segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Polícia prende ex-namorado de stripper assassinada nos EUA


Sheila Carla dos Santos foi encontrada com 33 facadas na do seu em Everett, Massachusetts.
A polícia de Everett prendeu ontem em Charlestown o brasileiro Antonio Marcos Ferreira, de 38 anos, como suspeito do assassinato da rondoniense Sheila Carla dos Santos há uma semana.
Ferreira é ex- de Sheila, de 23 anos, que trabalhava como dançarina no clube de strip-tease Alex’s Club, e não teria aceitado romper o relacionamento que durou cerca de 1 ano.
Ferreira teria pego a dançarina de surpresa quando ela retornava para o seu apartamento em Everett na madrugada do dia 2. Ele teria dado 33 facadas nas costas e na frente do corpo da jovem.
Segundo o procurador-geral do distrito, Gerard T. Leone Jr., Ferreira teria até elogiado a rapidez da polícia, porque o brasileiro, que morava em Somerville, estaria com todos os pertences no seu , incluindo o passaporte brasileiro, preparado para fugir.
“Todas as evidências obtidas apontam para ele como o assassino,” disse Leone, explicando que a polícia recolheu o histórico do da vítima, além de evidências físicas, a presença do carro de Ferreira no local do crime e depoimentos de testemunhas.
Para o procurador, Ferreira teve motivo e oportunidade para cometer o crime.
“Trinta e três facadas revelam o tipo de comportamento de um homem acusado de um assassinato,” disse Leone durante uma coletiva de imprensa na sexta-feira.
Segundo Ana Paula, irmã de Sheila, Ferreira vinha ameaçando a dançarina por causa do rompimento do relacionamento. Como reportou o blogueiro, o rapaz tinha feito várias ameaças dias antes do crime, e num torpedo enviando no dia 30 de setembro teria pedido desculpas.
“Me desculpe por ontem. Não vou fazer mais nada de errado. Eu prometo,” disse Ferreira no text message.
Segundo números do governo estadual, Sheila Carla dos Santos é a 22ª vítima fata de violência doméstica em Massachusetts só esse ano. Ela era a irmã mais nova de uma família de 5 irmãos, natural da cidade de Mirante da Serra, em Rondônia. Sheila já estava planejando mudar de emprego e de residência por causa das constantes ameaças feitas por Ferreira.
Segundo um pastor local, Sheila teria “aceitado Jesus” na igreja Assembléia de Deus Vida, de Medford, semanas antes da sua morte.
O procurador Leone não quis confirmar o status imigratório de Antonio Marcos Ferreira, informação que deve ser confirmada durante a oficialização do crime, na terça-feira, 13, na Corte Distrital de Malden.

NOTICIAS CRISTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.