quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Polícia já tem o nome de suspeitos de matar pastor Assalto a um grupo de evangélicos e a morte do pastor


A polícia já tem o nome dos três suspeitos de terem assaltado um grupo de evangélicos, baleado de raspão três pessoas e matado um pastor durante uma vigília na madrugada do domingo (1º), no morro de Felipe Camarão.
De acordo com o coronel PM Francisco Canindé de Araújo, comandante do Policiamento Metropolitano, os nomes dos acusados de latrocínio (roubo seguido de morte) estão sendo mantidos em sigilo, mas informações colhidas pela polícia dão conta que os suspeitos moram nos seguintes bairros: Felipe Camarão, Planalto e Guarapes.
Rodrigo SenaAssalto a um grupo de evangélicos e a morte do pastor Edmilson Batista de Melo chocou a populaçãoAssalto a um grupo de evangélicos e a morte do pastor Edmilson Batista de Melo chocou a população
Araújo afirmou que havia suspeita de que José Maria da Costa e Silva, 21 anos, assassinado no domingo (momentos após a morte do pastor) durante uma discussão em um bar em Felipe Camarão seria um dos envolvidos no crime. “Eram as primeiras informações. Algumas vítimas do assalto teriam achado José Maria parecido com um dos assaltantes, mas esta possibilidade está descartada”.
A polícia trabalha com a hipótese de que os criminosos sabiam que iria ocorrer um culto evangélico em cima do morro e, por isso, foram ao local cometer o assalto. “O culto foi realizado em uma região onde não existe acesso de e . Só se chega a pé. As investigações estão sendo realizadas, mas acredito que os bandidos sabiam que ali acontecia um culto para irem cometer o assalto”.
O pastor Edmilson Batista de Melo foi assassinado com um tiro na cabeça, no dia que comemorava o 49º aniversário. Com o intuito de realizar uma vigília, ele e outros 23 evangélicos foram orar no pé do morro de Felipe Camarão. Por volta das 2h30, três homens armados e agressivos anunciaram o assalto. “Eles queriam dinheiro, mas os evangélicos não tinham, por isso, agrediram várias vítimas. Um dos assaltantes se aproximou da filha do pastor de 17 anos. Edmilson não gostou. Por isso teria sido morto”, acredita Araújo.
As três vítimas baleadas de raspão passam bem. Emisandra Freire de Oliveira, 42, Maria José Silva da Costa, 40 e José Maria da Costa, 40.

Tribuna do Norte/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.