sábado, 5 de setembro de 2009

Programa voltado para missões reestreiará na Rede Super

Um programa voltado para a adoração espontânea, com uma palavra profética para a Igreja brasileira. Esse é o Clamor pelas Nações. O programa reestreia na Rede Super de Televisão trazendo em seu conteúdo o objetivo de despertar na vida do cristão o compromisso com o IDE.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

O apresentador, o pastor Ricardo Robortella, chama a atenção para o desafio que o programa propõe. “A questão é atrair a presença de Deus e desafiar a Igreja a um novo nível de adoração, mobilizando o cristão quanto à importância das missões”, disse. “Creio que são poucos os programas de televisao que trazem uma palavra profética e envolvem a adoração para confrontar a realidade da vida crista. Creio que falar de missões e mostrar a realidade das nações será um grande diferencial”.

A reestreia do programa não apresentará alterações em termos de cenário. As mudanças ocorrerão, segundo Robortella, a partir de outubro, quando o Ministério Clamor pelas Nações lançará seu novo DVD. O conteúdo girará em torno de entrevistas, matérias e clipes sobre missões, havendo, inclusive, gravações em outras nações.

O programa não é voltado apenas aos missionários. Exatamente por carregar como foco o incentivo ao IDE, ele é aberto a todo o tipo de público. Principalmente àqueles que ainda não têm conseguido olhar para o outro como alguém que necessita de Deus. A questão central do Clamor pelas Nações é afastar a insensibilidade que hoje tem se instalado nas igrejas. “Se formos apaixonados pelo Senhor, naturalmente, vamos falar Dele”, disse Robortella. “Veja a cruz por exemplo: estamos clamando a Ele verticalmente, de baixo para cima. Ao invés disso deveríamos estar pedindo um revestimento de cima para baixo. O amor que Ele derrama em nossos corações transforma nossas motivações e, então, horizontalmente, recebemos esse amor pelos perdidos que transborda em nossas vidas através da compaixão”.

Para o apresentador, o grande problema da Igreja é exatamente a insensibilidade, a falta de compreensão de que o próximo precisa ser enxergado como um sedento por Deus. “A igreja fala de missões sem paixão, porque ainda nao descobriu que a chave está em atrair o amor de Deus aos nossos corações”, acredita Robortella. “Todos os que nasceram de novo precisam estar envolvidos com essa grande comissão. Não é uma responsabilidade somente dos missionários e pastores, mas de todo o corpo de Cristo”.

Ricardo Robortella deixa uma mensagem a todos os telespectadores: “Creio que todo o avivamento começa com arrependimento. Deus está trazendo à luz pecados no nosso meio para que desejemos uma mudança maior. Estamos muito perto de experimentar um novo nivel na Igreja. Talvez você esteja cansado na sua caminhada cristã. Talvez o que você mais precisa hoje é um toque da presença do Senhor. Ele irá colocar uma fome por uma manifestação do Espirito Santo em sua vida. Toda a religiosidade cairá por terra e uma nova vida, cheia de alegria e plenitude, nascerá em seu coração. Eu sei que tem mais, eu sei que existe mais de Deus . Busque esse mais de Deus”, conclui.

Fonte: Rede Super / Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.