sábado, 7 de fevereiro de 2009

Evangélicos se unem combatendo pedofilia em grande evento


Evangélicos de várias partes do país vão se unir, no próximo dia 09, na Praia da Costa, em Vila Velha, para um manifesto contra a pedofilia. Além dos shows com cantores cristãos, o deputado federal Frank Aguiar e a dupla sertaneja Gean e Giovane completarão a noite do “Todos contra a Pedofilia”.

O evento é organizado pelo senador Magno Malta. Ele é presidente da CPI da Pedofilia no senado. Na ocasião, estarão presentes os cantores Fernanda Brum; Daniel e Samuel; Rayssa e Ravel; Rodrigo Maneiro; Tempero do Mundo; Cristina Mel; Gean e Giovani; Deputado federal Frank Aguiar; Netinho de Paula e outras atrações.

CPI

O senador Magno Malta (PR - Espírito Santo), presidente da CPI da Pornografia Infantil na Internet, mais conhecida como “CPI da Pedofilia” participou do 3º Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes comemorou a sanção do presidente Lula, que modificou os artigos 240 e 241 do Estatuto da Criança do Adolescente (ECA - Lei 8.069/1990)), que aumenta a punição tanto para pessoas que produzem , quanto para aquelas que armazenam material pornográfico infantil e disponibilizam em meio eletrônico como internet.

“Essa é uma etapa vencida”, disse ele durante coletiva à imprensa. Entretanto, ele quer muito mais e os próximos passos da CPI da Pedofilia serão propor uma série de mudanças no trato com o “abusador sexual”, que passam desde a tipificação de pedofilia como crime, no Código Penal Brasileiro; penalidade máxima e sem direito à progressão, até rastreamento eletrônico para o resto da vida, no caso de abusadores condenados, dentre muitas outras medidas que ele esperam serem aprovadas no Plenário, “pelo fato de a CPI ter o apoio de toda a sociedade brasileira” e o entendimento que o que está em questão é a defesa e proteção das crianças e adolescentes.

Vestindo uma camiseta na qual dizia “Todos Contra a Pedofilia”, Magno Malta conversou com a imprensa e explicou que o próximo passo da CPI será buscar a aprovação de uma série de propostas. Malta quer que o Código Penal tenha tipifique Pedofilia. Isso modifica, principalmente, o fato de pedofilia no Brasil ser considerada apenas uma doença e não um ato criminoso; uma outra lei proposta também a partir das investigações da CPI prevê que o sujeito que abusar sexualmente de criança e adolescente, de zero a 14 anos, tenha pena de 30 anos, sem direito a regime de progressão e rastreamento eletrônico - via pulseira - para o resto da vida.

FONTE: www.overbo.com.br

Preso homem que esfaqueou 3 por não gostar de ‘crente’

A Polícia Civil prendeu no dia (05) o homem que tentou matar um pastor evangélico e outras duas pessoas após um culto em Jardim, município que fica a 226 quilômetros de Campo Grande. O motivo alegado pelo autor do crime foi não gostar de ‘crente’.

Ele confessou o crime, e disse que o trabalho do pastor o deixava ‘perturbado e enfurecido’. Afirmou ainda acreditar que o pastor queria ‘tirar o demônio’ de seu corpo.

Marcelo Constâncio Dias Cavalheiro foi encontrado pela Polícia de Jardim na fazenda Três Capão, próximo ao distrito de Boqueirão.

Também conhecido como ‘Marcelo Lobisomem’, o homem atacou as vítimas logo após um culto realizado na igreja Missionária Tempo da Paz, localizada no distrito de Boqueirão.

Ele atingiu o pastor Antônio Luiz Pereira Borges com quatro facadas, nas costas, abdômen e no rosto. Em seguida, atacou também seu irmão, Wilson Benites Dias, de 47 anos, e a esposa dele. Antes de ir embora, ele teria ainda furado os quatro pneus do carro do pastor.

Vítimas – O pastor Antônio Luiz Pereira Borges, de 42 anos, afirma que mesmo depois de ter sido atacado por Marcelo, continuou recebendo ameaças dele por meio de pessoas que vivem na cidade. “Viver sob ameaça eu não quero”, reclama.

Para ele, o comportamento agressivo do homem representa um perigo para a população. “O que ele fez comigo, pode fazer com qualquer um”, afirma ele com a esperança de que Marcelo permaneça preso.

Ele conta que até hoje não sabe o motivo do ataque. A única explicação que teve foi a baseada em informações de familiares, de que o autor não gosta de evangélicos.

Antônio, que ainda não se recuperou dos ferimentos, espera que o autor pague pelo crime. “Eu não tenho nada contra esse rapaz, mas ele tem que pagar”, desabafa.

A reportagem do Campo Grande News procurou os familiares de Marcelo para falar sobre o caso, mas eles não querem dar nenhuma declaração.

Segundo a irmã do autor e de uma das vítimas, Selma Dias dos Santos, de 36 anos, Wilson está se recuperando dos ferimentos, mas não quer dar nenhuma declaração sobre o assunto. “A família está sofrendo muito com isso”, afirma ela.

Fonte: Campo Grande News

FONTE: www.overbo.com.br

Polícia de Chipre acha Bíblia antiga escrita na 'língua de Jesus'

Autoridades do norte do Chipre, região controlada pela etnia turca, afirmam ter apreendido uma Bíblia que poderia ter quase 2.000 anos após uma investigação contra traficantes de antiguidades. O códice está escrito em siríaco, dialeto aparentado ao aramaico falado por Jesus e pelos judeus da Palestina no século I de nossa era. A obra ainda precisa ser avaliada em detalhes por especialistas, mas alguns pesquisadores que tiveram acesso a fotos avaliam que a tinta dourada e a caligrafia sugerem uma idade mais recente, da Idade Média em diante.


Foto: Reuters

Caligrafia pode dar pistas para datar Bíblia (Foto: Reuters)

Foto: Reuters

Códice foi montado com pergaminho (Foto: Reuters)

G1

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Fiéis denunciam ameaças, assaltos e tentativa de estupro dentro de igreja


Nem um ambiente considerado solo sagrado pelos cristãos está sendo respeitado pelos criminosos em Maceió. Fiéis da Igreja Nossa Senhora do Rosário denunciam constantes ameaças, assaltos e até tentativa de estupro dentro e nas mediações da paróquia, situada na Rua do Sol, no Centro.
Uma estudante de 18 anos – que não quis divulgar o nome - revelou a equipe do Alagoas24Horas que por pouco não foi violentada dentro da igreja por um pedinte.
“O caso aconteceu ontem quando estava na igreja rezando. De repente percebo um homem sentando ao meu lado. Ele me pediu dinheiro, como disse que não tinha, falou que eu iria me arrepender. Então, começou a me agarrar, beijar e puxar a minha roupa. Graças a Deus, tive forças para me livrar dele e pedir socorro na sacristia. Foi quando uma senhora me ajudou e colocou o homem para fora da paróquia a vassouradas. Mas antes de sair, ele ainda me ameaçou, dizendo que tinha marcado o meu rosto. Uma equipe da PM realizou rondas pela região, mas ele não foi encontrado” contou a estudante ainda nervosa.
A estudante informou também que além do trauma vivido, naquela manhã de quinta-feira, ainda passa por dificuldades para conseguir fazer um retrato falado do criminoso na polícia.
“Estive na Delegacia da Mulher, no mesmo dia e fui informada que a equipe estava de plantão da Deplan III, no Jaraguá. Então, fui até lá, cheguei a fazer o boletim de ocorrência, mas os policiais disseram que como eu não sei quem era o acusado, os agentes não teriam a quem intimar, assim, o caso deveria ser registrado no 1º Distrito Policial. Hoje pela manhã esteve na delegacia indicada e o delegado conversou comigo e falou que o caso seria realmente de competência da Delegacia da Mulher. Acho isso uma falta de respeito, a pessoa é a vítima e ainda é jogada de uma delegacia para outra e nada é resolvido” desabafou.
O relato da vítima é confirmado pelos funcionários da igreja que ainda acrescentam que outros fiéis foram vítima da mesma pessoa. “Ele sempre aparece na paróquia pela manhã antes da missa. A prática é essa, pede dinheiro e os que se nega ele leva os pertences ou diz que vai matar. Em outras igrejas da redondeza, fiéis também foram lesados, como por exemplo, uma moça teve a bolsa levada e outra o celular. Ele é considerado o terror do Centro e achamos que pede dinheiro para comprar drogas. Estamos receosos também pelo fato de existir uma escola ao lado, as crianças também correm risco. O nosso medo é que ele apareça com um revólver e mate alguém” disse uma funcionária.
De acordo com o comandante do Centro de Maceió, Sargento Cardoso do 1° BPM, a denúncia foi feita apenas ontem, com o caso da jovem citada na matéria. Sargento Cardoso informou ainda que durante todo o dia, policiais militares ficaram de campana no local, mas o acusado não apareceu. Ainda conforme o sargento as rondas no local continuarão.
Segundo informações de testemunhas, o acusado seria moreno, magro, alto, barba por fazer, cabelo grande e de aparência suja.

Alagoas 24Horas

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Entidades repudiam ação de pastor da Universal


Fotógrafo impedido de realizar trabalho recebeu apoio de associações de jornalistas, jornais e advogados.

O profissional só foi libertado após policiais, acionados pelo jornal, comunicarem os funcionários do templo que, se não houvesse a liberação imediata, invadiriam o prédio e prenderiam os responsáveis.

Entidades que representam jornalistas, jornais e advogados manifestaram hoje (5); repúdio à atitude de um pastor e de seguranças da Igreja Universal do Reino de Deus da Avenida João Jorge, no Centro de Campinas, que mantiveram o repórter-fotográfico Gustavo Magnusson, da Rede Anhanguera de Comunicação (RAC), em cárcere privado durante cerca de 30 minutos ontem (4).
O fotógrafo registrava a queda de blocos de gesso que revestem o teto do templo quando foi abordado por seguranças e pelo pastor Carlos, que o ameaçaram e pediram a entrega do material fotográfico como condição para sua libertação. O profissional só foi libertado após policiais, acionados pelo jornal, comunicarem os funcionários do templo que, se não houvesse a liberação imediata, invadiriam o prédio e prenderiam os responsáveis.
Em nota oficial, o Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, a regional do sindicato em Campinas e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) repudiaram a tentativa de intimidação.
A nota alerta o Judiciário e o Superior Tribunal de Justiça sobre ações que se multiplicam a fim de inibir o trabalho de jornalistas no país. 'Ao agir desta forma a Igreja Universal não respeita os princípios democráticos que regem este país e, portanto, sua atitude não pode e não deve ficar impune', disse o texto.
A nota afirma ainda que o Sindicato dos Jornalistas, por meio da regional de Campinas, irá solicitar providências junto à Delegacia Seccional de Campinas.
A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Campinas, Tereza Dóro, também manifestou indignação com a atitude dos funcionários da Igreja Universal. De acordo com Tereza, igrejas são locais públicos, que devem ter a entrada livre quando estiverem de portas abertas. 'Houve abuso e uma atitude violenta. Isso não pode acontecer e deve ser denunciado', disse Tereza.
Para a Associação Nacional de Jornais (ANJ), o ato do pastor e dos seguranças é 'intolerável' . 'A ANJ manifesta, mais uma vez, sua indignação contra a atitude de pessoas que, a qualquer título, pretendam cercear os diretos de ir e vir de um cidadão, do livre exercício da profissão de jornalista e de a sociedade ser devidamente informada', afirmou o texto.

Laudo

A Prefeitura de Campinas interditou hoje a área da Igreja Universal do Reino de Deus da Avenida João Jorge em que caiu o revestimento de gesso do teto ontem (4).
A administração municipal deu prazo de cinco dias para que engenheiros responsáveis pelo templo façam reparos no local e apresentem um laudo que ateste a estabilidade e segurança do prédio. A queda do revestimento de gesso ocorreu ontem, por volta das 19h30. Na hora, cerca de 200 pessoas assistiam a um culto. Ninguém ficou ferido.
A reportagem da Agência Anhanguera de Notícias entrou em contato hoje (5), por telefone, com a Igreja Universal da Avenida João Jorge. Uma pessoa que se disse responsável pelo templo afirmou que não faria qualquer declaração. Perguntas enviadas por e-mail à assessoria de imprensa da igreja também não foram respondidas até o fechamento desta edição.

Cosmo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Equipamento permite fazer visualização de múmia de 3.000 anos em 3D


Estratégia não-invasiva permite estudo sem violar a urna funerária.
Técnica foi usada para analisar múmia egípcia de quase 3.000 anos.
Foto: Philips/Divulgação

A múmia de Meresamun, vista com equipamento de imageamento médico (Foto: Philips/Divulgação)

Uma múmia que ficou lacrada nos últimos 80 anos, com medo de ser danificada, finalmente pôde ser observada por pesquisadores americanos, graças a um avanço da medicina. Um novo aparelho de tomografia computadorizada em 3D, que foi originalmente projetado para ajudar a diagnosticar pacientes, permitiu que arqueólogos da Universidade de Chicago enxergassem o interior do sarcófago e encontrassem os restos de uma mulher com quase 3.000 anos.
A urna foi mantida intacta e lacrada pelos curadores do Museu Oriental da Universidade de Chicago por mais de 80 anos. Eles sempre relutaram em examinar a múmia com mais profundidade para não colocar em risco o valor histórico da descoberta e os adornos do sarcófago.
Os restos pertenciam a Meresamun, supostamente uma sacerdotisa em um templo em Tebas em 800 a.C. Os cientistas acreditam que as imagens tridimensionais obtidas pelo aparelho, fabricado pela empresa holandesa Philips, permitirão entender melhor sua vida, suas atividades e sua posição na antiga sociedade egípcia.

Foto: Philips/Divulgação

Urna contendo a múmia é colocada no aparelho de imageamento (Foto: Philips/Divulgação)


Foto: Philips/Divulgação

Equipamento permite visualização tridimencional do conteúdo da urna (Foto: Philips/Divulgação)

G1

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Família Obama ainda busca igreja para frequentar

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua mulher, Michelle, seguem buscando uma igreja para ir com regularidade em Washington, afirmou hoje a Casa Branca.
Em sua coletiva de imprensa diária, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, disse que os Obama chegaram a visitar algumas igrejas no período da posse presidencial, em 20 de janeiro.
No entanto, o porta-voz lembrou que o presidente e sua mulher gostariam de ter um pouco mais de tempo para decidir sobre o assunto.
Ao contrário de seu antecessor, George W. Bush, que ia com regularidade rezar aos domingos, desde que tomou posse Obama ainda não foi a uma igreja.
Obama, segundo Gibbs, sente falta de uma igreja para ir com regularidade.
O porta-voz disse ainda que, levando em conta os problemas econômicos do país, Obama provavelmente reza, embora não seja em uma igreja.

EFE/G1

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Berlusconi conclui decreto para impedir morte de mulher em coma

O governo italiano preparou o esboço de um decreto para impedir que seja suspensa a nutrição e a hidratação artificial de Eluana Englaro, como deseja a família dessa mulher em coma há 17 anos.
Ainda não está decidido, porém, se o decreto será apresentado ao Conselho de Ministros na reunião de sexta-feira, segundo uma fonte do Palácio Chigi, onde despacha o primeiro-ministro Silvio Berlusconi.
"O esboço está preparado", disse a fonte. Para ser enviado ao Conselho, o decreto deverá receber a aprovação do presidente da República, Giorgio Napolitano.
Paralelamente, a promotoria de Udine (norte) anunciou uma investigação sobre a situação da mulher, internada há alguns dias em uma clínica dessa cidade, a única em todo o país que aceitou recebê-la para desligar o tubo que a alimenta, conforme autorização judicial.
O governo italiano e a Igreja se manifestaram contra a possibilidade de que deixem Englaro morrer, e o caso divide profundamente a opinião pública. O pai dela, Beppino Englaro, disse que, antes de sofrer o acidente que a deixou em estado vegetativo, em 1992, sua filha manifestara a vontade de morrer em lugar de ficar nessa situação.
Na quarta-feira, Berlusconi afirmou que o governo buscava uma forma de intervir no caso, hipótese depois rejeitada pela ministra do Meio Ambiente, Stefania Prestigiacomo, que disse à edição de quinta-feira do Corriere della Será: "Não acho que o governo deve intervir".
Na terça-feira, a mulher foi transferida de ambulância da clínica Lecco, onde passou vários anos, para a clínica La Quiete, de Udine, cuja idoneidade foi posta em dúvida na quarta-feira pelo ministro da Saúde, Maurizio Sacconi.
Em meados de janeiro, outra clínica de Udine rejeitou a paciente depois que Sacconi ameaçou realizar o procedimento, equiparado pela Igreja a uma forma de eutanásia, prática proibida na Itália.

Reuters Brasil

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Direito à vaga em concurso

Passou em concurso e não foi chamado para assumir a vaga? Veja o que fazer

Decisão do STJ que garantiu posse a uma aprovada abriu precedente a outros tribunais.

Especialistas dão orientações sobre procedimentos para quem está na mesma situação.

A aprovação no concurso público é uma conquista para quem passou meses ou anos estudando para ser contratado como servidor público. Mas a espera para assumir uma vaga pode levar até quatro anos – tempo máximo de validade de um concurso público. E não basta ser aprovado dentro do número de vagas oferecido: em muitos casos, a nomeação simplesmente pode não acontecer.

Não há uma lei específica que regulamente concursos públicos e obrigue os órgãos públicos a dar posse a todos os aprovados no país. A única solução é ir à Justiça.

Entretanto, uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que garantiu a posse a uma aprovada em concurso público dentro do número de vagas previsto no edital pode servir de orientação para outros tribunais do país, segundo o próprio STJ e especialistas ouvidos pelo G1.

a) Procure um advogado, de preferência na área de direito administrativo, ou da área civil. Se não tiver recursos financeiros, procure a Defensoria Pública de seu estado, que presta orientação jurídica gratuita, ou outros colegas na mesma situação para dividir as despesas.

b) O candidato só pode requisitar a vaga na Justiça se ele estiver classificado dentro do número de vagas previsto no concurso. O advogado só pode entrar com mandado de segurança na Justiça antes do fim da validade do concurso, incluindo a prorrogação. O mandado de segurança não vale para concursos para cadastro de reserva.

c) Fique atento ao prazo de validade do concurso e se ele será prorrogado. Concursos podem ter duração de 60 dias (área fiscal) a dois anos (a maioria), sendo prorrogáveis pelo mesmo período. Para ter certeza, um mês antes do final da validade, procure o setor de concursos do órgão para o qual está concorrendo à vaga.

d) A Associação Nacional de Apoio e Proteção aos Concursos presta orientação jurídica gratuita e indica profissionais que podem ingressar com ações na Justiça. Um advogado atende às quartas-feiras, das 10h30 às 16h30, na sede da entidade no Rio de Janeiro. Mas é preciso fazer o agendamento antes pelo telefone (21) 2262-9562.

Maria de Fátima Melo Ribeiro passou em 65º lugar no concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo em 2004. O edital previa 98 vagas. Portanto, ela deu como certo que seria nomeada. No entanto, até hoje, o TJ-SP chamou apenas oito aprovados.

Maria de Fátima procurou a advogada Valéria Lúcia de Carvalho Santos, que elaborou uma carta pedindo ao presidente do Tribunal a nomeação de sua cliente. Isso foi feito um mês antes de expirar a validade do concurso. Com a negativa do presidente, cujo argumento foi falta de verba e de necessidade de contratação, no último dia de validade do processo seletivo, a advogada entrou com mandado de segurança no TJ-SP contra a decisão. Após vários recursos, o caso foi parar no STJ em novembro de 2005.

O julgamento terminou em dezembro de 2007. Com três votos favoráveis e dois contra dos ministros da 6ª Turma do STJ, Maria de Fátima conseguiu que o tribunal decidisse pelo reconhecimento de seu direito à nomeação como oficial de Justiça. Essa decisão significa que o candidato aprovado em concurso público dentro do número de vagas previstas em edital possui direito à nomeação. Maria de Fátima poderá tomar posse como oficial de Justiça da 1ª Circunscrição Judiciária, na Comarca de Santos (SP).

Jurisprudência

De acordo com a assessoria de imprensa do STJ, a decisão abre um precedente e pode se tornar jurisprudência, ou seja, tornar-se referência para as próximas decisões sobre casos semelhantes.

Para Wilson Granjeiro, professor de direito administrativo há 20 anos, a decisão certamente terá importantes reflexos daqui por diante na conduta dos juízes e dos tribunais que analisarem o mesmo tipo de processo. “Se o candidato está classificado dentro do número de vagas ele tem direito líquido e certo à nomeação. Ele pode conseguir a nomeação mesmo que no edital esteja especificado que o órgão se reserve o direito de chamar o número parcial ou total de aprovados.”

Cadastro de reserva

Granjeiro alerta que, no caso de concursos que prevêem vagas para cadastro de reserva, não há como entrar na Justiça para garantir a vaga. “Por isso mesmo muitos órgãos fazem concurso para formação de cadastro”, diz. “É preciso uma lei que regulamente os concursos públicos e que obrigue todos os editais a terem especificado o número de vagas."

Para advogada que representou a candidata que conquistou a vaga na Justiça, está havendo uma tendência nos editais de ser divulgado o menor número de vagas possível para não ter de convocar todo mundo.

“Um exemplo disso são os inúmeros concursos que são feitos para formação de cadastro de reserva. E em outros editais vem especificado que o órgão só irá chamar os aprovados conforme a necessidade. Os órgãos públicos alegam que deixam de nomear por falta de verba, mas quando o edital é elaborado já é verificado se há previsão orçamentária para contratação. Esse inclusive foi um dos argumentos usados por um dos ministros do STJ para dar parecer favorável à minha cliente.”

Validade do concurso

Valéria lembra que o advogado só pode entrar com mandado de segurança na Justiça antes que a validade do concurso termine. Os concursos começam a valer a partir do resultado final (homologação), com a publicação da lista dos aprovados, e vai até o final do período da prorrogação.

Mas a advogada alerta: nem todos os concursos têm a validade prorrogada. “Nem sempre os órgãos prorrogam, por isso o candidato deve checar um mês antes do final da validade se haverá prorrogação. Para isso, ele tem de ir ao próprio órgão para o qual está concorrendo à vaga e procurar o setor de concursos.”

Segundo Granjeiro, os candidatos aprovados e não convocados devem procurar advogados da área de direito administrativo. Os advogados devem entrar mandado de segurança na Justiça, levando em conta a esfera na qual foi realizado o concurso – comum no caso do poder municipal, estadual e federal para as respectivas esferas do Executivo.

Para dividir as despesas, Granjeiro sugere que os candidatos prejudicados entrem com a medida judicial com outros colegas que estejam na mesma situação para dividir as despesas. E alerta: o processo leva anos e é preciso muita paciência.

Mudança

Carlos Eduardo Guerra, presidente da Associação Nacional de Apoio e Proteção aos Concursos e professor de direito civil, diz acreditar que a decisão sobre Maria de Fátima é histórica e mudará uma doutrina tradicional. “(Hoje), o edital é como se fosse o anúncio de um emprego e cria-se uma mera expectativa no candidato. Mas a administração pública pode mudar a sua decisão sobre a nomeação. Por isso, o aprovado não tem o direito porque depende da vontade da administração. Essa decisão é o início de uma mudança."

Mas ele ressalva que a decisão do STJ não significa que todos os tribunais irão seguir a tendência. “O STJ teve esse pensamento, e esperamos que os demais tribunais pensem da mesma forma. Infelizmente, não há uma lei para reger os concursos públicos."

Guerra lembra ainda que a Justiça no Brasil é morosa. “Poucos processos parecidos com este chegam até a última instância porque muitas pessoas acabam desanimando por causa da longa espera. Se a administração pública cumprisse com suas decisões não seria preciso ir à Justiça."

Orientação gratuita

Ele lembra que os candidatos podem procurar as Defensorias Públicas em seus estados para entrar com o mandado de segurança. O serviço, nesse caso, é gratuito.

A Associação Nacional de Apoio e Proteção aos Concursos também presta orientação jurídica gratuita aos candidatos e indica profissionais que podem ingressar com ações na Justiça. Um advogado atende às quartas-feiras, das 10h30 às 16h30, na sede da entidade no Rio de Janeiro. Mas é preciso fazer o agendamento antes pelo telefone (21) 2262-9562. O site da associação é www.anpac.org.br.

Fontes: http://g1.globo.com/
Valéria Lúcia de Carvalho Santos, Wilson Granjeiro e Carlos Eduardo Guerra.

Coca-Cola ainda não pensa em nacionalizar o Guaraná Jesus


PATRIMÔNIO DO MARANHÃO

Ainda não está nos planos da Coca-Cola nacionalizar o Guaraná Jesus, como muitos pensaram durante a campanha para escolha da nova embalagem do refrigerante, realizada no final do ano passado. A dúvida foi esclarecida pelos diretores do grupo Renosa, Nilson Roberto Tagliari e Ramos Neto, em visita à redação do Jornal Pequeno, na manhã de ontem, 5.
Segundo Nilson Tagliari, gerente do grupo no Maranhão, o que vai acontecer é uma renovação sem mudança, se referindo à nova embalagem do refrigerante que trás a figura dos tradicionais azulejos maranhenses. Ele disse que o Guaraná Jesus tem uma identidade principalmente com São Luís, e se for nacionalizada pode perder essa relação existente desde o ano de 1920, quando foi criada pelo químico Norberto Jesus. "A Coca-Cola detém a marca e o Maranhão detém o patrimônio", ressaltou Nilson Tagliari.
Renosa - O grupo Renosa, com sede no estado do Mato Grosso, se instalou no Maranhão em 23 de maio de 2006, quando adquiriu o direito de fabricar e distribuir os produtos da Coca-Cola. O diretor organizacional do grupo, Ramos Neto, disse que nesses quase três anos foi possível duplicar a produção para quatrocentos milhões de litros por ano, além de dobrar a frota de quarenta para oitenta caminhões e comprar cento e trinta motos próprias, pois antes os seus funcionários trabalhavam com as motocicletas deles.
Outro destaque, segundo Ramos, foi a volta da diretoria da empresa para o prédio localizado no bairro Outeiro da Cruz, assim como o serviço de distribuição. Eles também destacou os investimentos voltados para os seus clientes, como o fornecimento de geladeiras e vasilhames, resultando em R$ 100 milhões desde a chegada do grupo no Maranhão.

Jornal Pequeno

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Cantor gospel decide casar com personal trainer


"Menti, pois o medo chegou até a mim. Menti, pois a solidão parecia ser o meu fim. Uma dor no meu coração me fez resistir a todos preconceitos e conceitos que eu aprendi. Não sou mais um excluído. Eis me aqui."
Esse é um trecho da canção de trabalho ("Em Espírito e com Verdade") do cantor gospel carioca Jeff Moraes, de 27 anos. Aos 18, ele fez filme pornô, se prostituiu e agora é frequentador de uma igreja evangélica com foco GLS (Igreja Cristã Contemporânea).
Além de cuidar do novo CD e do trabalho de caridade com vítimas da Aids, Jeff também se prepara para casar com o personal trainer espanhol Yollito Netto. Relação com mulheres? Yollito tem um filho. Jeff é pai de trigêmeos.

Destaques GLS - Sua música aborda tabus no meio evangélico, como a homossexualidade. Há perseguição ao gênero "gospel gay"?

Jeff Moraes - Os pastores dizem que sou usado pelo diabo. Eles não querem ouvir ninguém, impõem que estão certos e ponto final. Me libertei da mentira pregada nas igrejas. Sou um servo de Deus sem máscaras.

Destaques GLS - Como sua música pode ajudar a combater a homofobia nas igrejas?
Jeff Moraes - Cantei a música "Em Espírito e com Verdade" numa festa de 15 anos. Depois a aniversariamente me ligou para dizer que sua amiga lésbica da escola se converteu após me ouvir. A letra fala sobre um jovem que mentiu para esconder do mundo que ele é gay com medo da solidão, com medo dos pais e descobre dentro de si o potencial de Deus para espalhar a paz aos que sofrem.
Quando visito igrejas tradicionais em eventos fechados ou shows, pastores ficam curiosos em saber o que canto, o que prego e como são nossos cultos. Eles não sabem lidar com os gays de sua igreja.
A dificuldade é chegar dentro das igrejas tradicionais. A internet é uma grande aliada para divulgar o gospel gay, bem como o envio de trechos das músicas via celular. Meu público-alvo é quem desconhece as canções de louvor inclusivas, com mensagens de amor que o público gay gostaria de ouvir na igreja.

Destaques GLS - Você freqüenta parada gay?

Jeff Moraes - Sim, por todo o Brasil. Chego dias antes, passo pelas igrejas e ONGs para levar a palavra inclusiva e fazendo assim algumas alianças. Há ainda pessoas que vão à parada gay para fazer a diferença. No ano passado, minha mãe me acompanhou no evento de oração pelas nações, antes do início da parada gay em Copacabana, onde cantei três músicas. Mas ela viu também uma cena que marcou sua mente: três rapazes fazendo sexo oral simultaneamente ao ar livre em plena parada gay. Ela comentou comigo sobe a imensa diferença das pessoas no evento.

Destaques GLS - É verdade que você já fez filme pornô?
Jeff Moraes - Sim. Era muito jovem, 18 anos, sem emprego, sem lar para morar. Na época, tinha sido expulso da família. A prostituição foi a única porta que se abriu. Eram filmes quase caseiros com rapazes brasileiros, era um filão há 10 anos. O produtor aproveitou meu histórico evangélico para batizar os filmes ("Na Cama com o Pastor", "Por Trás do Púlpito"). Quando retornei ao meio evangélico, acabei tendo um relacionamento com um pastor evangélico tradicional famoso, casado com uma famosa pastora evangélica. Eu era seu acompanhante em viagens missionárias. Ele me pagava para ser exclusivo. Também fiquei com um famoso cantor evangélico brasileiro, que me conheceu após ver os meus filmes.

Destaques GLS - Em que trabalho social você atua hoje?
Jeff Moraes - Levo nas madrugadas camisinhas, lanches e folhetos evangélicos aos travestis e garotos de programa que atuam na noite. Também ajudo crianças órfãs de pais com HIV em Cabo Frio, com cestas básicas e outros produtos. Muitos amigos, atores e cantores também abraçam essa causa. O povo brasileiro é solidário e o público gay muito assim.

Destaques GLS - E quando você vai casar com o personal trainer?
Jeff Moraes - No fim deste ano. Vamos apresentar nossa união a Deus diante de nossa comunidade cristã em comemoração à nossa convivência de paz, cumplicidade e amor numa cerimônia com muita música. Não será um casamento para ser colocado num álbum de recordação para ser guardado em casa, dentro da estante. Serão instantes com Deus, onde todos que forem irão ver que é possível ser feliz, casar e ser amado diante de Deus, mesmo sendo gay.


A Capa

NOTA PESSOAL: ELE TEM É QUE LER A BÍBLIA SEM DISTORCER A PALAVRA DE DEUS!!! É, JESUS ESTÁ VOLTANDO MESMO!!!

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Recém convertidos são presos por trocarem de religião

Por ordem do comissário Gonzalo Jiménez Luna, da comunidade 20 de Novembro, no município de Las Margaritas, oito indígenas foram presos por mudarem de religião e ingressaram em igrejas evangélicas.
Os oito indígenas tojolabales terão que pagar uma multa, ainda não especificada, para serem soltos. Um dos acordos na comunidade é que ninguém pode mudar de religião sem a permissão da autoridade local, já que todos os moradores da vila professam a fé católica, apesar da forte presença evangélica na região.
Arnulfo Jiménez González, Vinicio González López, Elías Jiménez Jiménez, Octavio Vázquez Perez, Arturo Jiménez Pérez, Santiago Pérez López, Jaime González Luna y Demetrio Jiménez, declararam que decidiram, sem sofrer qualquer tipo de pressão, professar a fé evangélica.
Outra condição para que os oito sejam libertados é que assinem documento renunciando definitivamente participarem de reuniões dos evangélicos e paguem suas cotas para as festividades católicas do lugar. A quota equivale a 700 pesos, cerca de 50 dólares, por família.

ALC

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Igreja não deixa Regininha Poltergeist cantar 'Kátia Flávia'


Loira não pode falar na 'louraça belzebu', diz jornal.
Em entrevista ao jornal "Extra" desta quinta-feira, 5, a atriz e cantora Regininha Poltergeist conta que se converteu à igreja evangélica Bola de Neve, também frequentada pela ex-policial Marinara.
"Ela foi madrinha do meu batismo", diz a moça, que não se arrepende dos incontáveis ensaios em revistas masculinas e dos três filmes pornôs que tem no currículo.
"Não me arrependo. Só que eu não posso e não quero mais cantar aquela música "Kátia Flávia" porque fala da louraça belzebu", diz, completando: "Eu gostaria mesmo é de cantar músicas para Jesus. Ele mudou minha vida".

EGO

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

No bicentenário de Darwin, dinossauros passeiam pelo Éden em museu americano

No vasto espaço de um museu nos Estados Unidos, um grupo de missionários que combate a teoria da evolução de Darwin reproduziu o ambiente do Gênesis bíblico em uma exposição, na qual dinossauros convivem em perfeita harmonia com Adão e Eva no Jardim do Éden.

"O que estamos tentando fazer aqui é deixar as pessoas terem acesso a informações que são amplamente censuradas do público, e certamente censuradas nas escolas públicas dos EUA, onde a evolução é ensinada como um fato", disse o co-fundador do museu criacionista, Ken Ham.

O Museu da Criação, uma iniciativa de 27 milhões de dólares, tem como objetivo principal dar vida à Bíblia e seus relatos, aproximando-os das pessoas. "Preparem-se para acreditar", diz o folheto entregue aos visitantes na entrada da exposição.

Para isso, seus idealizadores fazem um desafio direto às teorias da evolução do ser humano desenvolvidas pelo naturalista britânico Charles Darwin, nascido 200 anos atrás, em 12 de fevereiro de 1809.
No livro "A origem das espécies", publicado em 1859, Darwin estabeleceu um marco na ciência, ao expor suas idéias sobre a evolução através da seleção natural. Ao mesmo tempo, lançou um desafio àqueles que acreditam em uma interpretação literal das escrituras, afirmando que Deus criou o mundo e todas as espécies em seis dias.
"As pessoas discutem as origens do universo, mas nós não estávamos lá. Ninguém viu o Big Bang", argumenta Ham, um missionário australiano e ex-professor de biologia radicado nos Estados Unidos. Ele admite que os criacionistas têm um longo e árduo caminho pela frente.
"Nos Estados Unidos, você não tem liberdade acadêmica nas escolas do governo, eles expulsaram Deus e a Bíblia e redefiniram a ciência como naturalismo", disse à AFP. "Em outras palavras, tudo precisa ser explicado por processos naturais. Isso, na verdade, é uma postura religiosa. É a religião do ateísmo".
Além disso, Ham alega que, ao contrário do que muitos pensam, as evidências da natureza na verdade apóiam a teoria criacionista.
"Um evolucionista e um criacionista possuem crenças diferentes, e ambos possuem posturas religiosas diferentes. Mas nós utilizamos a mesma ciência de observação para confirmar nossas posições", afirmou.
"A evolução tenta confirmar a evolução, nós não negamos isso. O que nós dizemos é que ela confirma a descrição bíblica da criação. Eles dizem que não", acrescentou o missionário.
Os dinossouros povoaram a Terra por milhões de anos, mas foram extintos cerca de 65 milhões de anos atrás, muito antes da aparição dos primeiros seres humanos, há aproximadamente 200.000 anos.
Entretanto, uma vez dentro dos 6.500 metros quadrados do exuberante complexo do Museu da Criação, dinossauros ''animatronics'' caminham ao lado de exemplares de Homo sapiens, em cenários criados por Patrick Marsh, diretor de arte responsável pelas atrações dos filmes "King Kong" e "Tubarão" no parque temático da Universal Studios, na Flórida.
Ao todo, 160 cenas e explicações recriam os relatos do Velho Testamento. Há um Jardim do Éden completo, com a árvore do conhecimento e a serpente tentando Adão e Eva. Caminhando pelo Vale das Sombras, os visitantes vêem as conseqüências da queda do homem.
Há também uma representação da Arca de Noé, com os animais embarcando para escapar do Grande Dilúvio, além de um planetário que leva os visitantes aos confins do universo.
Apesar de muito criticado pela comunidade científica, que acusa os criacionistas de disfarçarem suas crenças com o conceito de ''design inteligente'' e tentarem inflitrar o criacionismo nas escolas americanas, o Museu da Criação afirma já ter recebido mais de 500.000 visitantes desde 2007, quando foi inaugurado.
Para marcar o bicentenário de Darwin, o Museu da Criação dedicou a última edição de sua revista quinzenal "Answers" ("Respostas") ao naturalista britânico e à revolução que suas teorias causaram no mundo científico.
A publicação, que conta com 50.000 assinantes, insiste em dizer que, se Darwin tivesse enquadrado suas descobertas, feitas ao longo de anos de pesquisa em vários lugares do mundo, sob uma perspectiva bíblica, certamente teria chegado a conclusões bastante diferentes.
"Vim aqui porque esse museu diz a verdade sobre o criacionismo", disse Kelly Page, de Buffalo, Nova York, que viajou ao Kentucky com a mulher e os dois filhos pequenos. "Você não pode ter a evolução e Deus".
No Museu da Criação, os dinossauros são apresentados como mais uma criação de Deus, que escaparam do dilúvio na Arca de Noé. Alguns visitantes acreditam que eles eram apenas lagartos grandes, que não existem mais.
Robert Carr, executivo aposentado e colaborador do museu, afirma que, nos primeiros dias do universo, o tempo passava de maneira diferente.
"Quando o universo era menor, o efeito gravitacional era enorme, e o tempo na Terra passava um bilhão de vezes mais devagar", estima Carr. "Isso explicaria porque Deus criou a Terra em apenas seis dias".

AFP/Terra

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Cristãos britânicos revidam campanha de ateus em autocarros públicos

Londres, - Um grupo cristão britânico vai lançar, na próxima segunda-feira, uma campanha publicitária “pró-Deus” nos autocarros públicos de Londres, reagindo a uma iniciativa similar lançada há algumas semanas por militantes ateus, que proclamava que “provavelmente, Deus não existe”.

A campanha cristã, que deve durar duas semanas, foi organizada pela Trinitarian Bible Society, que publica a Bíblia em vários idiomas há mais de 150 anos.

Cartazes com versículos da Bíblia serão afixados em 183 autocarros públicos londrinos, com explicações sobre como conseguir uma Bíblia gratuita.

O secretário-geral-adjunto da Trinitarian Bible Society, David Larlham, disse que a campanha custou 45 mil dólares e que sua organização já espalhou trechos da Bíblia nas estações de transportes públicos.

No início de Janeiro, um grupo de ateus promoveu uma campanha em 800 autocarros públicos e nas estações dos nos caminhos-de-ferro de Londres, com o apoio da Associação Humanista Britânica (BHA), cujo slogan era: “Provavelmente, Deus não existe. Então, pare de se preocupar e aproveite a vida”.

Fonte:Portalangop

FONTE: www.overbo.com.br

Exposição combate teoria da evolução de Darwin nos EUA

No vasto espaço de um museu nos Estados Unidos, um grupo de missionários que combate a teoria da evolução de Darwin reproduziu o ambiente do Gênesis bíblico em uma exposição, na qual dinossauros convivem em perfeita harmonia com Adão e Eva no Jardim do Éden.

O Museu da Criação, uma iniciativa de US$ 27 milhões, tem como objetivo principal dar vida à Bíblia e seus relatos, aproximando-os das pessoas. “Preparem-se para acreditar”, diz o folheto entregue aos visitantes na entrada da exposição.

“O que estamos tentando fazer aqui é deixar as pessoas terem acesso a informações que são amplamente censuradas do público, e certamente censuradas nas escolas públicas dos EUA, onde a evolução é ensinada como um fato”, disse o co-fundador do museu criacionista, Ken Ham.

Para isso, seus idealizadores fazem um desafio direto às teorias da evolução do ser humano desenvolvidas pelo naturalista britânico Charles Darwin, nascido 200 anos atrás, em 12 de fevereiro de 1809. No livro “A origem das espécies”, publicado em 1859, Darwin estabeleceu um marco na ciência, ao expor suas idéias sobre a evolução através da seleção natural.

Ao mesmo tempo, lançou um desafio àqueles que acreditam em uma interpretação literal das escrituras, afirmando que Deus criou o mundo e todas as espécies em seis dias. “As pessoas discutem as origens do universo, mas nós não estávamos lá. Ninguém viu o Big Bang”, argumenta Ham, um missionário australiano e ex-professor de biologia radicado nos Estados Unidos. Ele admite que os criacionistas têm um longo e árduo caminho pela frente.

“Nos Estados Unidos, você não tem liberdade acadêmica nas escolas do governo, eles expulsaram Deus e a Bíblia e redefiniram a ciência como naturalismo”, disse. “Em outras palavras, tudo precisa ser explicado por processos naturais. Isso, na verdade, é uma postura religiosa. É a religião do ateísmo”. Além disso, Ham alega que, ao contrário do que muitos pensam, as evidências da natureza na verdade apóiam a teoria criacionista.

“Um evolucionista e um criacionista possuem crenças diferentes, e ambos possuem posturas religiosas diferentes. Mas nós utilizamos a mesma ciência de observação para confirmar nossas posições”, afirmou. “A evolução tenta confirmar a evolução, nós não negamos isso. O que nós dizemos é que ela confirma a descrição bíblica da criação. Eles dizem que não”, acrescentou o missionário.

Os dinossouros povoaram a Terra por milhões de anos, mas foram extintos cerca de 65 milhões de anos atrás, muito antes da aparição dos primeiros seres humanos, há aproximadamente 200 mil anos. Entretanto, uma vez dentro dos 6,5 mil m² do exuberante complexo do Museu da Criação, dinossauros ‘animatronics’ caminham ao lado de exemplares de Homo sapiens, em cenários criados por Patrick Marsh, diretor de arte responsável pelas atrações dos filmes King Kong e Tubarão no parque temático da Universal Studios, na Flórida.

Ao todo, 160 cenas e explicações recriam os relatos do Velho Testamento. Há um Jardim do Éden completo, com a árvore do conhecimento e a serpente tentando Adão e Eva. Caminhando pelo Vale das Sombras, os visitantes vêem as conseqüências da queda do homem. Há também uma representação da Arca de Noé, com os animais embarcando para escapar do Grande Dilúvio, além de um planetário que leva os visitantes aos confins do universo.

Apesar de muito criticado pela comunidade científica, que acusa os criacionistas de disfarçarem suas crenças com o conceito de ‘design inteligente’ e tentarem inflitrar o criacionismo nas escolas americanas, o Museu da Criação afirma já ter recebido mais de 500 mil visitantes desde 2007, quando foi inaugurado.

Para marcar o bicentenário de Darwin, o Museu da Criação dedicou a última edição de sua revista quinzenal Answers (”Respostas”) ao naturalista britânico e à revolução que suas teorias causaram no mundo científico. A publicação, que conta com 50 mil assinantes, insiste em dizer que, se Darwin tivesse enquadrado suas descobertas, feitas ao longo de anos de pesquisa em vários lugares do mundo, sob uma perspectiva bíblica, certamente teria chegado a conclusões bastante diferentes.

“Vim aqui porque esse museu diz a verdade sobre o criacionismo”, disse Kelly Page, de Buffalo, Nova York, que viajou ao Kentucky com a mulher e os dois filhos pequenos. “Você não pode ter a evolução e Deus”. No Museu da Criação, os dinossauros são apresentados como mais uma criação de Deus, que escaparam do dilúvio na Arca de Noé. Alguns visitantes acreditam que eles eram apenas lagartos grandes, que não existem mais.

Robert Carr, executivo aposentado e colaborador do museu, afirma que, nos primeiros dias do universo, o tempo passava de maneira diferente. “Quando o universo era menor, o efeito gravitacional era enorme, e o tempo na Terra passava um bilhão de vezes mais devagar”, estima Carr. “Isso explicaria porque Deus criou a Terra em apenas seis dias”.

Fonte:Terra

FONTE: www.overbo.com.br

Obama deve criar órgão para lidar com religiões


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, informou hoje que estabelecerá na Casa Branca um escritório que não mostrará favoritismo com qualquer grupo religioso e aderirá à estrita separação entre igreja e Estado. Obama deve firmar ainda hoje uma ordem executiva criando o escritório que tratará entre outras coisas dos assuntos ligados à religião. O órgão deve expandir e alterar o foco do escritório criado pelo ex-presidente George W. Bush. Obama disse que nenhuma religião será favorecida.

Falando durante o Café da Manhã Nacional dos Fiéis, Obama lembrou como a fé tem causado divisões, guerras e preconceitos. Porém, ele afirmou que não há religião cuja doutrina principal seja o “ódio” e todas as religiões devem ensinar às pessoas sobre o amor e os cuidados uns com os outros. Obama falou também sobre sua experiência pessoal, filho de um pai nascido muçulmano e de uma mãe cética em relação a religiões organizadas. Também lembrou a decisão de, quando um jovem adulto, adotar o cristianismo protestante.

Fonte:Estadao

FONTE: www.overbo.com.br

Pastor da Universal mantem fotógrafo em cárcere privado


Entidades que representam jornalistas, jornais e advogados manifestaram hoje (5) repúdio à atitude de um pastor e de seguranças da Igreja Universal do Reino de Deus da Avenida João Jorge, no Centro de Campinas, que mantiveram o repórter-fotográfico Gustavo Magnusson, da Rede Anhanguera de Comunicação (RAC), em cárcere privado durante cerca de 30 minutos ontem (4).

O fotógrafo registrava a queda de blocos de gesso que revestem o teto do templo quando foi abordado por seguranças e pelo pastor Carlos, que o ameaçaram e pediram a entrega do material fotográfico como condição para sua libertação. O profissional só foi libertado após policiais, acionados pelo jornal, comunicarem os funcionários do templo que, se não houvesse a liberação imediata, invadiriam o prédio e prenderiam os responsáveis.

Em nota oficial, o Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, a regional do sindicato em Campinas e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) repudiaram a tentativa de intimidação.

A nota alerta o Judiciário e o Superior Tribunal de Justiça sobre ações que se multiplicam a fim de inibir o trabalho de jornalistas no país. ‘Ao agir desta forma a Igreja Universal não respeita os princípios democráticos que regem este país e, portanto, sua atitude não pode e não deve ficar impune’, disse o texto.

A nota afirma ainda que o Sindicato dos Jornalistas, por meio da regional de Campinas, irá solicitar providências junto à Delegacia Seccional de Campinas.

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Campinas, Tereza Dóro, também manifestou indignação com a atitude dos funcionários da Igreja Universal. De acordo com Tereza, igrejas são locais públicos, que devem ter a entrada livre quando estiverem de portas abertas. ‘Houve abuso e uma atitude violenta. Isso não pode acontecer e deve ser denunciado’, disse Tereza.

Para a Associação Nacional de Jornais (ANJ), o ato do pastor e dos seguranças é ‘intolerável’ . ‘A ANJ manifesta, mais uma vez, sua indignação contra a atitude de pessoas que, a qualquer título, pretendam cercear os diretos de ir e vir de um cidadão, do livre exercício da profissão de jornalista e de a sociedade ser devidamente informada’, afirmou o texto.

Laudo

A Prefeitura de Campinas interditou hoje a área da Igreja Universal do Reino de Deus da Avenida João Jorge em que caiu o revestimento de gesso do teto ontem (4).

A administração municipal deu prazo de cinco dias para que engenheiros responsáveis pelo templo façam reparos no local e apresentem um laudo que ateste a estabilidade e segurança do prédio. A queda do revestimento de gesso ocorreu ontem, por volta das 19h30. Na hora, cerca de 200 pessoas assistiam a um culto. Ninguém ficou ferido.

A reportagem da Agência Anhanguera de Notícias entrou em contato hoje (5), por telefone, com a Igreja Universal da Avenida João Jorge. Uma pessoa que se disse responsável pelo templo afirmou que não faria qualquer declaração. Perguntas enviadas por e-mail à assessoria de imprensa da igreja também não foram respondidas até o fechamento desta edição.

Cosmo

FONTE: www.overbo.com.br



Saúde gasta R$ 1,1 mi com gel lubrificante

O Ministério da Saúde gastou R$ 1,1 milhão no final do ano passado com a compra de 15 milhões de sachês de gel lubrificante. O produto é indicado para o uso em relações anais de grupos mais expostos ao contágio do HIV: travestis, homossexuais e profissionais do sexo. O gel começou a ser comprado em caráter experimental em 2001. Em 2008 a pasta decidiu que o gel torna mais seguro o uso da camisinha.

Destak

Nota Pessoal: Enquanto isso em diversos prontos socorros do país falta algodão...

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Filme “O Rebeliado” conta vida de ex-travesti que se tornou pastor

A vida de um ex-travesti: de uma infância miserável, marcada pelo trabalho semiescravo e pela mendicância, à prostituição nas ruas da capital da Paraíba e sua conversão em pastor evangélico. Com a construção do seu próprio templo, ele realiza um trabalho assistencialista na comunidade pobre onde vive, além de se dedicar àquela que considera a sua missão maior: a de converter gays, lésbicas e travestis à heterossexualidade.

Este é o tema inusitado de “O Rebeliado”, primeiro longa-metragem do diretor Bertrand Lira que terá estréia e lançamento de DVD no dia 10 deste mês, às 20 horas, no Cine Bangüê do Espaço Cultural José Lins do Rego, em Tambauzinho.

Captado em mini-dv, o projeto teve início em junho de 2006, seis meses antes de sua aprovação no edital do Fundo Municipal de Cultura (FMC) que permitiu a realização do filme e a produção de mil cópias em DVD.

O diretor soube da existência do personagem e no dia seguinte o procurou com a proposta de um documentário sobre sua história porque percebeu ali um rico material para uma abordagem sócio-antropológica da relação entre religião e sexualidade num contexto de grande carência material. “Clóvis Bernardo, nosso personagem, aceitou com simpatia a proposta. Acompanhamos por quase três anos importantes momentos de sua vida, inclusive a sua ordenação como pastor”, relata Bertrand.

“O Rebeliado” aborda o universo das igrejas neopentecostais na capital paraibana através do personagem irmão Clóvis, negro, 39 anos, ex-travesti, convertido à igreja Assembléia de Deus Missão, uma trajetória de vida singular: a migração com a mãe para a Cidade Maravilhosa em busca do pai desaparecido será assinalada pela mendicância e a descoberta da sexualidade. De volta à Paraíba, opta por uma transformação radical do próprio corpo. Com o codinome Anastácia, vai se prostituir nas ruas da capital, sofrendo discriminação e violência.

O sofrimento corrói sua auto-estima, levando-o a procurar na religião uma saída. Essa guinada resulta na veemente recusa à homossexualidade, no abandono do corpo feminino e na constituição de uma família. O agora irmão Clóvis decide pela construção de seu próprio templo, contrariando pastores da igreja na qual se deu sua conversão, daí o título “O Rebeliado”.

Neste trabalho, Bertrand Lira contou com uma equipe de estudantes e egressos do curso de Rádio e TV da Universidade Federal da Paraíba colaboradores de trabalhos anteriores.

Fonte:onorte

FONTE: www.overbo.com.br

O que a novela da Rede Globo ainda não mostrou sobre a Índia


Menina é forçada a casar com cão em ritual na Índia

Na região de Jharkhand, na Índia, os moradores da vila de Munda Dhanda celebraram o casamento de uma menina com um cachorro para afastar os maus espíritos. Curiosamente, a menina está livre para se casar mais tarde com um homem sem a necessidade de "um divórcio".

Homem se casa com cadela para afastar maldição


Um homem no sul da Índia se casou com uma cadela em uma tradicional cerimônia de casamento hindu. A atitude foi tomada depois que P. Selvakumar, 33 anos, apedrejou dois animais até a morte e os pendurou em uma árvore, há 15 anos. Ele acredita ter sido amaldiçoado pelo ato e realizou a cerimônia de casamento como forma de se redimir.

Segundo o jornal Hindustan Times, o homem afirmou que, depois de matar os dois cães, começou a sentir paralisia em seus pés e mãos e deixou de ouvir com um dos ouvidos.

Segundo suas crenças, o casamento seria a única maneira de desfazer o mal, porém, Selvakumar não informou se sua situação já melhorou depois da cerimônia.

A população é extremamente supersticiosa nas zonas rurais indianas. Muitas vezes, organizam casamentos de cães e outros animais com a finalidade de afastar maldições. Na festa de casamento de Selvakumar, a cadela teve direito a bolo e vestiu um traje tradicional da Índia.

Fonte:

Site do Terra.com.br

http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/0,,MUL974037-6091,00-MENINA+E+FORCADA+A+CASAR+COM+CAO+EM+RITUAL+NA+INDIA.html

FONTE: www.cacp.org.br

Afastado da política, ex-bispo Rodrigues retoma atividades na rádio da Universal


Afastado pela Igreja Universal em 2004, no auge das denúncias de envolvimento no caso Waldomiro Diniz, o ex-bispo e ex-deputado federal Carlos Rodrigues está de volta às atividades da Universal. De uma sala modesta na TV Record, no Rio, dirige há oito meses a Rádio Nova AM, do grupo de comunicações ligado à igreja que ajudou a fundar --e que lhe deu e lhe tirou o título de "bispo".

Cabelo cortado à máquina, em estilo moderno, camisa polo vermelha, calça jeans, mochila esportiva e lentes de contato em vez dos óculos dos tempos de bispo da Universal, Rodrigues aparenta menos idade e mais agilidade do que quando era deputado federal.

Aos 50 anos, atribui a jovialidade à qualidade de vida fora da política. Talvez sejam a academia e as caminhadas na praia da Barra da Tijuca, agora que tem "tempo para almoçar e jantar".

Mas não é um homem feliz. "Meu sonho é Jesus me chamar para a glória dele, a libertação. Ir embora deste mundo. Não vou morrer por suicídio, mas todos têm uma missão e já fiz tudo o que tinha de fazer: acertei algumas coisas, errei outras. Estou esperando, só isso", diz, entre passos ansiosos de um lado para o outro.

Investigado em três dos maiores escândalos de corrupção do governo Luiz Inácio Lula da Silva (caso Waldomiro, Mensalão e Máfia dos Sanguessugas), Rodrigues, desde 2004, perdeu o cargo na igreja, o mandato e a mulher --as coisas que mais apreciava. Atribui tudo à política.

É por isso que "seu Rodrigues", como é hoje chamado pelos funcionários -- proíbo que me chamem de bispo"--, diz não querer mais saber de política, onde "desgraçadamente" passou quase dez anos e à qual atribui a perda de sua "santidade e alegria".

Comandou com mão-de-ferro a área na Universal, desde antes de ser deputado federal, em 1999. Escolhia candidatos em todo o Brasil e dava o tom das campanhas da Universal. Era o líder político da igreja, que em 2002 elegeu 54 deputados federais e estaduais.

"Perdi a pureza de coração. Era um homem muito diferente, crédulo total. Levei 15 anos sem ouvir um palavrão. A política mostra a crueza do que é o ser humano. Não há honradez, palavra, honestidade. Perdi minha vida, o que tinha de mais importante: minha santidade, a vida pura, limpa. Perdi a alegria",
diz, roendo o sabugo do polegar esquerdo.

Antes, ao ouvir que o tema da entrevista era política, levantou-se bruscamente da cadeira, onde acabara de sentar, e encaminhou o repórter à saída. "Jovem, não falo de política, não sou político, não dou entrevista. Não sou candidato a nada. Não leve a mal", interrompeu, ríspido. Mudou de atitude, ao ouvir que o repórter era da Folha e não da 'Folha Universal', da igreja.

Conta que vive hoje um "conflito grande" e tenta recomeçar a vida, tornar-se um novo homem e entender quem é. "Não sou mais bispo, nem deputado. Tenho de recomeçar a vida, esquecer tudo o que fui, ser um novo homem, só que cheio de problemas do passado."

Réu na Justiça, Rodrigues não sabe se vai preso, mas está "preparado para tudo". Relatou que nos 32 dias de prisão que passou em Brasília e em Cuiabá (MT), em 2006, na Operação Sanguessuga, orou com Fernandinho Beira-Mar e batizou sob o chuveiro um assassino dos fiscais do trabalho em Unaí (MG). Na cadeia, viu "gente comer fezes", falando em suícídio, mas voltou "às origens", fazendo dois cultos diários e consolando presos.

Waldomiro foi 'pretexto'

Quatro anos e meio após sair da Universal e perder o título de bispo, Rodrigues disse ter sido afastado porque "pecou contra o casamento", e que o caso Waldomiro foi um pretexto, pois aconteceu ao mesmo tempo.

"Sempre amei a igreja [Universal]. Amo-a, embora esteja afastado das coisas da igreja, que é santa e bem dirigida por homens puros. Errei. Saí porque errei, tenho de dar a mão à palmatória. Errei na minha vida pessoal, pequei contra o casamento."


Afirma não sentir falta da política nem do poder do mandato. "Poder é ser bispo! O resto é lixo!", diz, e solta uma gargalhada nervosa. "É porcaria!"

Embora ex-bispo, a religiosidade continua presente no discurso. Mantém o hábito de chamar a todos de "irmão" e "irmã", concorda com as pessoas dizendo "amém" e se despede com um "fica com Deus". Apesar de comandar a rádio Nova e de ser dono de quatro emissoras hoje arrendadas no Nordeste e de um jornal em Minas, Rodrigues lamenta o ocaso na igreja. "Não sou mais bispo. Eu era general, hoje sou cabo raso."

Fonte:

RAPHAEL GOMIDE da Folha de S.Paulo, no Rio

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u497996.shtml

FONTE: www.cacp.org.br

Caminhos da idolatria


A novela “Caminhos da Índia”, que entrou no ar há poucos dias, tem os ingredientes costumeiros dos folhetins globais: triângulo amoroso, adultério, distorção da realidade (a Índia deles é só beleza), futilidade e estímulo à dissolução do casamento. Esses já são motivos mais que suficientes para que pessoas sensatas (especialmente cristãos) não percam seu tempo precioso em frente ao televisor num horário em que milhões deixam de entreter relacionamento verdadeiro com a família ou de ler um bom livro para se emocionar com os personagens novelescos.
No que diz respeito a “Caminhos da Índia”, os cristãos deveriam ter outras preocupação: a novela está servindo de “recurso missionário” para os valores e crenças do hinduísmo, com seus milhões de deuses que são adorados das mais diversas maneiras. Cada um tem o direito de divulgar as ideias que bem entende (faço isso aqui no blog), mas não devemos esquecer de que, quando o personagem é evangélico, as novelas da Globo não perdem a chance de apelar para o deboche e o estereótipo.
Que tal aproveitar a deixa e parar de ver novela (se é que você faz isso)? E mais: desligando o televisor na hora do folhetim, os cristãos brasileiros estariam manifestando sua opinião contrária à parcialidade religiosa da emissora.
Mas, se você não liga pra isso, continue vendo sua novelinha...

Criacionismo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Entrevistado por Petry envia e-mail à Veja


Fui citado na coluna do Sr. André Petry (“Lembra-te de Darwin”, nº 2.098) por ter a educação de atendê-lo em um telefonema na sexta, 30.01.2009. O Sr. Petry é conhecido por sua aversão aos evangélicos (vide VEJA nº 2.083, de 22.10.2008) e não perde a oportunidade de atacar mais uma vez a liberdade de expressão, distorcendo fatos nesse artigo. Mesmo sabendo da possibilidade que nada de objetivo e veraz iria vir de seus escritos, esclareci que o os Colégios Mackenzie ensinavam, sim, criacionismo, em paralelo ao evolucionismo e não acreditam em sonegar quaisquer ângulos do conhecimento aos seus alunos. Como instituições confessionais, estão abrigadas na Lei de Diretrizes e Bases e reforçam a pluralidade educacional brasileira, objetivada pela lei. Nada disso é novidade, o Mackenzie faz isso desde 1870, com um ensino pautado pelos princípios e valores das Escrituras Sagradas, contabilizando uma imensa contribuição à sociedade desde os tempos do Império. Essa avidez pela excelência de ensino está sendo ampliada, nos últimos anos, com a produção de materiais didáticos próprios.
O Sr. Petry, que na ligação se dizia tão interessado na apuração dos fatos, preferiu me citar seletivamente, omitindo a cobertura global da questão das origens realizada pela Instituição. Além disso, revela sua deficiente pesquisa, não apontando que no próximo mês de abril o Mackenzie apresenta o 2º Simpósio Internacional sobre Darwinismo, ao qual estarão presentes, além de expoentes internacionais da séria escola do Design Inteligente, renomados evolucionistas. Com isso demonstra o acato à pluralidade de ideias e o estímulo ao debate construtivo e saudável, e não a caricatura mal feita que o articulista esboçou em sua coluna. O artigo está muito longe de ser jornalismo saudável e esclarecedor.
Prefere, o Sr. Petry, ridicularizar, classificando em irônica ilação como “macacos tolos” aos que procuram enxergar um pouco mais além e dar continuidade ao ímpeto investigativo. Nunca chamaríamos Darwin de tal, pois foi um ser humano com inteligência, criado à imagem e semelhança de Deus. Petry prefere que a comunidade acadêmica e científica permaneça acorrentada a postulados anacrônicos de 150 anos atrás. Quer o conforto da ignorância de uma era na qual ainda não existiam quaisquer pesquisas possíveis na área de microbiologia, as quais têm exposto um número nada desprezível de fragilidades na teoria da evolução. Demonstra sua ignorância dos diferentes pontos de vista que existem no campo criacionista, com sua definição simplista e monolítica, gerada por ele próprio, e que não foi obtida através desta fonte. Ridicularizar pessoas e instituições é o seu estilo. Pena que uma revista tão séria, como VEJA, que tantas informações valiosas nos fornece a cada semana, o acolha impunemente em suas páginas. Ele diz que o criacionismo assusta. Ter fé em Darwin é o seu direito. Ter carta branca para difamar, isso sim, é assustador.
(E-mail de Francisco Solano Portela Neto, enviado à redação da revista Veja – ainda não publicado [e nem sei se vai]. Reproduzido aqui com autorização dele)

Criacionismo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Pitbull é enterrado ao som de hino religioso que celebra a santidade


O enterro do traficante Leandro Monteiro dos Reis, o Pitbull da Mangueira, ocorreu pontualmente às 16h desta sexta-feira, como havia sido previamente marcado no Cemitério São João Batista, em Botafogo. Cerca de 70 pessoas acompanharam o cortejo. Pitbull foi morto na quarta-feira, durante operação de policiais civis na Mangueira.
O único momento de tensão ocorreu quando um tenente do Serviço Reservado do 2º BPM (Botafogo), que estava a paisana inflitrado na multidão, impediu que uma faixa com as letras da facção criminosa a qual pertencia o bandido fosse colocada junto ao caixão. A faixa estava numa coroa de flores. Houve revolta e os manifestantes gritaram palavras de ordem contra a PM. Contudo, as letras foram retiradas por parentes do criminoso.
A polícia proibiu ainda que a loja que fica ao lado do cemitério confeccionasse as tais faixas com apologia ao tráfico de drogas. Contornado o clima de revolta, o enterro transcorreu pacificamente. O corpo do traficante foi colocado numa gaveta logo na entrada do cemitério. Curiosamente, no momento em que a parede da sepultura estava sendo lacrada, os presentes entoaram uma canção religiosa intitulada "Faz um milagre em mim", do cantor evangélico Regis Danese, cuja letra diz: "Me ensina a ter santidade....".
Minutos depois do enterro, foi ouvido o barulho de fogos de artifício nas proximidades do cemitério. Na favela, o clima também é de tranquilidade neste momento. Dezenas de policiais cercam a comunidade para evitar novos confrontos.
Policiais do 4º BPM (São Cristóvão) e do Batalhão de Choque reforçaram o policiamento na Mangueira para evitar protestos dos moradores devido ao enterro do traficante.
Dezoito coroas de flores, assinadas com nome de favelas dominadas pela mesma facção criminosa que domina a Mangueira, foram enviadas ao cemitério. Entre as favelas estão Jacarezinho, Manguinhos, Cidade Alta, Complexo da Penha, Pavão-Pavãozinho, Cantagalo. Do Instituto Médico-Legal do Rio até o cemitério, o corpo foi escoltado pela polícia e passou pelo Aterro do Flamengo, seguido por carros de familiares, que pareciam fazer um cortejo ao traficante.
O corpo de Leandro Monteiro demorou para ser liberado pelo IML. Como as fichas datiloscópicas do traficante não foram localizadas no Instituto de Identificação Félix Pacheco, o traficante foi oficialmente considerado como sendo de um "homem pardo não identificado".

Bandido morto na Operação em Tabajaras para evitar homenagens a PitbullPoliciais do 2º BPM (Botafogo) e do 23º BPM (Leblon) fizeram uma operação conjunta no início da tarde desta sexta-feira na Favela dos Tabajaras, em Copacabana. Por volta das 13h, houve uma breve troca de tiros entre os policiais militares e traficantes do local. Um bandido, ainda não identificado, foi atingido e levado ao Hospital Rocha Maia, em Botafogo, onde morreu. Com ele, foi encontrada uma pistola 9 milímetros. A ocorrência foi encaminhada para 10ª DP (Botafogo).
Segundo a polícia, bandidos da comunidade da Zona Sul estariam se preparando para prestar uma homenagem ao traficante Pitbull, que seria da mesma facção. Uma das áreas da Favela dos Tabajaras é limítrofe com o cemitério São João Batista, onde Pitbull será enterrado. Durante a operação, comandada pelo capitão Martan, foi encontrada uma cangalha de fogos que poderia ser utilizada no momento do enterro.
Na quinta-feira, o clima foi de aparente tranquilidade no Morro da Mangueira, mas o comércio esteve fechado. Segundo comerciantes, quatro homens em duas motocicletas passaram por volta das 9h, mandando que todos fechassem as portas, alegando ser dia de luto pela morte de Pitbull. Uma faixa preta foi colocada na entrada da localidade chamada Buraco Quente.
Na quarta-feira bandidos colocaram fogo em quatro ônibus depois que Pitbull, chefe do tráfico local, foi morto durante uma operação da Polícia Civil na favela. Moradores da comunidade ficaram em pânico com o tiroteio.

Globo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Nove romeiros morrem em acidente com pau-de-arara

Um grave acidente registrado na madrugada de ontem deixou nove romeiros mortos e 20 feridos. O acidente aconteceu por volta de 1 hora, no km-446, da BR-232, que liga Juazeiro do Norte, no Cariri, ao município de Serra Talhada, em Pernambuco. Os romeiros voltavam da Romaria de Nossa Senhora das Candeias, em Juazeiro do Norte, e seguiam viagem em um caminhão pau-de-arara com destino aos municípios de Paulo Jacinto e Chã Preto, em Alagoas, distantes 130 quilômetros de Maceió. A viagem havia sido organizada pelas paróquias das duas cidades alagoanas.
De acordo com a Polícia Rodoviária (PRF), de Pernambuco, o caminhão saiu da pista e capotou várias vezes. No trecho havia uma curva acentuada. A hipótese mais provável para a causa do acidente, segundo a PRF, é de que o motorista do veículo tenha cochilado ao volante.
Até o fim da noite de ontem, o motorista do caminhão, Antônio Macário da Silva, não havia sido localizado no local do acidente. Os policiais que trabalharam na remoção dos feridos não souberam informar se ele teria fugido ou sido jogado para fora do veículo no acidente. Também se especulava a possibilidade dele ter sofrido uma forte pancada na cabeça e ficado desorientado dentro do mato.
A delegada de Serra Talhada, Andreza Gregório confirmou ao O POVO por telefone que 20 pessoas saíram feridas e que o acidente ocorreu na localidade de Bom Nome, distrito de Serra Talhada. Entre as vítimas, segundo a delegada, estão duas crianças, que morreram no local. Embora a PRF suspeite de cochilo do motoristas, a delegada não descartou a possibilidade de uma falha mecânica no caminhão. De acordo com os levantamentos iniciais, os romeiros havia chegado a Juazeiro do Norte, na última quinta-feira.
Os feridos foram levados para o Hospital Professor Agamenon Magalhães de Serra Talhada. Alguns deles já foram liberados e outros continuam internados, mas não correm risco de morte. A Polícia informou ainda que Aprígio dos Santos, 28, e Elenita Soares da Silva, 48, foram transferidos para o hospital de Salgueiro, pois apresentavam estado mais grave de saúde.

RELAÇÃO DOS MORTOS NO ACIDENTE
> Maria Luiza da Silva
> Maria José da Silva Santos
> Maria Laurentina da Silva
> Severina Maria da Conceição
> Terezinha Reinaldo Gomes
> Larissa Soares da Silva
> Raquel Aprígio dos Santos
> Maria Linda Oliveira
> José Pastor Roda de Lima

FERIDOS
> Ana Célia Vasconcelos
> Adélia Rita de Araújo
> Antônia Maria da Conceição
> Antônio Joaquim Pereira
> Bruno Lucas de Lima da Silva
> Francisco Carlos Arruda Santos
> Gerson Farias da Silva
> Irene Maria da Conceição
> Izaura Gomes da Conceição
> José Mario da Conceição
> José Paulo da Conceição
> Manuel Leite da Silvas
> Maria Geralda da Conceição
> Nilda Francisca dos Santos
> Paulo Alves de Souza
> Paulo Vitor da Silva
> William Silva Abreu
> Antônio Macário da Silva
> Aprígio dos Santos
> Elenita Soares da Silva

O Povo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Mais um teto desaba! Desta vez, Igreja Universal.

O teto da Igreja Universal, na Avenida João Jorge, desabou no início da noite de ontem. Ninguém ficou ferido. Na hora do desabamento cerca de 200 pessoas assistiam a um culto quando uma parte do gesso que reveste o teto, cerca de 200 metros, começou a cair sobre as cadeiras.
De acordo com os fiéis que estavam no local as pessoas entraram em pânico e foram acalmadas pelo pastor. Duas equipes do Corpo de Bombeiros foram chamadas para auxiliar na retirada dos fiéis. Ainda de acordo com os bombeiros, o teto desabou devido a infiltrações de água.

Cosmo

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Religiosos etíopes querem banir homossexualidade

A Constituição do país poderá considerar a homossexualidade crime.
Lideres da Igreja Católica, Ortodoxa e Protestante da Etiópia pediram ao governo que a homossexualidade seja vetada pela Constituição, segundo informações do site pinknews.co.uk.
Atualmente o comportamento homossexual masculino já é ilegal e prevê cinco anos de prisão. A lei não faz menção à homossexualidade feminina, mas pressupõe-se que a punição seja a mesma.
Um líder ortodoxo chamou os homossexuais de burros e estúpidos como os animais e ainda: “Nós condenamos esse comportamento firmemente. Eles devem ser disciplinados e os seus atos condenados. Eles devem aprender a lição.”
A vida dos homossexuais no país é escondida e a população em geral diria que eles nem existem. Os poucos que saíram do armário convivem em uma comunidade escondida e marginalizada.

Dykerama

FONTE: noticiascristas.blogspot.com

Juiz obriga evangélicos a permitirem união lésbica


Metodistas negaram alugar espaço para celebração de união civil entre duas mulheres.

O casal Harriet Bernstein e Luisa Paster desejava alugar uma construção à beira mar em Nova Jersey, Estados Unidos, para realizar a cerimônia de sua união civil. Porém o lugar pertence à Associação Cristã Metodista, que se negou alugar o local por considerar a atividade contrária aos seus princípios e crenças.
Bernstein e Paster denunciaram a igreja no início de 2007, antes que a lei dos direitos civis e antidiscriminação fosse aprovada na cidade. Os metodistas se defenderam argumentando que uma associação tem o direito, garantido pela Constituição, de usar os seus espaços em conformidade com as suas crenças.
O juiz Frank Vespa-Papaleo, militante político a favor dos direitos dos gays, decidiu que a associação violou as leis antidiscriminatórias de Nova Jersey. Segundo a AG Magazine, os fundamentalistas cristãos temem que o caso seja modelo para qualquer grupo LGBT possa recorrer a qualquer local religioso para celebrar “atividades contrárias” ao que eles entendem por fé cristã.

Dykerama

FONTE: noticiascristas.blogspot.com