domingo, 15 de novembro de 2009

Pai e filhos violavam crianças

Seis vítimas pertenciam à família dos violadores. Polícia procura corpos.
Foi de fato laranja que Burrell Edward Mohler Sr. de 77 anos, e os quatro filhos, com idades entre 53 e 47 anos, se apresentaram no tribunal de Lexington, no estado americano do Missuri. Todos são acusados de abusos sexuais sobre seis crianças da família. As violações terão acontecido em meados dos anos 1980 e 1995. Ontem, a polícia deteve um sexto suspeito, sócio dos Mohler, quer terá também de responder por violação de uma criança menor de 14 anos.
As seis vítimas, hoje adultas, relataram à polícia terem sido forçadas a participar em rituais estranhos antes de serem violadas. As acusações baseiam-se no testemunho de uma mulher de 26 anos que garante ter começado a sofrer abusos aos cinco. Num episódio que descreveu ao Kansas City Star terá sido forçada a encenar o com um tio. Levada para uma capoeira, ouviu o avô dizer "divirtam-se muito", antes de tapar a com uma colcha. Aos 11 anos, a vítima foi forçada a abortar após engravidar dos violadores.
Três suspeitos eram pastores da Comunidade de Cristo, igreja protestante mas com ligação histórica aos mórmons. Em Lexington, a comunidade está chocada com este caso que pode ficar ainda mais chocante: a polícia procura um ou mais corpos na antiga quinta dos Mohler.

DN/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.