segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Grupo Record, do bispo Edir Macedo, compra 40% do banco Renner

SÃO PAULO - O grupo , que controla a Record e outras empresas de comunicação, anunciou ontem acordo com a Renner Participações para a aquisição de 40% do capital do banco Renner. O valor da operação não foi divulgado, mas marca a volta da Record ao setor financeiro - nos anos 1990, o grupo comandado pelo bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, foi dono do Banco Crédito Mercantil (BCM). Pelo acordo firmado com a família Renner, o grupo Record não participará da gestão do banco.
- A Record vai ter apenas um diretor, que fará a interface com o grupo. A gestão vai continuar com os atuais controladores - disse Igor Bücker, diretor do banco Renner.
O banco pertence à família gaúcha que fundou a rede de Renner, vendida em 1998 à varejista americana JC Penney e que hoje tem seu capital pulverizado na Bolsa. As negociações para a venda da participação do banco à Record duraram cerca de dois meses. Mas, segundo Bücker, a instituição já mantinha negócios com a Record e seus fornecedores muito antes disso. Funcionários da Record e de empresas clientes suas respondem por 15% (R$ 15 milhões) da carteira de crédito do banco, de R$ 200 milhões.
O acordo de venda de participação dá ao banco prioridade para oferecer seus produtos financeiros aos funcionários da Record e das afiliadas.
- A meta é triplicar a carteira de financiamentos, para R$ 600 milhões, em três anos - explicou Bücker.
"Através da parceria serão desenvolvidos novos produtos financeiros para os mais de dez mil colaboradores da Record e cinco mil fornecedores em todo o país", disse a Record em nota.

Globo/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.