quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Produtos em nome de Jesus

Até onde vai o oportunismo humano!!! É simplesmente revoltante que este tipo de comércio com o nome de Jesus exista. Mas, se existe, é porque alguém compra. E não deve ser o público ateu...
A seleção a seguir prima pelo bizarro. A intenção é nos fazer encarar a que ponto chegamos!

Fique linda para Jesus
Os cosméticos Lookin' Good for Jesus (algo como "ficando bonita para Jesus") são feitos por uma empresa americana e eram comercializados em Cingapura até o posicionamento dos católicos locais, que acharam os produtos ofensivos.

Neste kit, observamos as frases "Consiga a atenção dele" e "Redima sua reputação". Entre os produtos comercializados estavam um creme corporal e um batom.
No verso da embalagem do kit , temos pérolas como "Aplique o virtuoso batom" e " puros até o seu próximo encontro quente"!

Era para ficar ofendido mesmo!!!

Kit Festa Jesus
Com o apelo "Mantenha Jesus no Natal - Tenha uma festa de aniversário para Jesus", a Christian Tools of Affirmation disponibilza um kit festa Happy Birthday Jesus:


Criticamos o comércio no Natal e inventamos ainda mais produtos com a desculpa de colocar Jesus em nossa confraternização...

Jesus band-aid
Esse eu vi no Pensar e Orar, da Meire, e foi o produto inspirador desta pesquisa

O apelo do produto, no site Hollywood Heroes: "Trate seus menores cortes e arranhões com o incrível poder curativo de uma bandagem".

Tic Tac da Última Ceia

Este também está à venda no Hollywood Heroes. Simplesmente sem comentários...

Bola de Cristal de Jesus


Segundo o fabricante: "Jesus oferece 20 diferentes respostas para ajudar você a escolher o certo. [...] Seu personal Jesus irá responder com sabedoria como "Tenha fé", "Sim, minha criança" ou "Pecador"".
Personal Jesus é algo digno das Organizações Tabajara...

Boneco de Jesus


Segundo o Mail Online, os bonecos falantes como o de Jesus (tem também Sansão, Daniel e Noé, entre outros) são vendidos pelo Wal Mart nos EUA. No , estes bonecos já foram importados por um empresário. Segundo O Dia Online (a abaixo também é do jornal):
O empresário Mauro Gama, 33 anos, importou 10 mil bonecos e espera trazer mais para o Natal. Vende por enquanto pela Internet e negocia com distribuidor em São Paulo para disponibilizar nas .[...]
Cada exemplar da série custa R$ 79,90. Os heróis têm até 33 centímetros, apresentam 16 articulações e até recitam versículos. Jesus cita a história da multiplicação dos peixes. [...]
O empresário espera alguma resistência de grupos evangélicos que podem enxergar idolatria no manuseio dos bonecos. “Vemos igrejas que fazem imagem de arco, de pomba e de cruz. Isso não é apresentado como adoração. Adoração não está no que a gente está vendo, mas no que a gente sente no coração”, pondera.
Na minha opinião, o problema não é idolatria, mas uma imagem errada que pode ser passada às crianças. Jesus se torna uma marionete, que faz o que a criança quer. Por exemplo, na linha de produtos há um vilão (Golias) e não me surpreenderia que uma criança botasse Jesus para dar uns sopapos no gigante - uma postura impensável para alguém que conhece a Bíblia, mas que em uma brincadeira de criança se torna algo normal... Afinal, se não é para idolatrar o boneco, pode-se fazer de tudo com ele.
Uma outra questão: será que, em sua vida adulta, a pessoa não terá dificuldades em enxergar Jesus como alguém muito superior a um boneco? Algúem que ela não articula e não faz falar quando quer?

Quem ganha com isso???
Deus é que não é. Ainda segundo o Dia Online, em 2006 o mercado de produtos cristãos movimentou US$ 4,6 bilhões apenas nos EUA.
No mercado brasileiro, destaco os dados divulgados na página da ExpoCristã:
No ano passado, a quinta edição da feira contou com mais de 300 expositores, um público de 100 mil pessoas e movimentou cerca de R$ 50 milhões. Neste ano a estimativa é que a sexta edição reúna 350 empresas e que seu público visitante alcance a marca de 200 mil pessoas. [...]
Em recente pesquisa do Centro de Políticas Sociais, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), os cristãos brasileiros somam cerca de 30 milhões, com projeção de crescimento de 7,5 % ao ano.
Hoje calcula-se que haja cerca de 200 mil templos espalhados pelo pais, além dos mais de três mil pontos de vendas de produtos cristãos e dez mil pontos de vendas seculares que incluem em seu mix de produtos, os cristãos. [...]
O presidente da EBF Eventos, Eduardo Berzin Filho, acredita que os números desta sexta edição da feira vão surpreender o mercado. “As maiores empresas do setor estarão reunidas num evento em que fornecedores estarão em contato com parceiros, pontos de vendas e o público em geral. Será uma grande oportunidade de negócios” diz ele.
No fim, perdemos todos nós... Perdemos o respeito, a deferência, o zelo e o amor pela imagem da Trindade ao transformamos tudo em comércio, tudo em brincadeira!

Nani e a Teologia/Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.