sábado, 30 de maio de 2009

Série especial: internos em manicômios judiciários ficam mais de 30 anos presos

Nenhum cidadão brasileiro pode, por pior ato que tenha praticado, ficar mais de 30 anos preso. Está garantido no Código Penal, artigo 75. Mas a regra não vale para todos. Geraldo* passou as últimas três décadas da vida atrás das grades por ter furtado uma pasta de documentos com 100 cruzeiros, o que corresponderia hoje a menos de R$ 15. Pela insignificância do crime, o homem de 58 anos, que permanece detido em Porto Alegre (RS), nem deveria ter sido trancafiado. Uma característica, porém, diferencia Geraldo dos demais brasileiros. Ele sofre de esquizofrenia paranoide e algum retardo mental. Embora o ordenamento jurídico recomende tratamento para pessoas com distúrbios psiquiátricos, e não cadeia, a vida real tem se encarregado de condená-las à prisão perpétua.

Existem hoje no Brasil cerca de 5 mil pessoas em manicômios judiciários, também chamados de hospitais de custódia, distribuídos em 17 unidades da Federação. A média de internação nesses locais, onde reina a lógica prisional no lugar da médica, ultrapassa uma década. É fácil encontrar gente com 20, 30 e até 40 anos dentro das instituições. Na gíria dos próprios pacientes, viraram “patrimônio”, sumiram socialmente. “Como em boa parte dos crimes, a ocorrência se dá dentro do contexto familiar, o processo de retorno à casa é muito complicado. Às vezes você já tem o laudo médico recomendando a desinternação do paciente, mas não há para onde mandá-lo”, explica Ana Cristina de Alencar, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

É o que ocorre com Alberto*, há 32 anos no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Heitor Carrilho, no Rio de Janeiro. Internado desde 1977, por crime de homicídio, o homem que entrou aos 31 anos na cadeia e hoje tem 63 já sonhou em ganhar as ruas, gozar a liberdade, com o aval dos médicos da instituição. “Do ponto de vista psicológico, apresenta condições de ser desinternado…”, repetem dezenas de laudos anexados ao prontuário dele desde a década de 1990. Mas o exame de saúde positivo, que assegura a estabilidade de sua esquizofrenia, não é suficiente para libertar Alberto. Na hora de autorizar o livramento, os juízes também avaliam o vínculo familiar. Na falta dele, costumam negar a “alta”.

Hoje, o homem que passou mais da metade da vida preso anda amuado em sua cama. “Estou dormindo”, diz Alberto, para abreviar o papo, na cela dividida com três internos. Já Geraldo, trancafiado em Porto Alegre há 30 anos por causa de aproximadamente R$ 15, planeja coisas comuns para o dia em que puder ser livre. “Quero trabalhar e dançar. Em casa, porque nos bailes a gente gasta dinheiro”, adverte. Ele conta que era bom no forró, até o episódio do furto. “Foi uma confusão de uma pasta no centro”, comenta Geraldo, que tinha histórico de 12 internações em hospitais psiquiátricos antes de ser levado ao manicômio judiciário.

Cadeados
O ambiente dentro dessas instituições diferencia-se do funcionamento de qualquer penitenciária por um único detalhe. Durante o dia, a maioria dos internos pode caminhar em áreas coletivas. Esquemas de segurança são menos rigorosos, até porque dificilmente há tentativas de fuga. Ao fim da tarde, entretanto, agentes carcereiros, e não funcionários da saúde, passam os cadeados nas celas, que deveriam ser enfermarias. A precariedade das instalações assusta olhos pouco habituados ao caos dos presídios. Roupas penduradas dentro das celas e muitas garrafas plásticas de refrigerante repetem-se a cada cubículo. “Eles pegam a água no bebedouro lá embaixo (no pátio) para passarem a noite”, explica o inspetor Paulo Roberto Figueiredo, do Heitor Carrilho, no Rio, onde estão em torno de 160 pacientes hoje.

Em Porto Alegre, no Instituto Psiquiátrico Forense Dr. Maurício Cardoso (IPF), a situação não é muito diferente. O pavilhão que abriga dependentes químicos tem espumas sem capa que servem de colchão. É difícil não sentir náuseas ao entrar nos banheiros com latrinas encardidas. O barulho, habitual em unidades psiquiátricas convencionais, é bem menos intenso nos manicômios judiciários. Muita gente simplesmente dorme. No Rio de Janeiro, ao fim de cada corredor com celas, uma chapa de aço faz as vezes de espelho. Andreia, 34 anos, há três internada por ter agredido o próprio filho, se penteia diante das próprias formas distorcidas. “Gosto de me cuidar”, diz.

Para tratar os distúrbios mentais dos pacientes, equipes formadas geralmente por psiquiatras, psicólogos e profissionais da enfermagem são contratadas. A falta de funcionários, entretanto, é corriqueira. “Temos constatado uma carência em todos os sentidos. Há resistência dos profissionais em atuar com essa população teoricamente violenta”, diz Elias Abdalla, do Departamento de Psiquiatria Legal da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), que está fazendo um levantamento sobre os manicômios judiciários brasileiros. Na parte de terapia, os espaços destinados a oficinas de pintura, teatro, entre outras atividades, quando existem, funcionam de forma precária.

Duplo estigma
“A administração dos hospitais de custódia continua ligada à gestão prisional, e não à saúde. Por que essa diferença entre o paciente que praticou crime e o que não praticou? A Lei nº 10.216 (que rege o atendimento em saúde mental no país) não faz essa distinção”, critica Carmen Silvia Barros, defensora pública em São Paulo. Diretor do IPF, o psiquiatra Rogério Cardoso concorda com o raciocínio, mas tem dúvidas sobre a perspectiva de melhora. “Teoricamente seria melhor se o sistema estivesse com a saúde, mas do jeito que anda a prestação de serviços na área, nem dá para saber”, alfineta o médico.

Tanto faz na saúde ou na segurança pública. Para José de Jesus Filho, assessor jurídico da Pastoral Carcerária, o interno de manicômio judiciário será duplamente estigmatizado sempre. “Ele carrega as duas marcas, de louco e de criminoso. Enquanto o somente criminoso pode ter progressões de regime, remissão da pena, o louco, não”, lamenta.
* Os nomes são fictícios para preservar a identidade dos entrevistados
Castigo

De uma cela isolada, vedada por um portão espesso de ferro, com uma pequena abertura na parte inferior, quase rente ao chão, surgem dois rostos. Uma mulher negra e outra de pele mais alva pedem socorro. Os gritos são agudos, assustam as outras internas que estão na fila para o almoço. Verônica*, 24 anos, conta que está há quase um mês no cubículo, que fica em uma área distinta das demais celas do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Heitor Carrilho, no Rio de Janeiro.

“Aqui tem rato, barata. A gente não toma banho, estamos no inferno”, berra Verônica*. Disputando a pequena abertura na porta de aço, a outra mulher implora por ajuda. “Estou há três anos nesse lugar (referindo-se ao manicômio judiciário), me tira daqui”, suplica. O inspetor da unidade, Paulo Roberto Figueiredo, explica que é necessário colocar internos separados dos demais quando há brigas. “Se deixamos as duas lá na ala feminina, mesmo que num local isolado, tem gritaria e confusão do mesmo jeito”, diz.

PERFIL
Pesquisa realizada em Porto Alegre (RS) mostra o perfil da população de manicômios judiciários. Os resultados representam a realidade das demais instituições do país

# 60% têm esquizofrenia
# 33% cometeram ao menos um homicídio, ato mais comum
# 89% são homens
# 40% tinham de 20 a 29 anos no dia do delito

Fonte: Levantamento com 618 internos no Instituto Psiquiátrico Forense (IPF)

FONTE: CORREIO WEB

Lista dos Melhores Livros para Concurso

Ultimamente estive observando e folheando alguns livros com tema específico direcionado para concursos. Algumas apostilas que constam todos os assuntos de determinados concursos possuem suas vantagens do baixo preço, material concentrado e elaborado de acordo com o edital mas falham por alguns erros, assuntos poucos explorados e muitas vezes superficiais.

Por isso estamos vendo diversos livros específicos por matéria tais como Informática, Matemática Financeira, Lógica, Português, Gramática e cada área de Direito. Acho muito interessante, principalmente quando temos baixo desempenho em determinada matéria que chega ao ponto de comprometer nossa pontuação e melhor classificação.

Com isso, segue uma lista com os livros para concurso de acordo com a matéria específica:

Descomplicando a Informática para Concursos - Reynaldo Telles




nformática, Matemática e Português está presente em todos os concursos. Se tem forte deficiência em algumas dessas matérias básica, recomendo o investimento. Clicando o link você já pode comparar o preço dos respectivos livros.

FONTE: concursandoeaprovados.blogspot.com/

Padre flagrado com mulher anuncia que vai se casar nos EUA


Famoso na Igreja Católica de Miami, ele vai entrar para Igreja Episcopal. Alberto Cutié se casará com a guatemalteca Ruhama Buni Canellis.

O padre Alberto Cutié, que recentemente foi flagrado aos beijos com uma mulher na praia, anunciou nessa quinta-feira (28) que vai se casar.

Famoso na Igreja Católica de Miami, Padre Alberto apresentou nessa quinta oficialmente sua namorada, a guatemalteca Ruhama Buni Canellis, com quem ele disse que se casará. Além disso, anunciou que ingressará na Igreja Episcopal, na qual tentará se tornar sacerdote.

Após esconder seu relacionamento com o padre, Ruhama - divorciada e mãe de um menino de 14 anos - apareceu sorridente junto com Cutié na cerimônia de boas-vindas da nova igreja.

“Peço a todos que respeitem minha privacidade e acabem com tantas mentiras e sugestões malignas que se propagaram nos últimos dias”, disse Cutié, referindo-se ao escândalo provocado pela publicação de fotos nas quais o casal aparecia namorando na praia.

Considerado um dos sacerdotes hispânicos católicos mais populares dos Estados Unidos, Alberto aproveitou a presença da imprensa para dizer que considera compatível amar uma mulher e servir a Deus.

A relação com a mulher obrigou a Arquidiocese de Miami a afastar o padre, que escolheu a Igreja Episcopal por esta não obrigar o celibato.

Fonte: G1

FONTE: www.overbo.com.br

Britânica encontra filho perdido havia 27 anos pelo Facebook


Uma britânica encontrou seu filho depois de 27 anos graças a um perfil dele no site de relacionamento social Facebook, encontrado por sua irmã.

Avril Grube, 62 anos, vive em Poole, Dorset. Ela afirma que obteve a custódia de seu filho, Gavin Paros, depois do fim de seu casamento com um húngaro, em 1982.

O pai, entretanto, levou o filho para a Hungria no mesmo ano, e Grube não o via desde então.

Grube e sua irmã, Beryl Wilson, 59 anos, que vive em Liverpool, passaram anos tentando encontrar Paros, até mesmo entrando em contato com a Embaixada da Hungria e levando o caso para a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher.

Hospital

“Adoraria se Gavin viesse morar na Grã-Bretanha”, afirmou Grube, que estava internada em um hospital de Dorset há uma semana.

“(O pai) tinha direito de visitar o filho, ele disse que iria ao zoológico ou algo assim, e quando ele não voltou, descobrimos que ele tinha levado (Gavin Paros) para a Hungria”, disse Beryl Wilson.

“Minha irmã ficou muito mal, teve problemas de saúde. Tentei de tudo… mas ninguém queria saber”, acrescentou.

Em março, Wilson digitou o nome do sobrinho em uma página de buscas na internet e encontrou seu perfil na página do Facebook, que mostrava corretamente que ele tinha nascido em Liverpool, além de dar o nome de sua mãe, Avril Grube.

“Fiquei tão aliviada, levou 27 anos, mas nunca desisti”, disse a irmã de Grube.

Gavin Paros não tinha acessado seu perfil desde outubro de 2008 e não respondeu aos primeiros emails enviados, mas depois que Wilson enviou mensagens para os filhos dele, ele acabou respondendo aos emails enviados da Grã-Bretanha.

Filhos

Beryl Wilson conta que a irmã “ligou para o filho num domingo e conversou com ele, com a ajuda de um intérprete”.

“No Natal minha irmã teve um derrame, ela sofre de angina, diabetes e sangramentos nasais crônicos… mas é muito importante que agora ela passe um tempo com o filho, pois ela não está bem de saúde”, disse Wilson.

Gavin Paros, que trabalha no setor de construção e completará 30 anos no sábado, é casado e pai de três filhos. Ele também tinha tentado encontrar sua família nos últimos cinco anos.

G1

FONTE: www.overbo.com.br

Líderes evangélicos esquerdistas manifestam apoio a projeto de lei de “crimes de ódio”


(Por Alex Bush) WASHINGTON, EUA — Proeminentes membros da esquerda evangélica manifestaram apoio a um projeto de lei no Congresso americano que acrescentará orientação sexual e identidade de gênero como categorias oficiais na lei de “crimes de ódio” [semelhante ao PLC 122 brasileiro].

O evangelista esquerdista Tony Campolo, fundador da Associação Evangélica para a Promoção da Educação, juntou-se a um comício em frente ao Congresso nesta semana organizado pela Campanha pelos Direitos Humanos, um grupo homossexual que divulgou manifestações de apoio do especialista evangélico em ética David Gushee, de Jim Wallis do grupo Sojourners e do pastor de mega-igreja Joel Hunter. Além disso, o comício elogiou muito o projeto de lei, que protegerá o transexualismo no ambiente de trabalho.

“Nós evangélicos que temos uma elevada visão das escrituras temos de querer justiça para gays, lésbicas e transgêneros”, disse Campolo. “A justiça é amor que se traduz em políticas sociais… Esse projeto de lei é uma chance de praticar esse amor”.

Contudo, Mark Tooley, presidente do Instituto de Religião e Democracia, respondeu ao manifesto de Campolo e outros apoiando o projeto de lei, perguntando: “Por que indivíduos que se proclamam como evangélicos estão ecoando a cultura secular ao manifestar apoio a ideologias envolvidas em ‘orientação sexual’ e ‘identidade de gênero’? Cada vez mais, é difícil distinguir a esquerda evangélica da esquerda secular”.

Os críticos das leis de crimes de ódio dizem que elas são redundantes e tentam criminalizar pensamentos e expressões verbais em vez de atos criminosos. Eles também alertam que os líderes religiosos e outros que apóiam o casamento tradicional serão vítimas potenciais de processos por “ódio” se a “orientação sexual” for transformada em categoria protegida.

Entretanto, Campolo disse que os líderes cristãos podem dizer o que quiserem “enquanto o que disserem não promover violência”. Tooley, por outro lado, respondeu que a lei de crimes de ódio é desnecessária, pois “todas as vítimas de violência já são devidamente protegidas pela lei, não importando qual a motivação dos agressores”.

Além disso, Tooley disse que “os cristãos de todas as tradições são chamados a transformar a cultura, não se conformar a ela. Mas a esquerda evangélica repete argumentos da página editorial do jornal esquerdista The New York Times e parece pensar que tal conformidade cultural ganhará aplausos”. Ele comentou: “A História mostra que os cristãos que fazem concessões acabam se tornando cristãos irrelevantes”.

Traduzido por Julio Severo

Fonte: Noticias profamilia / Julio Severo

FONTE: www.overbo.com.br

Por que a Globo está divulgando série de reportagens positivas sobre os evangélicos?


Esta é a pergunta que todos os evangélicos deveriam estar fazendo, com profundo senso crítico e em oração, diante da recente série de reportagens a respeito da ação social dos evangélicos no Jornal Nacional, e de texto da edição de aniversário da Revista Época, também de propriedade do grupo, sobre o crescimento da igreja e as consequências (também positivas) para a sociedade. A resposta certa, nenhum de nós pode dar de forma absoluta. As razões do coração de donos e editores dos veículos só eles guardam na sua intimidade. Mas algumas possibilidades devem ser relacionadas.
Veja uma das reportagens do Jornal Nacional, exibida em 28/5, que destaca o trabalho com crianças do Ministério Reame - Resgate e Ame, realizado com o apoio, entre outros, da Igreja Batista.


Apesar do fato de a repercussão, independentemente dos motivos da edição, serem muito favoráveis à igreja, com aumento da simpatia da opinião pública, mais crescimento numérico e até recursos para projetos sociais, é preciso que os líderes evangélicos fujam da tentação do deslumbramento com os 15 minutos de fama e aparente simpatia da Globo, até porque não se deve esquecer que esta mesma mídia até bem pouco tempo, às vezes com razão, outras nem tanto, enxovalhou a imagem da igreja evangélica sem dó nem piedade.
Por exemplo, seria ingênuo não pensar na possibilidade de existir por trás desta iniciativa, agora favorável, interesses políticos, comerciais, ou aqueles relacionados à perda de audiência. Outra possibilidade é que o crescimento surpreendente do número de fiéis evangélicos esteja gerando consequências não favoráveis para a empresa em questão e sua disputa com outras emissoras concorrentes, especialmente a que está ligada à Igreja Universal.

Outro fator importante a ressaltar, é o início da corrida para as eleições para presidente e governadores em 2010. E o fato do apoio dos evangélicos ser cada vez mais ambicionado pelas forças políticas, inclusive as financiadas por anunciantes da própria Globo.

Mas a hipótese de motivo das reportagens que desejaríamos seria a de uma decisão livre de reunião de pauta e de reconhecimento sincero do trabalho dos evangélicos pelos editores do jornal. Afinal de contas, foi para isso que, ao longo de muitos meses de trabalho, enviamos, como agência cristã de notícias, a dezenas de jornalistas daquela emissora informações que demonstram o lado outrora pouco divulgado pela mídia não evangélica.

Soma

FONTE: Notícias Cristãs

Culto do jubileu de Calvino será transmitido pela internet

A rede televisiva da Suíça de fala francesa (TSR) transmitirá ao vivo o culto de Pentecostes, 31 de maio, quando também será comemorado, nesta capital, o Jubileu dos 500 anos de nascimento do reformador João Calvino.
A catedral de São Pedro será palco das celebrações, que serão assistidas por delegações das igrejas reformadas de todo mundo e que estão reunidas na semana em eventos acadêmicos, teológicos e eclesiásticos.
Na liturgia estarão presentes Setri Nyomi, secretário geral da Aliança Reformada Mundial, e Thomas Wipf, presidente do Conselho da Federação de Igrejas Protestantes Suíças (SEK-FEPS). O culto será dirigido pelo pastor Phillipe Reymond, moderador da Companhia de Pastores e Diáconos de Genebra, fundada por Calvino.
Pregarão no culto Liz Vuandi Vibila, da República do Congo, professora de teologia na Alemanha, e Antoine Reymond, presidente da Conferência de Igrejas de língua francesa.
Os reformados vão conhecer o hino oficial do Jubileu, “Povo do Senhor”, a cargo do Encaixe Vogal de Lausane, um dos melhores coros da Europa, dirigido por Michel Corboz. O hino, composto pelo professor estadunidense Greg Scheer, ganhou o concurso convocado pelo comitê internacional de festejos.

ALC

FONTE: Notícias Cristãs

Aluno nonagenário baptiza-se depois de ler a Bíblia

Um bisavô queniano de 90 anos, que é o mais velho aluno primário do mundo, pediu para ser baptizado depois de ter lido pela primeira vez a Bíblia.
Mal aprendeu a ler, o ancião começou a estudar a Bíblia, com a ajuda do padre local e converteu-se à religião cristã. No passado fim-de-semana foi baptizado na Igreja Católica, tendo passado todas as provas de catequese a que os catecúmenos são sujeitos.
Kimani Ng’ang’a Maruge entrou para o Guinness por ser a pessoa mais velha a matricular-se numa escola primária, aos 84 anos, aproveitando o facto de o Governo ter tornado gratuito o acesso ao ensino primário. Foi, durante alguns anos, colega de turma de dois dos seus 30 bisnetos.
“Dedico a minha vida a Deus, a partir de agora e até ao fim”, afirmou Kimani. O queniano adoptou ainda o nome Estêvão, o primeiro mártir cristão: “É um nome daqueles que enfrentaram dificuldades, como eu”, afirmou este homem que continuou os seus estudos apesar de ter tido que ir para um campo de refugiados em 2008.
Kimani, ou Estêvão, chamou a atenção do mundo pela sua escolha de começar os estudos tão tarde na vida. Em 2005 foi para Nova Iorque falar numa cimeira das Nações Unidas sobre a importância do ensino gratuito, e a sua história está a ser adaptada ao cinema.

FA/Zenit

FONTE: Notícias Cristãs

Centenas de milhões de cristãos evangélicos unidos em oração no domingo

Centenas de milhões de cristãos em mais de 220 países, incluindo Portugal, vão estar unidos no próximo domingo no Dia Global da Oração, considerada a maior reunião de cristãos evangélicos em todo o mundo.
Em Portugal, a celebração deste dia é antecipada para sábado, em Queluz, numa organização da Aliança Evangélica Portuguesa (AEP) em que um dos pontos fundamentais é «orar pelas autoridades portuguesas» e pelo país, disse à Lusa um dos responsáveis, o pastor Samuel Fernandes.
«A centralidade deste dia é orar pelas autoridades portuguesas. É um dos pontos fundamentais. A Bíblia diz para orarmos pelas autoridades constituídas, para que haja paz, que venha o reino de Deus, para que haja mais justiça, para que as coisas boas sejam uma realidade», acentuou.
«Oramos para que a nossa nação seja coberta com oração, porque queremos que seja transformada por Deus. Hoje existem tantos problemas, há uma palavra que hoje está em voga, uma palavra que é a crise. Nós acreditamos que Deus tem a solução para os problemas das pessoas (..), tem a solução para a crise», referiu o responsável da AEP.
O Dia Global de Oração, que terá este ano a sua quarta edição em Portugal, será acompanhado pela II Expo Evangélica, uma mostra das múltiplas actividades que os cristãos evangélicos desenvolvem em Portugal, esperando os organizadores ultrapassar as cerca de cinco mil pessoas que em 2008 estiveram no Parque Urbano Felício Loureiro, em Odivelas.
Nascido em 2001 na África do Sul, estendendo-se progressivamente ao continente africano, o Dia Global da Oração começou a ser seguido em todo o mundo em 2005, ano em que atraiu mais de 200 milhões de pessoas, duplicando o número em 2008, segundo estatísticas da organização.
Esta iniciativa celebra-se sempre em dia de Pentecostes, comemorando a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Nossa Senhora, reunidos no Cenáculo após a Ascensão de Jesus.
Em Queluz, no sábado à tarde, a celebração inclui música, dança e oração, terminando com um concerto musical para mostrar que os evangélicos «celebram a vida».
No domingo, cada comunidade evangélica promove acções locais para assinalar a iniciativa.
A comunidade evangélica portuguesa, que reúne várias denominações (baptistas, pentecostais, metodistas, centros cristãos, etc.), foi organizada em 1921 e hoje tem cerca de 250 mil seguidores registados, embora, entre simpatizantes e jovens ainda não baptizados, deva rondar o meio milhão, com perto de 1500 locais de culto em todo o país, de acordo com a AEP.

Lusa/SOL

FONTE: Notícias Cristãs

Wikipedia proíbe Igreja da Cientologia de editar verbetes

A Wikipedia tomou uma atitude inédita em seus oito anos de história e proibiu todas as pessoas ligadas à Igreja da Cientologia de editar verbetes no site. O Comitê Arbitral da enciclopédia online decidiu por 10 votos a 0 (com uma abstenção) bloquear os endereços IP de computadores operados pela seita, assim como os de vários colaboradores.
A Igreja da Cientologia, fundada pelo escritor de ficção científica L. Ron Hubbard em 1953, prega que os seres humanos são reencarnações de criaturas extra-terrestres. Acusada de fazer lavagem cerebral e explorar financeiramente seus seguidores - muitos deles famosos, como Tom Cruise e John Travolta -, a seita alimenta inflamadas discussões virtuais desde os primórdios da grande rede.
O caso, revelado pelo site The Register, teve início em dezembro e diz respeito a mais de 400 artigos sobre a igreja e seus membros. As páginas dos verbetes passaram por batalhas entre os seguidores e críticos da seita, que procuram dar seu viés ao material publicado, normalmente citando artigos próprios.
As contas banidas não poderão fazer qualquer modificação no site por pelo menos seis meses. A punição pode ser revertida se os responsáveis aceitarem seguir as regras da Wikipedia. Uma dessas regras diz que o "uso da enciclopédia para promover agendas pessoais - como proselitismo ou disputas filosóficas, ideológicas ou religiosas - e publicar ou promover material de pesquisa original é proibido".

Globo

FONTE: Notícias Cristãs

Pastor é preso por envolvimento em roubos e sequestro

Acusado de cometer vários crimes na Grande Vitória e no Sul do Estado, um pastor evangélico identificado por Adonirã Judson Pereira Gomes, de 35 anos, foi preso no final da tarde da quarta-feira (27), momentos antes de iniciar um culto religioso em Rio Bonito, cidade do Rio de Janeiro. O criminoso, natural de Itaperuna, no Estado carioca, estava sendo procurado pelas polícias capixaba e carioca por envolvimento em diversos delitos, entre eles estelionato e sequestro.
O delegado Faustino Antunes, do Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Cachoeiro de Itapemirim, informou que Adonirã estava foragido da Justiça desde 2005, quando escapou da Delegacia de Polícia de Castelo, onde cumpria pena por roubo qualificado.
Segundo informações repassadas no anonimato, o acusado passou a se esconder em Rio Bonito. No Rio de Janeiro, ele também se envolveu em crimes e foi apontado pela polícia local como um dos bandidos que participou de um sequestro no litoral de Cabo Frio, no rio de Janeiro, quando começou a ser procurado também pela polícia carioca.
Posteriormente aos crimes, Adonirã virou pastor evangélico e, junto da mulher, Edimara Coutinho de Souza, de 30 anos, promovia cultos em um cômodo da própria casa. O fato que também chama a atenção na ocorrência, é que a esposa do acusado foi tomada por ele de um traficante da cidade de Campos dos Goytacazes. Ela estava envolvida no sequestro.
Com apoio da Polícia Civil de Rio Bonito, Adonirã, o Samuel ou Samuca, e Edimara, foram presos na noite da quarta-feira (27). O casal não esboçou reação, se entregou à polícia, e confessou os crimes que praticou.
O delegado Faustino Antunes ressaltou que Adonirã tinha mandados de prisão em aberto nos municípios de Castelo, Jerônimo Monteiro, Iconha, Itapemirim. Além dos processos, ele já havia sido condenado a 3 anos de prisão em Vila Velha e a 8 anos em Viana.
Os delitos do acusado eram os mais diversos: roubo de veículos, adulteração de sinal de veículo automotor, receptação de produtos roubados, estelionato, porte ilegal de arma, roubos e sequestro.
Como eram procurados pela Justiça carioca, os acusados permanecem presos no Rio de Janeiro. Adonirã, no entanto, deve ser trazido de volta para o Espírito Santo, para cumprir as penas pelos crimes nos quais já foi condenado pela Justiça capixaba.

Gazeta online

FONTE: Notícias Cristãs

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Cientistas americanos descobrem vírus letal na África

Cientistas identificaram um novo vírus letal na África que provoca perdas de sangue nas vítimas, como o terrível vírus Ebola. O vírus, chamado "Lujo", infectou cinco pessoas na Zâmbia e na África do Sul. Quatro delas morreram, mas a quinta conseguiu sobreviver, talvez ajudada por um medicamento recomendado pelos cientistas. Ainda não está claro como a primeira pessoa foi infectada, mas aparentemente o vírus foi transmitido de insetos para pessoas e é encontrado em roedores, disse o doutor Ian Lipkin, epidemiologista da Universidade Colúmbia, nos Estados Unidos. Lipkin está envolvido na descoberta.

"Esse é um vírus muito, muito agressivo", disse Lipkin. Na África, os ataques do vírus "Lujo" começaram em setembro do ano passado, quando uma mulher que vivia próxima a Lusaka, na Zâmbia sofreu de uma doença parecida com uma febre, que piorou rapidamente. Ela foi transportada a Johannesburgo, na África do Sul, onde morreu. Um paramédico que tratou a vítima em Lusaka também adoeceu, foi transportado a Johannesburgo e lá faleceu.

Agora os cientistas acreditam que o vírus passe de uma pessoa para outra, embora apenas através de fluidos e líquidos do corpo.

"Não é um vírus como o da gripe, que se espalha pelo ar e de maneira ampla", disse o doutor Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, que ajudou a financiar a pesquisa. O nome dado ao vírus, "Lujo", usa as letras iniciais das cidades de Lusaka e Johannesburgo, onde fez suas primeiras vítimas conhecidas.

Os médicos na África inicialmente pensaram que a doença era provocada pelo vírus Ebola porque os pacientes sangravam. Outros sintomas incluem febres, choque, coma e falência dos órgãos. O provável tratamento, usado na quinta vítima que sobreviveu, uma enfermeira de Johannesburgo, é feito como o remédio ribavirin. Segundo o doutor Stuart Nichol, chefe de biologia molecular em um laboratório em Atlanta, ainda não está claro se o medicamento foi decisivo para a sobrevivência e recuperação da paciente.

FONTE: CORREIO WEB

Bíblia para disparo e salva vida de pastor evangélico argentino

Um pastor evangélico teve a vida salva quando uma Bíblia que ele carregava na altura do coração impediu que o disparo de uma arma o atingisse durante um assalto em um templo da província de Mendoza, na Argentina.
Mauricio Zanes Condorí, 38 anos, é um pastor evangélico da localidade de Rodeo del Medio, a cerca de mil quilômetros a oeste de Buenos Aires, segundo o noticiário local.
Condorí tentava persuadir dois assaltantes de que não havia nada de valor no local, mas um deles engatilhou a sua arma apontada contra o peito do pastor a cerca de dois metros de distância.
Depois do disparo, os assaltantes fugiram e os fiéis que observavam a cena chamaram uma ambulância. Um médico comprovou que Condorí tinha sofrido apenas ferimentos leves e que a bala tinha sido desviada pelo volumoso texto bíblico.

AFP

FONTE: Notícias Cristãs

NCCV começa projeto para montar uma academia de Boxe Olímpico

Na noite da última quarta-feira foram realizados os primeiros combates do Torneio das Estrelas 2009. A competição acontece no Clube dos Engenheiros e Arquitetos do ABC, localizado na Vila Pires, em Santo André. Esteve presente no local de competições, a equipe de professores do NCCV – Núcleo Cristão Cidadania e Vida. O NCCV há dez anos trabalha com a comunidade carente do bairro Novo Mundo, na capital de São Paulo, oferecendo atividades educativas objetivando a inclusão social para crianças e adolescentes.
Numa iniciativa pioneira no mundo evangélico, o NCCV está operando um projeto de montar uma academia de Boxe Olímpico em sua sede, usando o esporte como meio de inclusão social e evangelização. O NCCV aproveitou a visita para conhecer as instalações de treinamento da Seleção Brasileira de Boxe, e agariar idéias para seu projeto.

FinalSports

FONTE: Notícias Cristãs

Um ano na Igreja para redescobrir a beleza do sacerdócio

O cardeal Hummes explica a iniciativa do Papa para recuperar o orgulho sacerdotal.
Em meio aos escândalos de sacerdotes que inquietaram a opinião pública nos últimos tempos, Bento XVI convoca um “ano sacerdotal” para mostrar que as falhas destes não são representativas da grande maioria do clero.
Assim explica o prefeito da Congregação Vaticana para o Clero, cardeal Cláudio Hummes, em uma carta enviada por ocasião do ano sacerdotal, convocado por Bento XVI a partir de 19 de junho, por ocasião do 150º aniversário da morte de São João Maria Batista Vianney, o Santo Cura de Ars.
Segundo esclarece o purpurado brasileiro, será “um ano positivo e propositivo, no qual a Igreja quer dizer, sobretudo aos sacerdotes, mas também a todos os cristãos, à sociedade mundial, mediante os meios de comunicação globais, que está orgulhosa de seus sacerdotes, que os ama e os venera, que os admira e que reconhece com gratidão seu trabalho pastoral e seu testemunho de vida”.
O cardeal Hummes reconhece que “é verdade que alguns foram vistos envolvidos em graves problemas e situações delicadas. (...) Obviamente, é necessário continuar a investigação, julgar-lhes devidamente e infligir-lhes a pena merecida”, declara.
Contudo, acrescenta, “estes casos são uma porcentagem muito pequena em comparação com o número total do clero”.
“Na sua imensa maioria, os sacerdotes são pessoas muito dignas, dedicadas ao ministério, homens de oração e de caridade pastoral, que investem toda a sua vida na realização de sua vocação e missão, muitas vezes com grandes sacrifícios pessoais, mas sempre com amor autêntico a Jesus Cristo, à Igreja e ao povo, solidários com os pobres e os que sofrem.”
“Por isso, a Igreja está orgulhosa de seus sacerdotes em todo o mundo”, sublinha a carta do cardeal.
O Ano Sacerdotal começará em 19 de junho, solenidade do Sagrado Coração de Jesus, com a celebração das Vésperas, presidida pelo Papa, diante das relíquias de São João Maria Vianney, levadas a Roma pelo bispo de Belley-Ars.
Ao anunciar este ano, em 16 de março passado, Bento XVI explicou que com isso pretende “favorecer esta tensão dos sacerdotes pela perfeição espiritual, da qual depende, sobretudo, a eficácia do ministério”.
Por este motivo, o cardeal Hummes considera que deve ser, antes de tudo, “um ano de oração dos sacerdotes, com eles e por eles, um ano de renovação da espiritualidade do presbitério e de cada presbítero”.
Por outro lado, o purpurado considera que este ano deve dar a oportunidade para examinar “as condições concretas e a sustentação material em que vivem nossos sacerdotes, às vezes submetidos a situações de dura pobreza. Ao mesmo tempo, um ano de celebrações religiosas e públicas, que levem o povo, as comunidades católicas locais, a rezar, a meditar, a festejar e a prestar uma justa homenagem aos seus sacerdotes”.
Com criatividade, o cardeal pede que em cada conferência episcopal, em cada diocese ou paróquia ou em cada comunidade eclesial “se estabeleça o mais breve possível um verdadeiro e próprio programa para este ano especial”.

Zenit

FONTE: Notícias Cristãs

Para Cardeal espanhol, aborto é pior que abusos sexuais cometidos pela Igreja

O cardeal prefeito da Congregação pelo Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos da Espanha, Antonio Cañizares, pediu perdão pelos abusos de menores cometidos nas escolas católicas irlandesas entre os anos 50 e 80, "condutas extremamente condenáveis", mas acrescentou, no entanto, que "não é comparável o que se passou em diversos colégios" com "os milhões de vidas destruídas pelo aborto", informou o jornal "El País".
- O aborto destruiu mais de 40 milhões de vidas humanas, quando a legislação deveria dar apoio aos direitos e à justiça - afirmou.
O cardeal disse ainda que a reforma da lei do aborto estimulada pelo governo espanhol "debilita os fundamentos" da sociedade porque "o primeiro direito é o direito à vida".
A ministra da Saúde e Política Social espanhola, Trinidad Jiménez, considerou as declarações de Cañizares "completamente irresponsáveis e inoportunas", acrescentando que "não é comparável" o caso dos abusos de menores em escolas católicas irlandesas com o aborto.
- É totalmente inadequado, especialmente vindo de uma pessoa que ocupa um cargo com o do arcebispo Cañizares - disse Jiménez, acrescentando que "uma coisa não deve ser comparada à outra" e que as vítimas de abusos sexuais são normalmente menores de idade.

Globo

FONTE: Notícias Cristãs

"Padre Oprah" deixa a Igreja Católica e renuncia ao celibato

Um dos padres católicos mais populares dos Estados Unidos, o padre Alberto Cutié, 40 anos, cujas fotos mostrando-o ternamente enlaçado a uma mulher causaram escândalo, decidiu juntar-se á Igreja Episcopal que não o obriga ao celibato.
"Padre Oprah", como é conhecido, por ser uma personalidade mediática, conta tornar-se membro da Igreja Episcopal no seio da qual prosseguirá o seu sacerdócio", indicou quinta-feira este ramo norte-americano da Igreja anglicana.
No início de Maio, imagens publicadas numa revista en língua espanhola mostravam o padre Alberto em calção de banho, a abraçar uma jovem mulher em bikini numa das praias mais frequentadas de Miami.
O muito mediático padre Alberto (apresentava shows no canal espanhol Telemundo), um dos padres hispânicos mais populares do país, admitiu imediatamente os factos.
Ele foi recebido na Igreja Episcopal, o ramo norte-americano da Comunhão Anglicana numa cerimónia realizada na Catedral da Trindade e pode vir a anunciar mais tarde o seu casamento. Terá de cumprir outras formalidades antes de servir como sacerdote episcopal.
"Agradeço a Deuz pelas muitas pessoas na nossa comunidade que me mostraram o seu amor e apoio", disse Cutié num comunicado. "As vossas orações apoiaram-me neste período de transição da minha vida. Com a ajuda de Deus, espero continuar o meu ministério como padre na minha nova casa espiritual".
Nascido em Porto Rico de pais cubanos, há muito que criticava publicamente o celibato imposto aos padres.
O escândalo, divulgado pela imprensa norte-americana mas também pela internacional, fez ressurgir na opinião pública o debate sobre os alegados problemas criados pela obrigação do celibato imposto aos padres na Igreja católica.
Desde 2002, a Igreja Católica norte-americana foi abalada por numerosos escândalos que envolvem padres em casos de abusos sexuais.

Lusa

FONTE: Notícias Cristãs

Santistas convencem Eller a ficar com música e evangelização

O volante Roberto Brum ficou intrigado com o toque do telefone celular do meia Paulo Henrique Lima, quando estavam no vestiário do Santos. A música fora composta pelo atacante Neymar, em homenagem ao zagueiro Fabiano Eller. Tem um verso só: "Quem nunca viu Fabiano Eller?".
Roberto Brum conta que pagou R$ 0,50 a Neymar para adicionar o hit ao seu celular. Ao lado de Fabiano Eller, o volante sacou o telefone do bolso na tarde desta quinta-feira para apresentar a composição à torcida. "É um recado para a Jovem [organizada do Santos]. Vamos inovar o grito para o Eller contra o Corinthians", pediu. Os dois jogadores, então, ergueram as mãos para o alto e improvisaram uma coreografia para a música.
O clássico deste domingo será o primeiro jogo de Fabiano Eller após o Santos se recusar a cedê-lo para São Paulo e Grêmio. O zagueiro conta que a música criada por Neymar fez com que se sentisse querido na Vila Belmiro e quisesse seguir no clube. "Não sabia que as pessoas gostavam tanto de mim no Santos. O Neymar preparou até uma camiseta para me homenagear contra o Fluminense. O Vágner Mancini dedicou a vitória a mim. Foi ótimo ficar aqui", comentou.
Roberto Brum é o melhor amigo de Fabiano Eller entre os santistas. Atleta de Cristo, o volante costuma evangelizar o companheiro nas horas vagas e orou por sua permanência no Santos. "O Eller se sentiu amado por nós e ficou. O amor de Deus constrange", disse o religioso.
O zagueiro gargalhou ao ouvir a pregação de Roberto Brum. "O Brum evangeliza todo mundo. Comecei como motorista dele e agora estou carregando a Bíblia. Foi uma evolução", contou Fabiano Eller, que é constantemente auxiliado pelo volante para decorar versículos e histórias bíblicas. "Só preciso completar as frases. O Brum diz: 'Deus criou a mulher da cós... de Adão'. Fica fácil assim. Foi da costela."
Como retribuição aos ensinamentos, Fabiano Eller serve de churrasqueiro a Roberto Brum. "Quando eu estava para sair do Santos, o Brum me ligou chorando, soluçando. Pô, na hora pensei que esse cara gostava muito do meu futebol. Mas ele só estava triste porque não teria mais quem fazer churrasco", brincou o zagueiro, agradecendo aos céus em seguida por continuar ao lado do amigo na Vila Belmiro.

Abril

FONTE: Notícias Cristãs

PF vê ligação de dono de fórum com Al Qaeda


SÃO PAULO – A Polícia Federal reconsiderou sua posição em relação ao libanês que era dono de um fórum com mensagens antiamericanas.

Reportagem da Folha de S. Paulo afirmou nesta quinta-feira (28) que ele era responsável pela “Jihad Media Battalion”, que seria, segundo a PF, uma espécie de relações públicas online da Al Qaeda.

Por interceptações, a investigação disse que foram flagradas conversas em que ele diz que é integrante da organização terrorista, mas não está ligado à facção armada do grupo, tampouco é um membro de alto escalão.

Ontem (27), Tarso Genro, ministro da Justiça, declarou que a Polícia Federal (PF) não pode descartar possibilidades, nem opinar sobre coisas que ainda não investigou, referindo-se ao comunicado assinado pela procuradora da República, Ana Letícia Absy da Polícia Federal.

O Ministro não comentou sobre qual seriam os procedimentos caso a suspeita de ligação fosse confirmada, mas garantiu que a legislação brasileira tem mecanismos para enquadrar práticas terroristas “seja ele qualificado pelo direito internacional ou por outros países como terrorismo, ou não”.

*com informações da Agência Brasil

Fonte: Info Online

FONTE: www.overbo.com.br

Al Qaeda no Brasil: Tarso e Itamaraty mergulham o país numa lama inédita


(Por Reinaldo Azevedo, Veja Online) - É isto: a piada virou realidade. No Brasil de Lula e, em especial, de Tarso Genro, ministro da Justiça, qualquer caricatura corre o risco de virar retrato fiel da realidade. Refiro-me, claro, ao quadro O Cafofo do Osama, do Casseta & Planeta, em que o humorista Reinaldo interpreta o terrorista que pretende “destruir a civilização judaico-cristã-ocidental”. Ele se casou com Jurema, que lhe enche de porrada, e passa os dias acoitado na favela, vendo filminhos sobre ataques terroristas. Recentemente, enfrenta a concorrência de Obama, que disputa com ele o coração da Jurema…

É inacreditável!

O Brasil prende um alto dirigente da Al Qaeda, ninguém fica sabendo de absolutamente nada — este “ninguém” refere-se aos dois outros Poderes da República —, o sujeito é solto porque, vejam só, tem uma vida estável no país e se casou com uma brasileira. Em suma, foi tratado como um estrangeiro qualquer. O Ministério da Justiça e o Itamaraty fazem o país mergulhar numa lama inédita.

Eu brinquei de madrugada: mantenham o homem longe de Tarso Genro. Jamais faça uma piada sobre Tarso Genro. Sempre será verdade.

Notem que o sujeito continua ativo politicamente. Foi preso por ter divulgado “mensagem racista”. Mensagem racista? Até imagino contra qual povo ele andou se manifestando — sinal de que, olhem que mimo!, mesmo casado com uma brasileira e numa situação estável, continua vinculado a ações políticas, o que é vedado a estrangeiro na sua condição.

O governo brasileiro, há tempos, vem chamando o perigo para o território nacional. Por ideologia vagabunda! Por irresponsabilidade! Por memória atávica do crime! Por esquerdismo bocó! Aceitamos terroristas e narcoterroristas da Itália e da Colômbia — no caso do “padre” Olivério Medina, há evidências de que continua ligado às Farc. Mesmo assim, está por aí. A sua mulher trabalha no governo Lula. Quem cuidou pessoalmente da transferência da dita-cuja para Brasília foi a ministra-candidata Dilma Rousseff. Padre Medina!!! Do grupo dos narcoguerrilheiros! Com ele, não se usavam pão e vinha na Eucaristia… As pessoas cheiravam o corpo de Cristo.

Ah, se a oposição tivesse só um pouquinho de coragem e senso de oportunidade…

Agora, temos um alto dirigente da Al Qaeda entre nós. O que vocês acham que ele está fazendo por aqui? Tarso Genro tem de ser interditado. Este senhor tem de deixar o Ministério da Justiça imediatamente. Com ele, todos os brasileiros estão menos seguros.

Ademais, não há como ignorar que esse trato cordial e secreto com um terrorista árabe se inscreve numa trajetória de clara hostilidade do governo brasileiro a Israel e de simpatia explícita pelo radicalismo islâmico.

ESTE É O GOVERNO QUE SE ESFORÇA PARA QUE O PAÍS TENHA UM LUGAR NO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU. Lula acaba de pôr o Brasil na rota do terrorismo islâmico.

Divulgação: www.juliosevero.com

FONTE: www.overbo.com.br

Justiça manda hospital fazer transfusão em paciente

A autorização do paciente ou de seu responsável para uma transfusão de sangue é desnecessária em caso de risco iminente de morte comprovado por laudo médico. A decisão é da Vara da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Goiás, que entendeu que um menor deveria receber transfusão por estar em estado grave de saúde, embora seus pais não aprovassem a medida. Eles são adeptos da religão Testemunhas de Jeová e alegaram que a transfusão não é permitida por sua crença.

Ao autorizar a transfusão, o juiz da vara, João Corrêa de Azevedo Neto, atendeu a um pedido do Ministério Público. Ele considerou que a terapia deveria ser aplicada com a máxima urgência, independente da vontade do paciente. A autorização judicial foi dada na última sexta-feira (22/5) ao Hospital Materno Infantil. A criança apresenta quadro anêmico e pneumônico.

O juiz baseou-se no artigo 5º da Constituição Federal que, apesar de assegurar o direito à liberdade de crença, prevê o direito à vida, que, segundo o magistrado, antecede o de liberdade religiosa. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-GO.

Conjur

FONTE: www.overbo.com.br

Crescimento dos evangélicos pode mudar o Brasil, publica Época


BRASIL - A edição de aniversário da Revista Época, publicada em 25 de maio, apresenta uma série de matérias com previsões para o Brasil em 2020.

O crescimento evangélico é abordado em uma das matérias. Baseado em dados estatísticos do SEPAL (1) , estima-se que 50% da população brasileira poderá ser evangélica. E se a previsão se cumprir, o aumento no número de fiéis ajudará a mudar a “cara” do país. Uma das hipóteses para o crescimento dos evangélicos, segundo a matéria, é a flexibilização e adaptação à sociedade.

Para a revista, a influência evangélica em 2020 contribuirá para a diminuição no consumo do álcool, o aumento da escolaridade e a diminuição no número de lares desfeitos, já que a família é prioridade para os evangélicos. No entanto, não se sabe se a violência deve continuar a acontecer.

Como isso pode acontecer sem infringir princípios básicos da fé, deve ser uma reflexão para os cristãos.

(1) Serviço de Evangelização para a América Latina.

Portas Abertas

FONTE: www.overbo.com.br

Mulher de 52 anos dá à luz quadrigêmeos em SC


Uma mulher de 52 anos deu à luz quadrigêmeos, em Joinville (SC). As crianças nasceram na sexta-feira (22) e permanecem internadas, nesta quinta-feira (27). A mãe, a professora Eraci dos Santos Conceição Afuso, teve alta.

Os filhos nasceram antes do esperado. A professora teria uma consulta com o obstetra nesta semana, para conversar sobre a data da cesárea. A chegada repentina dos bebês, entretanto, não deixou a mãe assustada. Enquanto permaneceu na unidade de saúde, Eraci andou tranquila pelos corredores e a única maneira de reconhecer a mãe dos quadrigêmeos eram as quatro pulseirinhas da maternidade, com nomes diferentes.

As crianças passam bem. A menor tem 950 gramas e o maior, 1,3 quilo. A professora já tinha uma filha de 14 anos. Ela e o marido recorreram a uma clínica de fertilização.

A mãe passa bem, mas não pode ficar mais de três horas longe dos bebês. Como eles estão ingerindo leite materno por meio de uma sonda, ela fica a maior parte do dia na sala de amamentação.

Fertilização

O caso chamou a atenção, por causa da idade da mãe e do número de filhos. Mas Salomão Nassif Sfeir Filho, do Comitê de Infertilidade da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, diz que é perfeitamente possível que uma mulher saudável da mesma idade repita o feito.

Segundo Sfeir Filho, a paciente pode escolher quantos óvulos quer implantar. Se implantar dois, pode ter de um a dois filhos. Como Eraci optou por implantar quatro, sabia que poderia sair da maternidade com os quádruplos.

FONTE: www.overbo.com.br

Elite mundial faz do controle populacional prioridade número 1 mesmo diante da ameaça da diminuição populacional

(Comentário de John-Henry Westen) - NOVA IORQUE, EUA — Muito embora um recente estudo demográfico tenha revelado uma grande ameaça de inverno demográfico se aproximando, as riquezas dos ricos parecem crer que a explosão populacional é a principal prioridade para suas iniciativas de filantropia. John Harlow escreve hoje no jornal The Times acerca de uma reunião secreta da elite financeira global, convocada por Bill Gates, o magnata da Microsoft. Na reunião, os participantes concordaram que limitar a população mundial tem de ser sua prioridade principal.

No artigo “Clube de bilionários propõe frear a explosão populacional”, Harlow reconta que uma reunião de 5 de maio ocorreu em Manhattan. Essa reunião incluiu “David Rockefeller Jr, o patriarca da dinastia mais rica dos EUA, os financistas Warren Buffett e George Soros, o prefeito de Nova Iorque Michael Bloomberg e os magnatas da mídia Ted Turner e Oprah Winfrey”. Harlow observa que por instigação de Gates o acordo geral foi de que o controle populacional é uma grande prioridade.

O entusiasmo de Gates pelo controle populacional não é surpresa, considerando que ele mesmo já confessou ser fortemente influenciado pelas opiniões de Thomas Malthus, o guru do alarmismo da explosão populacional do século 18. Ele também confessou que seu pai era diretor de uma clínica local de aborto e planejamento familiar enquanto ele estava crescendo. (http://www.lifesitenews.com/ldn/2003/may/03050902.html)

De forma importante, o Times informa que na reunião secreta, os participantes “discutiram como juntar forças para vencer os obstáculos políticos e religiosos às mudanças”.

A prioridade da reunião sem dúvida está em conflito com o catolicismo, já que recentemente o Papa Bento 16 falou do crescimento populacional como recurso, não como déficit. Em sua mensagem no Dia Mundial da Paz, lançado em dezembro, o Papa Bento 16 deplorou as “campanhas internacionais em andamento para reduzir as taxas de natalidade, às vezes usando métodos que não respeitam nem a dignidade da mulher nem o direito de os pais escolherem de forma responsável quantos filhos ter; mais grave ainda, esses métodos muitas vezes não respeitam nem mesmo o direito à vida”.

Esmagando qualquer apelo para empreender o controle populacional no nome da redução da pobreza, o papa acrescentou: “O extermínio de milhões de crianças em gestação, no nome da luta contra a pobreza, realmente constitui a destruição dos mais pobres de todos os seres humanos”.

Em sua mensagem, o papa apresentou evidências demográficas para defender suas opiniões. “Nem se deve esquecer que, desde o fim da 2ª Guerra Mundial, a população mundial cresceu quatro bilhões, em grande parte por causa de certos países que recentemente emergiram no cenário internacional como as novas potências econômicas, e estão experimentando rápido desenvolvimento, especificamente por causa do grande número de seus habitantes. Além do mais, entre os países mais desenvolvidos, aqueles com as taxas mais elevadas de nascimento gozam melhores oportunidades de desenvolvimento.

“Em outras palavras, a população está comprovando ser um recurso, não um fator que contribui para a pobreza”, concluiu o papa. (http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/dec/08121202.html)

O Times parafraseou o relato dado por um participante da reunião secreta que falou anonimamente, dizendo, “surgiu um consenso de que eles apoiariam uma estratégia em que o crescimento populacional seria tratado como uma ameaça industrial, social e ambiental potencialmente desastrosa”.

“Isso é algo tão apavorante que todos nesse grupo concordaram que precisa de respostas de grandes cérebros”, disse o convidado. “Eles precisam ser independentes das agências governamentais, que são incapazes de impedir o desastre que todos vemos vindo no horizonte”. Em resposta a uma pergunta acerca do sigilo, o convidado respondeu: “Eles queriam falar de ricos para ricos sem se preocupar se qualquer coisa que dissessem acabaria nos jornais, pintando-os como um governo mundial alternativo”.

Em forte contraste com as idéias dos bilionários, um recente filme contendo as opiniões de alguns proeminentes demógrafos soou o alarme acerca não de uma explosão populacional, mas de uma população que está diminuindo. Promovendo o filme “Inverno Demográfico” num evento recente, o famoso colunista Don Feder disse que o problema demográfico de taxas de natalidade mundial caindo “poderia trazer como conseqüência a maior crise que a humanidade confrontará neste século” à medida que “no mundo inteiro, as crianças estão desaparecendo”.

Feder comentou: “Em 30 anos, as taxas mundiais de natalidade caíram mais de 50%. Em 1979, em média a mulher deste planeta tinha 6 filhos. Hoje, a média é 2.9 filho, e caindo”. Ele explicou a situação observando, “os demógrafos nos dizem que com uma taxa de natalidade de 1.3, se tudo permanecer como está, uma nação perderá metade de sua população a cada 45 anos”. (http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/jan/09012611.html)

Veja o artigo no Times aqui:
http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/us_and_americas/article6350303.ece

Traduzido por Julio Severo: Julio Severo

Noticias profamilia / Julio Severo

FONTE: www.overbo.com.br

Padre proíbe celulares em igreja


Deus quer falar com você, mas não pelo celular. A frase foi afixada na porta da igreja católica da cidade de San Andrés de Zas, na Espanha, por decisão do padre local.

De acordo com o jornal espanhol La Voz De Galícia, os padres da paróquia estão indignados com a onda de fiéis que atende o celular em meio a celebrações ou, mesmo quando não respondem à chamada, deixam o aparelho ligado durante cultos e orações.

Ringtones engraçadinhos, às vezes com melodias sensuais, são totalmente inapropriados para tocar dentro de uma igreja, avaliam os padres locais.

A restrição ao uso de celulares não afeta somente instituições religiosas. Cinemas e casas de show também tentam convencer seus freqüentadores a deixar desligados seus gadgets ao entrar nestes locais.

Na Rússia, os diretores do centenário teatro Alexandrinsky, em São Petersburgo, optaram por instalar bloqueadores de sinal dentro da casa, a fim de evitar toques telefônicos no meio de um espetáculo.

Info

FONTE: www.overbo.com.br

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Mãe que fugiu com filho nos EUA concorda com quimioterapia


A mãe que fugiu com o filho em Minessota, nos Estados Unidos, para que ele não fosse tratado de um câncer disse nesta terça-feira (26) que aceita o tratamento.

Colleen Hauser se entregou à policia nesta segunda-feira (25) após ter fugido com o adolescente Daniel Hauser, de 13 anos, que precisa ser submetido à quimioterapia para combater um linfoma de Hodgkin.

A família integra um grupo religioso que defende a medicina alternativa. Já existia uma decisão judicial que determinava a continuação do tratamento.

A Justiça de Minessota ordenou a prisão da mãe e determinou que Daniel fique com uma família adotiva até ser tratado. Porém em audiência após a fuga, os pais, Collen e Anthony Hauser, disseram que agora concordam com a quimioterapia.

Segundo o médico da família, o tumor de Daniel está crescendo, e precisa ser tratado com urgência.

Fonte: G1

FONTE: www.overbo.com.br

Propaganda contra cigarro inibe o fumo


A propaganda contra o tabagismo nas embaladas de maços de cigarros pode levar os fumantes a largar o fumo. Quase a metade diz que as imagens de pessoas doentes depois de anos fumando inibe o fumo. A pesquisa é do Instituto Nacional do Câncer sobre políticas de controle do tabaco com o apoio do International Control Policy Evaluation Project.

O estudo foi feito em três capitais brasileiras (Rio, São Paulo e Porto Alegre). Nos últimos 30 dias, as imagens e frases nos maços impediram que 39,1% dos fumantes pegassem um cigarro. De acordo com a pesquisa, a propaganda contra o tabagismo evita apenas as pessoas a olharem um maço.

Um dado positivo mostra que pelo menos 80% dos entrevistados no Brasil querem largar o cigarro. Com esse resultado o Brasil fica na segundo posição de 17 países pesquisados com o maior número de fumantes que desejam largar o cigarro.

Fonte: SRZD

FONTE: www.overbo.com.br

Muçulmanos expulsam cristãos de lugar de culto

ZANZIBAR - O culto de domingo em uma igreja não-registrada perto da cidade de Zanzibar, em uma ilha da Tanzânia, não aconteceu pela terceira semana consecutiva depois que muçulmanos extremistas expulsaram os cristãos de sua propriedade alugada.

Radicais expulsaram os membros da Igreja Pentecostal Zanzibar (Kanisa La Pentecoste Zanzibar) de um culto em uma casa alugada em Ungunja Ukuu. As restrições á compra de terrenos para Igrejas diminuiu as tentativas da congregação de encontrar um novo lugar de culto.

Furiosos com um recente crescimento da evangelização na área, os muçulmanos fizeram diversas ameaças aos cristãos, dizendo para que interrompessem suas atividades. A igreja havia realizado uma campanha de evangelismo de porta em porta, encerrada com uma celebração de Páscoa.

“Radicais muçulmanos contaram sobre a campanha para Mgomba, o líder do vilarejo, que, por sua vez, ordenou que ninguém realizasse atividades cristãs em sua jurisdição”, disse Obeid Fabian Hofi, bispo da igreja.

Na manhã do ataque, mais de 20 membros da igreja estavam reunidos quando souberam que os muçulmanos iriam atacá-los. Quando o grupo se aproximou, todos fugiram para salvar suas vidas.

“O grupo gritava, dizendo: ‘Não queremos a igreja aqui – eles devem ir embora e nunca mais voltar!’”, disse um cristão que pediu anonimato.

Um muçulmano alugou sua casa para um membro da igreja, Leah Shabani, que depois decidiu fazer dali um lugar para reuniões. A igreja, que existe há sete anos, tinha mais de 30 membros no início desse ano. Sem lugar para cultuar, muitos cristãos viajam até a cidade de Zanzibar.

Quando a Igreja relatou o ataque para o chefe da área, Jecha Ali, ele disse que não poderia ajudá-los.

“Essa propriedade não é minha – se o dono se recusa a deixar vocês cultuarem lá, então eu não posso fazer nada”, disse Ali.

“Até agora, a polícia não fez nada. Estou muito preocupado com a situação espiritual do meu rebanho, já que meus apelos não são atendidos. Ninguém está preparado para ouvir nossas reclamações. Estamos lutando e perdendo, pois somos governados por muçulmanos”, diz Hofi.

“Agora a igreja está arrecadando dinheiro para que os membros logo tenham um lugar para se reunir. Estamos confiando na providência de Deus.”

Portas Abertas

FONTE: www.overbo.com.br

Entrevista feita na revista Quem com o jogador Kaká


O meia-atacante Kaká topou o desafio lançado pela repórter Lia Lehr e respondeu às perguntas dos leitores enviadas ao site de QUEM. Leia mais respostas do jogador de futebol

O que você menos gosta no mundo do futebol?

(Luiz Fernando Francisco, Itajaí, SC)
O que eu menos gosto no é a violência nos estádios. É muito bom poder ver famílias, crianças, jovens e idosos nos estádios. E a violência faz com que as pessoas se afastem desse espetáculo que é um jogo de futebol.

Como você conheceu sua mulher?

(Kamila Silvestre, Campo Grande, MS)
Através dos nossos pais, que se conheceram antes. Depois trocamos telefone e começamos a nos comunicar, ficamos amigos e passamos a namorar.

Gostaria de saber se pelo fato de você não se envolver em escândalos nem se preocupar mais com a fama do que com a carreira (diferentemente de outros jogadores famoso), mas comprometido com seus ideais, com Deus e com sua família, se faz a diferença na sua vida profissional?

(Alinne Gontijo, por e-mail)
Faz muita diferença para mim ser fiel aos meus valores. Não permitir que nada roube aquilo que é a minha certeza e convicção. Isso faz com que eu seja sempre muito focado na minha profissão. Quando você é feliz na vida pessoal, consegue com mais facilidade ter bons resultados na vida profissional.

Que profissão seguiria se não fosse jogador?

(Ricardo Sousa, por e-mail)
Seria engenheiro como o meu pai.

Você se sente realizado profissionalmente?

(Beatriz da Costa, Rio de Janeiro, RJ)
Me sinto muito realizado, mas não satisfeito. Acredito que tenha muita coisa para conquistar ainda, ou melhor, dobrar tudo aquilo que já foi conquistado.

O que você acha das kakazetes do Brasil?

(Adriana Lais, Contagem, MG)
Tenho um carinho muito especial por elas, porque a grande maioria torce pelo meu sucesso, e pelo sucesso da minha família.

Já sofreu algum tipo de preconceito, perseguição ou até mesmo provação no mundo futebolístico, pelo fato de ser evangélico?

(Sabrina Marques , Paulista, PE)
Nenhuma. Até porque hoje são muitos os atletas que são evangélicos. E sempre fui muito respeitado, porque também respeito muito a todos.

O que o casamento mudou em sua vida?

Marcos da Rocha, Santos Dumont (MG)
O casamento me fez crescer bastante, amadurecer em muitas áreas da minha vida. Sempre acreditei que o casamento é uma grande bênção e tenho vivido isso hoje na minha casa.

Quando você era solteiro, seus amigos faziam muitas brincadeiras pelo fato de você ser virgem? Como encarava isso?

Antônio Marques, Ouro Preto (MG)
Sempre havia brincadeiras em relação a isso, mas não era uma coisa que me incomodava, pois eu tinha certeza e convicção do que a virgindade até o casamento representaria para minha vida espiritual e para minha família. Tenho certeza de que quem ama consegue esperar.

Qual foi o momento mais marcante de sua carreira?

Paula Luciana de Andrade, São Bernardo do Campo (SP)
Os momentos mais marcantes foram as minhas grandes conquistas, como a Copa do Mundo em 2002, pois eu era o caçula daquela seleção, com apenas 20 anos, e isso foi demais para mim. A conquista da Copa da Europa, em 2007, e do Mundial da Fifa, no mesmo ano, também. E, claro, os prêmios individuais, como a Bola de Ouro e o prêmio de Melhor Jogador do Mundo pela Fifa (2007).

Quais são seus objetivos profissionais? E pessoais?

Ana Lúcia Mendes, São Paulo (SP)
Eu vivo de metas e objetivos. Os próximos, a curto prazo, são fazer 100 gols com a camisa do Milan (faltam 6), conquistar a Copa das Confederações com a Seleção Brasileira e a classificação para a Copa do Mundo o mais rápido possível. Na vida pessoal, desejo conseguir trasmitir para meu filho nossos valores de vida.

Quem são seus ídolos na profissão?

Márcio Figueira Souto, Itapira (SP)
Meu grande exemplo como jogador sempre foi o Raí. Quando eu estava crescendo nas categorias de base do São Paulo, o Raí era o grande nome do time naquela época e, por jogar na mesma posição que ele, eu sempre queria ser o Raí na hora de jogar bola com os meus amigos.

Há quantos anos está fora do Brasil e do que sente saudade?

Núria A. Mendes, São Caetano do Sul (SP)
Saí do Brasil em agosto de 2003. Do que eu mais sinto saudade são os amigos e parentes. Mas tem uma saudade que é difícil de explicar, que é a saudade da terra, de falar a língua em todo lugar, das comidas, do povo.

O que faz nas horas vagas?

Priscila Noronha, Salvador (BA)
Gosto de fazer coisas com minha família, viajar, sair para conhecer outros lugares, brincar com meu filho, levá-lo para passear e sair para jantar com os amigos.

Tem alguma intenção de um dia voltar a jogar no Brasil, a exemplo de Ronaldo e Adriano, mesmo sabendo que aqui os salários são menores?

Átila Mathias, Rio de Janeiro (RJ)
Quando o jogador volta para o Brasil ele sabe que é uma outra realidade econômica e profissional. A curto e médio prazo não tenho a intenção de voltar. Talvez em um futuro mais distante.

É comum vermos jogadores xingarem e até brigarem em campo, mas você está sempre tranquilo. Nunca perde a paciência?

Leonardo C. Ferreira, São Paulo (SP)
Às vezes acontece. Durante o jogo, os nervos estão à flor da pele, mas acho que consegui desenvolver o domínio próprio de uma forma que consigo me controlar.

Pretende deixar o futebol um dia e virar pastor?

Billy Bob, Fortaleza (CE)
O que eu gosto é de transmitir para as pessoas aquilo que Deus tem feito na minha vida e que pode fazer na vida delas também. Hoje faço isso através do futebol. Quem sabe, um dia eu possa fazer isso através de um altar e uma igreja, pois eu gosto muito de estudar a Bíblia e conhecer sempre mais do poder Dele. Um dia, se Deus quiser, serei também pastor.

Revista Quem

FONTE: www.overbo.com.br

Perícia isenta Igreja Renascer por desabamento, diz advogado


O laudo do IC (Instituto de Criminalística) isentou a Igreja Renascer em Cristo de responsabilidade pelo desabamento do telhado da sua sede internacional, no Cambuci, no Centro de São Paulo, segundo o advogado da igreja, Luiz Flávio Borges D” Urso. O acidente ocorreu em 18 de janeiro deste ano e deixou nove mulheres mortas e mais de cem feridos.

Em nota divulgada pela igreja, Urso explicou que a Renascer contratou uma empresa de engenharia para reformar o telhado do templo após recomendação do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), em 1999. Um documento do IPT de fevereiro de 2000 indica que 14 tesouras - estruturas responsáveis pela sustentação das telhas - foram reforçadas com vigas metálicas.

Mas, segundo o advogado, o IC constatou que uma das tesouras não foi reparada adequadamente, induzindo a Renascer a uma “falsa sensação de segurança plena”. “A conclusão do laudo aponta esse vício oculto como fator preponderante que desencadeou o desabamento”. Urso acredita que essa informação vai mudar o rumo da investigação instaurada para descobrir os responsáveis pelo acidente.

Diário do Grande ABC

FONTE: www.overbo.com.br

Exame de DNA aponta que argentino teve 7 filhos com a própria filha


O homem apelidado de ‘Monstro de Mendoza’, um argentino de 67 anos que abusou sexualmente de suas filhas durante 20 anos, teve sete filhos-netos com a própria filha, segundo exame de DNA ordenado para confirmar a paternidade, informou nesta quarta-feira (27) uma fonte judicial.

Para avançar na investigação, a Justiça espera, agora, o resultado da perícia psiquiátrica efetuada em Armando Lucero, detido numa prisão de segurança máxima na cidade de Mendoza, a 1.000 km a oeste de Buenos Aires.

Lucero, que está em uma prisão de segurança máxima, é acusado de violar uma das filhas, hoje com 35 anos. Outra, de 40 anos, que está casada agora, contou à justiça que havia sido estuprada pelo pai quanto tinha 8 anos.

“Ele me violentou quando eu tinha 8 anos e cansou de me tocar durante muito tempo. Para esconder, me ofereceu dinheiro, mas não aceitei. Tudo era muito confuso”, disse a mulher, à imprensa de Mendoza, capital da província de mesmo nome (oeste).

O caso tem alguns aspectos em comum com o do austríaco Josef Fritzl, “O monstro de Amstetten”, de 73 anos, condenado em março à prisão perpétua pelo assassinato de um dos sete filhos-netos que teve com sua filha, que foi mantida trancafiada por 24 anos em um porão.

Lucero se negou a falar na segunda-feira (25) diante do juiz, mas ao sair do tribunal disse aos jornalistas: “Perdoem-me… não quero viver mais”.

As identidades das filhas de 35 e 40 anos do acusado ainda são mantidas em segredo judicial, segundo o procurador Marcelo Gutiérrez.

Lucero vive com sua filha de 35 anos, com os sete filhos-netos que teve com ela de idades entre 2 e 19 anos, com sua esposa -com quem teve sete filhos- e com a sogra de 84 anos.

A filha de 40 anos revelou que o ‘Monstro de Mendoza’ chamava as três filhas da família “para que mostrassem a ele os cadernos da escola, mas quando estava no banho”, em uma modesta casa de alvenaria no bairro Sección Cuarta de Mendoza.

De acordo com a versão da filha de 40 anos, Lucero ameaçava sua família com uma arma para que se mantivesse em silêncio.

G1

FONTE: www.overbo.com.br

Cardeal Cláudio Hummes pede punição para sacerdotes que cometerem abusos


CIDADE DO VATICANO — O cardeal brasileiro Claudio Hummes, prefeito da Congregação para o Clero do Vaticano, defendeu nesta quarta-feira que os sacerdotes envolvidos em “delitos” sejam “julgados e castigados”, em uma carta aberta na qual se refere indiretamente a casos de abuso sexual.

Na carta, divulgada no site da congregação vaticana, o prelado não menciona explicitamente os abusos sexuais, apesar de há uma semana uma investigação exaustiva ter revelado que milhares de crianças irlandesas sofreram sistematicamente abusos em orfanatos, escolas e reformatórios dirigidos pela Igreja Católica.

“É verdade que alguns sacerdotes estavam envolvidos em problemas graves e em situações delituosas”, escreveu o cardeal, arcebispo emérito de São Paulo.

“Obviamente é preciso continuar a investigação, porque eles devem ser julgados e castigados como se deve”, reconheceu.

Hummes ressaltou que os religiosos envolvidos nesses casos representam um “percentual muito pequeno do clero” porque a “grande maioria dos sacerdotes são pessoas dignas”, acrescentou.

Os “abusos sexuais” nas instituições infantis irlandesas foram “endêmicos” entre 1930 e 1990, indicou o relatório elaborado por uma comissão independente após quase 10 anos de investigações.

A maior autoridade da Igreja Católica da Irlanda, o cardeal Sean Brady, manifestou sua “profunda vergonha” pelo caso.

Há um mês, ao receber os indígenas do Canadá, o Papa também condenou os abusos cometidos contra esses povos pela Igreja Católica durante o século XX e pediu que esses comportamentos “não sejam tolerados”.

Desde o final do século XIX até 1970, mais de 150.000 crianças indígenas, mestiças e esquimós foram separadas de suas famílias e enviadas para orfanatos para serem “educadas” em escolas religiosas, católicas e de outras correntes, onde muitas delas foram vítimas de maus-tratos e de abusos sexuais.

Nos Estados Unidos, os escândalos por acusações de pedofilia custaram, em 2008, 436 milhões de dólares em indenizações às dioceses e às comunidades religiosas desse país por casos de abusos sexuais.

AFP

FONTE: www.overbo.com.br

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Indústria Pornográfica devia ser criminalizada


Em seu pronunciamento, durante a Audiência Pública que debateu os malefícios da Pornografia, na Câmara de Campo Grande, o coordenador da Campanha Nacional contra a Pedofilia no Brasil, Pastor Cláudio Rufino, iniciou sua palestra relatando os danos que a indústria pornográfica causa a sociedade Brasileira.

O evento organizado pelo Presidente desta Casa de Leis, vereador Paulo Siufi (PMDB), e pelo 2º vice-presidente, Lídio Lopes (PP), ocorreu na noite desta segunda-feira (18), dia em que se comemorou dois anos da Campanha Nacional contra a Pedofilia.

“A indústria pornografia deveria ser punida como tráfico organizado, pelos danos que ela causa a sociedade, só que poucos têm essa consciência. A ciência já comprovou que a pornografia vicia mais que entorpecente, entretanto, somos bombardeados diariamente por imagens obscenas, atingindo principalmente as crianças”, explica Cláudio Rufino.

O pastor diz ainda que tem uma preocupação muito grande com os malefícios da pedofilia, pois, ninguém nasce pedófilo, homossexual, bandido ou prostituta, isso é um processo de formação. As crianças são as mais atingidas, a cultura pornográfica está explícita em todo lugar, por meio, de propagandas, pela internet, por campanhas governamentais, entre outras.
Ao concluir, pastor Rufino afirmou que comprovadamente, a pornografia gera no ser humano a frustração sexual que, posteriormente resulta em crimes e alertou a população. “A pornografia é um dos principais causadores da prática de crimes, por isso, precisamos estar conscientes e compartilhar com os outros, quando mais imoralidade numa cidade, maior o índice de violência, disse Rufino”.

Campanha – A campanha, de âmbito nacional, começou em maio de 2007. A ideia surgiu quando o pastor Cláudio Rufino escrevia o livro “Batalha contra a pornografia”, lançado pela Editora Grei.

MS Notícias/Notícias Cristãs
_________________________________________________________
Para saber mais sobre a Pornografia – O CACP disponibiliza para você, por um preço especial, o seguinte produto:
Livro
- A Batalha Contra a Pornografia

FONTE: www.cacp.org.br

Homem que incorpora Dr. Fritz é condenado


O Tribunal de Justiça condenou Rubens de Faria Júnior, médium que diz incorporar o espírito do Doutor Fritz, médico alemão que teria ajudado inúmeras pessoas durante a 1ª Guerra Mundial, a pagar R$ 25 mil por danos morais ao serralheiro Guilherme Moreira. Segundo o processo, Guilherme foi vítima de uma cirurgia espiritual malsucedida ocorrida em novembro de 96.

Os desembargadores negaram recurso do médium e mantiveram a sentença.

Segundo o processo da 4ª Câmara Cível do TJ, Guilherme sofria fortes dores nas costas e por isso procurou atendimento no Hospital Geral de Nova Iguaçu. Como as dores não cessaram, o serralheiro se dirigiu então ao local onde Rubens costumava atender a milhares de pessoas.

Lesão permanente na medula, indicou laudo

De acordo com o TJ, o engenheiro pediu que ele levantasse a camisa, passou um líquido gelado na área dolorida e em seguida introduziu um objeto cortante na coluna do serralheiro, que, segundo testemunhas, tratava-se de uma tesoura. Guilherme ficou instantaneamente dormente da cintura para baixo, precisando ser amparado por outros “pacientes”.

“A culpa do réu resta provada diante dos fatos, laudos, testemunhos e documentos acostados aos autos. Os danos morais experimentados pelo autor são evidentes, na medida em que a dor, a vergonha e a frustração o fizeram constatar os efeitos negativos da incisão feita pela parte ré. Tais sentimentos são caracterizadores de intenso sofrimento de índole psicológica, passíveis de compensação pelo réu”, afirmou o relator do processo, desembargador Sidney Hartung. Pela decisão, além da indenização, Guilherme receberá também 70% do salário mínimo a título de pensão.

Postado por Alexandre Farias
_____________________________________________________________
Para saber mais sobre o Espiritismo – O CACP disponibiliza para você, por um preço especial, os seguintes produtos:
CD de Áudio
- CD de áudio (Pr. Natanael Rinaldi responde todas as questões levantadas pelo Kardecismo
DVDs:
- É Científico o Espiritismo: Prof. Paulo Cristiano mostra os erros e contradições de Allan Kardec em seu livro a Gênesis
- Facções Espíritas: O Prof. João Flávio explicita sobre três facões do espiritismo: Kardecismo, Candomblé e LBV – você descobrirá o que é comum a ambas
Apostila
- Um estudo contundente sobre o Espiritismo

FONTE: www.cacp.org.br

Irão: Autoridades detêm alegados "adoradores de Satanás" que bebiam o próprio sangue

As forças de segurança iranianas afirmam ter desmantelado uma seita de "adoradores de Satanás" que, ao que parece, bebiam o próprio sangue, informou segunda-feira a imprensa local.
Segundo a agência noticiosa iraniana Mehr, a operação realizou-se há dias na cidade meridional de Shiraz e levou à detenção de 104 pessoas, às quais foi apreendida uma grande quantidade de droga e de bebidas alcoólicas.
"Fazer um corte na pele e beber o próprio sangue era uma das práticas indecentes do grupo", informa a agência Mehr, citando o comandante do Corpo de Elite da Guarda Revolucionária em Shiraz, o coronel Abbas Hamedi.
Além disso, "promoviam uma conduta irreverente e contrária à religião", explicou o militar, acrescentando que os presumíveis adoradores do diabo estavam a ser investigados há um ano.
O Irão é, oficialmente, uma república islâmica e dispõe de um corpo especial incumbido de vigiar o respeito pela moral e bons costumes, sendo o consumo de álcool punido com vergastadas e o de drogas com a forca.

Lusa

FONTE:
Notícias Cristãs

Duas católicas morrem em explosão de bomba em uma igreja

Um grupo radical hindu reivindica o atentado.
Duas jovens católicas morreram e diversas pessoas ficaram feridas ao explodir uma bomba na igreja da Assunção, de Kathmandu, neste sábado, 23 de maio.
Cerca de 300 pessoas se encontravam nesse momento celebrando a Missa semanal no maior templo do sul da capital do Nepal, segundo recolhe a agência UCANews.
“A explosão foi tão forte, que várias pessoas saíram literalmente voando”, “quinze minutos após ter iniciado a missa”, explicou um fiel, Josh Niraula.
O sacerdote que presidia a missa, Pe. Silas Bogati, recordou a “horrível e triste” cena.
As falecidas são Celeste Joseph, de 15 anos, estudante da Escola de Meninas de Santa Maria de Kathmandu, e Deepa Patrick, uma indiana de quase 30 anos que estava de visita na cidade.
Outro fiel, Sunil Shrestha, explicou que as pessoas corriam no interior da igreja, enquanto “os feridos ficavam no chão, em meio ao sangue”. “Pude ouvir as mulheres e crianças chorando e pedindo ajuda aos gritos”, acrescentou.
“Não sabemos por que fomos atacados – afirmou o Pe. Bogati, diretor da Cáritas Nepal, consternado. A Igreja Católica sempre fez coisas boas para a sociedade no Nepal, nunca ferimos os sentimentos de nenhum grupo ou comunidade.”
Os explosivos, instalados em uma onda a pressão, eram tão potentes, que romperam um teto de vidro reforçado.
Segundo relatou uma testemunha à agência AsiaNews, uma mulher de meia idade, vestida de preto, foi quem colocou a bomba, que estourou quando a “estranha senhora” deixou a igreja.
Rapidamente, a polícia cercou a área e ajudou a levar rapidamente ao hospital os fiéis feridos, 8 deles graves e 3 em estado crítico.
Folhetos do grupo hindu “Exército de Defesa do Nepal” ficaram espalhados pela igreja. Este grupo foi culpado do assassinato do sacerdote salesiano Juan Prakash Moyalan, em Sirsiya, no leste do Nepal, no ano passado, e também havia ameaçado por telefone o Pe. Bogati há aproximadamente seis meses.
O grupo exige que o Nepal volte a ser oficialmente uma nação hinduísta. O país se declarou como Estado leigo em 2006, depois de que os protestos em massa forçaram o então rei Gyanendra Shah a abandonar o poder absoluto e a restaurar o parlamento que havia dissolvido em 2002.
Os 28,5 milhões de habitantes do Nepal são 80% hindus, 10% budistas e 4,2% muçulmanos. Os católicos são cerca de 10 mil.

Zenit

FONTE:
Notícias Cristãs

Adolescentes evangélicos morrem afogados em praia do Ceará

Três adolescentes morreram, no último domingo, na Praia do Cauípe, em Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza. Os adolescentes Alísson Ribeiro Soares, de 15 anos; Paulo Ricardo Nascimento, de 16; e Francisco Élvis da Silva, de 17, morreram afogados. O trio integrava um piquenique de uma Igreja Evangélica de Fortaleza.
Durante um mergulho, seis jovens foram arrastados pela correnteza. Salva-vidas conseguiram salvar três adolescentes, mas os outros três não puderam ser salvos.

Globo

FONTE:
Notícias Cristãs

Lixeiros egípcios sofrem dificuldades com abatimento de porcos

Os coletores de lixo de Cairo vivem em vizinhanças cheias de lixo. As crianças brincam com o lixo e no lixo, quanto não estão ajudando a separá-lo e coletá-lo. As mulheres sentam bem em cima do lixo, escolhendo comidas estragadas com suas mãos e atirando-as aos porcos, que vivem com eles na região.
É um mundo de odores chocantes e visões marcantes. Mas é o mundo deles, o mundo de zabaleen, centenas de pessoas que fizeram sua vida e uma comunidade coletando o lixo do Cairo e transformando-o em mercadoria.
Essa é a grande identidade deles, e a qual eles têm medo que o governo lhes tire.
“Não é um trabalho, é a vida”, disse Isat Naim Gindy, neto de um dos originais zabaleen do Cairo, que agora mantém uma organização sem fins lucrativos para ajudar a educar os filhos dos coletores de lixo.
O começo do que eles temem foi a reação do governo às notícias de que uma “gripe suína”, (rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), estava se espalhando pelo mundo. O Egito decidiu abater todos os seus porcos, cerca de 300 mil, embora não tenham ocorrido casos de “gripe suína” no Egito.
As agências internacionais rapidamente criticaram as autoridades, dizendo que os porcos não estavam espalhando a doença.
Mas o Egito não parar o grande abate de porcos. O governo prometeu que seria um processo humano, sacrificando os porcos de acordo com a lei islâmica e, então, congelando a carne. Mas jornalistas de um jornal egípcio, Al Masry Al Youm, seguiram caminhões que carregavam os porcos para o depósito de lixo. Enquanto filmavam, trabalhadores usavam um carregador para jogar as pilhas de animais vivos em enormes caminhões de lixo. Eles documentaram leitões sendo apunhalados e atirados em pilhas, grandes porcos sendo espancados com uma vara de metal, e suas carcaças sendo depositadas na areia.
A selvageria do abatimento despertou um clamor no Egito e ao redor do mundo.
Mas as mortes nunca pararam.
O governo disse que não estava mais agindo para prevenir a “gripe suína”, mas que esta era uma parte de um plano para limpar os zabaleen, para que finalmente vivam em boas condições sanitárias. O Egito já tentou isso antes. Há muitos anos, o governo tentou tirar os zabaleen dos negócios, após contratar companhias privadas para coletar o lixo. Mas os resíduos do Cairo superaram a capacidade das companhias, e pouco mudou para os zabaleen.
“Queremos que eles tenham uma vida melhor, tratada humanamente. É uma vida muito difícil”, disse Sabir Abdel Aziz Galal, chefe do departamento de doenças infecciosas no Ministério da Agricultura.
Então o governo surgiu com uma nova estratégia: matar os porcos.
Os zabaleen são cristãos. A maioria egípcia é muçulmana. Os zabaleen têm convicção de que o governo quer usar a gripe para assustar e não para ajudar a melhorar suas vidas, mas para banir os porcos do Egito. O Islã proíbe o consumo de carne de porco.
“No fim, o problema é que os porcos não são aceitos no Egito”, disse o reverendo Samaan Ibrahim, padre de uma das maiores vizinhanças de zabaleen, no Cairo.
Mas o que eles deviam fazer com todo o lixo orgânico apodrecendo que costumava a alimentar os porcos? Eles têm cabra, mas não o suficiente.
“Eles esperam que eu pague para que um carroceiro leve isso embora”, disse Faris Samir, 22, cuja família toda tem 33 homens, mulheres e crianças, perdeu sua renda quando a polícia veio e forçou-os a entregar seus 125 porcos. “Esqueça, eu jogarei o lixo em qualquer lugar”.
Como costuma ser o caso no Egito, essa crise começou com a decisão que veio inesperadamente, sem consulta e sem consideração pelo quão drástico seriam as consequências para as cerca de 400 mil pessoas de famílias zabaleen.

New York Times

FONTE:Notícias Cristãs

Adeptos protestantes espancam católico até à morte

Adeptos de futebol protestantes "festejaram" domingo a conquista do título escocês do Glasgow Rangers com o espancamento até à morte de um cidadão católico em Coleraine, em novo sangrento episódio de violência religiosa na Irlando do Norte.
Segundo a polícia, várias testemunhas disseram que mais de 20 adeptos do Glasgow Rangers, em que actua o português Pedro Mendes, envergando a camisola e cachecóis do clube, deslocaram-se ao bairro católico de Coleraine onde perpetraram o homicídio.
"Atacaram literalmente a primeira pessoa que surgiu no seu caminho", acusou Billy Leonard, um antigo polícia e político do partido nacionalista irlandês Sinn Fein, referindo-se a diversos carros cheios de extremistas anticatólicos armados.
Kevin McDaid, de 49 anos, foi mortalmente atacado, enquanto a sua esposa, Evelyn, e um vizinho de 46 anos, Damien Fleming, ficaram feridos, sendo que este está em estado crítico.
O reverendo protestante da cidade, Alan Johnston, disse que os adeptos do Glasgow Rangers beberam demasiado nos pubs de Coleraine enquanto assistiam ao jogo pela televisão e que depois atravessaram a ponte para a área católica, em Somerset Drive.
Um político católico, John Dallat, imputou a responsabilidade do ataque ao grupo paramilitar Associação de Defesa do Ulster.
O Glasgow Rangers é apoiado pela comunidade de protestantes ingleses na Irlanda do Norte, enquanto o rival Celtic, também de Glasgow, tem a sua base de suporte nos católicos irlandeses.

Jornal Record

FONTE: Notícias Cristãs

Alunos são proibidos de falar em cerimônia de formatura por causa de sua religião

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA - Os alunos do colégio Pace High School, na Flórida, estão protestando a retirada de dois colegas de classe que foram proibidos de falar em sua cerimônia de formatura por causa do medo de perseguição.

No início deste mês, um juiz decretou que os funcionários da escola de Santa Rosa parassem de expressar suas crenças pessoais em escolas públicas, atendendo às queixas prestadas por causa dos dois alunos.

“A liberdade religiosa é mais efetiva quando o governo fica fora da religião”, disse Benjamin Stevenson, um dos advogados que cuidaram do caso.

“Agora, os alunos e suas famílias podem se sentir à vontade para expressar sua religião, sabendo que os funcionários não poderão mais impor suas crenças particulares aos estudantes. Esse é um dia de vitória para Constituição e para a liberdade religiosa na Flórida”, acrescentou.

Como resultado do decreto, dois estudantes que falariam na cerimônia de formatura foram retirados da programação por causa da preocupação de que eles se referissem a suas religiões durante o discurso.

“O presidente do nosso corpo estudantil e o nosso representante de sala foram proibidos de falar em nossa formatura”, disse Carson Howton, veterano na escola Pace.

“Os líderes estudantis falarem na formatura é uma tradição em nossa escola”, diz.

De acordo com o superintendente Tim Wyrosdick, os dois oradores foram retirados como resultado das novas diretrizes desenvolvidas, que limitam os oradores aos discursos de despedida e de saudações.

“Precisamos ficar atentos para manter os procedimentos que evitarão quaisquer violações da lei”, afirma.

No entanto, os contrários à atitude tomada dizem que tais violações são infundadas, pois as ordens do juiz foram para os funcionários da escola, e não para os alunos.

De acordo com as diretrizes, os funcionários não podem realizar reuniões de oração ou escolher oradores que favoreçam um discurso religioso, ou orações. Como protesto pela retirada dos dois oradores, os alunos organizaram uma passeata de oração e uma reunião em uma igreja local.

Portas Abertas

FONTE: www.overbo.com.br