segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Coligação de Igrejas Não Reconhecidas será proclamada segunda-feira

Luanda – Uma coligação de igrejas não reconhecidas de Angola será proclamada segunda-feira, no salão nobre do edifício Akwa Sambila, município do Sambizanga, em Luanda, numa iniciativa do Fórum Nacional da Juventude Religiosa.
Em declarações hoje (domingo) à Angop, o presidente do Fórum Nacional da Juventude Religiosa, reverendo Antunes Huambo, disse que o encontro visa auxiliar esforço do Governo no seu programa de “Estudo e tratamento do fenómeno religioso no país”.
Segundo o reverendo, a coligação vai apoiar o esforço do governo na identificação das origens, causas e efeitos do fenómeno religioso no país, assim como promover debates sobre o objecto social e espiritual de cada religião, sua influência e consequências na sociedade.
Outro dos propósitos da criação da coligação é encontrar soluções mais viáveis para o cumprimento “escrupuloso” da lei da liberdade religiosa e reduzir o impacto negativo do fenómeno religioso nas famílias.
Para o Antunes Huambo, essa nova associação vai desenvolver campanhas de consciencialização jurídica, patriótica e colaborar com as autoridades nacionais para assegurar e salvaguardar a tranquilidade de espírito e dos cidadãos religiosos e prevenir eventuais agitações sociais.
O Fórum Nacional da Juventude Religiosa mobilizou e organizou mais cem líderes de igrejas e seitas não reconhecidas pelo Governo, através de acções de esclarecimento sobre o plano governamental.
Vão participar no evento líderes religiosos de organizações não reconhecidas, representantes do Ministério da Cultura, responsáveis das administrações municipais, entre outras entidades convidadas.

Angloa Press/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.