sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sem acordo, bancários continuam em greve amanhã

Adesão ao movimento, que já dura oito dias, atinge 6.944 agências em todo o país

Representantes dos bancários e da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) não chegaram a um acordo nesta quinta-feira (1) sobre a greve da categoria, iniciada no dia 24, e as negociações serão retomadas nesta sexta-feira (2), a partir das 11 horas.

Segundo a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), a adesão à greve hoje chegou a 6.944 agências no país, o que representa um aumento de 118 unidades em relação ao número de agências paralisadas ontem.

As negociações desta quinta-feira foram concentradas nas reivindicações relacionadas à participação nos lucros e resultados (PLR) das instituições. Além de reajuste de 10% do salário da categoria, os bancários também pedem que seja aprovado o pagamento de três salários mais R$ 3.850,00 no pagamento da PLR. Os bancos oferecem aumento de 4,5% do salário e proposta de participação nos lucros inferior ao que é pedido pela categoria.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.