quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Um quarto dos candidatos a vereador são pastores e líderes comunitários

Managua, Nicaragua - Dos 90 candidatos que disputam a vereança em municípios da costa caribenha do país 25% são pastores, pastoras, líderes comunitários que, na sua maioria integrados ao Movimento pela Unidade Cristã (MUC), pela primeira vez um cargo eletivo no pleito de março de 2010.
O Conselho Supremo Eleitoral está em processo de revisão dos candidatos que foram apresentados no dia 30 de setembro. Entre eles se encontra Fernando Bork Wilson, presidente do Comitê de Mergulhadores que catam lagostas e que luta por melhores condições de trabalho desses profissionais.
O presidente do MUC, reverendo Daniel Ortega Reyes, disse que o partido não fará alianças com ninguém, e estará apenas na companhia da palavra de Cristo e da doutrina bíblica e profética.
Ele frisou que profetas souberam administrar bens públicos e servir ao povo com sabedoria.
“Espero que todos esses homens cristãos, que se identificam com o MUC, amem em primeiro lugar Deus, suas famílias e a Nicarágua, para que, juntos, trabalhemos por tirar a costa caribenha da prostração em que se encontra, propondo novos projetos sócio-econômicos que gerem emprego para o futuro da região e que, por bênção de Deus, goza de maravilhosas riquezas naturais”, disse.
O MUC, alardeou, luta pela abertura de escolas de capacitação política, de rodovias e estradas vicinais para a escoação do leite, gado e grãos produzidos na costa, além do ecoturismo.
Ortega Reyes afirmou que os políticos tradicionais não conseguiram cumprir suas promessas de campanhas passadas: “Mentiram e roubaram o povo”, declarou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.