Europa do Ministério das Relações Exteriores, embaixadora Maria Edileuza Fontenele Reis, uma das negociadoras com a Santa Sé.
A assinatura do acordo é parte da reunião que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá com o secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, pela manhã, e será assinado pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, e pelo secretário para Relações com os Estados do Vaticano, Dominique Mamberti. O documento tem 20 artigos e trata ainda das isenções fiscais para a Igreja e instituições eclesiásticas. Nessas instituições não estão incluídas as universidades católicas e as instituições de ensino.
O documento também formaliza o respeito ao da confissão e indica que a atividade dos sacerdotes não caracteriza vínculo empregatício. Fica acertado também que os missionários estrangeiros que pretendem atuar no Brasil precisam obter visto para permanência no país. O documento ainda confirma a proibição do livre acesso de missionário às áreas indígenas brasileiras.
– Hoje, a política da Fundação Nacional do Índio (Funai) é de respeito às comunidades indígenas e sua cultura – disse a embaixadora do Brasil no Vaticano, Vera Machado.
Outro ponto do acordo estabelece que o patrimônio cultural da Igreja, as igrejas histórias e as obras de arte pertencem também ao governo brasileiro e tanto a Igreja quanto o governo têm a responsabilidade de preservá-lo. Os casamentos também estão regulamentados no acordo. Para se ter validade civil devem ser registrados em cartório, como já acontece no Brasil. Quando a religião católica era considerada a religião oficial do Estado havia o religioso com efeito civil.
O documento não trata de questões como a influência da Igreja Católica no processo legislativo brasileiro. Nos últimos anos, as discussões sobre temas polêmicos no Brasil, como o aborto, a pesquisa com células tronco embrionárias, o ensino religioso, a união civil entre pessoas do mesmo e a interrupção da de fetos anencéfalos, fizeram com que a Igreja Católica se coloque como interessada em ser ouvida pelo Legislativo, o Judiciário e pelo próprio Poder Executivo.
De acordo com a embaixadora Vera Machado, o documento não normatiza essa atuação.
– É apenas um documento administrativo, que não muda o que já está definido no Brasil. O acordo avança por estabelecer um único documento com as regras que definem a relação da Igreja com o Estado – explicou a embaixadora.
O Vaticano tem relações diplomáticas com mais de 170 países, sendo que dos países com maioria católica o Brasil é o último a formalizar a atuação da Igreja em seu território.

do Brasil/NC

OMS também passa por Deus para chegar aos pobres


Cité Soleil em Porto Príncipe, Haiti, em 2006: as enfermeiras estão no centro de um sistema de saúde eficaz.
As organizações religiosas garantem 40% dos tratamentos de saúde no mundo.
Centenas de adventistas do 7° dia vieram de 90 países até Genebra para avaliar as possibilidades de parceria com a Organização Mundial de Saúde. A cooperação suíça relativiza.
É um aliança estranha ou uma parceria de razão? O fato é que a Organização Mundial de Saúde (OMS), sediada em Genebra e dirigida por 193 Estados-membros, trabalha intensamente com organismos religiosos para implantar princípios de saúde pública nas regiões mais pobres do mundo. Se a finalidade da parceria parece evidente, algumas questões fundamentais ainda não foram respondidas.

Higiene de vida exemplar
Enquanto a OMS quer passar uma estritamente pragmática, certas igrejas não concebem a saúde sem Deus. Centenas de membros da Igreja Adventista do 7° Dia (umas das maiores comunidades protestantes fundada em meados do século 19 nos EUA) estiveram na semana passada em Genebra para avaliar com especialistas da OMS uma forma de colaboração.
"As organizações religiosas de todas as confissões assumem 40% dos cuidados médicos no mundo. Há vários anos elas estão incluídas em nossas estratégias de saúde", afirma Ted Karpf, responsável de parcerias na OMS.
"Nosso projeto com os Adventistas do 7° Dia funciona nessa perspectiva. Eles são 25 milhões de membros e possuem cinco mil hospitais, sobretudo nos países pobres. Com uma higiene de vida exemplar – sem álcool, sem café, sem carne – a mensagem deles sobre a saúde é muito coerente. Além disso, eles desenvolveram um sistema de comunicação muito sofisticado, via satélite, que lhes permite atingir as regiões mais distantes e menos favorecidas. Para nós, uma infraestrutura dessas é muito preciosa", explica Karpf.

Se distanciar do sistema messiânico
Mas como a OMS faz para apoiar programas de saúde e se distanciar do discurso messiânico? Para os adventistas do 7° dia, como para a maioria dos movimentos religiosos, bem-estar físico e espiritual são indissociáveis. Como lembra Allan Nandysides, diretor de saúde nas relações com essa Igreja, a OMS mantém critérios científicos.
"Nossas enquetes de campo demonstraram que eles não utilizam a saúde para fazer proselitismo, garante o funcionário da OMS. Queremos que as Igrejas se desenvolvam segundo as prioridades da ONU, particularmente os objetivos do milênio para o desenvolvimento como o de reduzir a mortalidade infantil, melhorar os cuidados com a mães, combate à AIDS, ao paludismo e outras doenças. Cabe a eles saber até onde estão dispostos a colaborar."

Colaborações mais soltas
Foi esse o objetivo da reunião de Genebra. "Estamos prontos a nos engajar em uma parceria de contrato legal, afirmam Allan Handysikes e Peter Lankless, especialista da Igreja para a prevenção do alcoolismo e das drogas. Esta etapa é prematura e implica concessões incompatíveis para as duas partes. Preferimos elaborar colaborações mais soltas.
Se a OMS pode aproveitar das excelentes infraestruturas dos Adventistas do 7° Dia, estes também reconhecem que precisam, na era da mundialização, das redes e bancos de dados da OMS.
"A OMS pode nos ajudar no diálogo com os governos", confirma Peter Landless. "Além disso, a agência estabelece linhas diretrizes de boas práticas e identificou exatamente as necessidades em todo o mundo. Todos esses dados são indispensáveis para trabalhar de forma eficaz."

Enquadrar
Para Anne-Marie Holenstein, especialista em questões de desenvolvimento e religiões e consultor independente da Direção de Desenvolvimento e Cooperação (DDC, agência do governo suíço), essa colaboração é positiva. "Os adventistas não são uma seita e são interessantes do ponto de vista geográfico. É a Igreja protestante mais implantada no mundo (mais de 200 países)".
A especialista da cooperação suíça, contudo, faz ressalvas. "Seus adeptos aumentam de maneira muito rápida, o que significa que eles são muito ativos na evangelização. Órgãos como a DDC e a OMS devem questionar e impor barreiras. Eles utilizam seus serviços de saúde para fazer proselitismo? Seus hospitais são abertos a todos? Com que critérios eles avaliam a saúde espiritual dos pacientes?
"Trata-se de um conceito filosófico que não implica seletividade nos tratamentos de pacientes", afirma Ansel Oliver, -voz da Igreja, acrescentando que o pessoal médico é de várias religiões.
Mas, para Anne-Marie Holenstein, não pode haver colaboração sem acordo sobre os critérios e métodos de gestão. "As partes poderiam se entender sobre os riscos potenciais e sobe uma avaliação comum. É de interesse de todos os parceiros", conclui.

InfoSud/swissinfo.ch/NC

Kaká: “Antes das partidas, falo com Deus”


O craque brasileiro Kaká, recentemente contratado a peso de ouro pelo Real Madrid, declarou ao jornal espanhol Marca que, “antes das partidas, sempre falo com Deus” e que isto é algo que faz parte de sua rotina antes de todas os jogos.
Em função da fé do jogador, os evangélicos da Espanha chegaram a afirmar que vão aproveitar o atleta para divulgar sua religião. “Kaká, um dos nossos”, afirmava um panfleto distribuído que mostrava a do meia ajoelhado sobre a grama, olhando para o céu e com uma camisa branca, na qual se lê “I belong to Jesus” (Eu pertenço a Jesus).
Segundo a agência AFP, os evangélicos espanhóis pretendem com esta ação mostrar o que entendem ser um de vida cristão como é a pessoa de Kaká, afirma o Centro Cristão de Reunião em um comunicado.

Agência Unipress Internacional/NC

Mais de 20 mil pessoas marcham contra o aborto

Fiéis de diferentes confissões se manifestam em Camarões.

DUALA - Mais de 20 mil pessoas participaram da marcha de protesto contra a legalização do aborto que aconteceu pelas ruas de Duala no sábado, aniversário da aprovação do Protocolo de Maputo.O arcebispo de Duala, o cardeal Christian Tumi, guiava a marcha, que acabou com uma missa conclusiva, informa a agência Fides.
Uma delegação composta por representantes católicos, protestantes e muçulmanos entregou ao Governador uma carta para o Presidente da República e um pedido, respaldado com cerca de 30 mil assinaturas.

Ameaça a dignidade da mulher e o núcleo familiar

Durante a Eucaristia, na homilia, o bispo coadjutor de Duala, Dom Samul Kleda, afirmou que “não se pode pretender defender a mulher propondo-lhe o aborto ou meios contraceptivos que ameaçam sua dignidade e seu núcleo familiar”.
Explicou que a Igreja adere ao projeto de proteger a mulher, “mas nenhuma razão é válida para provocar o aborto ou o infanticídio”, acrescentou.
O “Protocolo da Carta dos direitos do homem e dos povos relativos aos direitos da mulher” foi aprovado durante a segunda sessão ordinária da União Africana em Maputo (Moçambique) em 11 de julho de 2003.
A Igreja católica manifestou sempre sua oposição ao parágrafo do Protocolo que estabelece a proteção dos direitos reprodutivos das mulheres.
O texto autoriza o aborto médico nos casos de violação, incesto, e quando a continuação da possa colocar em perigo a saúde física ou mental da mãe ou a vida da mãe e do feto.
Recentemente, a Conferência Episcopal do Camarões publicou uma declaração na qual expressa sua oposição à legalização do aborto prevista pelo Protocolo.

Zenit/NC